sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Veja o vídeo do momento em que carro de Gordo do Aurá é alvo de emboscada




A Polícia Civil confirmou esta manhã que as imagens de câmera de segurança que circulam desde ontem, registrando o momento em que o carro do vereador Gordo do Aurá é alvejado, na emboscada ocorrida ontem no bairro da Pedreira, em Belém, são verídicas e ajudarão realmente a esclarecer o caso.

As imagens foram feitas à porta de um residencial na Pedro Miranda, ente Chaco e Curuzu, ao lado do Maroja Neto, no momento do crime - por volta das 15h27, conforme o registro. 

O vereador Deivite Wener Araújo Galvão, mais conhecido como Gordo do Aurá, morreu no Hospital de Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti (HPSM da 14 de Março), onde foi levado após ser baleado. Ele foi atendido por médicos do hospital, mas não resistiu.


Segundo informações iniciais da Polícia Civil, ele teria sido atacado por um grupo de homens encapuzados, que o abordaram em outro carro, no bairro da Pedreira. O ataque ocorreu na avenida Pedro Miranda, entre as travessas do Chaco e Curuzu.

No video é possível ver o momento em que homens descem de um carro escuro, após deterem o carro branco onde o vereador se encontrava. O carro que executou a emboscada acompanhava o veículo onde estava Gorgo do Aurá imediatamente à sua frente.

A ação é muito rápida e há trânsito intenso nos dois sentidos da Pedro Miranda no momento do crime. Motoristas assustados presenciam a cena. Uns tentam se proteger e outros tentam fugir.

Deivite e a esposa voltavam do PSM, onde tinham deixado a filha para uma consulta. A esposa levou um tiro no joelho e está fora de risco. O motorista do carro não foi baleado. (ORM)
Compartilhar:

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Justiça Federal rejeita ação penal de mineradora contra pesquisador do Instituto Evandro Chagas


A Justiça Federal rejeitou, nesta quinta-feira (21), queixa-crime que a Alunorte Alumina do Norte Brasil S/A ajuizou contra o pesquisador Marcelo de Oliveira Lima, do Instituto Evandro Chagas (IEC). A sentença (veja a íntegra neste link) foi assinada nesta quinta-feira (21) pelo juiz federal Rubens Rollo D’Oliveira, da 3ª Vara, especializada no julgamento de ações de natureza criminal. Ainda cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília (DF).

Em fevereiro do ano passado, Lima coordenou equipe designada pelo IEC, a pedido do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) – para fazer a avaliação dos danos ambientais e riscos à saúde humana decorrentes do vazamento de efluentes oriundos da planta industrial da mineradora em Barcarena.

Em janeiro passado, a Alunorte ajuizou a ação penal contra o pesquisador, alegando que ele cometeu crime contra a honra da empresa por causa das manifestações de Lima sobre os resultados das pesquisas. A empresa argumentou em juízo que os supostos crimes foram agravados pelo fato de o pesquisador ter feito essas manifestações – que a empresa considera serem ofensivas – em entrevistas à Imprensa, o que aumentaria ainda mais o potencial de propagação das informações divulgadas.

Declarações - Na sentença, o magistrado diz que, da leitura das declarações e manifestações atribuídas a Marcelo Lima não se vislumbra, sequer remotamente, a intenção de acusar a mineradora da prática de infrações penais. “Ao contrário, a necessidade de examinar detidamente mais de meia centena de declarações, para delas pinçar duas ou três frases em que o querelado teria pretensamente se excedido, vem bem a demonstrar que a conduta do servidor público do Instituto Evandro Chagas foi, a todo momento, a de informar a população acerca dos acontecimentos ocorridos em Barcarena, externando sua posição técnica acerca do assunto, possivelmente hostil aos interesses da Alunorte Alumina do Norte Brasil S/A, mas nem por isso criminosa”, afirma a sentença.

Rubens Rollo acrescenta que mesmo a necessidade de socorrer-se de distinção absolutamente sutil no uso das palavras, contrastando o uso da palavra indícios ao uso das palavras provas ou evidências, torna ainda mais incerto o direito invocado pela empresa para ajuizar a queixa-crime. “Mesmo em matéria processual penal, são dedicados capítulos inteiros em monografias, analisando a polissemia de tais vocábulos, nem sempre sendo definitivos os resultados alcançados pelos doutrinadores. Destarte, a escolha desta ou daquela palavra por Marcelo de Oliveira Lima, ainda que não preferida pela Querelante, não leva a crer que foi praticada infração penal”, reforça a sentença.

Para o juiz, o pesquisador não pode ser censurado na esfera penal “por ter se valido do seu direito de crítica, dentro do plexo de conhecimentos por ele adquirido na confecção dos relatórios do Instituto Evandro Chagas”. Ressalta a sentença que diferente seria se, sem qualquer atribuição para examinar os eventos ocorridos em Barcarena, tivesse Marcelo Lima recorrido à mídia para externar opinião desfavorável à mineradora. (TRF1)
Compartilhar:

Vereador 'Gordo do Aurá' é assassinado a tiros no bairro da Pedreira



O vereador Deivite Wener Araújo Galvão, mais conhecido como "Gordo do Aurá" (DEM de Ananindeua), foi assassinado na tarde desta quinta-feira (21). Morreu no Hospital de Pronto Socorro Municipal Mario Pinotti (PSM da 14 de Março). Ele já chegou baleado. Foi atendido por médicos do hospital, mas não resistiu.

As informações iniciais das polícias Civil e Militar são de que ele foi atacado por um grupo de homens, no bairro da Pedreira, por volta de 15h. O ataque teria ocorrido na avenida Pedro Miranda, entre as travessas do Chaco e Curuzu.



Foram vários tiros contra o carro em que ele estava. (ORM)
Compartilhar:

Parceria entre Governo, Uepa e Pró-Saúde garante residência em Oncologia


Nos próximos dias será lançado o edital para seleção de candidatos à vagas do Programa de Residência Multiprofissional em Oncologia. A residência será realizada no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, em parceria com a Universidade do Estado do Pará (Uepa). Profissionais de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia e Terapia Ocupacional podem participar do Processo Seletivo Simplificado.

A portaria que autorizou a criação do novo programa foi publicada no Diário Oficial da União, no dia 15 de fevereiro. “A população do Oeste do Pará será a maior beneficiada, pois esse programa será importante para a formação de profissionais qualificados na área de atenção ao câncer. O Hospital Regional do Baixo Amazonas é fundamental para que essa residência ocorra da melhor forma, colaborando tanto com profissionais na formação desses residentes, quanto, também, cedendo os espaços”, afirma a coordenadora da Uepa da Residência Multiprofissional de Oncologia do Baixo Amazonas, Nicole Pontes.

Atualmente o HRBA já conta com 12 programas de residências médicas e multiprofissionais. Ao todo, 59 residentes aprimoram seus conhecimentos na Unidade. “É mais uma grande conquista para nossa região essa parceria forte que existe entre Uepa, Pró-Saúde - fazendo a gestão do HRBA -, e o Governo do Estado, em que conquistamos a liberação dos Ministérios da Saúde e da Educação para a implantação dessa residência”, comemora o diretor hospitalar, Hebert Moreschi.

A formação específica em Oncologia vai representar um grande avanço no atendimento aos pacientes oncológicos, principalmente os que estão em tratamento no HRBA. “Essa residência vai oferecer um preparo diferenciado porque hoje somos um Hospital referência em Oncologia e precisamos de profissionais que tenham uma formação consolidada. Essa é a intenção, formar pessoas para cuidar de pessoas de forma humanizada”, reforça a coordenadora de ensino e pesquisa do HRBA, Claudiléia Galvão.

Mais de 30% dos casos atendidos no Hospital Regional do Baixo Amazonas são de câncer. Em 2018, a unidade realizou 21.335 consultas oncológicas (quimioterapia e radioterapia), 12.183 sessões de quimioterapia e 28.414 sessões de radioterapia. “Os pacientes oncológicos representam a maior parte da assistência do Hospital e, na região, não temos outros locais que formam profissionais habilitados e com experiência para trabalhar com os pacientes oncológicos. Então, com certeza, a maior beneficiada é a população do Oeste do Pará”, afirma Moreschi.

Para o cirurgião e coordenador médico de ensino e pesquisa e do serviço de oncologia do HRBA, Marcos Fortes, o mais importante será poder proporcionar um atendimento integral aos pacientes. “A residência multiprofissional é uma oportunidade única de se ter uma visão holística do paciente, em que ele pode ser visto não só da parte de doença, mas, também, da parte psicológica, fisioterápica, nutricional, entre outros aspectos. Essa visão faz com que o paciente tenha maior possibilidade de cura e, quando não for possível, poderá ter uma aceitação adequada da doença”, explica Fortes.

HRBA

O Hospital Regional do Baixo Amazonas atende casos de média e alta complexidades e presta serviço 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS). No Norte do Brasil, o hospital avança em serviços de saúde, com a implantação de programas de transplantes renais, cirurgias cardíacas e a consolidação do tratamento oncológico. A unidade atende uma população estimada em mais de 1,1 milhão de pessoas, residentes em 20 municípios do oeste do Pará.

O HRBA é uma unidade pública e gratuita de saúde, pertencente ao Governo do Pará e administrado, desde 2008, pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

No Norte do país, foi o primeiro hospital público a obter o certificado máximo de qualidade, a ONA 3 – Acreditado com Excelência, concedido mediante o cumprimento das melhores práticas hospitalares e de qualidade assistencial. O HRBA também se tornou o primeiro hospital público do Brasil a obter o selo “Materiality Disclosures”, emitido pela Global Reporting Initiative (GRI). (Fonte: Agência Pará)
Compartilhar:

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Sistema de água potável chega à aldeia Takuara, na Floresta Nacional do Tapajós


A espera durou mais de três décadas. Nesta quarta-feira (20), as quarenta e quatro famílias indígenas comemoraram a conclusão das obras de construção do sistema de abastecimento de água. Agora, os moradores indígenas tem acesso à rede com água potável.

"Perdemos 12 índios em trinta dias" lamentou o presidente da Confederação dos Moradores da Floresta Nacional do Tapajós, no oeste do Pará, sobre a morte de indígenas devido a contaminação da água usada na aldeia, localizada na floresta amazônica. Por muitos anos, os povos tradicionais dessa região usavam o líquido retirado de uma cacimba (buraco aberto manualmente pelos moradores). Com alto índice de contaminação, alguns indígenas acabaram morrendo devido a ingestão do líquido.

Os episódios serviram de incentivo para que eles buscassem novas formas de captação de água e apoio. Apesar da luta, não desistiram e acreditaram na possibilidade de um dia ter água encanada de qualidade. A esperança deu certo: "Ao longo de trinta anos, lutamos por uma água de qualidade pra essas populações, pra essas crianças que viviam pegando água na cacinba, carregando na cabeça, as mulheres lavando roupa na cacinba, as criança bebendo água nela. Hoje graças a Deus temos água com abundância, sem nenhum problema" - comemorou o cacique da aldeia Leonardo Pereira.

Através de parceria de várias entidades o sistema vai beneficiar as quarenta e quatro famílias indígenas. O Projeto Saúde e Alegria executor das obras contou com o financiamento da fundação Avina para implantar o sistema de alta tecnologia e de uma grande logística, explicou o responsável técnico do PSA, Carlos Dombroski:

"O sistema é composto por um poço de 80 metros de profundidade todo revestido com tubo geomecanico, construção de concreto armado de sete metros de altura, instalação de uma caixa de vinte mil litros, uma bomba de três cv movida a energia solar e implemento de energia solar que aciona a bomba de forma automática, cerca em volta do sistema".

Cerimônia de inauguração

O dia foi de muita festa na aldeia. Os indígenas fizeram questão de preparar o espaço, as comidas típicas e a recepção com direito a dança tradicional e rituais.


Na composição da mesa, os envolvidos no projeto destacaram a felicidade em contribuir com a qualidade de vida através da água: "Eu fico muito feliz de ver que isso é reforçado como uma conquista de vocês. Isso é muito importante porque serve de exemplo pra outras comunidades que ainda não alcançaram isso" - disse a coordenadora da Avina, Telma Rocha.

O coordenador do PSA, Caetano Scanavinno também reforçou o sentimento compartilhado: "Eu fico feliz de voltar aqui e ver que aquelas doenças relativas à água melhorou e isso aí é resultado de vocês que não desistiram do sonho. A gente assessora, mas vocês dão uma aula de que a gente tem que sempre persistir e buscar o nosso sonho".

Além de saúde o dia foi de alegria. O circo Mocorongo levou muita animação através dos palhaços que reuniram a participação de crianças, jovens e adultos na brincadeira.

Fonte: Divulgação I Ascom/PSA
Compartilhar:

Preso principal suspeito de espancar Davi Amaral

Arison Sá se entregou à polícia nesta quarta-feira.
Arisson Sá Pedro, 24 anos, principal suspeito de espancar Davi Silva Amaral, se entregou à polícia na manhã desta quarta-feira (20). Acompanhado de parentes, o rapaz foi apresentado na 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, em Santarém, no oeste do Pará.

Neste momento, ele presta depoimento ao delegado da Especializada em Homicídios, Dmitri Teles, que deve falar com a imprensa ainda nesta manhã repassar informações sobre os motivos que levaram Arisson espancar Davi, que teve morte encefálica confirmada no último domingo (17). O corpo da vítima foi sepultado na tarde de ontem, no cemitério dos Mártires, no centro da cidade.

A Justiça decretou a prisão temporária de Arisson Sá por 30 dias.

Davi Silva Amaral foi vítima de espancamento, na madrugada do último dia 14. Ele foi encontrado desacordado, seminu, jogado em terreno baldio no bairro Livramento. Na noite anterior, a vítima estava em um bar, acompanhado de um advogado e um rapaz, que a polícia suspeita ser Arisson.

Em instantes outras informações.
Compartilhar:

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Com 16,7 mil atendimentos em 2018, Samu vive a rotina de salvar vidas em Santarém

Desde os primeiros dias de 2019 até esta segunda-feira (18), o Samu já realizou 1.530 atendimentos

Um minuto pode ser decisivo para salvar uma vida. É com essa premissa que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atua em Santarém todos os dias, correndo contra o tempo e diminuindo a resposta entre o primeiro atendimento até que o paciente seja encaminhado a uma Unidade de Saúde. A Prefeitura de Santarém é gestora do Serviço por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Em 2018, foram 16.776 ocorrências atendidas. Uma rotina de salvar vidas.

Principais chamadas para o 192 envolvem acidentes de trânsito.Dados da Semsa apontam que desde os primeiros dias de 2019 até esta segunda-feira (18), o Samu já realizou 1.530 atendimentos. Em 2018, o Serviço atendeu 16.776 ocorrências, mais que o dobro de ocorrências atendidas nos anos de 2016 e 2017, que foram 8.083 e 7.416, respectivamente.

De acordo com o coordenador do Samu em Santarém, enfermeiro Joziel Colares, as principais chamadas para o 192 são relacionadas aos acidentes de trânsito, envolvendo motocicletas e/ou envolvendo carros e motocicletas. Em 2016, eles foram responsáveis por 1.447 dos atendimentos. Em 2017, foram 1.307 atendimentos e em 2018 foram 895 chamadas para atender pacientes vítimas de acidentes de trânsito. Até esta segunda-feira (18), o Samu já atendeu 133 ocorrências de acidentes de trânsito e mais 14 atropelamentos.

A Prefeitura disponibiliza uma Unidade de Suporte Básico (USB) e uma Unidade de Suporte Avançado (USA) para atendimentosA Prefeitura de Santarém, por meio do Samu, ligado a Semsa, disponibiliza uma Unidade de Suporte Básico (USB) e uma Unidade de Suporte Avançado (USA) para atendimentos, que são as ambulâncias. Além de uma moto para atender de maneira rápida e eficiente as ocorrências no município. As USB são compostas por dois técnicos de enfermagem e um condutor socorrista. Já as USA são compostas por um médico com formação em urgência e emergência, um enfermeiro e o condutor socorrista. A motolância, como é chamada a motocicleta do Samu, é tripulada por dois socorristas e está inserida num contexto em que se busca a excelência do atendimento, já que o tempo de resposta é menor.

Atendimento 192


O Samu realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar seja residências, locais de trabalho ou vias públicas

O Samu/192 é um programa que tem como finalidade prestar o socorro à população em casos de emergência. Por meio dele, o número de óbitos está reduzindo, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas com equipe de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população.

O Samu realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar seja residências, locais de trabalho ou vias públicas. O atendimento começa pela ligação feita para o número 192 e passa por três etapas: o recebimento da chamada, a triagem do caso e o direcionamento para um médico que avalia a demanda, orienta e conclui a necessidade ou não do envio da ambulância. O procedimento é rápido e do primeiro atendimento até o envio da ambulância, as ligações duram em média de três a cinco minutos.

Preferência de passagem


″Quando ouvirem a sirene, os demais condutores devem liberar espaço à direita para a unidade passar″, informa o coordenador do Samu em Santarém.Para chegar em tempo hábil ao local da ocorrência, as ambulâncias do Samu precisam se deslocar pelas ruas da cidade com a máxima rapidez. Para isso, necessitam da colaboração dos outros condutores. "A nossa recomendação é de que os demais condutores tenham a consciência de que quando ouvirem a sirene das ambulâncias liberem espaço à direita, para que a unidade possa passar. É importante lembrar de que no local da ocorrência tem sempre um ser humano, uma vida a ser salva que pode ser inclusive um parente seu e a ambulância tem essa prioridade", explica Joziel Colares.

Projeto "Samuzinho" de combate aos trotes

Os trotes continuam sendo um problema para o atendimento pelo 192, afirma o coordenador do Samu. Pensando nisso Joziel elaborou o projeto "Samuzinho". A ideia é firmar parceria com o Núcleo Integrado de Operações (Niop) em Santarém para realizar palestras educativas junto às crianças e adolescentes nas escolas. "Tanto o Samu quanto o Niop recebem trotes diariamente. Então, através do projeto vamos trabalhar a conscientização dos alunos para que possamos conscientizá-los e fazer essas informações chegarem até os pais e demais familiares. Vale lembrar que no momento em que deslocamos uma ambulância atendendo a um trote, uma pessoa que está realmente necessitando pode estar morrendo por falta desse atendimento", pontuou.

O projeto "Samuzinho" será iniciado nas escolas da rede pública municipal de ensino tão logo iniciem as atividades letivas de 2019. Mas, de acordo com Joziel Colares qualquer escola das redes pública ou particular podem solicitar as palestras da equipe do Samu, através de ofício.

Em que situações o Samu deve ser chamado?




- Na ocorrência de problemas cardiorrespiratórios (infarto, asma grave, enfisema grave) e cardiovascular-AVC;
- Em casos de intoxicação exógena;
- Em caso de queimaduras graves;
- Na ocorrência de maus tratos;
- Em trabalhos de parto onde haja risco de morte da mãe e do feto;
- Em casos de tentativa de suicídio;
- Quando houver acidentes/trauma com vítimas/atropelamento/ferimentos/ por arma de fogo e arma branca;
- Em casos de afogamento;
- Em casos de choque elétrico;
- Em acidentes com produtos perigosos;
- Na transferência inter-hospitalar de doentes com risco de morte;
- Urgências psiquiátricas.

O Samu/192 é um serviço de urgência e emergência, não pode ser chamado em situações clínicas que não sejam urgentes. Portanto, a Semsa adverte que ligações para o 192 só devem ser feitas em situações de absoluta necessidade emergencial, ou seja, quando houver risco de morte.

Fonte: Divulgação I PMS
Compartilhar:

Valdir Matias Jr. apresenta Projeto de Lei que cria o Dia do Artesanato



Segundo o vereador, o Dia Municipal do Artesanato, além de homenagear e estimular os profissionais santareno, vai fomentar as vendas dos produtos e aquecer a economia local 

O vereador Valdir Matias Jr. (PV), protocolou na tarde desta terça-feira (19), um Projeto de Lei, instituindo o Dia Municipal do Artesanato. De acordo com o líder do PV, a data comemorativa é para homenagear os artesãos santarenos que muito contribuem com a cultura e o artesanato do município. O projeto foi lido em plenário e encaminhado para o tramite regimental nas comissões pertinentes da Casa. O Dia Nacional do Artesão é comemorado no dia 19 de março, mas Valdir considera relevante a criação de um projeto municipal para valorizar os profissionais da Pérola do Tapajós, cujo artesanato tem reconhecimento internacional por conta dos muitos trabalhos feitos por artistas como Laurimar Leal, Dica Frazão, Izauro do Barro, Roque Lima, Fona Camargo, Ana Leal, Romana Leal, entre outros renomados artistas reconhecidos por suas incríveis obras.

Na ocasião, o primeiro vice-presidente do Poder Legislativo destacou que atualmente mais de 600 famílias em Santarém estão envolvidas diretamente com o artesanato, produzindo peças que são comercializadas em pontos específicos da cidade, como o Cristo Rei – Centro de Artesanato do Tapajós, Centro de Atendimento ao Turista (CAT), em Alter do Chão, e no Terminal Fluvial Turístico (TFT), na orla da cidade. Além disso, Matias Jr. lembrou que o artesanato impulsiona uma importante cadeia produtiva na economia do município, gerando renda e emprego para muitas pessoas, cooperativas, associações de moradores, grupos de mães e artistas autônomos que vivem exclusivamente da confecção de obras feitas a partir de matéria-prima extraída da própria natureza. “As cuias pintadas, a confecção de cestas no Arapiuns, peças de barro, peças em madeira, sementes, raízes, são obras que valorizam o nosso artesanato, contribuem com a cultura e fomenta o turismo de Santarém”, disse.

Com a criação do Dia Municipal do Artesanato, o vereador acredita que a iniciativa vai estimular ainda mais os artesãos de Santarém, além de fomentar as vendas dos produtos. O líder do PV também aceitou uma sugestão dada pelo vereador Ronan Liberal Jr., sobre a possibilidade de, após instituído o Dia do Artesão, realizar exposições no hall do prédio da Câmara de Vereadores, com os trabalhos dos artesãos santarenos. “A instituição de uma data que valoriza esse segmento se faz necessário para potencializar a atividade em nosso município, aumentando as vendas dos produtos dos nossos artesãos e aquecendo a economia local”, finalizou o parlamentar.
Compartilhar:

Decretada prisão temporária do principal suspeito da morte do jovem Davi Amaral


O juiz Gabriel Veloso acatou o pedido da Polícia Civil e expediu o mandado de prisão contra Arrisson Sá Pedroso, principal suspeito de matar o jovem Davi Silva Amaral.

Segundo a assessoria do Fórum da Comarca de Santarém, por volta das 11h42 desta terça-feira (19), a 3ª Vara Criminal recebeu o pedido da autoridade policial de decretação da prisão temporária do acusado, pedido atendido de imediato pelo juiz Gabriel Veloso.
Compartilhar:

Bandidos armados invadem Câmara de Vereadores e causam pânico entre servidores

Servidores da Câmara ficaram bastante assustados com a ação dos criminoso. Foto: Divulgação/Redes Sociais

Dois homens armados invadiram no final da manhã desta terça-feira (19), o prédio da Câmara de Vereadores, no bairro Aeroporto Velho, em Santarém, no oeste do Pará. Os criminosos aproveitaram o momento em que um grupo de servidor estava em uma das entradas do prédio do Poder Legislativo para praticar o assalto. Um servidor da Casa chegou a ficar sob a mira da arma de um dos assaltantes. 

Outros funcionários quando perceberam a ação dos criminosos fugiram pelos corredores e buscaram abrigos nos gabinetes. Os assaltantes levaram apenas o aparelho celular de um dos servidores.

A Polícia Militar foi acionada, mas até o momento nenhum dos suspeitos foi localizado. A ação dos assaltantes escancara a falta de segurança dos servidores da Casa, sobretudo nos horários em que não há sessão. Ontem (18), o presidente Emir Aguiar lembrou que a sessão não seria transmitida ao vivo pelas redes sociais como vinha ocorrendo por causa do vandalismo contra o prédio da Câmara. No último fim de semana, danificaram toda a fiação do sistema de internet do prédio.


A preocupação com a segurança dos funcionários do Legislativo deve ser o assunto da sessão desta tarde.

O assalto foi registrado na delegacia de Polícia Civil.
Compartilhar:

Pescadores indicam rotas migratórias de peixes que podem ser afetados por hidrelétricas no Tapajós


Um estudo realizado no Rio Tapajós, no Pará, comprovou que os pescadores possuem profundo conhecimento sobre a ecologia e os padrões migratórios das espécies de peixes mais capturadas na região, trazendo à tona, inclusive, informações que ainda não foram registradas na literatura científica. Os resultados da pesquisa permitem ainda prever possíveis impactos dos projetos hidrelétricos nos peixes e na pesca. A pesquisa foi publicada na revista internacional Hydrobiologia, qualificada no estrato A1 da área de Biodiversidade da Capes.

O trabalho é de autoria de pesquisadores da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Pela Ufopa, participou da pesquisa o professor Gustavo Hallwass, do Campus de Oriximiná, que coordena o Laboratório de Ecologia Humana, Peixes, Pesca e Conservação (LEHPPEC).

Foram entrevistados 270 pescadores de 17 comunidades ribeirinhas ao longo de 550 km de rio, nos municípios de Santarém, Aveiro, Itaituba e Jacareacanga. Os pescadores indicaram rotas migratórias, sazonalidade, uso de habitats e possíveis áreas de desova do filhote (Brachyplatystoma filamentosum), jaraqui (Semaprochilodusspp.), mapará (Hypophthalmus marginatus), matrinchã (Brycon spp.), tucunaré (Cichla spp.), acaratinga (Geophagus spp.) e pescada (Plagioscion squamosissimus), sendo as três últimas espécies sedentárias – que não migram para reproduzir.

Este é um dos poucos estudos já realizados sobre o Rio Tapajós, se comparado a outros rios amazônicos. O filhote, por exemplo, tem sua distribuição e ecologia bem documentada em rios de águas brancas, mas havia poucas informações sobre a ocorrência e ecologia em rios de águas claras, como o Tapajós.

Hallwass, que estuda a relação entre o conhecimento tradicional e a ecologia de peixes, afirma que “cada conversa, cada entrevista com um pescador(a) é uma aula sobre a pesca, biologia e ecologia dos peixes da região. É incrível poder aprender e registrar o conhecimento tradicional de pescadores(as) que é transmitido de geração em geração. Devemos, como sociedade, valorizar e aprender com o conhecimento de populações tradicionais, como pescadores, quilombolas, indígenas, entre outros”.

Impactos das hidrelétricas – Ao relacionar o conhecimento tradicional a estudos científicos, foi possível prever impactos que hidrelétricas podem ocasionar. No Rio Tapajós, há a previsão de um complexo com mais de 40 barragens ao longo do rio, o que poderia afetar diretamente a reprodução de espécies migratórias como filhote, matrinchã e jaraqui.

Só o jaraqui e o filhote representam 28% de toda a captura da pesca de pequena escala no Baixo Tapajós. Em outros rios da Amazônia, já há uma drástica redução dos estoques pesqueiros associados a construção de hidrelétricas: de jaraqui no Rio Tocantins, próximo à UHE de Tucuruí; e dos grandes bagres do gênero Brachyplatystoma, como a dourada e o filhote, no Rio Madeira, afetados pelas UHE Santo Antônio e Jirau.

Barragens podem mudar o curso das águas, impedir migrações para desova e prejudicar o crescimento de peixes. De acordo com o estudo, as espécies que percorrem longos trajetos requerem ainda maior proteção, em nível regional ou mesmo nacional.

“Dessa maneira, se forem construídas as hidrelétricas no Rio Tapajós é previsto forte impacto na pesca e nos peixes da região, o que irá afetar diretamente a renda e a segurança alimentar de milhares de famílias que dependem do peixe para sua alimentação e sustento ao longo do rio. Assim, espera-se que os órgãos governamentais estejam atentos aos fortes impactos e prejuízos à população local que esses projetos podem causar”, alerta o pesquisador da Ufopa.

As informações são da Ufopa
Compartilhar:

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Prefeitura inicia campanha ‘IPTU em dia, Santarém melhor todos os dias’


A Prefeitura de Santarém coloca em prática a campanha 'IPTU em dia, Santarém melhor todos os dias', uma forma de conscientizar a população sobre a importância do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), cujos valores são revertidos em benefícios para a comunidade. A ação também vai tratar da atualização cadastral imobiliária para que o contribuinte possa concorrer ao sorteio do IPTU Premiado 2019. A primeira reunião agendada pela gestão municipal acontecerá nesta terça-feira (19), às 19h30, na Escola Municipal Sérgio Luiz Henn, Rua Nayara, S/N, bairro: Matinha.

"A campanha pretende atender todos os bairros do município de Santarém e divulgar os benefícios gerados com o pagamento do imposto. Nesse primeiro momento vamos reunir com os moradores da Matinha com a participação da associação de moradores e do conselho comunitário na tentativa de conscientizá-los da importância de manter o pagamento do IPTU em dia, para que o município consiga reverter essa arrecadação na realização das políticas públicas em prol da população", destacou a secretária de Gestão, Orçamento e Finanças de Santarém, Josilene Pinto.

Para este ano, a expectativa de arrecadação do IPTU é de aproximadamente R$ 11 milhões. Este valor arrecadado é revertido em benefícios para o município de Santarém, do qual 25% serão destinados a educação, 15% investidos na saúde, 6% na Câmara Municipal, e o restante será utilizado para investimentos em demais setores como infraestrutura, contrapartidas de obras, manutenção das Secretarias e outros serviços.


Opções de pagamento do IPTU 2019:
- 1ª cota única (à vista), com desconto de 15% até o dia 29 de março de 2019.
- 2ª cota única (à vista), com descontos de 10% até 30 de abril de 2019.
- Para os contribuintes que optarem por parcelar a dívida, o pagamento pode ser feito em até (10) parcelas iguais, sem desconto. A primeira parcela deverá ser paga até o dia 29 de março e a última até o dia 30 de dezembro de 2019.

IPTU Premiado 2019 – Pagando o IPTU em dia o contribuinte tem a chance de concorrer a oito prêmios: 1 carro zero km; 1 moto; 1 Iphone; 1 TV de 42 polegadas; 1 geladeira; 1 fogão; 1 micro-ondas e 1 bicicleta. O sorteio do IPTU Premiado 2019 está previsto para ocorrer no período das comemorações do aniversário de Santarém.

Fonte: Divulgação I Agência Santarém
Compartilhar:

Baixo Amazonas terá chuvas e trovoadas nesta terça-feira


A terça-feira (19) será de chuvas e trovoadas pelo período da manhã na região do Baixo Amazonas, segundo previsão da central de monitoramento climatológica da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). Na Calha Norte, a expectativa é de céu nublado a encoberto. À tarde, céu nublado com chuvas isoladas e, à noite, céu variando de parcialmente nublado a nublado. O monitoramento do clima na região é feito diariamente.

O órgão analisou nesta segunda-feira, o fenômeno que assustou os moradores de Santarém, no último domingo. A tromba d’água no rio Tapajós chamou a atenção de quem caminhava pela orla da cidade.

Registrada em vídeo pelos moradores da cidade, a tromba ocorre em média duas vezes por ano e seria mais comum em grandes rios, como o Tapajós, o Amazonas e na Baía do Guajará. As informações são da direção de meteorologia da Semas.

A central de monitoramento climatológica comentou o ocorrido. “Geralmente, da base da nuvem ‘Cumulus Nimbus’ com trovoadas, é formado um funil, e esse funil pode atingir uma superfície líquida, normalmente mais plana", explicou Saulo Carvalho, diretor de Meteorologia da Semas.

O fenômeno - A tromba d'água é comparável a um tornado, mas com intensidade menor do que é fenômeno observado no hemisfério norte. Possui características específicas: a altura pode alcançar cerca de 1km e os ventos podem chegar até 40km/h.

"O fato da tromba d'água ter menos intensidade que o tornado não deve ser um indicativo de pode haver aproximação. No caso de embarcações, é sempre bom ter uma distância de segurança para evitar prejuízos", orientou Saulo.

Com informações da Agência Pará
Compartilhar:

OPORTUNIDADE: Grupo Hinode abre inscrições para primeiro programa de Trainee Executivo



O Grupo Hinode abre as inscrições para o processo de trainee executivo e busca candidatos visionários, inovadores e criativos, com perfil de liderança e espírito empreendedor.

Os interessados devem ser fluentes em inglês e espanhol. As inscrições vão até 11 de março e devem ser feitas pelo site: https://www.chances.com.br/hinode/ em Trainee 2019.

O processo seletivo inclui três etapas. Na primeira, serão feitas as inscrições, triagem e avaliação. Na segunda, os candidatos irão fazer o Tour Hinode Experience. A terceira etapa é um painel com executivos.

Nos primeiro 45 dias do programa, os profissionais selecionados farão job rotation, que é a “rotação de emprego” dentro da companhia, passando por diversas áreas da empresa. Depois ficarão um ano na área comercial, atuando na área externa junto a rede de consultores. Ao final do programa os trainees executivos terão a possibilidade de assumir cargos de gerência.

Com 30 anos de história e em processo de expansão internacional, o Grupo Hinode deseja formar futuros líderes da companhia.

Para se candidatar, é preciso ter formação em qualquer um dos cursos citados a seguir: Administração de Empresas, Ciências, Contábeis, Ciências Econômicas/Economia, Marketing, Web Design, Direito, Engenharias (todas), Estatística, Química e Farmácia.

É preciso também ter no mínimo cinco anos de formado, com experiência profissional podendo já ter sido trainee em outras organizações.

Inglês e espanhol fluentes (escrita e fala) e disponibilidade para viagens frequentes também são requisitos.

O salário inicial e os benefícios serão anunciados pela empresa durante o processo seletivo.

Fonte: Divulgação
Compartilhar:

Polícia divulga foto do principal suspeito de espancar Davi Silva


Na tarde desta segunda-feira (18), a Delegacia de Homicídios da Polícia Civil de Santarém, no oeste do Pará, divulgou a foto do principal suspeito de espancar o jovem Davi Silva Amaral, 18 anos. A vítima teve a morte encefálica confirmada ontem(17), pela direção do Hospital Municipal.

Trata-se de Arisson Santos, que inclusive já teve a prisão temporária solicitada pelo delegado Dmitri Teles, que preside o inquérito policial.

A polícia pede a ajuda da população para tentar localizar e prender o suspeito que está foragido.
Compartilhar:

Óbidos: Semsa entrega Kits de trabalho para agentes comunitários de saúde

A Prefeitura de Óbidos por meio da Secretaria Municipal de Saúde entregou nessa segunda-feira, 18, 105 kits de instrumentos de trabalhos para os agentes comunitários de saúde da sede e localidades no município. A entrega aconteceu na Sede do Sindicato do Trabalhadores Públicos Municipais de Óbidos (STPMO), que contou com a presença da secretária de saúde Natália Rodriguês, Izabela Taketomi Coordenadora Municipal dos ACS e agentes comunitários.

Cada agente comunitário, recebeu um kit acompanhado de: Farda: 2 camisas, capa de chuva, sombrinha, bota de segurança, bota sete éguas, caderno, caneta, lápis, borracha, cola, régua e corretivo. Tudo isso custeado pelo Fundo Municipal de Saúde.

A secretário de Saúde Natália Rodrigues, explanou: “A nossa equipe vem desenvolvendo um bom trabalho à frente da secretaria. Fico feliz pelo avanço significativo tanto no atendimento à população quanto a atenção prestada as comunidades do município. Esse momento faz parte de uma ação que beneficia os agentes comunitários de saúde renovar todos os seus instrumentos de trabalho. Estamos sempre valorizando os nossos funcionários que não medem esforços para realizar um bom trabalho”.

A Coordenadora Municipal dos ACS e agentes comunitários de saúde, Izabela Taketomi, declarou aos agentes comunitários de saúde que está feliz pelo empenho e dedicação dos trabalhos que realizam nas comunidades.

Fonte: PMO
Compartilhar:

Nascidos em março e abril começam a receber abono salarial do PIS 2017



O abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), ano-base 2017, começa a ser pago esta semana para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em março e abril.

O crédito em conta para os correntistas da Caixa Econômica Federal será realizado nesta terça-feira (19). Os demais beneficiários podem sacar o benefício a partir de quinta-feira (21).

De acordo com a Caixa, estão disponíveis mais de R$ 2,7 bilhões para 3,7 milhões de trabalhadores.

Os servidores públicos com inscrição no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), finais 6 e 7, também recebem o abono salarial a partir de quinta-feira (21).


Os valores variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com o tempo trabalhado formalmente em 2017. Os pagamentos são realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho de 2018. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis até 28 de junho de 2019.

Para os trabalhadores da iniciativa privada, beneficiários do PIS, o valor do abono salarial pode ser consultado no site da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0207.

Para servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-729 00 01.

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS ou no Pasep há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2017. (ABr)
Compartilhar:

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Confirmada morte encefálica de jovem espancado no bairro Livramento, em Santarém


Na noite deste domingo (17), a direção do Hospital Municipal Dr. Alberto Toletino Sotelo, confirmou a morte encefálica (ME) do jovem Davi Silva Amaral, 18 anos. O protocolo de ME iniciou na última sexta-feira (15), só ao final de todos os exames exigidos pelo protocolo que é possível oficializar a morte cerebral. A família já foi comunicada irá decidir pela doação de órgãos.

Davi Silva Amaral foi vítima de um crime covarde, na madrugada do último dia 14. Ele foi encontrado desacordado em um terreno baldio, no bairro Livramento, em Santarém, no oeste do Pará. Na noite anterior, ele estava em um bar, acompanhado de amigos. O jovem foi achado seminu, com marcas de agressão pelo corpo e fraturas na cabeça.

A polícia continua investigando o caso e a principal suspeita é que ele teria sido vítima de homofobia.
Compartilhar:

São Francisco vence de virada o clássico RaiFran e afunda Pantera de vez


O clássico RaiFran deste domingo era decisivo para São Raimundo e São Francisco. As duas equipes entraram no estádio Colosso do Tapajós para o jogo de hoje pela 5ª rodada do campeonato paraense em situações bem semelhantes em seus grupos. O Leão é o lanterna do grupo A1, enquanto que o rival, amarga a última posição do A2 também com apenas um pontinho. Os dois times ainda não tinham vencido no Parazão e uma vitória amenizaria a crise e a má fase dos clubes santarenos. Por causa desse retrospecto negativo, ambos já trocaram de treinador. Vladimir de Jesus deixou o time alvinegro, enquanto que os azulinos perderam Osvaldo Monte Alegre. Com Everton Goiano e Júnior Amorim, a promessa era de um novo recomeço para Pantera e Leão. Ingredientes para apimentar ainda mais esta rivalidade, portanto, não faltaram no clássico RaiFran de hoje.

Mas, no futebol mudar de treinador não basta para um time evoluir numa competição. É preciso espírito de equipe, garra, determinação e, acima de tudo, vitórias. O São Francisco sob o comando de Amorim fez bem o dever de casa e venceu, de virada, o seu maior rival, afundando ainda mais o São Raimundo numa crise que pode custar a queda prematura à segunda divisão do paraense. O time alvinegro até que saiu na frente. Abriu o marcador aos 24 minutos com Guilherme Moller escorando de cabeça uma cobrança de falta de Leandro Mendes. O primeiro tempo foi bastante equilibrado, mas esse resultado permaneceu assim.

Na volta do intervalo, o Leão voltou com as garras afiadas e decidido mudar a história do jogo. E não demorou muito para o time azulino marcar e empatar a partida. O gol veio com Rafael Paty aproveitando um cruzamento na área alvinegra. A pressão do Leão continuou e o Pantera passou a se defender. Quatro minutos depois, aos 20, Jefferson Monte Alegre marca e vira para o São Francisco. O atacante de cabeça selou a vitória azulina e garantiu a primeira vitória do time na competição. A vitória não tirou a equipe da lanterna, mas deu novo ânimo para a próxima partida que será no contra o Independente, no dia 24, no Colosso do Tapajós.

A situação do São Raimundo é mais complicada e se agravou bastante com a derrota no clássico. O time da Silva Jardim permanece com apenas um ponto e na próxima rodada encara o Remo, em Belém, no estádio Mangueirão.
Compartilhar:

SMT combate atuação de 'Flanelinhas' em Santarém


Os casos de abusos, danos ao patrimônio e cobrança indevida foram os motivos que levaram a Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), a tomar uma postura mais, digamos, radical contra os ‘flanelinhas’ em Santarém, no oeste do Pará. Com a finalidade de coibir as práticas já denunciadas em outras ocasiões por motoristas que se sentiram ameaçados por essas pessoas, o órgão de fiscalização do trânsito estará a partir das 15 horas deste domingo (17), na área do estacionamento do estádio Colosso do Tapajós, durante o clássico RaiFran, orientando os torcedores a não pagar pela vaga no estacionamento do estádio.

As equipes da SMT também vão atuar junto aos próprios ‘flanelinhas’, pedindo para que eles não pratiquem cobranças abusivas e indevidas. A ordem é, em caso de desobediência, encaminhar os ‘flanelinhas’ à 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde lá serão autuados por prática de extorsão, já que não têm autorização do município para atuarem nas áreas do Colosso do Tapajós.


Compartilhar:

Tromba d´água assusta a manhã de domingo dos moradores de Santarém


Uma tromba d’água foi a atração na manhã deste domingo (17), para quem caminhava na orla de Santarém, no oeste do Pará. O fenômeno foi visto por muitas pessoas no rio Tapajós, por volta das 10 horas. Muita gente se assustou com a tromba d’água, que não causou danos à população, segundo o Corpo de Bombeiros.

A baixa pressão atmosférica associada à alta umidade propiciaram a formação do fenômeno. Não é a primeira esse tipo fenômeno surge na região.

Tromba d'água é o nome dado ao fenômeno meteorológico, semelhante aos tornados, que se forma sobre meio líquido como rios e mares e que tem uma curta duração.

O fenômeno é comum, porém, dependendo da intensidade e da temperatura, pode causar grandes destruições. Quem estiver próximo, não deve se aproximar da tromba d´agua.
Compartilhar:

Abandono de Unidade Agropecuária causa mortes de diversas espécies



Com capacidade de produção para 4 milhões de alevinos (peixes recém saídos do ovo) e 12 milhões de pós-larva por ano, a Unidade Agropecuária Santa Rosa, instalada em Santarém desde 1991, é a única, dentre as 10 unidades do Estado, que ainda está em funcionamento, embora de forma extremamente precária, pois as atividades de produção, estão paralisadas há 9 meses.

A unidade,com área de 100 hectares, possui dois laboratórios, um aprisco de ovinos, um espaço para a produção de mudas e 54 tanques de diversos tamanhos para estocamento das matrizes reprodutoras.

Os três programas que foram inseridos na unidade: produção de mudas frutíferas da região; ovinocultura e piscicultura, estão parados por falta de mão de obra e investimentos. Atualmente, apenas o gerente Zacarias Marques, além de um servidor braçal, com problemas de saúde, tentam manter ativa, a unidade.

"Em maio de 2018, todos os servidores de uma terceirizada contratada pelo Estado, que trabalhavam na unidade, foram desligados, havia também um funcionário do Município, que foi retirado por conta de uma determinação do Ministério Público, que pedia o desligamento de todos os servidores temporários, explicou Zacarias.

Os peixes chegaram a passar mais de 60 dias sem alimentação, o que ocasionou mortes e perdas significativas de matrizes e de algumas espécies. Atualmente, os peixes se alimentam apenas a cada dois dias, com dois sacos de ração para o plantel, porém são necessários quatro para alimentá-los diariamante.

Em visita a unidade, o secretário Regional de Governo do Oeste do Pará, Henderson Pinto, lamentou o abandono da unidade pelo governo passado. “É uma perda significativa, pois a UAGRO Santa Rosa era referência para todo o Estado na produção de alevinos e também para a pesquisa. A unidade só não fechou as portas, graças ao apoio de municípios como Santarém, Mojuí dos Campos e Belterra. Além do Zacarias, que tem sido a alma dessa unidade, pedindo ajuda e fazendo um esforço sobre humano. Mas, com a visita do secretário Hugo Suenaga, da secretaria estadual de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), tivemos a confirmação do governador de que a unidade voltará a funcionar”, comemorou Henderson Pinto.

“Foi uma triste surpresa encontrar a unidade Santa Rosa abandonada. Poderíamos ajudar de forma mais efeitva o produtor rural com essas estações, fornecendo alevinos de qualidade, sementes e até mesmo mudas, fomentando cada vez mais o plantio dentro do nosso Estado. Mas, das 10 unidades existentes no Pará, apenas Santarém está “funcionando”, mesmo que praticamente abandonada. Hoje encontramos represas estouradas, sem recursos ou mão-de-obra para realizar qualquer serviço. A Unidade de Terra Alta por exemplo, já não conta nem mesmo com as matrizes. Isso é uma grande perda para o Estado, principalmente no setor rural. Por essa razão, vamos priorizar a UAGRO Santa rosa, e recuperá-la de imediato”, confirmou o secretário da Sedap.

Na próxima semana, técnicos da Sedap estarão em Santarém para fazer essa intervenção, agilizar os processos e evitar mais prejuízos.

Fonte: Agência Pará
Compartilhar:

MEC quer saber quantas adolescentes em idade escolar engravidaram

O Ministério da Educação (MEC) quer saber quantos casos de gravidez na adolescência ocorreram em 2018. Desde a última quinta-feira (14) está disponível para as escolas públicas e privadas o “Questionário sobre quantidade de casos de gravidez em adolescentes escolares”. O prazo para preencher os dados vai até 15 de abril.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo questionário, as escolas devem considerar os casos de gravidez em adolescentes na faixa etária de 10 a 19 anos de idade identificados no ano passado. Não será necessário identificar a adolescente.


Prazo para preencher questionário sobre grávidas vai até 15 de abril (Ana Nascimento/MDS/Portal Brasil)

O questionário deverá ser preenchido por gestores escolares ou por pessoas designadas pelas escolas. O acesso é por meio de um link no Sistema Educacenso,exclusivamente para o perfil escola.

O trabalho faz parte do programa Saúde na Escola, desenvolvido pelo MEC e Ministério da Saúde. A intenção é fortalecer ações conjuntas para reduzir o número de casos de gravidez na adolescência, além de garantir o cuidado integral às adolescentes grávidas.
Ações de promoção, prevenção e atenção à saúde

O Programa Saúde na Escola foi instituído em 2007 visando levar às escolas públicas ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, para enfrentar vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens. Entre as ações do programa estão a promoção da saúde sexual e da saúde reprodutiva, em conformidade com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde, a taxa de gravidez na adolescência no Brasil é de cerca de 56 adolescentes a cada grupo de mil. Número maior que a taxa internacional, que é de cerca de 49 a cada 1 mil.

Segundo o ministério, embora esse número esteja alto, houve - entre 2010 e 2017 - redução de 13% de bebês de mães adolescentes. Meninas negras representam a maior proporção entre essas mães: 19,7% pardas e 15,3% pretas, seguindo a classificação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). (ABr)
Compartilhar:

Após tragédia no Ninho do Urubu, CTs são fiscalizados e interditados

Após a tragédia no Ninho do Urubu, que matou dez atletas da base do Flamengo, as autoridades passaram a se preocupar com a situação dos centros de treinamento de outros clubes brasileiros. Na última sexta-feira, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro recomendou a interdição do Ninho do Urubu, em Vargem Grande (Barra da Tijuca) na zona oeste do Rio.

A interdição foi inicialmente pedida em 2017, mas não foi cumprida. Segundo o Ministério Público, o local só deve voltar a funcionar após cumprimento de exigências do Corpo de Bombeiros. O MP ameaça entrar na Justiça para interromper o uso das instalações do CT Jorge Helal, como é oficialmente chamado o Ninho do Urubu.

Três dias após a tragédia, um princípio de incêndio atingiu o alojamento da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), na Universidade da Força Aérea (UNIFA), no bairro da Sulacap, também zona oeste da capital fluminense. No momento em que houve o incidente, atletas do time sub-20 do Bangu repousavam. Por terem inalado fumaça, sete jogadores e um membro da comissão técnica receberam atendimento médico.


Centro de Treinamento do Flamengo, Ninho do Urubu, é vistoriado por autoridades - Tomaz Silva/Agência Brasil

Vasco da Gama

Um dia antes da manifestação do Ministério Público contra o Flamengo, a prefeitura do Rio de Janeiro pediu a interdição do CT do Vasco da Gama em Vargem Pequena, na mesma região da cidade. A ordem de interdição foi entregue pela 5ª Gerência Regional de Licenciamento e Fiscalização do município.

O clube transferiu os treinamentos para o Estádio São Januário e cobrou a definição de um prazo para "adequação às demandas do órgão, sem a necessidade de impedimento de uso do local". O clube informou que o CT das Vargens é usado apenas como local de treinamento e não há alojamento para os atletas.

Portuguesa

Na última quinta-feira (14), a prefeitura de São Paulo interditou parte do CT da Associação Portuguesa Desportos, por falta de segurança nas instalações. Foram interditados os blocos onde funcionam a lavanderia e os vestiários do CT, localizado na Rodovia Ayrton Senna. Os alojamentos do local estão desativados.

A prefeitura de São Paulo notificou os clubes sobre a obrigatoriedade de manter todos os alojamentos dentro das condições adequadas. Também recomendou que as agremiações suspendessem imediatamente a utilização dos alojamentos caso não estivessem regularizados. Devem ser vistoriados os CTs do Palmeiras, São Paulo, Corinthians, Nacional, Juventus e da Federação Paulista de Futebol.
Campanha

O ex-goleiro Getúlio Vargas Freitas de Oliveira Jr. está convocando jogadores, parentes e amigos de atletas de futebol e outras modalidades de esporte a enviarem fotos e vídeos que mostrem as condições de alojamentos nos clubes. “De repente alguém resolve fazer alguma coisa”, disse o atleta que já jogou no Flamengo (2002-2006), na Alemanha, em Portugal e na África do Sul.

As imagens estão sendo enviadas via WhatsApp (21 9673 30593) e exibidas no Instagram

Até o fechamento dessa reportagem, havia fotos e vídeos de dormitórios superlotados (30 pessoas em três quartos com dois banheiros); com colchão estendido sobre o chão; aparelhos elétricos ligados em tomadas sobrecarregadas; chuveiros elétricos com água escorrendo nos fios; banheiros imundos; bebedouro enferrujado, além de cozinhas sujas.

“O que eu tenho a falar sobre [as divisões de] base é a experiência que eu passei”, disse antes de descrever situações “precárias, ridículas e bizarras”, até em clubes de alto nível. Para o ex-goleiro, há alojamentos “em condições horríveis, terríveis ou perigosas” que colocam em risco muitos atletas.

Segundo Getúlio Vargas, as situações retratadas são “muito mais comuns do que vocês pensam”, com arranjos clandestinos, gambiarras ou “gatilhos” assemelhados ao que existem em periferias e favelas das cidades. “É igual lugar que a gente vive”, lamentou. (ABr)
Compartilhar:

Agência recomenda extinção de barragens a montante até 2021


No que depender da Agência Nacional de Mineração (ANM), deve ser executada uma resolução para encerrar as atividades das barragens denominadas “a montante” até 15 de agosto 2021. Há 84 barragens desta modalidade em funcionamento no país, das quais 43 são classificadas de "alto dano potencial": quando há risco de rompimento com ameaça a vidas e prejuízos econômicos e ambientais.

A agência recomenda que a resolução seja publicada de forma imediata, “desde que possível e viável juridicamente”.

“A ANM propõe algumas medidas que salvaguardarão a sociedade brasileira de possíveis rupturas destas estruturas, permitindo que a mineração continue tendo um papel vital para o desenvolvimento da sociedade e de tantos municípios mineradores que possuímos no país”, diz em nota técnica.

A nota técnica da ANM foi divulgada na noite da última sexta-feira (15) e uma resolução é aguardada no Diário Oficial da União.
Histórico

No período dos anos de 1970 a 1990, modelo “a montante” era a opção. Porém, a agência listou um “histórico de acidentes recentes em barragens de mineração”: Herculano Mineração, Samarco Mineração, Mont Polley (Canadá) e Vale S.A.

“Constata-se que este método não pode mais ser tolerado na atualidade, uma vez que crescem os registros de acidentes relacionados a este método construtivo, bem como se observa que várias destas estruturas já ultrapassam algumas dezenas de anos de vida útil, além de terem sido alteadas ao longo dos anos, o que aumentou paulatinamente a carga de rejeitos em suas bacias”, diz a nota.
Orientação

Pela proposta, as mineradoras devem fazer o descomissionamento ou descaracterização de suas barragens a montante no prazo fixado. Neste período as barragens que estiverem ativas serão monitoradas com freqüência até sua extinção ou adaptação.

A agência também quer obrigar as mineradoras a retirar todas as instalações com presença humana na chamada "Zona de Autossalvamento (ZAS)" das barragens, para reduzir o dano potencial.

“Também é prevista a retirada de todas as instalações com ocupação humana que existam na Zona de Autossalvamento (ZAS), de modo a reduzir significativamente o dano potencial associado dessas barragens”, diz a nota.

Em seguida, o texto acrescenta: “Os empreendedores responsáveis por barragens de mineração inseridas na PNSB, independentemente do método construtivo adotado, ficam proibidos de manter ou construir estruturas na ZAS”.

A resolução ressalta ainda a necessidade de reduzir ao máximo a entrada de água nas barragens de mineração para afastar o efeito liquefação, apontado como a mais provável causa do rompimento em Brumadinho. (ABr)
Compartilhar:

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Coluna Ponto Final volta a ser publicada pelo QP



A partir de hoje, o blog Quarto Poder volta a publicar, semanalmente, a coluna Ponto Final, com informações de todos os segmentos da sociedade paraense. O conteúdo será publicado aos sábados e ficará disponível para a leitura no ícone ao lado direito da página do blog.

Boa leitura.

###
O deputado estadual Hilton Aguiar (DEM) não esconde de ninguém sua pretensão de se lançar candidato a prefeito de Santarém nas eleições municipais de 2020. O parlamentar tem sido visto com frequência na Pérola do Tapajós alicerçando sua base política e buscando possíveis aliados. Ele também está um pote-até-aqui com o prefeito Nélio Aguiar.

*** 

###O empresário Alexandre Maduro ainda não digeriu a posse do suplente Jackson Douglas para o cargo de vereador na Câmara de Santarém, depois da cassação do titular da vaga, Silvio Amorim. Maduro disse que não vai desistir de lutar pelo mandato que, segundo ele, lhe pertence.
*** 
###Bastante elogiada a iniciativa da nova mesa diretora da Câmara de Santarém em transmitir em tempo real, via Facebook, as sessões plenárias. Nas redes sociais, o trabalho dos vereadores tem alcance imediato e está sendo bem recebido pelos internautas.

*** 
###A Ordem dos Advogados do Brasil do Pará (OAB), por meio das redes sociais, por meio da Comissão de Diversidade Sexual e População LGBTI, e com a colaboração de representantes da sociedade civil, manifestou seu repúdio ao ato brutal de violência contra o jovem santareno Davi Silva Amaral, que teria sido motivada por homofobia na cidade de Santarém, no oeste do Pará.

*** 
###A nota lembra que o Brasil amarga a lamentável condição de país mais inseguro para pessoas LGBTI no mundo. Diante deste cenário desolador, urge a necessidade de que a violação de direitos com ódio irracional contra a população LGBTI seja criminalizada como forma de coibir a prática de atos criminosos motivados pela orientação sexual ou pela identidade de gênero da vítima, bem como o STF julgue procedente a ADO 26 e o MI 4733.

*** 
###A Unidade Agropecuária Santa Rosa, instalada em Santarém, está completamente abandonada. Com capacidade de produção para quatro milhões de alevinos e 12 milhões de pós-larva por ano, ela é uma das 10 unidades do estado que ainda está funcionando, ainda que de forma precária. Por causa dessa situação de abandono, as atividades de produção estão paralisadas há nove meses e já teria causado a morte de várias espécies. Em recente visita à unidade, o secretário estadual de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Hugo Suenaga, afirmou que a unidade vai voltar a funcionar.//Na próxima semana, técnicos da Sedap estarão em Santarém para fazer a intervenção na unidade para evitar mais prejuízos.

*** 
###A Hydro investiu mais de R$ 1 bilhão para implementar uma das tecnologias mais modernas do mundo no tratamento e armazenamento de resíduos na Alunorte, em Barcarena. A refinaria utiliza um método pioneiro no país: os filtros prensam que geram um resíduo com 78% de teor de sólidos, o que permite o empilhamento a seco por meio de compactação, aumentando a segurança do depósito. A empresa foi a primeira a usar essa tecnologia para filtração de resíduos no Brasil em larga escala.
Compartilhar:

Bandidos matam filho na frente do pai no interior do Pará


(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Um jovem foi executado a tiros em frente a casa que morava, na madrugada deste sábado (16), no bairro da Cabanagem, em Porto de Moz, região oeste do Pará.

A vítima estava chegando à residência junto com o pai, quando dois homens em uma motocicleta os renderam, ordenando que ambos deitassem no chão.

Em seguida, segundo relatos repassados à polícia, um dos criminosos atirou pelo menos quatro vezes a queima roupa contra as costas da vítima. O jovem morreu na hora.

Após o crime, os suspeitos fugiram sem levar nada das vítimas. Ninguém foi preso até o momento.
Compartilhar:

Aluno Wai Wai realiza defesa bilíngue sobre a Terra Indígena Trombetas-Mapuera

O aluno indígena Estepan Wai Wai realizou a primeira defesa bilíngue do Programa de Geografia, vinculado ao Instituto de Ciências da Educação (Iced) da Ufopa, na manhã da última sexta-feira (15), em Santarém, no oeste do Pará. Intitulado “Reconhecimento, delimitação e demarcação da Terra Indígena Trombetas-Mapuera na fronteira setentrional do Brasil: uma revisão de literatura”, o trabalho de conclusão de curso foi orientado pelo professor João Revelino de Almeida (Iced).

Realizada no Laboratório de Ensino de Geografia, situada na Unidade Rondon, Campus de Santarém, a defesa ocorreu na língua Wai Wai, com a tradução simultânea para a língua portuguesa realizada pelo discente Jonas Wai Wai, do curso de Direito. A banca examinadora foi formada pelas docentes Ednéa do Nascimento Carvalho e Maria Mirtes Cortinhas dos Santos.

O estudo apresenta, por meio de revisão bibliográfica, aspectos relativos ao processo de interdição, reconhecimento, delimitação e demarcação da Terra Indígena Trombetas-Mapuera, com ênfase na aldeia Mapuera, da etnia Wai Wai, situada no município de Oriximiná, no Oeste do Pará.

Oriundo da aldeia Mapuera, distante quatro dias de barco de Oriximiná, Estepan Wai Wai pertence a turma de 2013 do curso de Licenciatura Integrada em História e Geografia. Segundo Estepan, ele foi incentivado pelos professores do curso a realizar a defesa em sua língua materna. “Compreendo bem as palavras em português, mas tenho dificuldade em pronunciá-las. Por isso, fui incentivado pelos meus professores a fazer a defesa em Wai Wai”, explica. Estepan, pretende retornar para sua aldeia.

Lago Piraquara – Outra defesa de conclusão de curso realizada hoje no Laboratório de Ensino de Geografia do Iced foi a do discente Risomar dos Santos Silva, da etnia Tupinambá. Intitulado “O processo de assoreamento do Lago Piraquara (Baixo Amazonas) e as consequências advindas para os indígenas da aldeia Muratuba / Santarém - PA”, o estudo também foi orientado pelo professor João Revelino de Almeida. O aluno é concluinte da turma de 2013 do curso de Licenciatura Integrada em História e Geografia.
Estepan Wai Wai durante a defesa bilíngue. Imagem: Comunicação/Ufopa

Compartilhar:

Polícia Civil contabiliza mais de 230 prisões em 15 dias de fevereiro no interior do Pará


A Polícia Civil do Pará contabilizou, nos 15 primeiros dias de fevereiro deste ano, 237 prisões de criminosos realizadas em 174 operações no interior do Estado. O número já supera o total de prisões realizadas em todo mês passado, quando foram realizadas 130 operações que resultaram em 236 prisões de envolvidos em crimes nos municípios paraenses. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (15), pela Diretoria de Polícia do Interior (DPI) da Polícia Civil. Na somatória dos 31 dias de janeiro deste ano mais os 15 primeiros dias de fevereiro (exatos 46 dias do ano de 2019), a Polícia Civil já contabiliza 304 operações policiais com 473 prisões de envolvidos em crimes apenas nos municípios do interior paraense.

Para o diretor de Polícia do Interior da Polícia Civil, delegado José Humberto Melo Junior, a intensificação das ações policiais e operações no interior paraense é reflexo da política implementada pelo delegado-geral da Polícia Civil, Alberto Teixeira, para combate ao crime em todo Pará, de forma sistemática em todas as regiões do Estado. Dentre os presos, estão autores de crimes diversos, como tráfico de drogas, homicídios, roubos, estupros de menores e violência doméstica contra a mulher.

A exemplo das operações policiais já deflagradas pela Polícia Civil no interior do Pará, nesta sexta-feira (15), a Polícia Civil prendeu 13 pessoas em cumprimento de mandados de prisão preventiva de envolvidos em trafico de drogas, no município de Concórdia do Pará, nordeste do Estado. As prisões resultaram da operação Diamante deflagrada pela Superintendência da 3ª Região Integrada de Segurança Pública (3ª RISP), sediada em Castanhal.

Sob coordenação do delegado Paulo Henrique Junior, titular da Superintendência, mais de 60 policiais civis de Unidades Policiais da 3ª RISP, com apoio de policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Castanhal; do Grupo de Pronto Emprego (GPE) e da Diretoria de Polícia do Interior (DPI), a ação policial resultou também nas apreensões de uma arma de fogo calibre 12; três munições de calibre 12, 17 munições de calibre 22 e R$ 5.822 em dinheiro.

Fonte: PC
Compartilhar:

Pista de caminhada do Parque da Cidade passa por revitalização


O Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) realizou na última sexta-feira (15), a revitalização da pista de caminhada e corrida do Parque da Cidade. O serviço ocorreu em conjunto com as Secretarias de Mobilidade e Trânsito (SMT), Agricultura e Pesca (Semap) e Infraestrutura (Seminfra).

O espaço recebeu sinalização de extremidade, meio e pintura de metragem. Além de melhorias na iluminação por meio de trocas de lâmpadas que estavam queimadas.

"A iniciativa é para valorizar ainda mais a prática de atividades físicas. Além de ajudar no combate ao estresse, as atividades ao ar livre ajudam ainda na redução da tendência à depressão, aumento da sensação de energia, auxílio na realização das atividades diárias eliminando o cansaço e aumentando assim a produtividade. A prática de atividades ajuda também a dormir melhor. Portanto, ter um local aconchegante para essa prática é ainda mais estimulante e o governo municipal vem tentando melhorar esse atendimento a cada dia", afirmou o coordenador do Núcleo de Esporte e Lazer, José Maria Lira.

A pista de caminhada do Parque da Cidade já está liberada para a prática de atividades físicas.

Fonte: Agência Santarém I Keliane Tomé 
Compartilhar:

Médicos do PR, MA e SP assumem vagas do 'Mais Médicos' em Santarém nos próximos dias

Atendimento médico (Foto: Arquivo/Ascom)As comunidades Vila Curuai, Vila Socorro e Santana do Ituqui devem receber novos médicos nos próximos dias. As vagas abertas para as três localidades foram preenchidas depois de prazo aberto em edital, pelo Ministério da Saúde.

Com o encerramento do contrato entre Brasil e Cuba e a saída dos médicos cubanos do país, surgiram 17 vagas em Santarém, que eram ocupadas por esses profissionais. Assim que o edital foi aberto para médicos brasileiros, 14 aceitaram ocupar as vagas, restando apenas vagas em três comunidades do interior do município: Vila Socorro, Vila Curuai e Santana do Ituqui.

Na tarde de quinta-feira (14), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) da Prefeitura de Santarém, através da coordenação do Programa Mais Médicos, recebeu a informação oficial do Ministério da Saúde de que as três vagas que restavam abertas foram preenchidas.

"Estávamos na expectativa para o preenchimento dessas vagas e pela informação do Ministério da Saúde, deu certo. As três vagas para Santarém foram, enfim, preenchidas", afirmou Lauro Corrêa, coordenador do Programa Mais Médicos da Semsa, que recebeu a notícia com grande alegria.

De acordo com cronograma do edital do Mais Médicos, os profissionais brasileiros com formação no exterior tiveram os dias 13/02 e 14/02 até às 18h, para manifestarem interesse nas localidades que ainda tinham vagas disponíveis. Mas, de acordo com o Ministério da Saúde, antes de terminar o prazo, ainda no início da manhã de quinta-feira, todas elas já tinham sido preenchidas.

O coordenador do Programa disse que já manteve contato com os três médicos inscritos e eles confirmaram que vão assumir as vagas nas comunidades santarenas. Trata-se de uma médica do Paraná, uma médica do Maranhão e um médico de São Paulo. "Interessante é que o esposo de uma das médicas que passou nessa etapa, que também é médico, já trabalha conosco no Abaré. Eles estavam separados pelo programa, mas agora vão se reencontrar graças a essa nova oportunidade dada pelo edital do Mais Médicos. Então, estamos confiantes de que dessa vez tudo dará certo para que as três comunidades recebam o quanto antes esses profissionais", comenta Lauro Corrêa.

Corrêa explicou que além da bolsa paga pelo Ministério da Saúde aos médicos, no valor de R$ 12.386,50 (doze mil trezentos e oitenta e seis reais e cinquenta centavos), o município está oferecendo ainda uma contrapartida como ajuda pecuniária para que os médicos assumam essas comunidades do interior. "A ajuda pecuniária é para que os profissionais possam custear moradia, alimentação e transporte. É uma forma também de incentivá-los a assumir as vagas em comunidades da zona rural do município, pois a secretaria entende que essas comunidades necessitam muito da assistência médica", destaca.

Ainda pelo cronograma do Ministério da Saúde, a divulgação da lista oficial com os profissionais e as cidades onde eles vão atuar será feita na próxima terça-feira (19).

Todos os profissionais alocados nesta etapa, que não tiverem o Registro do Ministério da Saúde (RMS), realizarão um módulo de acolhimento onde terão aulas e passarão por avaliação da coordenação nacional do programa, em Brasília, antes de virem para Santarém.

Seguindo o cronograma, os novos médicos devem se apresentar na cidade entre os dias 15 e 17 de abril. Chegando a Santarém, eles também passarão por treinamentos e serão apresentados nas comunidades de destino, começando a prestar os atendimentos até o dia 18 de abril de 2019.

Com o preenchimento de todas as vagas por médicos brasileiros, o Ministério da Saúde estima que não haverá mais a necessidade de abrir prazo para médicos estrangeiros, conforme previa o edital.

Fonte: Agência Santarém de Notícias
Compartilhar:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Aluno Wai Wai realiza defesa bilíngue sobre a Terra Indígena Trombetas-Mapuera

O aluno indígena Estepan Wai Wai realizou a primeira defesa bilíngue do Programa de Geografia, vinculado ao Instituto de Ciências da Educaç...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive