terça-feira, 31 de julho de 2012

Projeto viva a vida chega aos 10 anos com mais de 65 mil atendimentos

Criado em 2003, pelo Sistema Tapajós de Comunicação com o intuito de desenvolver ações e ajudar no combate a violência, consumo e tráfico de drogas, o projeto Viva a Vida, ganhou respeito e credibilidade da população e inúmeras parcerias, desde sua criação o viva vida já atendeu mais 65 mil pessoas com serviços e atendimentos diferenciados, o projeto proporciona cidadania, saúde e educação as comunidades mais carentes do município de Santarém.

Este ano, serão beneficiadas 11 comunidades, são moradores de bairros distantes do centro da cidade, como Mararu, Jaderlândia, Diamantino, Matinha, Área Verde, São José Operário, Floresta, Esperança, Mapiri e Liberdade, alem do Santíssimo, os habitantes desses bairros têm carências de atendimentos e de serviços básicos como documentação e saúde.
Para edição especial dos 10 anos, o Viva a Vida, terá foco nos serviços da área de saúde, com vários atendimentos médico. 

Em nove anos, o projeto atendeu 65 mil pessoas. Em 2011 foram 16.816 atendimentos, desde expedição de documentos, atendimentos a saúde, entretenimento, oficinas de artes e lazer, serviços de higiene e bem estar, além das palestras que atraíram um grande número de expectadores.  

Compartilhar:

Tapajós encanta jornalistas portugueses

O encontro das águas do rio Tapajós com as barrentas do Amazonas, em frente à cidade de Santarém, impressionou os jornalistas portugueses
A cultura, as belezas e os encantos do Estado do Pará estampam a capa da mais recente edição da "Up Magazine", revista de bordo da companhia Transporte Aéreos Portugueses (TAP). A publicação traz uma reportagem de 30 páginas que divulga para os passageiros do mundo inteiro os roteiros turísticos paraenses. A publicação, que tem tiragem mensal de 65 mil exemplares, teve apoio da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), que convidou os jornalistas para conhecerem Belém, a Ilha de Marajó, entre outras localidades do Estado.

Além de poder conferir a publicação a bordo, passageiros e internautas também têm acesso ao conteúdo sobre o Pará no site da revista (http://upmagazine-tap.com), onde são listados os “10 básicos do Pará”, entre cidades, pontos turísticos, costumes e comidas. Nesta coluna, na página da internet, além das características portuguesas contrastando com elementos indígenas na capital, a Up destaca também fenômenos naturais, como o encontro das águas dos rios Amazonas e Tapajós, em Santarém, no oeste paraense.

“Mais ou menos a meio caminho entre Manaus e Belém, seguindo o longo curso do Amazonas, dá-se um dos mais espantosos espetáculos da natureza: o encontro das águas límpidas do rio Tapajós, com as barrentas do Amazonas, em frente da pacata cidade de Santarém. O que há de espantoso nesse encontro é que, por terem densidades diferentes, as águas não se misturam por longos quilómetros, formando estranhos desenhos que são atravessados por balsas e barcaças carregadas de tudo o que se possa imaginar, desde gado e madeira, a procissões”, relata a publicação, que destacou como peculiaridade da região oeste as cidades homônimas de Portugal (Alenquer, Santarém, Óbidos, Almeirim, Monte Alegre).

O roteiro oferecido aos jornalistas de Portugal incluiu visitas aos principais pontos turísticos de Belém, como Bosque Rodrigues Alves, Museu Histórico do Estado do Pará (MHEP), Museu do Círio, Igreja do Carmo e Complexo do Ver-o-Peso. Eles também experimentaram iguarias da culinária tradicional paraense. Na segunda etapa da visita, eles seguiram para os municípios de Soure e Salvaterra, onde visitaram as fazendas e praias locais, além de fazer um passeio em uma trilha ecológica, conhecer a associação de artesãos e assistir a um show com as danças locais.

De volta a Belém, a visita seguiu por outros atrativos da capital, como o Theatro da Paz, a Basílica Santuário de Nazaré, o Museu Paraense Emílio Goeldi, Parque da Residência e o distrito de Icoaraci. A equipe de jornalistas foi acompanhada de um guia de uma agência de turismo e um técnico da Paratur, que deram as devidas orientações e informações sobre o roteiro.
Compartilhar:

Prefeitura diz que notícia sobre inauguração de mercado é inverídica

A assessora da Prefeitura de Santarém, Nelma Bentes, por meio de mensagem via celular, informou ao blog Quarto Poder que é inverídica a informação sobre a inauguração do mercado Tupaiulândia. Este blog afirmou nesta terça-feira (31), que o mercado da Rodagem, como é conhecido aquele logradouro, foi inaugurado pela segunda vez. Porém, na mensagem da assessora do governo municipal, isso não ocorreu. 

Ela diz que, naquela ocasião, a inauguração foi programada e anunciada pela Prefeitura de Santarém, porém, a entrega da obra não se confirmou. A assessora Nelma Bentes só não explicou o motivo que levou o governo municipal em 2010 a anunciar a conclusão da reforma do Mercado e não fazê-lo.

Portanto, a inauguração ocorreu somente agora, dois anos depois do primeiro anúncio feito pela Prefeitura e às vésperas de uma eleição municipal. 
Compartilhar:

MRN abre SIPATMIN com debate sobre geração de resíduos

A Mineração Rio do Norte iniciou nesta segunda-feira (30) a programação da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho na Mineração (SIPATMIN). O evento segue até a sexta-feira, dia 3, com programação realizada no Cineteatro de Porto Trombetas, sempre a partir das 7h30.

O tema deste ano é “Comportamento seguro. Uma questão de atitude”, que colocará em pauta assuntos que levem as pessoas a refletirem sobre como podem contribuir para a segurança delas e de outras pessoas. As palestras tratarão de assuntos como: prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DST/AIDS), uso indevido de álcool e drogas, consumo consciente de energia elétrica e tratamento de resíduos sólidos.

A palestra sobre o tratamento de resíduos sólidos urbanos abriu a programação do primeiro dia da SIPATMIN reforçando na população a importância do cuidado com o lixo e os impactos da geração de resíduos na saúde das pessoas e no meio ambiente, bem como as responsabilidades de cada cidadão com o lixo produzido.

Compartilhar:

Prefeitura de Santarém inaugura obra duas vezes

No dia 26 de junho de 2010, a Prefeitura de Santarém realizou a entrega da obra de reforma e ampliação do mercado Tupaiulândia, popularmente conhecido como Mercadinho da Rodagem. Aqui é possível ter acesso à informação repassada pela assessoria de comunicação do governo municipal naquela ocasião.

Curiosamente, nesta terça-feira (31), a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semab), realizou uma cerimônia de entrega da reforma do Mercado Tupaiulândia, ou seja, a Prefeitura inaugurou a mesma obra duas vezes, sendo que a última ocorre há dois meses das eleições de outubro.

De acordo com nota da assessoria da Semab, o logradouro público será administrado por duas cooperativas: Cooperativa de Produtores Rurais de Santarém (Coprusan) e Cooperativa Mista Agroextrativista do Tapajós (Comaplas), que iniciaram as atividades no mercado com 10 bancas que comercializarão desde peixes à hortifrutigranjeiro.

E para não dizerem que este blog está distorcendo os fatos, no link abaixo, o leitor pode tirar suas próprias conclusões a respeito da obra do mercado da Rodagem.

Compartilhar:

Dilma quer incentivar aviação regional

Em breve, o governo federal deverá lançar um pacote de incentivos para aquecer a aviação regional. A informação foi dada pela jornalista Mônica Bergamo, em sua coluna na BandNews.

A presidente Dilma Rousseff não estaria satisfeita com o fato de que o mercado aéreo nacional está concentrado praticamente na mão de duas empresas.

Antigamente, 15 empresas de porte médio atendiam 200 cidades brasileiras. Agora, são apenas quatro que atingem aproximadamente 130 cidades. A presidente tem revelado a interlocutores que pretende incentivar e ampliar o mercado regional, para que as empresas possam superar as adversidades.
Compartilhar:

segunda-feira, 30 de julho de 2012

'Bida' quer anular condenação por morte de Dorothy


O advogado de Vitalmiro Bastos de Moura, o "Bida", apontado pelo Ministério Público do Pará como um dos mandantes do assassinato da missionária Dorothy Stang, em fevereiro de 2005 em Anapu, comunicou em ofício ao juiz Raimundo Moisés Flexa - que presidiu o júri popular responsável pela condenação dos cinco acusados de envolvimento no caso - que vai pedir a revisão criminal para tentar a absolvição de seu cliente.

Arnaldo Lopes de Souza, o defensor de "Bida", alega que os fatos novos contidos no depoimento registrado neste mês em cartório pelo policial federal Fernando Luiz Raiol "são mais do que suficientes para que o réu seja declarado inocente".

Segundo Lopes, o agente federal deve ser convocado pelo juiz para prestar depoimento, também na presença do promotor Edson Cardoso de Souza e da defesa do acusado, sobre as declarações feitas por ele em cartório. Raiol, para o advogado, sabe muita coisa em razão de ter sido designado pelo Ministério da Justiça para participar diretamente das investigações sobre o crime na condição de chefe de operações. "O depoimento do sr. Fernando Raiol é muito importante e deve ser tomado com urgência", acrescentou Lopes.

Compartilhar:

Técnicos do ICMBio protestam contra usinas no Tapajós


Os técnicos e analistas ambientais responsáveis pela gestão das principais unidades de conservação da floresta amazônica, na bacia do Tapajós, decidiram manifestar sua contrariedade com a decisão do governo de reduzir as áreas protegidas para viabilizar a construção de usinas hidrelétricas nessa região do Pará. A reportagem teve acesso a uma carta aberta que os especialistas pretendem divulgar. No documento, carimbado e assinado por 12 técnicos ambientais ligados ao Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), os especialistas afirmam que, como servidores públicos, é “grave o fato de não haver qualquer estudo que embase a desafetação (redução das florestas), relacionando os impactos diretos e indiretos do empreendimento às características socioambientais” da região.

Leia também:
O pesado custo ambiental de Tapajós

“Entendemos que a compreensão dos impactos, bem como o licenciamento do empreendimento, não pode ser tratada de forma fragmentária, negligenciando as dimensões reais das consequências da viabilização de todo o complexo”, afirma o texto. Os registros ambientais feitos até agora, alegam os especialistas, apontam “altíssima biodiversidade, com considerável taxa de endemismo e grande representatividade de espécies ameaçadas de extinção”.

Em janeiro, o governo cortou áreas de oito unidades de conservação ambiental com o propósito de liberar espaço para o estudo ambiental das hidrelétricas de São Luiz do Tapajós e de Jatobá, duas obras consideradas prioritárias pelo governo para ampliar a capacidade de geração de energia do país. Em maio, o Congresso Nacional converteu a MP em lei, sem nenhum tipo de debate ou audiência pública prévia.

Compartilhar:

FNDC debate o papel da liberdade de expressão

Em vista das profundas alterações provocadas pela velocidade da circulação das informações por meio da rede mundial de computadores, os seus efeitos sobre a economia nacional, internacional, o compartilhamento dos conhecimentos e as suas consequências culturais, produtivas e mercadológicas para a sociedade civil, o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) realiza em Belém, no dia 2 de agosto, quinta-feira, a partir das 18 horas, debate sobre o papel da liberdade de expressão na democracia brasileira.

 O debatedor é Orlando Guilhon, professor, radialista, membro do FNDC e representante da Associação de Rádios Públicas do Brasil (ARPUB). O evento acontecerá na sede do Sindicato dos Urbanitários do Pará, localizado na Avenida Duque de Caxias, 1234, entre Lomas Valentina e Enéas Pinheiro, no bairro do Marco.

Na pauta estão temas que envolvem profissionais de comunicação, alunos, professores, gestores de instituições públicas, empresários do segmento privado e representantes da sociedade civil. 

Serão discutidos o marco regulatório para as comunicações no país, a implantação da banda larga, o marco civil na internet, a legislação das televisões por assinatura, o papel do Conselho de Comunicação Social, e os desafios colocados para o Conselho Curador da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC). Será detalhada, ainda, a retomada da organização do Fórum Estadual de Democratização da Comunicação no Estado do Pará. 

Compartilhar:

Mais de 3 mil ciclistas participam da 1ª edição do Pedalando nas Férias

O Sistema Tapajós de Comunicação realizou na noite do último domingo (29), no parque da Cidade, a primeira edição do Pedalando nas Férias.

O evento teve como intuito solidificar a pratica do esporte com bicicleta na região e fortalecer a identidade social de empresas e organizações que apostam e investem nas atividades físicas para o bem estar da população. 

A proposta de um passeio ciclístico nas ruas da cidade foi para incentivar os ciclistas de Santarém a praticar atividades físicas de forma saudável, estimulando uma vida ativa além de proporcionar lazer e entretenimento para população.
Compartilhar:

Av. Muiraquitã: exemplo de descaso

A avenida Muiraquitâ, no trecho compreendido entre as avenidas Sérgio Henn e Curuá-Una é um exemplo claro da leniência e descaso dos últimos gestores santarenos. Neste perímetro, a via encontra-se em estado deplorável e sem condição de tráfego. 

Os dois últimos governos nada fizeram para recuperar aquela importante avenida e hoje ela encontra-se em total abandono. E lá se vão 16 anos, juntando o péssimo governo de Lira Maia e a administração meia-boca de Maria do Carmo. 

O povo merece o governante que tem.
Compartilhar:

Novo terminal fluvial sem data para ficar pronto

Restando apenas cinco meses para o fim do governo da prefeita Maria do Carmo é pouco provável que o terminal hidroviário de cargas e passageiros, que está sendo construído em uma área da antiga Tece-juta, no bairro da Prainha, fique pronto ainda este ano. A obra já consumiu alguns milhares de reais, porém, ainda não está nem na metade e há ainda muita coisa a ser feita até que entre em funcionamento definitivo. Procurado pelo QP, o secretário de Planejamento do município, Everaldo Martins Filho, garantiu que a primeira etapa do novo portal será concluída ainda na gestão de sua irmã. Ele não soube precisar, no entanto, quando isso acontecerá.

Martins justifica a demora alegando que alguns transtornos comprometeram o andamento da obra como a liberação de recursos financeiros e a enchente, por exemplo. Apesar de não se notar quase nenhuma atividade no local, o secretário diz que a construção do terminal fluvial ocorre normalmente. Esta etapa prevê a conclusão das balsas que servirão de atracadouro para as embarcações. “As balsas estão sendo construídas pelo estaleiro Gamboa. Foi uma briga nossa para que as balsas fossem feitas aqui. Infelizmente as empresas santarenas têm capital baixo”, disse o secretário de Planejamento, justificando a demora na conclusão de algumas obras em andamento no município. 

“Registre-se o estaleiro Gamboa fez uma reforma no abaré II e fez um serviço excelente e por isso optamos por dar esse trabalho para ele. Infelizmente, as empresas na hora da construção precisam de capital. Algumas chegam a pegar dinheiro até coma agiota para honrar com seus compromissos. O ritmo das obras poderia ser melhor, mas tem atraso na liberação das parcelas dos recursos”, justificou o secretário Everaldo Martins.

Para o secretário, deixar obras inacabadas é a coisa mais natural do mundo. Ele inclusive citou alguns empreendimentos públicos que foram herdados pela prefeita Maria do Carmo, como a segunda etapa da orla e o complexo viário da Fernando Guilhon, ambos concluídos na gestão petista. Também fez menção ao ex-presidente Lula, que deixou várias obras para serem tocadas e concluídas pela presidente Dilma.

Ainda falando sobre o novo terminal de cargas e passageiros, Everaldo Martins explicou que a primeira etapa possivelmente ficará pronta no mês de dezembro, antes, porém, a Prefeitura deve prestar conta dos recursos recebidos e aplicados na obra.

O novo terminal fluvial de Santarém está orçado em R$ 16 milhões.
Compartilhar:

sexta-feira, 27 de julho de 2012

PMS inicia 3ª etapa de duplicação da av. Fernando Guilhon

No apagar das luzes do governo da prefeita Maria do Carmo Martins, a Prefeitura deu início nesta sexta-feira (27), à terceira etapa de duplicação da avenida Fernando Guilhon. 

A obra começa quando o município vive às portas de mais uma eleição municipal. Curiosamente, alguns serviços de asfaltamento e recuperação de vias públicas da cidade foram acentuados nestes últimos dias.

Durante algum tempo, os moradores da grande área do Santarenzinho cobraram a conclusão da obra de duplicação da rodovia, porém, a Prefeitura jamais atendeu ao clamor popular e protelou o máximo que pode a execução do serviço. 

Por conta da leniência do Poder Público, a avenida tornou-se uma das mais perigosas da cidade, sendo cenário para muitas mortes trágicas em acidentes de trânsito.

Na tarde desta sexta-feira, a assessoria de comunicação da Prefeitura encaminhou release informando o início da terceira etapa da duplicação da avenida. No link abaixo, a matéria na íntegra do governo municipal.

Compartilhar:

Municípios Verdes tira mais uma cidade da lista de desmatadores da Amazônia

O programa Municípios Verdes, que incentiva o estabelecimento de parcerias entre o poder público e a iniciativa privada pela sustentabilidade no Pará, colaborou para que mais um município do Estado deixasse a lista dos municípios que mais desmatam a Amazônia. 

A saída de Ulianópolis da lista elaborada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) foi oficialmente anunciada nesta quinta-feira, 26 de julho.

Agora o Pará é o Estado com maior número de municípios a deixar a lista. Além de Ulianópolis, Paragominas e Santana do Araguaia já não são mais considerados grandes desmatadores graças a iniciativas promovidas pelo programa Municípios Verdes para a regularização fundiária e ambiental no campo, implementadas do modo pioneiro por Paragominas.

Os destaques do programa são o incentivo à inclusão das propriedades rurais no cadastro ambiental e o combate ao desmatamento ilegal. E os critérios para retiradas dos municípios da lista do MMA são justamente esses: os municípios devem ter pelo menos 80% do território inscrito no cadastro e têm que reduzir seus índices de desmatamento.

Compartilhar:

Juruti: MP firma termo de compromisso para construção de aterro sanitário

A construção do aterro sanitário de Juruti e a recuperação sócio-ambiental do lixão municipal são os objetivos do Termo de Compromisso (TC) firmado pela prefeitura perante o Ministério Público do Estado, por meio da promotora de justiça Lílian Regina Furtado Braga.
A assinatura do documento ocorreu esta semana, no auditório da Sesma, em reunião do grupo de trabalho que está desenvolvendo a política de resíduos sólidos no município e contou com a participação de secretarias de governo, empresa Alcoa, Associação Comercial, Associação de Bairros e organizações da sociedade civil.

Assinaram o TC, além do MPE, o prefeito municipal, Manoel Henrique Gomes Costa, o secretário municipal de meio ambiente, Expedito Repolho da Silva, e a procuradora do município Lucilene Gomes Costa. O documento é produto do procedimento administrativo instaurado para averiguar o funcionamento do lixão a céu aberto em Juruti.
Compartilhar:

Ator da Globo participa do Dia da Esperança em Santarém

A Rede globo celebra em todo país o dia da Esperança. São ações nas instituições que são atendidas pelo projeto Criança Esperança.

Em Santarém, a Pastoral do Menor recebe pela segunda vez o apoio através do projeto Crianças da Amazônia, por um mundo melhor. 

Com a finalidade de dar oportunidade aos menores que vivem em situação de vulnerabilidade social, oferecendo um lugar no qual possam conhecer seus direitos e deveres, a Pastoral oferta curso de marcenaria, corte e costura, serigrafia, culinária, crochê, bordado e informática. 

A formação contribuiu para o ingresso de 100 jovens no mercado de trabalho. Com a ajuda financeira do Criança Esperança existe a possibilidade de aumentar os atendimentos.

Diversas atividades serão realizadas neste sábado (28), no colégio Dom Amando, a partir das 8h30 e devem atender as crianças do núcleo central com um dia de lazer. 

No mesmo dia, outros 66 projetos desenvolvidos no Brasil também realizam ações simultaneamente.

É a primeira vez que acontece em Santarém, e a segunda em todo país, com participação do elenco da Rede Globo.

O ator Bernardo Velasco da Novela Malhação vai participar das ações em Santarém.


Compartilhar:

Programa é oportunidade de ingressar no mercado de trabalho

Mais de seiscentos jovens com idades entre 16 e 24 anos disputam as 16 vagas da terceira turma do Programa Jovem Aprendiz ofertadas pela Alcoa em Juruti, Oeste do Estado, onde a empresa minera bauxita. Do total de 638 inscritos para o processo seletivo, 39 são filhos de funcionários da Companhia e os 599 restantes são das comunidades do entorno da Mina de Bauxita de Juruti.

A nova turma irá participar do curso de Operador de Manutenção em Eletromecânica com duração aproximada de 18 meses. Os aprovados serão admitidos como funcionários da Alcoa durante o período de aprendizagem.

O Programa é uma iniciativa do Governo Federal em parceria com diversas instituições e empresas, buscando oferecer oportunidades de capacitação profissional de jovens e o acesso ao primeiro emprego. Em Juruti, a Alcoa conta com o suporte do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para oferecer o curso. 

Compartilhar:

Campanha pretende orientar sobre a assistência farmacêutica em Santarém

Valorizar a atenção farmacêutica como uma atividade indispensável a ser proporcionada à sociedade é o objetivo da campanha idealizada por duas concluintes do curso de farmácia do Instituto Esperança de Ensino Superior (Iespes), que será executada no período de 1º a 3 de agosto, no município de Santarém.

Resultado da pesquisa intitulada “Percepção da população em relação aos serviços de atenção farmacêutica para a população”, realizada pelas estudantes Ada Frota e Iara Santos durante o Trabalho Acadêmico Orientado (TAO) apresentado ao final do curso, a campanha pretende divulgar o serviço de atenção farmacêutica, e assim, sensibilizar as pessoas sobre a importância do profissional farmacêutico nas drogarias.

De acordo com os dados apresentados ao final da pesquisa realizada em 16 estabelecimentos da zona urbana, no período de janeiro a março de 2012, 96% de mais de 450 entrevistados atribuem importância a presença do farmacêutico na drogaria, mas ainda somente 1% deste universo utiliza os serviços que integram a atenção farmacêutica.

TAC - A presença de farmacêuticos nas farmácias e drogarias de Santarém passou a ser exigida a partir do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em 2008 pelo Conselho Regional de Farmácia do Pará (CRF/PA), Ministério Público do Estado e proprietários de farmácia. No ano seguinte o farmacêutico passou a cumprir uma carga horária mínima de duas horas em estabelecimentos que comercializam apenas medicamentos comuns e quatro horas para estabelecimentos que comercializam medicamentos controlados. Dessa forma, a carga horária mínima de assistência farmacêutica é aumentada gradativamente a cada ano até que se cumpra o horário integral, o que ocorrerá em 2013.

Compartilhar:

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Garimpo invade áreas de preservação no Pará


Os riscos apontados para a bacia do Tapajós deixam claro que a região amazônica, apesar do aumento nos índices de queda no desmatamento, continua a ser tratada como o grande almoxarifado de recursos naturais do planeta. As ações planejadas para a maior bacia hidrográfica do mundo não se restringem a planos de construção de uma sequência de usinas rios adentro. Bastou o governo informar que parte das terras que pertenciam às unidades de conservação da Amazônia havia sido desvinculada das áreas protegidas para que se tornassem alvo de ações de garimpo e extrativismo ilegal.

A pressão cresceu e o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) tem procurado controlar a situação e deter a entrada de pessoas na região, mas seu poder de atuação ficou reduzido, porque está restrito às áreas legalmente protegidas. “Com a desafetação (redução) das áreas, muita gente está se mexendo para entrar nas terras. Recebemos pedidos de garimpeiros e de pesquisadores para acampar na região, também estamos recebendo ameaças de invasão. A situação está muito delicada”, diz Maria Lucia Carvalho, chefe do Parque Nacional da Amazônia, ligada ao ICMBio.

Recentemente, o ICMBio autuou uma balsa que estava pronta para iniciar a garimpagem em área que, até dois meses atrás, pertencia à reserva. “Iam começar a tirar ouro da região. Quando informamos que não poderiam fazer aquilo, nos disseram que não tínhamos nada a ver com isso, que aquela área não pertencia mais ao parque e que iriam adiante”, conta Maria Lucia.

A extração de areia é outro alvo. Com o período de seca, que atinge o pico em setembro, diversas praias surgem nas margens do rio, com dunas imensas de areia fina. “Já chegaram dois pedidos para retirada de areia na região do Buburé, dentro do parque nacional.”

Dentro da floresta, também foram detectados focos de exploração de palmito e madeira. “Avisamos que isso poderia acontecer, mas não fomos ouvidos”, diz Maria Lucia. “Não posso me calar sobre o que está acontecendo aqui. Minha crítica é técnica, não é política.”

Compartilhar:

Assassino de perito da Polícia Federal é condenado a 27 anos de prisão

A pedido do Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA), a Justiça Federal condenou mais um assassino do perito criminal da Polícia Federal (PF) Francisco Antônio Freitas de Souza. Mauro José da Cruz Cruz, conhecido como “Zé Carneiro”, foi sentenciado pela 4ª Vara da Justiça Federal em Belém a 27 anos e seis meses em regime fechado pelos crimes de latrocínio – roubo seguido de morte – e formação de quadrilha.

O crime aconteceu na madrugada do dia 8 de outubro de 2009. O empresário e perito da PF Francisco Antônio Freitas de Souza, na época com 54 anos, foi assassinado com oito tiros durante um assalto ocorrido próximo ao canal da Pirajá, no bairro da Sacramenta, em Belém. Francisco Antônio foi atraído ao local por três adolescentes, onde quatro homens integrantes da quadrilha já esperavam a vítima e as garotas para realizar o assalto.

Francisco Antônio foi alvejado com oito tiros, disparados com a arma que o perito portava. O perito ainda foi conduzido ao Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, no bairro do Umarizal, porém não resistiu aos disparos.

Compartilhar:

Santarém vai ganhar mais um programa de variedade

Tem estreia prevista para o dia 4 de agosto, às 11 horas, o programa Muiraquitã, que será exibido pela RBA Santarém (Band) todos os sábados. 

O publicitário, produtor de vídeo, humorista e ex-comissário de bordo, José Otávio Junges, natural do Rio Grande do Sul, será o apresentador do programa, que promete muita irreverência, humor inteligente, informação, crítica social, além de arte, cultura e entretenimento. 

José Otávio também é proprietário da produtora “ Por amor Films”. Ele mudou recentemente de Brasília para Santarém.  

De acordo com ele, o programa promete trazer inovação na grade televisiva de Santarém. O 'Muiraquitã' apresenta uma proposta diferenciada de programa de variedades, que promete um formato leve, conversado e de proximidade com o telespectador , na maneira de abordar os mais diversos temas. 

O programa, que será exibido todos os sábados, das 11 às 12 horas, busca valorizar Santarém e fazer um intercâmbio com grandes centros do país.

Será apresentado e gravado nos mais diferentes pontos de Santarém, contando ainda com a participação de correspondentes em outros estados, assim, tornando o programa mais abrangente e valorizando a emissora na qual será veiculado.

No Rio de Janeiro, o correspondente será a jornalista Fernanda Teodoro e em São Paulo, Douglas Barros.

Na próxima quarta-feira (1/8), será realizado o lançamento do programa para convidados, patrocinadores e parceiros. Às 19h30, no Spaço Requintes, na avenida Cuiabá.
Compartilhar:

Prefeito de Aveiro não paga professores

O prefeito de Aveiro, Ranilson Prado, tem até esta sexta-feira (27) para efetuar o pagamento do salário dos servidores da educação daquele município. Os trabalhadores estão há uma semana sem receber o salário do mês de junho. 

Uma comissão do Sintepp veio a Santarém para uma reunião com o promotor Paulo Arias, que determinou que o gestor municipal efetuasse o pagamento dos salários atrasados sob pena de ser acionado judicialmente pelo Ministério Público do Estado.

Servidores de outras secretarias também se queixam do atraso nos salários.

O acordo fechado entre o Ministério Público Estadual e a prefeitura de Aveiro determina que o pagamento deva ser quitado na próxima segunda-feira (30).
Compartilhar:

BR-163: trecho urbano será asfaltado em agosto

De acordo com informações repassadas por um oficial 8º Batalhão de Engenharia e Construção (8º BEC) ao blog Quarto Poder, nesta quinta-feira (26), o trecho urbano da rodovia Santarém/Cuiabá (BR-163), será asfaltado a partir do mês de agosto. Já existe verba liberada para que o BEC execute os serviços de recuperação dos trechos mais críticos no perímetro urbano daquela via.
Compartilhar:

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Quarteto de cordas da Uepa faz turnê pelo Brasil

O Quarteto de Cordas da Universidade do Estado do Pará (Uepa) vai levar a obra do compositor Paulino Chaves (1883 - 1948) - que nasceu em Natal (RN), mas fez de Belém sua principal morada - para plateias de outros Estados. A primeira parada será o VI Festival Bravio (Associação Brasiliense de Violão) que acontecerá no próximo domingo (29), no Espaço Cultural Ary Barroso do Sesc em Brasília (DF).

O quarteto de cordas é composto por dois violonistas, Feliphe Bruno e Beatriz Mauler, Jenifer Oliveira na viola e no violoncelo, Advaldo Filho.

No repertório será tocado o "Quarteto de Cordas em La Maior" do compositor Paulino Chaves, que viveu no período romântico, tendo influências tanto regionais quanto europeias em suas composições.

De acordo com Feliphe Bruno, um dos integrantes do quarteto, um dos momentos mais importantes do repertório deste compositor, acontece no último movimento de seu Quarteto de Cordas.

Compartilhar:

Agente policial que matou braçal em Mojuí será julgado 13 anos depois

O Tribunal do Júri da 10ª Vara Penal de Santarém volta a se reunir nesta quinta-feira (26), para julgar o ex-agente de polícia comunitária Raimundo Francisco Nonato de Sousa, 47 anos, atualmente trabalhando como operador de máquinas pesadas, pelo crime de homicídio qualificado (Art. 121, §2º, IV, do CPB), por ter matado pelas costas o braçal Luciano Batista Silva, em 14 de agosto de 1999, na localidade de Mojuí dos Campos, quando a vítima tinha 35 anos.

Segundo consta dos autos, à época do crime Raimundo era agente de polícia comunitário, que auxiliava o delegado distrital de polícia nomeado, a realizar diligências. A vítima vinha sendo procurada para depor sobre uma tentativa de agressão contra seu próprio pai. Raimundo deu voz de prisão Luciano, mas este teria tentado fugir e foi baleado pelas costas.

A acusação será feita pelo promotor público Samuel Furtado Sobral e a defesa pelo advogado Cláudio Araújo Furtado. O júri será presidido pelo juiz Gérson Marra Gomes.

Fonte: Jota Ninos
Compartilhar:

O pesado custo ambiental de Tapajós


A determinação do governo em levar adiante o plano de construir a última grande hidrelétrica do Brasil poderá impor um custo ambiental sem precedentes na história do país. A usina de São Luiz do Tapajós, que teria potência inferior apenas a Itaipu, Belo Monte e Tucuruí, produziria 6.133 megawatts (MW) de energia a partir da construção de uma muralha de 3.483 metros de comprimento atravessada no coração da Amazônia.

Essa barragem, que teria 39 metros de altura, o equivalente a um prédio de 13 andares, seria erguida em uma das áreas mais protegidas da região: o Parque Nacional da Amazônia, a primeira unidade de conservação demarcada na chamada Amazônia Legal. Com outras 11 unidades, essa área forma o imenso complexo da bacia do Tapajós, o maior mosaico de biodiversidade do planeta.

O que está em jogo é a inundação total de 1.368 quilômetros quadrados de floresta virgem, uma área quase do tamanho da cidade de São Paulo, equivalente a duas vezes e meia a inundação que será causada pela hidrelétrica de Belo Monte, em construção no rio Xingu, também no Pará. Com a usina de São Luiz – e também Jatobá, segunda hidrelétrica planejada para o rio – o Brasil adicionaria 8.471 megawatts (MW) à sua matriz energética. Em Belo Monte, onde o lago é de 516 km quadrados, a potência é de 11 mil MW.

Durante uma semana, o Valor percorreu toda a região por estrada, floresta e pelo rio Tapajós, ouvindo especialistas ambientais, técnicos em energia, lideranças do governo, ribeirinhos, índios, garimpeiros e a população dos municípios que serão diretamente atingidos pelo empreendimento. A construção de São Luiz e Jatobá ainda não é fato consumado. Os projetos estão em fase de levantamento para elaboração do relatório de impacto ambiental, trabalho que está sendo executado por cerca de cem pesquisadores de empresas contratadas pela Eletrobras, um grupo de técnicos que sobe e desce o rio o dia inteiro.

Embora os estudos estejam em fase preliminar, as polêmicas em torno dos empreendimentos já atingem um estágio crítico e dão uma ideia da dificuldade que o governo enfrentará para levar adiante o plano de erguer hidrelétricas numa Amazônia onde estão as terras e rios mais preservados do país.

“O Tapajós apresenta uma situação inédita para o governo. Nunca atuamos em uma área preservada como essa região”, afirma o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Mauricio Tolmasquim. De fato. Em empreendimentos como Jirau e Santo Antônio, que estão em conclusão nas proximidades de Porto Velho (RO), as hidrelétricas funcionaram – ao menos teoricamente – como vetor de desenvolvimento social da região. Esse mesmo tipo de argumento também sustentou o licenciamento de Belo Monte, que prevê, por exemplo, a realocação de aproximadamente 7 mil famílias.

No Tapajós é diferente. Itaituba, o maior município da região, com 110 mil habitantes, está a quase 70 quilômetros abaixo do local previsto para a barragem de São Luiz e deverá ser pouco atingida. No geral, o impacto social chega às comunidades ribeirinhas e aldeias indígenas. É no ambiente, no entanto, que o impacto é profundo.

“Temos o total interesse em preservar o ambiente o máximo possível. A questão que se coloca é saber se a construção das usinas é incompatível com a preservação. Nós acreditamos que os projetos são viáveis”, diz Tolmasquim.



Para viabilizar os estudos de São Luiz e de Jatobá, a presidente Dilma Rousseff publicou em janeiro uma medida provisória (convertida em lei em junho), reduzindo as unidades de conservação nas áreas que serão atingidas pelas obras. A MP foi contestada pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF), que avalia a constitucionalidade da medida.

Compartilhar:

STC promove passeio ciclístico de fim de férias

O pedalando nas férias, tem como objetivo incentivar a população a praticar esse tipo de esporte tão saudável e prazeroso. Além de ser uma boa forma de lazer, andar de bicicleta é uma maneira de locomoção que proporciona benefícios à saúde e contribui com o meio ambiente.

A concentração e largada acontece no parque da cidade neste domingo, 29, a partir das 19 horas. 

Os participantes irão percorrer cerca de cinco kilometros pelas principais ruas da cidade, saindo do parque, seguindo pela Barão do Rio Branco, Rui Barbosa, Padre João, Avenida Tapajós, passando pela orla e museu, Adriano Pimentel, Avenida Nazaré, Rui Barbosa, Turiano Meira, Ismael Araújo, passando em frente a Rádio e TV Tapajós, Avenida Bartolomeu de Gusmão com chegada no parque. Um trio elétrico vai acompanhar o passeio, com Dj e os locutores da 94 FM. 

Na chegada varias atrações na tenda da 94 FM, Djs, Bandas, aulas de spinning e muay-thai e sorteio de bicicletas, materiais e acessórios esportivos entre os participantes inscritos.

O pedalando nas férias é mais um evento esportivo promovido pelo Sistema Tapajós de Comunicação, com apoio do Clube de Mountain Bike (MTB). (Fonte: STC)
Compartilhar:

Faro na mira da CGU

O município de Faro, no Oeste do Pará, é uma das 60 cidades sorteadas na última segunda-feira (23), pela Controladoria Geral da União (CGU), que serão fiscalizados quanto à aplicação dos recursos federais destinados à execução de programas do governo nas áreas de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social. Também serão apuradas as denúncias e representações enviadas à CGU relativas às cidades sorteadas.

Dentre os municípios selecionados, o mais populoso é Dourados (MS), com 196.035 habitantes, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já Santa Tereza do Tocantins (TO), com 2.523 habitantes, é o que tem a população menos numerosa. Além de Faro, outros dois municípios paraenses também passaram pela auditoria da CGU: Palestina do Pará e São João da Ponta.

A iniciativa faz parte da 36ª edição do Programa de Fiscalização a partir de Sorteios Públicos, que busca conferir maior transparência e visibilidade à gestão governamental, a fim de assegurar a correta aplicação do dinheiro público, em benefício da sociedade, de modo a inibir e combater desvios e fomentar o controle social. Com esta edição, o programa chega a 2001 municípios sorteados.

Desde 2003, já foram fiscalizados 1.941 municípios. As ações de controle já analisaram R$ 17,8 bilhões transferidos pelo Governo Federal. 
Compartilhar:

terça-feira, 24 de julho de 2012

Ufopa lança edital de seleção para Doutorado

O Programa de Pós-graduação Doutorado em Sociedade, Natureza e Desenvolvimento (PPGSND), da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), lançou o edital do processo seletivo para preenchimento de 18 vagas, sendo 15 para candidatos nacionais e 3 para estrangeiros. 

As inscrições iniciam-se em 15 de agosto e se encerram em 21 de setembro de 2012. As aulas começarão em 18 de fevereiro de 2013, em Santarém (PA).

Recém-aprovado, esse programa de pós-graduação tem como objetivo fornecer embasamento teórico-metodológico que permita integrar os conhecimentos de diferentes áreas da ciência, compreendendo a complexidade de problemas socioambientais nos processos do desenvolvimento sustentável e estabelecendo redes de pesquisas temáticas intra e interinstitucionalmente, como complemento à compreensão de fenômenos complexos relacionados aos objetivos de construção da sustentabilidade. 

Compartilhar:

Jovens se unem em prol da doação de sangue em Santarém

A gincana do “Aviva Jovem 2012”, organizada pela Igreja da Paz de Santarém, promete agitar a cidade a partir desta terça-feira, 24. A programação inclui, entre outras atividades, a realização de uma campanha de incentivo à doação de sangue aberta ontem e que se estenderá até o dia 26. A ação conta com atuação voluntária das equipes Sete Taças X Brows, que aceitou o convite para reforçar o estoque de sangue do Hemocentro Regional de Santarém. A meta é de 150 coletas.

Paralelamente à ação, o hemocentro estará desenvolvendo até o final deste mês a campanha de doação do veraneio, que traz o tema “Neste verão dê um banho de cidadania. Doe sangue". Segundo o serviço de captação da unidade, a parceria já dura três anos consecutivos e sempre é renovada nas férias do mês de julho, visando a manutenção do estoque técnico de sangue. O hemocentro vem enfrentando dificuldades com a insuficiência do número de voluntários neste pertíodo do ano, quando boa parte da população se desloca para outras cidades.

Quem pode doar sangue: Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos é um doador em potencial. O candidato deve estar bem alimentado. É necessário apresentar documento oficial original e com foto. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três. Para doar sangue não é preciso estar em jejum, ao contrário, o doador deve estar bem alimentado.

Serviço: O Hemopa Santarém espera por você na Av. Frei Vicente, s/n, entre as alamedas 30 e 31, no bairro do Aeroporto Velho, Fones: (93) 3522-7763 / 3522-1448 / 3522-1143, ou ainda pelo 0800 280 8118. Atendimento ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, até as 17h. (AP)
Compartilhar:

Caixa começa a pagar benefícios do PIS

A Caixa Econômica Federal iniciou o pagamento dos benefícios do Programa de Integração Social (PIS), relativos ao calendário 2012/2013. De acordo com a Caixa, gestora do PIS, 17,9 milhões de trabalhadores têm direito ao abono de R$ 622, enquanto 27 milhões de assalariados poderão sacar os rendimentos, em valores menores que o abono. Os rendimentos não retirados retornam para a conta de participação do trabalhador.

Beneficiários que têm conta-corrente ou poupança no banco terão o valor creditado automaticamente. Para isso, é preciso que o único titular da conta seja o trabalhador beneficiário do PIS.

As empresas conveniadas com a Caixa creditarão o benefício diretamente na folha de pagamento de julho e agosto dos funcionários. Mais de 27 mil empresas estão cadastradas, o que significa que aproximadamente 2,9 milhões de empregados receberão o abono ou os rendimentos do PIS nos contracheques.

Trabalhadores que não têm conta na Caixa e não estão vinculados a uma empresa conveniada poderão sacar o benefício a partir do dia 15 de agosto nos terminais de autoatendimento, nas casas lotéricas, nos correspondentes Caixa Aqui ou em uma agência do banco. Os benefícios serão liberados conforme o mês de nascimento do trabalhador (veja tabela abaixo).

O abono é um direito dos trabalhadores cadastrados no PIS ou Pasep até 2007, que tenham trabalhado no mínimo 30 dias, consecutivos ou não, no ano de 2011, com Carteira de Trabalho assinada por empresa. Também é preciso ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais e que os dados tenham sido informados corretamente pela empresa ao Ministério do Trabalho e Emprego na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do ano-base 2011.

O saque dos rendimentos é para o trabalhador cadastrado no PIS ou Pasep até 4 de outubro de 1988 e que tenha saldo na conta PIS. O pagamento obedece ao mesmo calendário do abono salarial.

O saque do saldo da conta PIS é permitido ao trabalhador que apresentar algum dos motivos previstos em lei: aposentadoria, invalidez permanente, reforma militar, transferência para a reserva remunerada, tratamento de aids ou câncer do titular ou de seus dependentes, morte do titular ou como benefício assistencial a pessoa com deficiência, ao idoso e ao participante com idade igual ou superior a 70 anos.

Para saber se tem direito ao abono salarial ou aos rendimentos do PIS, o trabalhador pode consultar a página da Caixa na internet, escolhendo as abas Você, Serviços Sociais, PIS e Consulta ao Pagamento.

Outra forma de consulta é pelo Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), no telefone 0800 726 0101, opção 2. O serviço funciona 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Ao fazer a consulta pela internet ou pelo telefone, o trabalhador deve sempre ter em mãos o número do PIS.

Confira o calendário de pagamentos para quem não têm conta na Caixa Econômica Federal:

NASCIDOS EM:
Julho recebem a partir de 15/08/2012
Agosto recebem a partir de 22/08/2012
Setembro recebem a partir de 29/08/2012
Outubro recebem a partir de 12/09/2012
Novembro recebem a partir de 19/09/2012
Dezembro recebem a partir de 26/09/2012
Janeiro recebem a partir de 09/10/2012
Fevereiro recebem a partir de 17/10/2012
Março recebem a partir de 24/10/2012
Abril recebem a partir de 13/11/2012
Maio recebem a partir de 21/11/2012
Junho recebem a partir de 28/11/2012

Fonte: Agência Brasil
Compartilhar:

AM: Governo libera recursos para municípios atingidos pela chuva

O Ministério da Integração Nacional liberou recursos para 16 municípios do Amazonas aplicarem em ações de socorro e assistência às vítimas de enchentes e no restabelecimento de serviços essenciais. As portarias que preveem a liberação e os valores de recurso para cada município estão publicadas na edição de hoje (24) do Diário Oficial da União.

Para todos os municípios, o prazo de execução das obras e serviços chega a um ano. Os 16 municípios foram atingidos por enchentes ocorridas em meses como março, abril e maio.

As cidades do Amazonas que receberão os recursos são Manacapuru (R$ 869 mil), Tabatinga (R$ 608 mil), Maués (R$ 608 mil). As cidades de São Paulo de Olivença, do Borba, de Eirunepé, Iranduba, Autazes e Envira recebem cada uma R$ 521 mil. Os municípios de Urucurituba, Nhamundá, Carauari e do Rio Preto da Eva recebem cada um R$ 391 mil. Boa Vista do Ramos, Canutama e Itapiranga recebem cada uma R$ 347 mil. (ABr)
Compartilhar:

Estação faz tributo à Legião Urbana para celebrar o rock nacional

Para celebrar o rock nacional, neste sábado (28), a partir das 19 horas, o Cine Estação apresenta o documentário “Rock Brasília – Era de Ouro”, que aborda a construção cultural e ideológica da capital federal e a busca de um lugar de destaque no cenário brasileiro na década de 1980. Após a exibição, haverá um tributo à Legião Urbana, com entrada franca. A banda Tomarock interpretará canções que marcaram a década, no Boulevard 3, da Estação das Docas. A classificação é de 12 anos.

A década de 1980, marcante pela efervescência da cena cultural, viu surgir grandes movimentos, principalmente no cenário musical. Nessa década, nasceram grupos como Legião Urbana, Capital Inicial e Plebe Rude, que desempenharam o papel de heróis para a juventude ao superar os obstáculos e alcançarem o reconhecimento na cena nacional.

Em 111 minutos, “Rock Brasília – Era de Ouro” narra com imagens do arquivo pessoal do diretor Vladimir Carvalho, gravadas desde 1980, este processo a partir de entrevistas com Renato Russo, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, da Legião Urbana; Dinho Ouro Preto, Fê e Flávio Lemos, do Capital Inicial; e Philippe Seabra, do Plebe Rude. O documentário também traz depoimentos de Herbert Vianna, do Paralamas do Sucesso, e Caetano Veloso.

Após a exibição do filme, começa o tributo especial à Legião Urbana, com apresentação da banda Tomarock, que reviverá as melhores canções da banda que virou sinônimo de ousadia para toda uma geração, como “Pais e filhos”, “Que país é esse?”, “Será” e “Há tempos”, entre outras. O público será agraciado também com canções do Capital Inicial, Plebe Rude e Paralamas do Sucesso.

Segundo o vocalista da Tomarock, Floriano Neto, os clássicos que compõem o repertório do show sintetizam a discografia do grupo brasiliense. “A Legião Urbana é considerada uma das mais importantes representantes do rock nacional na década de 1980. Ela influenciou muitas bandas que surgiram depois. Para nós, foi uma responsabilidade grande sintetizar esse repertório de grandes sucessos em uma apresentação de cerca de uma hora”, diz.
Compartilhar:

Chips de celular de operadoras suspensas continuam à venda

De nada adiantou a determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), para a suspensão da venda de chips das operadoras Claro e TIM. Em algumas capitais brasileiras, é possível adquirir esses produtos livremente nas bancas de jornais. 

De acordo com reportagem da Agência Brasil, na maioria das bancas de jornal visitadas pela ABr a venda continua. Alguns comerciantes chegaram a argumentar que a compra estaria liberada porque “a proibição vale apenas para o plano pós-pago ou para a criação de novos números, não afetando os chips pré-pagos que já estavam em circulação antes da determinação da Anatel”.

“Essa informação é falsa”, garantiu à Agência Brasil o diretor-geral do Procon-DF, Oswaldo Morais. “Quem comprar esses chips e modems terá problema porque não conseguirá habilitar o serviço”, acrescentou.

Ainda que uma banca de jornal ou qualquer outro comércio venha a realizar a venda do chip, a operadora suspensa não poderá habilitar a linha, sob pena de multa de R$ 200 mil por dia, conforme estabelecido pela Anatel.

Morais explica que os consumidores que foram ludibriados e compraram esses produtos devem voltar ao local para ter o dinheiro devolvido. “Na recusa, o consumidor deve levar ao Procon cópia da identidade, do CPF e algum documento que comprove a venda, que exigiremos imediata devolução do valor pago”.

Compartilhar:

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Estudante santarena permanece internada no PR

Seis estudantes paraenses permanecem internados no interior do Paraná depois do acidente com o ônibus onde viajavam ocorrido na última segunda-feira (14), em Piraí do Sul. Segundo a equipe médica que cuida dos jovens, é necessário mantê-los em observação devido a um quadro infeccioso que eles manifestaram nos locais dos ferimentos. Nove estudantes que também estavam em observação na semana passada receberam alta neste fim de semana e já voltaram a Belém.

As informações foram confirmadas na manhã desta segunda (23) pelo coronel Francisco Cantuária, do Corpo de Bombeiros do Pará, que permaneceu no interior paranaense até este fim de semana, acompanhando o quadro de saúde dos jovens e oferecendo apoio do Estado aos familiares dos feridos que foram para o Paraná.

De acordo com o oficial, o quadro mais grave é da estudante santarena Carolina Tapajós. 
Ela está internada na Unidade de Tratamento Intensivo, onde se recupera de uma cirurgia no pulmão, que foi perfurado durante o acidente. “Semana passada ela estava em coma induzido, pois os médicos queriam que ela se recuperasse de uma anemia para poder ser operada. Agora, já acordada, depois da cirurgia, ela aguarda a recuperação ainda na UTI”, contou o bombeiro. Junto com Caroline, que está no hospital de Castro, está a mãe dela, que também viajava no ônibus. Maria Lina Corrêa sofreu uma fratura na tíbia, mas já foi operada e passa bem.

 “Os seis que ainda não receberam alta apresentaram um quadro infeccioso. Os médicos acreditam que tenha sido em função de os ferimentos terem ficado abertos por muito tempo no local do acidente, até a chegada do socorro. Mas nenhum corre perigo”, explicou Cantuária.

Estão internados estão no Hospital Vicentino, em Ponta Grossa, Antônio Marcos Ferreira de Souza e Otávio de Paula Albuquerque; na Santa Casa, também em Ponta Grossa, está Frederick Charles Herse Corrêa Garcia; e no Hospital Ana Fiorillo Menarin, em Castro, Maria Lina Corrêa Sobrinho, Caroline Tapajós Corrêa Sobral e Daniel Nonato Boga Freire recebem os cuidados médicos.

Além do apoio que o Estado oferece às vítimas e a seus familiares, o Governo paraense solicitou ao Governo do Paraná auxílio para todos que ainda estão internados. “Nós acompanhamos o estado de saúde dos jovens e esperamos que retornem o quanto antes para o Pará, pois estamos dando todo o apoio para que isso ocorra da melhor forma possível. Estamos monitorando também com a empresa responsável pelo ônibus todas as medidas legais que precisam ser cumpridas”, assegurou Cantuária. (Ag. Pará)
Compartilhar:

Editais de concessão florestal têm prazo estendido para setembro

O prazo para concorrer ao manejo de cerca de 200 mil hectares nas Florestas Nacionais (Flonas) Saracá-Taquera (PA) e de Jacundá (RO), marcado inicialmente para o dia 26 de julho, foi estendido para o dia 13 de setembro pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB) devido à republicação dos editais de concessão.

Os tamanhos dos lotes para manejo florestal continuam os mesmos – 86 mil hectares, ao todo, na Flona Saracá-Taquera, subdivididos em uma unidade de 59,4 mil hectares e outra de 26,9 mil hectares; e, na Flona de Jacundá, em torno de 112 mil hectares, formados por unidades de manejo de 55 mil hectares, 32,7 mil hectares e 23,6 mil hectares.

Também permanecem o valor mínimo que pode ser ofertado, na proposta de preço, pelo metro cúbico de madeira a ser extraída, que é de R$ 53,27 em Saracá-Taquera, e de R$ 56,94 em Jacundá. Permanecem, ainda, os critérios socioambientais que compõem a proposta técnica, assim como o peso de cada um no julgamento das propostas.

Compartilhar:

Governo do Mutirão não é referência

O jornalista e blogueiro Jeso Carneiro também comenta a entrevista dada ao Quarto Poder pelo secretário Everaldo Martins. De acordo com Jeso, dois pontos nas afirmações de Martins lhe chamaram atenção:

1º) A insistência do PT em querer comparar a gestão Maria do Carmo versus Lira Maia. O Governo do Mutirão não deve servir como referência a ninguém. É mal exemplo, é atraso, é retrocesso. O que o PT deve fazer é o comparativo do 1º com o 2º mandato de Maria do Carmo. No primeiro, ela, ao meu ver, avançou mais.

2º) A coalizão de 12 partidos do PT nesta eleição é muito mais fraca, mais frágil, mais desidratada da que foi amarrada há 4 anos. E isso o senhor Everaldo Martins Filho não pode negar. Acredito que o PMDB só não continuou na coalização pelos "mau tratos" que recebeu do PT ao longo desse 2º mandato.


Leia também:
Prestação de contas videográfica das obras da Maria
Everaldo Martins: "PT está mais forte nestas eleições"
Compartilhar:

Idesp vai ao oeste paraense para redefinir limites municipais

Equipe do Núcleo de Cartografia e Geoprocessamento do Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp) viajou para o oeste do Estado a fim de dar prosseguimento ao projeto de revisão dos limites municipais, aprovado no Plano Plurianual (PPA) 2012-2015, que pretende atualizar a base cartográfica do Pará.

O objetivo da viagem, iniciada na última terça-feira (17), com duração de 15 dias, é redefinir os limites de Prainha, município com algumas das maiores inconsistências em suas linhas demarcatórias, chegando a ter três traçados diferentes. O outro a ter os limites revistos será Mojuí dos Campos, o mais novo município paraense.

Para fazer o trabalho, a equipe do Idesp estudou a história e as leis dos 144 municípios paraenses, além de cruzar as cinco bases cartográficas usadas pelo Estado.

“Quando percebemos que uma ação de planejamento concisa também dependia de uma base cartográfica também concisa, constatamos que os planejamentos das grandes cidades passavam por bases cartográficas que não davam problemas, então resolvemos verificar a base do Pará”, explica o coordenador do núcleo de cartografia, Magno Macedo. Foram encontradas cerca de 70 inconsistências nas definições dos limites entre os municípios.

A maioria desses problemas se deve à tecnologia pouco avançada da época em que as legislações definiam os limites municipais paraenses (algumas são de 1920). Com o avanço da informática e dos programas voltados à geografia (geotecnologia), o projeto executado pelo Idesp dará mais precisão à base cartográfica do Estado.

No início do mês, o instituto concluiu a revisão dos limites entre Belém e Ananindeua. Os resultados do projeto poderão ser encontrados em relatório a ser publicado após conclusão das revisões no site do Idesp. O único Estado brasileiro que já tem a base cartográfica revisada de acordo com a legislação atual é Roraima. (Ag. Pará)

Compartilhar:

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Prestação de contas videográfica das obras da Maria

É o que deseja o publicitário Dudu Dourado em seu comentário sobre a entrevista do secretário Everaldo Martins. Veja o que diz o dono da DC2 Comunicação:

"Politicamente e racionalmente Everaldo faz uma análise perfeita. Mas a resposta do povo será do jeito que ele pensa? Do jeito que ele quer? Uma pesquisa qualitativa hoje é de extrema importância. E quem sabe até uma prestação de conta videográfica das obras da Do Carmo nesses oitos anos, mas não mostrando as obras em si, mas os benefícios que elas trouxeram para o povo."
Compartilhar:

Everaldo Martins: "PT está mais forte nestas eleições"


Marcos Santos

Entrevista concedida na última terça-feira (18) ao blog Quarto Poder, o secretário de Planejamento, Everaldo Martins afirmou que o Partido dos Trabalhadores está mais fortalecido para estas eleições municipais. Martins diz categoricamente que a professora Lucineide Pinheiro é a candidata mais forte deste pleito, sobretudo por ser, entre os cinco postulantes ao cargo de prefeito de Santarém, a que detém o menor índice de rejeição. Questionado pelo blog sobre a ida de partidos que antes pertenciam à base aliada do PT para o ninho tucano, o secretário fez comparações entre PMBD e PSB, afirmando que o partido de Reginaldo Campos decidiu apoiar Alexandre Von para ficar contra o Estado do Tapajós. “O vereador Reginaldo ouviu o canto da Mãe d’água!”, disse Everaldo fazendo menção à proposta de que o parlamentar será deputado estadual em 2013. Já com o PMDB, ele diz não guardar mágoa e considera a candidatura do vereador José Maria Tapajós legítima. Na ocasião, Everaldo Martins explicou o motivo que levou o PT a trocar o secretário Inácio Corrêa pela professora Lucineide Pinheiro. Acompanhe a íntegra da entrevista.


Quarto Poder: O PT está mais fraco ou mais forte para estas eleições? 


Everaldo Martins: A candidata a prefeita do Partido dos Trabalhadores, a professora Lucineide Pinheiro já é a candidata mais forte deste pleito eleitoral!

Quarto Poder: Por quê?

Everaldo Martins: Primeiro, porque ela é a candidata do PT, que é, no máximo, neste país, neste estado, neste município, o terceiro maior partido. Se tiver dois maiores do que o PT é muito. Nós achamos até que somos o maior partido político do Brasil. Pegue o histórico de votação do PT, desde 1992 e verá que aqui em Santarém, nós temos um histórico de resultado eleitoral, tanto em eleições proporcionais quanto para eleição majoritária para a Prefeitura, que nos posiciona como no máximo o terceiro maior partido. Até podemos reconhecer o DEM e PMDB maiores do que nós, mas de certeza não é o PSDB que, por exemplo, nas últimas eleições, elegeu apenas dois vereadores. Em toda a existência do partido em Santarém, ele elegeu somente três, sendo que o atual vereador já é do Mojuí. Então, pegue o histórico do PT e compare com o do PSDB que você verá que somos maior do ele em Santarém. E olha que eles sempre tiveram o apoio do governo do Estado por 14 anos, se juntar os governos de Almir Gabriel e Simão Jatene. Mas reconhecemos que o deputado Lira Maia tem uma votação maior do que a nossa, uma votação cativa e o PMDB pode ser sim, um grande partido eleitoral no município.

Quarto Poder: E o que torna o PT forte para estas eleições?

Everaldo Martins: Somos hoje, uma coligação de doze partidos. É importante ressaltar que em 2008, erámos também doze partidos. É verdade que dos 12, cinco não estão mais conosco. Apenas sete continuam. Considerando que lá do outro lado, o PV estava na base do governo, retornou para lá, onde ele sempre esteve nas últimas eleições. E o PSD, partido novo, que estava entre nossos aliados, e foi pra lá. Esse reposicionamento, porém, ainda nos diz que o PT, juntamente com onze partidos, dá um potencial eleitoral para a professora Lucineide, que se Deus quiser, será a prefeita de Santarém. Além disso, temos 173 candidatos a vereador apoiando a nossa candidata. Provavelmente isso é 50% de todas as candidaturas a vereador que tem nesta eleição de 2012. Se não for 50% é quase. A Lucineide também tem o apoio exclusivo do governo federal, do diretório municipal. Já o candidato do PSDB, tem o apoio do governo do Estado cuja maior obra em Santarém foi ser contra a criação do Estado do Tapajós! Do nosso lado, todos nós somos a favor do Tapajós. Portanto, a candidata mais forte é a professora Lucineide. Ela não é mais conhecida, de certeza. O deputado Alexandre, que já foi vice-prefeito, vereador, é mais conhecido. Mas ela tem hoje, a menor rejeição entre os cinco candidatos.

Quarto Poder: PMDB e PSB, quem mais decepcionou o PT?

Everaldo Martins: Nós consideramos que um dos grandes desafios do nosso país é fortalecer a democracia, compreendemos a posição de um e de outro partido como parte da democracia, para o fortalecimento democrático. Mas, o vereador Reginaldo Campos trocou de lado. Agora, ele é contra o Estado do Tapajós para poder passar para o lado do governador Simão Jatene. E só é candidato lá, porque prometeram que ele será deputado estadual em 2013, porque vão fazer o Cássio Andrade, secretário ano que vem. Ele ouviu o canto da Mãe d’água, da Iara. E virou de lado, contra o Estado do Tapajós para ficar do lado do Jatene, cuja maior obra, repito, é acabar com o Estado do Tapajós! Então, agora estão juntos, lá. Eu respeito o PMDB. O partido tem candidatura própria. É um grande partido neste país, neste município. Não existe nenhuma decepção com o PMDB, nenhuma mágoa. Infelizmente, nós não podemos ficar do mesmo lado. Mas isso faz parte do jogo democrático. Portanto, é diferente a candidatura do PMDB. A candidatura do PSC é legítima!

Quarto Poder: Esses dois partidos, o PSB e o PMDB, ainda ocupam algum cargo no governo municipal?

Everaldo Martins: O PMDB colocou à disposição do governo a secretaria de Transportes e Trânsito. O PSB ainda tem a secretaria de Turismo e o PSD ainda tem a secretaria de Meio Ambiente. Estamos dialogando com os partidos para ver como ficamos.

Quarto Poder: Mas existe a possibilidade de eles entregarem esses cargos?

Everaldo Martins: Nós estamos dialogando. Não temos dúvida que existem dois processos: em andamento: o processo eleitoral de 2012 e o processo de oitavo ano de governo da prefeita Maria do Carmo, que vai até 31 de dezembro. Este último processo, tem governabilidade, foi feito de maneira correta para o bem da população santarena. Não foi para o bem dos partidos políticos, da prefeita ou dos vereadores.

Quarto Poder: O vereador Bruno Pará é um bom nome para ser vice da Lucineide Pinheiro:?

Everaldo Martins: De certeza absoluta! E ninguém aqui vai transformar o vereador Bruno como o Alexandre Von e Lira Maia fizeram com o professor Aldo Queiroz em 2004. Botaram o PSDB como vice e acabaram com o professor Aldo. Aqui, não vamos fazer isso. A gente respeita o vereador Bruno. Primeiro, porque ele é do PDT, um grande partido deste município, um grande aliado do PT desde 2004. É um grande partido. Está aí o resultado eleitoral do PDT para todo mundo ver, que se trata de um grande partido. Tem dois vereadores na Câmara. O presidente Osmando foi suplente de deputado federal nas eleições de 2006. O PDT, portanto, é um partido importante, do ponto de vista da eleição e dentro do governo, onde dirige três secretarias: Agricultura, Administração e Transportes. Além disso, Bruno é vereador. Só temos 14 vereadores neste município. Depois do prefeito e do vice-prefeito, os mais importantes agentes políticos são os vereadores. Também tem a juventude dele, que é importante para Santarém. E se for para comparar, pois nós queremos comparar os oito anos da prefeita Maria do Carmo com os oito anos do ex-prefeito Lira Maia, nós topamos o desafio! Estamos prontos para este desafio de avaliação.

Quarto Poder: O senhor já falou das qualidades da professora Lucineide e os motivos para que ela seja a candidata do PT. Mas por que o secretário Inácio foi substituído?

Everaldo Martins: Ainda bem que você me lembrou. Quero registrar que o Inácio foi o nosso candidato à sucessão da prefeita Maria do Carmo desde o primeiro dia. Além disso, ele foi posicionado em todas as decisões partidárias municipal, estadual e federal. O Inácio há trinta dias foi recebido pelo presidente nacional do PT em São Paulo. Foi colocado esse desenho, da aliança de 12 partidos, com o Inácio pré-candidato. Foi extremamente importante como secretário de Governo e Infraestrutura. Como secretário de Governo, ele permitiu essa governabilidade com a Câmara de Vereadores, na relação com as instituições públicas e privadas do município e junto com os poderes estadual e federal. Mas infelizmente, nós não conseguimos chegar na população e dizer: “Olha, este governo que você avalia do jeito que quiser avaliar, está apresentando este candidato”. É verdade que ainda não tínhamos entrado no período eleitoral. Então, nós apresentamos uma pré-candidatura. Infelizmente, não obtivemos a resposta esperada da opinião pública. Também quero registrar a humildade do Inácio, a coragem de dizer: “Com o meu nome, nós não vamos ter melhor candidatura. Então vamos trocar e potencializar essa candidatura”. Fizemos um debate de ser vice do PMDB, mas isso também não passou, nem dentro do PT e nem nos partidos que fazem parte da coligação. A grande maioria dos partidos, não concordou com a condição do PT ser vice do PMDB, mas concordou em substituir o candidato Inácio pela professora Lucineide. O PT tem a obrigação de apresentar a melhor candidatura da Lucineide, que se Deus quiser, será a prefeita e tomara que seja melhor do que a Maria do Carmo.
Compartilhar:

Estudante santarena passa bem após cirurgia no Paraná

É o que revela Cláudia Godinho, amiga da estudante santarena Caroline Tapajós Corrêa Sobral , que passou ontem (19), por uma delicada cirurgia para a retirada de parte do fígado, segundo informou o blog Geo Sociedade.

A amiga que repassou a informação diz ainda que de 5 a 7 dias, Carol já poderá ser transferida para Maringá .

Sua mãe, Maria Lina Corrêa, que sofreu uma fratura na tíbia, já foi operada e passa bem.

Compartilhar:

MEC divulga resultado da 2ª chamada para o ProUni

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta sexta-feira, o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo em instituições de ensino superior em todo o País. O programa seleciona os candidatos com base na nota de corte do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O candidato selecionado tem entre esta sexta-feira e o dia 30 de julho para comparecer à faculdade onde vai estudar, apresentar a documentação exigida e fazer a matrícula. Aqueles que não foram chamados têm entre os dias 2 e 4 de agosto para manifestar interesse em ficar na lista de espera.

O resultado da segunda chamada pode ser visto no site do MEC (www.mec.gov.br). O candidato precisa apenas indicar seu CPF e o número de inscrição no Enem. (
AE)
Compartilhar:

quinta-feira, 19 de julho de 2012

É grave estado de saúde da estudante santarena que sofreu acidente no Paraná

Quinze feridos no acidente envolvendo um ônibus de turismo que levava paraenses a um congresso em Curitiba ainda recebem tratamento médico em hospitais de três municípios do Paraná. Ainda nesta quinta (19) e sexta-feira (20), três pacientes passarão por cirurgia de reconstrução do úmero. Alguns feridos já foram operados e podem receber alta ainda neste fim de semana.

Uma das pacientes que necessita de maiores cuidados é da estudante santarena Caroline Tapajós Corrêa Sobral.

As informações foram confirmadas pelo oficial do Corpo de Bombeiros, coronel Francisco Cantuária, que foi enviado pelo governo paraense para acompanhar o estado de saúde dos sobreviventes e prestar assistência aos familiares.

"Ela sofreu uma perfuração no pulmão e o quadro de saúde dela evoluiu para uma anemia. Ela está recebendo transfusão de sangue e medicamentos. Os médicos aguardam o fim da anemia para operá-la'" disse o coronel. Junto com Caroline, que está no hospital de Castro, está a mãe dela, que também viajava no ônibus. Maria Lina Corrêa sofreu uma fratura na tíbia, mas já foi operada e passa bem.

Serão operados nesta quinta-feira (19), Claudio Diego Teixeira de Souza e José Correia da Silva Junior. Ambos estão internados no Hospital Vicentino, em Ponta Grossa, e terão o úmero reconstruído. Passará pelo mesmo procedimento, também em Ponta Grossa, o estudante Fernando Fábio Dias Gama, nesta sexta-feira (20). Na segunda-feira (23), no Hospital São Lucas, em Campo Largo, será a vez de Derick Eduardo Dias Rosa, que será operado por causa de uma fratura na perna. Derick viajava com a irmã de 15 anos, que não resistiu ao acidente."Os jovens estão bem e recebem o atendimento necessário em hospitais de três municípios do interior do Paraná. Os médicos aguardam as próximas 48 horas para fazer uma nova avaliação e observar a dinâmica da recuperação. Alguns pacientes que já foram operados podem receber alta ainda neste fim de semana", afirmou.

Uma das pacientes que deve receber alta neste fim de semana é Diva Silveira Malato, que está internada no Hospital Ana Fiorillo Manerin, no município de Castro. Ela sofreu uma fratura nos membros inferiores e, segundo o coronel, já passou por cirurgia. "Conforme for a avaliação dos médicos, ela poderá sair do hospital ainda no sábado e poderá voltar para Belém logo".

Veja a lista dos estudantes que continuam internados:

- Hospital Vicentino, em Ponta Grossa: Antônio Marcos Ferreira de Souza, Claudio Diego Teixeira de Souza, Fernando Fábio Dias Gama, José Correia da Silva Junior, Otávio de Paula Albuquerque e Raíssa Lorena Silva da Silva.

- Santa Casa de Ponta Grossa, Frederick Charles Herse Corrêa Garcia.

- Hospital Ana Fiorillo Menarin, em Castro: Barbara Elen Silva de Souza, Antonio André da Cunha Silva, Maria Lina Corrêa Sobrinho, Caroline Tapajós Corrêa Sobral, Daniel Nonato Boga Freire, Diva Silveira Boulhosa Malato e Jerilson Catique Duarte.

-Hospital São Lucas, em Campo Largo: Derick Eduardo Dias Rosa

Com informações da Agência Pará
Compartilhar:

Meliponicultores aprendem sobre manejo racional de abelhas

Produtores rurais do município de Terra Santa, no oeste do Pará, serão capacitados para o manejo racional de abelhas nativas. O curso será realizado nesta sexta-feira e sábado (21), na comunidade Alema, que fica próxima a sede do município.

A iniciativa faz parte do projeto de Meliponicultura apoiado pela Mineração Rio do Norte (MRN) em parceria com o Sebrae e o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Terra Santa (STTR). O projeto visa à implantação da primeira produção organizada no município. 

A ideia é abrir novas perspectivas para o negócio antes feito de forma artesanal, preparando os meliponicultores locais não somente para a produção do mel como também de seus subprodutos, a exemplo do própolis, derivado das resinas de vegetais colhidas pelas abelhas, e do pólen que é bastante valorizado no mercado brasileiro por seu alto valor nutricional.

Além de capacitar os produtores, a MRN vem promovendo visitas técnicas para troca de experiências e investindo na compra de novos planteis. A partir de agosto, 200 novos enxames de abelhas Canudo ( da espécie scaptoprigona sp) vão se somar à produção atual de 253 colmeias. Daí o curso deste final de semana estar direcionado, principalmente, ao manejo desta espécie.
Compartilhar:

Empresa é condenada por aterro irregular no Rio Guamá

A Justiça Federal no Pará condenou a empresa A Monte Alegre Ltda e dois responsáveis pelo empreendimento ao pagamento de multa de R$ 50 mil por danos causados ao meio ambiente no período de 1973 a 2000. A empresa fez um aterro irregular nas margens do Rio Guamá, em Belém, loteou a área e vendeu os terrenos.

A decisão, do juiz federal Arthur Pinheiro Chaves, é resultado de ação movida pelo Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA), que acusou a empresa de aterrar irregularmente uma área de quase dez mil metros quadrados.

De acordo com o MPF/PA a “empresa possuía, em dezembro de 1973, uma área de 3,2 mil metros quadrados que foi acrescida por aterramento irregular (restos de madeira e entulhos de construções) feito pela própria Monte Alegre”.

Compartilhar:

1ª via da carteira de identidade será gratuita

A partir de hoje (19), a emissão da primeira via da carteira de identidade será gratuita em todo o território nacional. A determinação está na lei sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União.

A emissão da segunda via do documento, porém, pode ser cobrada e a taxa, determinada pela legislação de cada estado. Atualmente, alguns estados já isentam o cidadão do pagamento da primeira identidade como o Rio de Janeiro e o Acre, além do Distrito Federal.

Para requerer a carteira de identidade é preciso apresentar certidão de nascimento ou de casamento. Brasileiros natos ou naturalizados e o português beneficiado pelo Estatuto da Igualdade podem obter o documento.

A lei sancionada pela presidenta Dilma e pela ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, modifica a Lei no 7.116, de 29 de agosto de 1983, que não traz expresso o direito à gratuidade. (ABr)
Compartilhar:

Associação pede embargo de obras em terreno na Fernando Guilhon



Foi protocolado no último dia 4 deste mês, na 3ª Câmara Cívil do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJE), em Santarém, uma ação civil pública ambiental movida pela Associação dos Moradores do Bairro Império do Tapajós. O documento faz denúncia sobre uma grave violação ao processo de número 2011.3.0180495, que trata de uma Área de Proteção Ambiental (APA), localizada às margens direita da rodovia Fernando Guilhon. Trata-se de parte de um imóvel denominado ‘Sisa Salvação’, que foi recentemente invadido por um grupo de pessoas, que tiveram que sair do local por ordem da Justiça. Conforme é de conhecimento da Justiça, o lado esquerdo do imóvel foi desapropriado pelo governo do Estado que, através do Programa Minha Casa Minha Vida, está construindo 3.081 casas populares, contrariando os interesses da empresa ‘Sisa Salvação’ de lotear a área. Ou seja, o empreendimento acabou indo “por água abaixo”. Não conformados pela impossibilidade de lucrar com o loteamento, a empresa ‘Sisa Salvação’ está agora preparando a área, que está em litígio, possivelmente para a venda futura dos lotes. É possível constatar essa denúncia com a presença de máquinas diversas e vários operários trabalhando no terreno de onde retiram árvores e o mato nos arredores.

A associação de moradores relata que toda vegetação existente está sendo retirada, prejudicando a área de praia e, principalmente, a área do igarapé do Irurá. A entidade ressalta que justamente essa ameaça ao meio ambiente que motivou o processo que hoje tramita na Justiça.

Ainda segundo a denúncia encaminhada à Justiça do Estado do Pará, a associação afirma que, devido este intenso movimento de máquinas e homens da empresa ‘Sisa Salvação’, os danos ao meio ambiente serão inevitáveis. Além disso, é claro o desrespeito à sentença, uma vez que a Justiça determinou que somente a Prefeitura de Santarém poderia adentrar no lado direito do terreno e, apenas visando a restauração e preservação da vegetação, da praia e do lago do Juá, jamais poderia, portanto, o imóvel ser utilizado para fins particulares e comerciais.

A empresa, de acordo com o documento que é assinado pela advogada Katiuschia Rodrigues, inscrita na OAB/Pará sob o registro 12.514, em hipótese alguma poderia e não pode estar na área fazendo “horrores ambientais”. A ‘Sisa Salvação’ nem poderia fazer também qualquer atividade no imóvel em razão do litígio, enquanto restar pendente este recurso.

O pedido encaminhado ao Tribunal de Justiça pela entidade pede, entre outras coisas, a imediata interrupção das atividades da empresa ‘Sisa Salvação’ que qualquer outra ação que esteja sendo feita dentro da área de proteção ambiental. A ordem também deve ser encaminhada à 8ª Vara Cívil de Santarém.

A associação de moradores também está acionando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para que a denúncia tenha efeito imediato e que seja apurada se houve algum tipo de benefício à empresa e quem autorizou que fosse feita qualquer atividade no terreno.
Compartilhar:

DESTAQUE:

'Nunca vi tantos especialistas em TSE', diz ministro Torquato Jardim

Do Correio Web Para quem pensa que a decisão sobre o julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer pelo Tribunal Superior Eleitora...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive

PUBLICIDADE: