quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Mantega é preso na Arquivo X, nova fase da Lava Jato


Guido Mantega. Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

No Estadão

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 22, a Arquivo X, 34ª fase da Operação Lava Jato.

O ex-ministro Guido Mantega foi preso temporariamente. Ele não estava em sua residência, alvo de busca e apreensão. Mantega está no Hospital Albert Einstein, onde acompanha a mulher em uma cirurgia.

Mantega é suspeito de atuar para arrecadar propinas para o PT em 2012 em contratos de duas plataformas, P67 e P70.

A Federal cumpre mandados em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia e Distrito Federal. Em São Paulo, há 7 mandados de busca e apreensão, sendo um em Sorocaba, e dois de prisão.

As equipes policiais estão cumprindo 49 ordens judiciais, sendo 33 mandados de busca e apreensão, 08 mandados de prisão temporária e 08 mandados de condução coercitiva.

Aproximadamente 180 policiais federais e 30 auditores fiscais estão cumprindo as determinações judiciais em cidades nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Distrito Federal.

Nesta fase da operação policial são investigados fatos relacionados à contratação pela Petrobrás de empresas para a construção de 02 plataformas (P-67 e P70) para a exploração de petróleo na camada do pré-sal, as chamadas FSPO´s (Floating Storage Offloanding).

Utilizando-se de expedientes já revelados no bojo da Operação Lava Jato, fraude do processo licitatório, corrupção de agentes públicos e repasses de recursos a agentes e partidos políticos responsáveis pelas indicações de cargos importantes da estatal, empresas se associaram na forma de consórcio para obter os contratos de construção das duas plataformas muito embora não possuíssem experiência, estrutura ou preparo para tanto.

Durante as investigações verificou-se ainda que, no ano de 2012, um ex-ministro da Fazenda teria atuado diretamente junto ao comando de uma das empresas para negociar o repasse de recursos para pagamentos de dívidas de campanha de partido político da situação. Estes valores teriam como destino pessoas já investigadas na operação e que atuavam no marketing e propaganda de campanhas políticas do mesmo partido.

São apuradas as práticas, dentre outros crimes, de corrupção, fraude em licitações, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

O nome “Arquivo X” dado à investigação policial é uma referência a um dos grupos empresarias investigados e que tem como marca a colocação e repetição do “X” nos nomes das pessoas jurídicas integrantes do seu conglomerado empresarial.

Nos casos dos investigados para os quais foram expedidos mandados de condução coercitiva, estes estão sendo levados às sedes da Polícia Federal nas respectivas cidades onde foram localizados a fim de prestarem os esclarecimentos necessários. Os investigados serão liberados após serem ouvidos no interesse da apuração em curso.

Quanto aos investigados com prisão cautelar decretada, tão logo sejam localizados eles serão trazidos à sede da Polícia Federal em Curitiba onde permanecerão à disposição das autoridades responsáveis pela investigação.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Segunda via do Titulo Eleitoral pode ser solicitada até quinta-feira

A próxima quinta-feira (22) é o prazo final para os eleitores solicitarem a 2ª via do Título Eleitoral dentro do seu domicílio eleitoral. Quem perdeu ou teve o documento extraviado ainda pode requerer o mesmo a Justiça Eleitoral.

De acordo com o Art. 52 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965) o eleitor tem até dez dias antes do dia da eleição para requerer a segunda via do documento. Basta comparecer a Zona Eleitoral de seu município munido de qualquer documento oficial com foto. No caso, dos eleitores de Belém, é preciso ir até a Central de Atendimento ao Eleitor (CAE), que concentra todas as Zonas que abrangem o município e está localizada na Travessa Pirajá, bairro Pedreira.

A emissão da segunda via do título não tem custo algum. Para outras dúvidas sobre o documento, o eleitor pode entrar em contato com o Disque Eleitor por meio do número 0800 0919101. (TRE/PA)

“Vale do Silício Amazônico” pode manter floresta em pé

A maior floresta tropical do planeta, berço de pelo menos metade de todas as espécies vivas, pode se transformar no próximo “Vale do Silício”. A proposta parte de cientistas: os 6,7 milhões de km2 de floresta – sete vezes o tamanho da Alemanha -, escondem matérias-primas que devem impulsionar a quarta revolução industrial, diz um estudo publicado nesta semana na prestigiada Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), dos Estados Unidos.

“As nossas análises mostraram que, se continuarmos com os dois modelos de desenvolvimento historicamente usados, que são a conservação pura da floresta e a atividade agropecuária, o desmatamento vai continuar. Se não encontrarmos uma outra maneira, a floresta vai desaparecer”, afirma em entrevista à DW Brasil o climatologista Carlos Nobre, principal autor do estudo e recém-eleito membro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos.

Chamada de “terceira via”, a proposta dos cientistas enxerga a Amazônia como um patrimônio biológico global, que pode impulsionar a nova revolução movida a inteligência artificial e tecnologias que “imitam” a natureza – o biomimetismo.

“Estamos dizendo que existe um valor agregado muito maior nos recursos biológicos da Amazônia que podem gerar uma economia muito robusta, de longo prazo, que sustentará um novo modelo e que é compatível com a floresta em pé”, explica Nobre.

Desvendar de que plantas e animais são feitos, como organismos se locomovem e percebem o ambiente, por exemplo, são a chave para criação de materiais, sensores e até robôs do futuro. “Conhecemos o caso de uma espuma resistente produzida por um sapo que inspirou a criação de uma nova tecnologia de captura de CO2 da atmosfera”, diz Juan Carlos Castilla-Rubio, um dos autores e presidente do conselho da Space Time Ventures, incubadora de start-ups de tecnologia.

Histórico de destruição

Em mais de 50 anos de exploração da Amazônia, que se estende por 9 países e ocupa 47% do território brasileiro, a expansão da agropecuária e ocupação já desmataram 20% da floresta. Segundo diversos estudos publicados por climatologistas, se mais de 40% da floresta for destruída, a mata densa não consegue mais se recuperar e se transforma numa savana.

A Amazônia também é fundamental no combate às mudanças climáticas – a estimativa é que suas árvores armazenem até 200 bilhões de toneladas de carbono. A liberação desse gás de efeito estufa na atmosfera poderia elevar a temperatura do planeta num ritmo ainda mais acelerado.

“Talvez a proposta de explorar esse patrimônio biológico seja, de fato, a única possibilidade de conservar a Amazônia”, avalia Nurit Bensusan, especialista em biodiversidade do Instituto Socioambiental (ISA). “Mas é preciso muito cuidado para que haja a repartição de benefícios, para que a exploração dos recursos naturais não vire patentes nas mãos de empresas internacionais detentoras de tecnologia”, alerta.

“Vale do Silício” amazônico

Para Castilla-Rubio, a Amazônia é o próximo centro de inovações do mundo, mas ainda é cedo para dizer se a floresta tropical será tomada por laboratórios de alta tecnologia. “Ainda não sabemos como isso vai acontecer exatamente, é um tema que vai durar 20 anos ou mais. Mas sabemos que a capacidade e conhecimento local precisam ser reforçados, e muito”, comenta Castilla-Rubio, que compara o nível de dificuldade do projeto “à ida do homem à Lua” . Atualmente, apenas 2% dos doutores formados anualmente no Brasil vêm de universidade amazônicas.

Ao mesmo tempo, a Amazônia é o lar de cerca de 2,7 milhões de indígenas. Para que essas comunidades se beneficiem do “Vale do Silício Amazônico”, a pesquisadora Bensusan diz que é preciso reverter uma tendência.

Advogado perde mais uma ação contra blog Quarto Poder

O juiz Gerson Marra Gomes, da Vara do Juizado Especial Cívil de Santarém, no oeste do Pará, julgou improcedente ação contra o titular do blog Quarto Poder, jornalista Marcos Santos, por suposto crime de calúnia e difamação, movida pelo advogado Rodrigo Jennings. A decisão foi proferida durante audiência na manhã desta terça-feira (20), na Ajufit.

Foi a segunda derrota dele em ação contra o blog Quarto Poder.

A primeira foi no dia 15 de julho deste ano. Naquela ocasião, a Justiça considerou improcedente a queixa-crime ajuizada pelo advogado contra o jornalista/blogueiro.

Ainda cabe recurso.

O Blog Quarto Poder juntamente com outros blogs e a imprensa santarena noticiaram a prisão do advogado no ano passado, por suposto crime de falsificação de documentos. Para a Justiça, a informação era de estrito ‘interesse público’.

O advogado move várias ações nas esferas civil e criminal contra os principais blogueiros e emissoras de tevê da cidade. Até agora, ele coleciona apenas derrotas.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Conheça as principais atribuições do prefeito

Eleger um prefeito é uma fazer uma escolha de extrema importância e, ao mesmo tempo, de responsabilidade por parte de cada eleitor, pois o futuro da cidade estará nas mãos de quem vencer a disputa. No dia 2 de outubro, cerca de 144 milhões de eleitores irão às urnas para eleger os prefeitos e vice-prefeitos de seus municípios. Contudo, para votar consciente e poder cobrar ações concretas dos eleitos, é importante saber quais são as principais funções desse cargo.

O prefeito, autoridade máxima na estrutura administrativa do Poder Executivo do município, tem o dever de cumprir atribuições previstas na Constituição Federal de 1988, definindo onde serão aplicados os recursos provenientes de impostos e demais verbas repassadas pelo estado e pela União. A aplicação desses recursos públicos deve obedecer à Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar n° 101/2000) e ao que for fixado na lei orçamentária anual do município, proposta pelo prefeito e votada pelos vereadores, que representam o Poder Legislativo municipal.

O mandato do prefeito tem duração de quatros anos. Nesse período, ele deve, entre outras funções, zelar pela boa administração da cidade, empreendendo a gestão da coisa pública, além de exercer o controle do erário, planejar e concretizar obras, sejam elas da construção civil ou da área social.

Para a vitória nas urnas, o candidato ao cargo de prefeito (candidato majoritário) deverá obter a maioria absoluta dos votos. Caso o município tenha mais de 200 mil eleitores, a decisão do pleito pode vir a ocorrer em dois turnos. Dessa forma, para ser eleito já no primeiro turno, é preciso alcançar a maioria absoluta dos votos válidos, ou seja, mais de 50% na primeira eleição.

Leis - Além disso, cabe ao prefeito não apenas sancionar as leis aprovadas em votação pela câmara municipal (também chamada de câmara de vereadores), mas também vetar e elaborar propostas de leis quando achar necessário.

Contudo, ele não administra sozinho, e por isso depende de apoio político dos vereadores, assim como de outras esferas governamentais, ou seja, dos governos estadual e Federal. A ajuda destes dois últimos acontece por meio de repasses de verbas, convênios e auxílios de toda natureza para a realização de obras e implantação de programas sociais, os quais, principalmente no caso de prefeituras de pequenos municípios, tornam-se fundamentais para o atendimento das demandas locais.

Atribuições - Outras atribuições são desempenhadas em parceria com os governos estadual e Federal, como a gestão da área da saúde, por exemplo. Na área de saneamento básico, as prefeituras atuam em parceria com os estados. Na educação, a obrigação do município é cuidar das creches e do ensino fundamental.

Para realizar suas tarefas, as prefeituras contam principalmente com o dinheiro arrecadado pelo Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto Sobre Serviços (ISS). Mas nem sempre essa verba é suficiente, podendo ser necessário um aporte do Governo Federal.

Decidir onde vai ser aplicado o dinheiro arrecadado é uma tarefa do prefeito, que precisa ser aprovada pela câmara de vereadores. A população deve fiscalizar o trabalho do prefeito e, sempre que suspeitar de irregularidades, deve encaminhar denúncia ao Ministério Público ou à câmara municipal.

É importante ressaltar que, caso venha a cometer algum crime, o prefeito é julgado pela câmara de vereadores, que, comprovando as infrações político-administrativas cometidas, poderá condená-lo, sujeitando-o a pena de cassação do mandato. As infrações político-administrativas que podem ser cometidas por prefeito, estão listadas no art. 4º do Decreto-lei nº 201, de 27 de fevereiro de 1967.

Cabe ao prefeito:

• Desenvolver as funções sociais da cidade e garantir o bem estar dos seus habitantes;

• Organizar os serviços públicos de interesse local;

• Proteger o patrimônio histórico-cultural do município;

• Garantir o transporte público e a organização do trânsito;

• Atender à comunidade, ouvindo suas reivindicações e anseios;

• Pavimentar ruas, preservar e construir espaços públicos, como praças e parques;

• Promover o desenvolvimento urbano e o ordenamento territorial;

• Buscar convênios, benefícios e auxílios para o município que representa;

• Apresentar projetos de lei à câmara municipal, além de sancionar ou vetar;

• Intermediar politicamente com outras esferas do poder, sempre com intuito de beneficiar a população local;

• Zelar pelo meio ambiente, pela limpeza da cidade e pelo saneamento básico;

• Implementar e manter, em boas condições de funcionamento, postos de saúde, escolas e creches municipais, além de assumir o transporte escolar das crianças;

• Arrecadar, administrar e aplicar os impostos municipais da melhor forma;

• Planejar, comandar, coordenar e controlar, entre outras atividades relacionadas ao cargo.

Campanha de Multivacinação de atualização de carteiras começa nesta segunda-feira

Começa nesta segunda-feira (19), estendendo-se até o dia 30/09, a Campanha Nacional de Multivacinação para atualização das carteiras. Em Santarém, a ação está sendo coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O público-alvo são crianças de até quatro anos, onze meses e 29 dias, crianças de nove anos e adolescentes de até 13 anos. Serão disponibilizadas 13 tipos de vacinas para imunizar até 30 tipos de doenças.

Crianças de nove e adolescentes na faixa etária de até 13 anos, do sexo feminino, receberão doses contra o vírus HPV e a tríplice viral, se houver necessidade. Os adolescentes do sexo masculino só serão imunizados com a dose tríplice viral, se houver necessidade.

Serão disponibilizados 115 postos de vacinação, prioritariamente nas Unidades de Saúde da área urbana de Santarém, e na Zona Rural, nas comunidades de Jacamim, Tabocal e na Vila de Alter do Chão. As demais comunidades serão contempladas em uma segunda etapa com a mesma finalidade.

O dia D da campanha será no dia 24 de setembro. Foram mobilizados para todo o período da campanha 550 profissionais de saúde.

A SEMSA não estabeleceu metas, porque se trata de uma campanha com a finalidade específica de atualização das carteiras. (PMS)

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Circuito Cultural MRN leva obras clássicas da literatura para cidades do Pará

O Circuito Cultural MRN retorna à região Oeste do Pará para levar cultura e entretenimento a Óbidos, Oriximiná, Faro e Terra Santa. Desta vez, será apresentada a peça “Esquetes Clássicos”, que aborda versões adaptadas de obras clássicas da literatura brasileira e estrangeira, com conteúdo adequado ao público adolescente, despertando o gosto pelas artes cênicas. De 12 a 23 de setembro, serão realizadas 29 apresentações. Confira datas e locais abaixo.

As apresentações têm como objetivo principal entreter e transmitir o conhecimento, numa abordagem diferenciada dos textos clássicos, de forma marcante e explicativa. “A proposta do projeto permite que os adolescentes, por meio do prazer e do encantamento que as histórias lhes proporcionam, bem como pelo simbolismo que está implícito nas tramas e personagens, criem valores básicos de conduta. Em especial, a oportunidade única de unir o conteúdo de literatura clássica e as artes cênicas, despertando o gosto pela leitura, pela história e pela nossa cultura brasileira”, ressalta Rodrigo Nascimento, coordenador de comunicação do Grupo Komedi.

Com muito bom humor, o projeto leva a cultura e dissemina a arte cênica por onde passa. “Queremos proporcionar aos jovens acesso ao teatro, como cultura e linguagem artística, contribuindo para a formação humana e cultural deles. Além disso, os temas são sempre motivados a provocar uma mudança de atitude em relação a aspectos ambientais, sociais e humanos e, em seguida, podem ser trabalhados em sala de aula”, ressalta Rodrigo Nascimento.

Patrocinado pela Mineração Rio do Norte (MRN), o Circuito Cultural MRN é executado pelo Grupo Komedi com apoio do Ministério da Cultura (MinC), por meio de Leis de Incentivo à Cultura. Confira, abaixo, as datas e locais onde o Circuito Cultural MRN apresentará a peça “Esquetes Clássicos”.

O Sairé já começou em Alter do Chão

Na vila de Alter do Chão, localizada em Santarém, oeste do Pará, o clima é de festa. O povo da vila recebe turistas de toda a parte para a festa do Sairé que iniciou oficialmente nesta quinta-feira, 15, e se estende até a próxima segunda-feira, 19, com a varrição dos mastros. A programação é bem diversificada, envolve dois lados: profano e religioso. O primeiro consta de rezas e manifestações que resgatam uma tradição antiga, iniciada com os índios borari. A segunda, uma disputa de muita rivalidade entre dois personagens famosos dos rios Amazônicos – os botos tucuxi e cor de rosa. 

Para contribuir com o brilhantismo da festa, a Celpa elaborou um plano de atendimento que consta de uma série de serviços. A operação especial começou pelos 30 km de rede elétrica da rodovia Everaldo Martins (PA-457), que liga Santarém à vila balneária. Também foi feita a retirada de vegetação na rede, como forma de evitar desligamentos e revisadas todas as conexões de rede para evitar rompimento de cabos.

A concessionária implantou dois religadores automáticos para transferência de carga, sem intervenção humana; substituiu equipamentos danificados ou em fim de vida útil e fez retirada de vegetação, a fim de evitar desligamentos. Também instalou dois bancos reguladores, na rodovia Everaldo Martins, com o objetivo de melhorar níveis de tensão na vila.

Segundo o executivo de Manutenção da Celpa, Clécio Tabaranã, equipes estão de plantão durante todo o evento, dispondo de transformadores e postes, para garantir que a tradição se repita com todo o brilhantismo, além de atender os empreendedores que aproveitam para ganhar uma renda extra durante o Sairé. Além disso, estão sendo feitas fiscalizações para evitar o furto de energia. As equipes ficam posicionadas em pontos estratégicos na praça do sairé, um deles ao lado esquerdo da barraca religiosa.

No sábado, quando o talento regional fica em evidência, com a disputa dos botos tucuxi e cor de rosa, as luzes se acenderão para que moradores e turistas contemplam o espetáculo do Sairé, apresentado na ilha mais famosa do mundo: Alter do Chão.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Confirmada morte do ator Domingos Montagner



A polícia confirmou no início da noite desta quinta-feira (15), que encontrou o corpo do ator Domingos Montagner, desaparecido desde a tarde, quando decidiu tomar um banho na prainha de Canindé do São Francisco (SE), após o término das gravações da novela ‘Velho Chico’, da Globo. As buscas estavam sendo feitas pelo Corpo de Bombeiros e Grupamento Tático Aéreo (GTA), além de pescadores e voluntários. A produção da novela também estava envolvida nos trabalhos.

Domingos Montagner estava acompanhado de outros atores, colegas de cena. Foi ao lado da atriz Camila Pitanga, que ele foi visto pela última vez, antes do mergulho nas águas do rio São Francisco.

De acordo com informações da polícia, o desaparecimento ocorreu por volta das 14h30.


Começo no teatro e no circo
O ator paulistano começou sua carreira artística trabalhando no teatro e em circos. Ele atuou em treze programas de TV, entre séries e novelas, além de nove filmes.
Alguns papéis de destaque foram o Capitão Herculano Araújo de "Cordel Encatado" (2011) e o presidente Paulo Ventura de "O brado retumbante" (2012).

Ele também chamou atenção como o Zyah de "Salve Jorge" (2012) e João Miguel de "Sete Vidas (2015). O ator estava no ar como o Santo de "Velho Chico" (2016).

Montagner conta, em seu site oficial, que iniciou sua carreira no teatro, através do curso de interpretação de Myriam Muniz, e no Circo Escola Picadeiro.

Em 1997, formou o Grupo La Mínima, com Fernando Sampaio. A Noite dos Palhaços Mudos, de 2008, lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Ator. Em 2003, criou o Circo Zanni, do qual foi diretor artístico.

O primeiro papel na TV foi no seriado "Mothern" (2006), do GNT, canal da TV por assinatura. A estreia na Globo foi também em seriados: "Força Tarefa", "A Cura" e "Divã". A primeira novela, "Cordel Encantado", foi em 2011. No ano seguinte, estreou no cinema, com uma participação no longa "Gonzaga - de Pai Pra Filho", de Breno Silveira.
Domingos Montagner como o personagem Zyah, da novela 'Salve Jorge' (Foto: Alex Carvalho/TV Globo)

Veja filmes, novelas e seriados da carreira de Domingos Montagner:

TV
“Mothern” (2008)
“Força tarefa” (2010)
“A cura” (2010)
“Divã” (2011)
“Cordel encantado” (2011)
“O brado retumbante” (2012)
“Salve Jorge” (2012)
“Joia rara” (2013)
“Sete vidas” (2015)
“Romance policial – Espinosa” (2015)
“Velho Chico” (2016)
Cinema
“Gonzaga, de pai para filho” (2012)
“A grande vitória” (2014)
“Através da sombra” (2015)
“De onde eu te vejo” (2016)
“Vidas partidas” (2016)

“Um namorado para minha mulher” (2016)

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

‘Lula é o comandante máximo do esquema de corrupção’, diz procurador da Lava Jato



O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, afirmou nesta quarta-feira, 14, que o ex-presidente Lula é o ‘comandante máximo do esquema de corrupção’ identificado na investigação sobre cartel e propinas na Petrobrás.

Dellagnol declarou: ‘O Ministério Público Federal não está julgando aqui quem Lula foi’. O procurador afirma que a propina destinada ao ex-presidente supera a quantia de R$ 3 milhões.

A Lava Jato denunciou formalmente nesta quarta-feira, 14, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ex-primeira dama Marisa Letícia, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, o empresário Léo Pinheiro, da OAS, dois funcionários da empreiteira e outros dois investigados.

Na denúncia contra Lula, o Ministério Público Federal pede o confisco de R$ 87 milhões. A acusação aponta ’14 conjuntos de evidências que se juntam e apontam para Lula como peça central da Lava Jato’. Segundo a denúncia, o ex-presidente poderia ter determinado a interrupção do esquema criminoso.

“Essas provas demonstram que Lula era o grande general que comandou a realização e a continuidade da prática dos crimes com poderes para determinar o funcionamento e, se quisesse, para determinar sua interrupção”, disse Dallagnol.

Segundo o procurador, a LILS, empresa de palestras do ex-presidente, e o Instituto Lula receberam mais de R$ 30 milhões de empresas investigadas na Operação Lava Jato – o que representa ‘parcela significativa’ dos R$ 55 milhões aportados nas duas instituições.

“O PT e, particularmente Lula, eram os maiores beneficiários dos esquemas criminosos de macro corrupção no Brasil”, disse.

O Ministério Público Federal afirma que o ex-presidente teve ‘acréscimos patrimoniais ilegais oriundos de propinas repassadas de modo disfarçado’.

“Lula conspirou contra a Operação Lava Jato”, afirmou o procurador.

O procurador declarou que Lula é o ‘verdadeiro maestro dessa orquestra criminosa, o seu real comandante’.

A Lava Jato apontou que cinco colaboradores deram depoimento confirmando o papel de comando de Lula no esquema de corrupção. Citou o ex-deputado Pedro Corrêa, do PP, que em dois momentos (2003/2004 e 2006) citou o fato, o ex-líder do governo no Senado Delcídio Amaral, o executivo Fernando Schahin, o operador de propinas Fernando Soares e o ex-diretor da área Internacional da Petrobrás Nestor Cerveró.

No link abaixo, veja a íntegra da manifestação de Lula e Marisa Letícia.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Líder de mercado em Santarém, Vivo faz ação durante a Festa do Sairé

A Vivo lança, em parceria com a RedeFlex, ação durante a Festa do Sairé, que acontece de 15 a 19 de setembro, em Santarém/PA e que deve reunir público superior a 300 mil pessoas, entre santarenos e turistas de todo o país. Líder de mercado no DDD 93 com 71,67% de market share, a Vivo fará blitz com clientes e ações de compre & ganhe com o plano pré-pago Vivo Tudo Turbo mais recarga. “Quem realizar recargas com nossos promotores, ganhará um voucher para retirar a premiação, que será uma pizza feita por nossos pizzaiolos”, explica Marcelo Moda, gerente comercial da Vivo no DDD 93, que destaca que a expectativa é apresentar os produtos e serviços da operadora tanto atuais como a novos clientes.

Atualmente, a Vivo está presente em 106 cidades paraenses (73,61% do estado), sendo 95 municípios com a tecnologia 3G e 4 com o 4G, como Santarém, que possui a tecnologia de quarta geração da operadora desde novembro de 2015, cobrindo 26 bairros*.

*Bairros atendidos em Santarém: Aeroporto Velho, Aldeia, Alter do Chão, Alvorada, Aparecida, Área Verde, Centro, Diamantino, Elcione Barbalho, Esperança, Floresta, Interventória, Jardim Santarém, Liberdade, Maicá, Maracanã, Nova República, Rodagem (Caranazal), Salé, Santa Clara, Santarenzinho, Santíssimo, Santo André, São José do Operário, Uruará, Vitória Régia.

Fonte: Telefônica Brasil / Renata Costa Biondi

Desfile Moda Praia no Rio Tapajós Shopping

Sairé chegando e o Rio Tapajós Shopping traz um super desfile de Moda Praia com as tendências do Verão 2016. Fique por dentro do que há de novo e faça bonito nesse Sairé, com o look de Le Finesse e Dona Moça.

Será na próxima quinta-feira (15), às 19h00 na praça de eventos do shopping.

Concessão contempla Santarém com terminais de combustíveis

O governo federal divulgou hoje (13) a lista dos primeiros projetos que serão concedidos à iniciativa privada, por meio do programa Crescer. Os integrantes do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) estão reunidos neste momento, no Palácio do Planalto, para definir as prioridades de concessões na área de infraestrutura, mudanças regulatórias e venda de ativos.

Os primeiros projetos a sair do papel deverão ser as concessões dos aeroportos de Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Fortaleza, que terão edital publicado no quarto trimestre deste ano e leilão no primeiro trimestre do ano que vem. Também está previsto para este ano o edital para a concessão dos terminais de combustíveis de Santarém (PA) e do terminal de trigo do Rio de Janeiro.

Já para o ano que vem, devem ser lançados os editais de cinco trechos rodoviários, entre eles as BRs 364 e 365, entre Goiás e Minas Gerais; as BRs-101, 116, 290 e 386, no Rio Grande do Sul. Também estão na lista de concessões para o ano que vem a ferrovia Norte-Sul, que passará por São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Tocantins, a chamada Ferrogrão, que integrará o Mato Grosso e o Pará e a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), na Baia.

Ainda neste ano deve ser lançado o edital da quarta rodada de licitações de campos marginais de petróleo e gás natural, sob o regime de concessão. No ano que vem está prevista a 14ª rodada de licitações de blocos exploratórios de petróleo e gás natural sob o regime de concessão e a segunda rodada de licitações sob o regime de partilha de produção, todos para o ano que vem.

Na área de energia, também está prevista a venda de ativos da Companhia de Pesquisa e Recursos Minerais, e a privatização da Amazonas Distribuidora de Energia, da Boa Vista Energia, da Companhia de Eletricidade do Acre, da Companhia Energética de Alagoas, da Companhia Energética do Piauí e das Centrais. Elétricas de Rondônia.

Colégio Santa Clara realiza a XIX Jornada Missionária

O Colégio Santa Clara estará em cinco comunidades ribeirinhas da região do Tapajós para realizar a XIX Jornada Missionária. A ação será realizada neste final de semana, no período de 16 a 18 deste mês. O projeto faz parte da proposta da escola em formar integralmente seus alunos, com base em valores como a fraternidade, a humildade, a misericórdia e a solidariedade.

Este ano, seguirão rumo às comunidades 85 pessoas entre alunos, professores, pais, colaboradores e irmãs da Congregação SMIC. Aproximadamente 370 famílias serão beneficiadas com o projeto nas comunidades de Enseada do Amorim, Vila do Amorim, Cabeceira do Amorim, Uquena e Mapiri, todas localizadas na Paróquia de Boim da Diocese de Santarém.

Os missionários seguem rumo às comunidades com alimentos, roupas, calçados, brinquedos e material de higiene para serem doados às famílias. Tudo arrecadado durante o aniversário de 103 anos da escola, ocorrido em agosto, quando os alunos participam de uma gincana.

Além das doações, os missionários – que participaram de formação desde o início do ano – visitarão às famílias levando palavras do Evangelho. Serão multiplicadores de boas novas nas comunidades. O Colégio Santa Clara também oferece oficinas educativas, esportivas, culturais e de saúde para os ribeirinhos. Este ano, o serviço de psicologia da escola estará disponível para atender às famílias.

Os missionários do Colégio Santa Clara embarcam para a Paróquia de Boim na próxima sexta-feira, às 8h00.