quarta-feira, 31 de julho de 2013

Corpo encontrado em Ponta de Pedras é de motorista desaparecido

Foi encontrado na tarde desta quarta-feira (31), na estada da comunidade de Ponta de Pedras, no oeste do Pará, o corpo do motorista de caminhão Wanderlei Alves Alcântara, 35 anos, que estava desaparecido desde o último dia 14, quando saiu para assistir um jogo de futebol e não retornou mais para sua residência.

O corpo estava em avançado estado de decomposição. A moto em que a vítima estava também foi localizada. O veículo foi identificado por um irmão de Wanderlei, que confirmou pela numeração da placa da moto.

Wanderlei morava na comunidade de São Brás, região do Eixo-Forte, em Santarém. Ele trabalhava como motorista de caminhão, porém, nos finais de semana, atuava como mototaxista clandestino. 

No dia 14 deste mês, ele saiu de sua residência afirmando que iria assistir ao jogo entre Flamengo e Vasco, mas não retornou, deixando familiares e amigos preocupados. 

O desaparecimento dele foi registrado na delegacia de Polícia Civil, que iniciou as investigações. 

No dia em que sumiu, ele foi visto pela última vez na companhia de outro homem, de identidade ainda desconhecida, saindo de um bar. 

Wanderlei pilotava uma motocicleta de marca Yamaha, modelo YBR, cor preta, placas NST – 0937.

A polícia investiga a causa da morte.
Compartilhar:

Tribunal do Acre volta a rejeitar recurso da empresa TelexFree

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) voltou a rejeitar recurso que pretendia a retomada das atividades da empresa TelexFree. O caso foi analisado na segunda-feira (29) pela 2ª Câmara Cível, mas a decisão foi divulgada apenas ontem (30). O funcionamento da TelexFree foi suspenso em junho após suspeita de prática de pirâmide financeira, proibida pela legislação brasileira.

No recurso ao TJAC, a empresa alegava que a decisão tomada pela corte no dia 8 de julho precisava ser reformada por violar questões técnicas. O colegiado entendeu, no entanto, que não havia erros a serem corrigidos, e sim inconformismo com o resultado do julgamento.


Saiba mais
Telexfree bloqueia acesso de divulgadores a escritório virtual
'Bloqueio a escritórios da Telexfree não é decisão judicial', diz MP-AC
Comitê de apoio a divulgadores da Telexfree é criado no Acre


Os desembargadores seguiram voto do relator, Samoel Evangelista, que alegou ter encontrado motivação suficiente para formar a sua convicção, sem precisar analisar todas as questões levantadas pela empresa. Ele também destacou que o caso foi examinado pelo tribunal em várias oportunidades e que os precedentes citados pela defesa foram superados.

O modelo de pirâmide financeira se mantém por meio do recrutamento progressivo de pessoas, até chegar a níveis que tornam o retorno financeiro insustentável. Após intervenção do judiciário acriano, interessados no desfecho do processo envolvendo a TelexFree chegaram a recorrer ao Superior Tribunal de Justiça e ao Supremo Tribunal Federal, mas todos os recursos foram negados. (ABr)
Compartilhar:

Oriximiná celebra Santo Antônio

De 4 a 18 de agosto, Santo Antônio será o nome mais proferido na cidade de Oriximiná (PA). O Círio de Santo Antônio, padroeiro do município será celebrado durante a festividade tradicional que acontece do primeiro ao terceiro domingo de agosto.
Um dos maiores eventos religiosos do Pará tem o Círio Fluvial Noturno de Santo Antônio como um de seus grandes momentos. O período de celebrações será aberto com uma explosão de luzes e fogos nas águas do Rio Trombetas.

Este ano, a festividade será terá como tema “Santo Antônio, rosto jovem, exemplo de fé”. “O tema das festividades é escolhido tendo como base a vida de Santo Antônio, a campanha da fraternidade do ano em curso e o ano da Fé. A parte referente ao rosto

jovem é voltada para Jornada Mundial da Juventude, que contou com 7 jovens oriximinaenses que saíram daqui para participar desse grandioso evento católico”,

esclarece Marlene Gemaque, integrante da coordenação geral da Festividade.
A abertura oficial das homenagens a Santo Antônio ocorre no dia 04 com o Círio Fluvial, mas as atividades iniciam um dia antes, quando a imagem do santo

sai da Igreja Matriz em procissão por algumas ruas da cidade até o barco que fará seu translado para a comunidade Nossa Senhora das Graças, no Sacuri, zona rural.

Para a organização do Círio Fluvial é mobilizada uma grande quantidade de pessoas, entre romeiros e escolas voluntárias, além de artistas plásticos que trabalham simultaneamente para deixar tudo pronto para o grande dia.

“Neste ano nós teremos 15 mil barquinhas luminosas e os balões já foram confeccionados e entregues pelas escolas. Já a base delas que é feita de aninga, vai ser produzida por uma equipe de voluntários. Tudo está em pleno andamento”, garante o padre Arilson Lima da Silva, coordenador geral da festividade.
De acordo com pesquisas recentes, a Festividade de Santo Antônio como padroeiro de Oriximiná, é realizada há mais de 80 anos, e hoje a realização é da Paróquia de Oriximiná e tem como principais patrocinadores a Prefeitura e a MRN.

Fonte: MRN
Compartilhar:

MPF quer suspensão de hidrelétrica na Bacia do Tapajós

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou a suspensão do licenciamento ambiental do projeto da usina hidrelétrica de Cachoeira dos Patos, no rio Jamanxim, no complexo hidrelétrico da bacia do Tapajós, no Oeste paraense. A Procuradoria da República em Santarém encaminhou a recomendação à União, ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), à Eletrobras e à Eletronorte.

O MPF quer que o licenciamento seja interrompido até a apresentação e aprovação da Avaliação Ambiental Integrada (AAI) e Estratégica (AAE) dos impactos ambientais e sociais decorrentes da implantação da usina, por meio de equipe multidisciplinar e com participação social.

A recomendação alerta, ainda, para a necessidade de realização de consulta prévia aos povos indígenas e demais povos tradicionais localizados na área afetada pela instalação da usina. Se concluído, o projeto afetará o Parque Nacional do Jamanxim, a Área de Proteção Ambiental do Tapajós e o corredor Ecótonos Sul-Amazônicos (área de alta riqueza biológica entre os biomas do Cerrado e da Amazônia). E pede que os notificados apresentem informações acerca do estágio de desenvolvimento do empreendimento, como Estudos de Inventário Hidrelétrico da Usina, informações atualizadas e cronogramas do licenciamento ambiental e dos trabalhos de campo. Assinam a recomendação os procuradores da República Luiz Eduardo Hernandes, Carlos Raddatz e Ticiana Nogueira.

Os órgãos têm 45 dias para se manifestar sobre se acatam ou não as recomendações.

Fonte: MPF
Compartilhar:

terça-feira, 30 de julho de 2013

Santarém lidera casos de dengue no Pará; 851 confirmados

O município de Santarém aparece mais uma vez no topo da lista como a principal cidade com o maior número de casos de dengue no Pará. Segundo o 11° informe epidemiológico sobre a situação da dengue no Estado, divulgado nesta terça-feira (30), pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), até o momento, foram notificados 15.154 casos suspeitos de dengue, dos quais 6.464 foram confirmados, com a seguinte classificação: 6.434 de dengue clássica, 20 de dengue com complicação, cinco de febre hemorrágica da dengue e cinco de síndrome do choque da dengue. Santarém notificou 2.358 casos, sendo que 851 confirmados.

Comparado ao mesmo período de 2012, quando 10.891 casos foram confirmados, houve uma redução significativa. Dados divulgados pela Coordenação do Programa Estadual de Controle de Dengue indicam que os municípios com maior número de notificações são Santarém (2.358 casos), Belém (1.156), Parauapebas (749), Marabá (530), Medicilândia (479), Rurópolis (434), Ananindeua (422), Altamira (407), Oriximiná (399) e Itaituba (333). A maioria dos casos confirmados está em Santarém (851), Parauapebas (498), Oriximiná (373), Belém (332) e Altamira (217).

Em relação às mortes provocadas pela doença, há confirmação de cinco óbitos por dengue - um em Rurópolis (na Região do Tapajós) e dois em Oriximiná (no oeste paraense). O quarto, apesar de a vítima ser residente em Paragominas, faleceu em Garulhos (SP), e a quinta vítima morava em Medicilândia, mas morreu em Altamira - os dois últimos municípios da Região do Xingu.

Compartilhar:

Professor da Universidade do Oeste da Austrália ministra palestra na Ufopa

O professor Bob Gilkes, da Universidade do Oeste da Austrália, dará uma palestra em Santarém a convite da Ufopa, através do Instituto de Biodiversidade e Florestas (IBEF).

Ele falará sobre “Experiência Australiana em Agricultura, Produção Florestal e Animal”.

A palestra ocorrerá na próxima sexta-feira (2), no auditório do Campus Tapajós da Ufopa, às 14 horas, e será ministrada em inglês, com tradução para o português.

Especialista nas áreas de Fertilidade, Mineralogia e Pedologia, o pesquisador abordará estatísticas e entraves relativos à agricultura, ao manejo florestal e à criação de animais na Austrália.


Fonte: Ascom/Ufopa
Compartilhar:

Ingresso para assistir Ivete Sangalo no Sairé custará R$ 30,00

O público que for assistir ao festival Sairé, em setembro, na vila de Alter do Chão, em Santarém (PA), e que pretende prestigiar o show da cantora de axé, Ivete Sangalo, pode preparar o bolso. A principal atração nacional da festa se apresentará no dia 20 de setembro (sexta-feira). O ingresso mais barato custa R$ 30,00. O vip está sendo vendido a R$ 80,00, segundo oficializou em sua página no facebook, a Magma Eventos, nesta terça-feira (30). Os ingressos já estão à venda.

Apesar de se tratar de um evento público, a contratação dos artistas nacionais é de responsabilidade da empresa Magma, a mesma que trouxe a cantora gospel Ludmila Ferber e o Araketu para o aniversário de Santarém, em junho.
Compartilhar:

Vídeo mostra truculência da PM contra manifestantes durante culto de Marco Feliciano

video

O blog Quarto Poder disponibiliza o vídeo de uma reportagem do jornal Tapajós, do repórter Rômulo de Castro, afiliada da Rede Globo, do momento em que um grupo de manifestantes é hostilizado pelos seguranças e depois agredido por policiais militares, durante um evento realizado ontem (29), pela igreja Assembleia de Deus, na orla de Santarém (PA), que contou com a presença do deputado e pastor Marco Feliciano. As imagens acentuam a brutalidade da PM, tratando os estudantes com violência excessiva.

No vídeo, o deputado Marco Feliciano aparece determinando aos meganhas a prisão dos manifestantes.  Três jovens foram presos e outros ficaram feridos por causa da truculência policial. 

Fonte: No Tapajós

Leia mais:
Compartilhar:

Marco Feliciano ordena prisão de manifestantes em Santarém



Um pequeno grupo de manifestantes, que tentou bradar contra a presença do deputado Marco Feliciano, pastor evangélico e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Deputados, que participou ontem (29), na orla da cidade, em Santarém (PA), de um evento da igreja Assembleia de Deus, foi repreendido com brutalidade pela Polícia Militar. Seguranças contratados pela igreja começaram a agressão contra moças e rapazes, que sofreram violência e ainda foram vítimas da truculência policial. Três jovens foram detidos por perturbação e resistência a prisão. Outros sofreram lesões causadas pelas agressões dos policiais. A polícia também usou spray de pimenta para dispersar os manifestantes.

Os jovens detidos pela PM faziam parte do pequeno grupo de manifestantes, na maioria estudantes universitários, que se opõem contra Marco Feliciano pelas recentes declarações homofóbicas feitas por ele.

Quando fazia sua pregação, o pastor Marco Feliciano avistou a bandeira colorida do grupo e se dirigiu à PM com a seguinte frase: “Eu queria saber onde estão os policiais que estão aqui? Tem uma bandeira do movimento LGBT sendo sacudida e essas pessoas estão atrapalhando o culto. Isso é proibido pela lei! Essas pessoas podem sair daqui presas e algemadas agora!”, determinou.

E foi a partir desta determinação que a confusão se generalizou com os seguranças contratados pela igreja Assembleia de Deus agredindo os manifestantes. A PM interveio, porém, com muita truculência. Os meganhas usaram cassetetes contra os estudantes, que apenas estavam ali para se posicionar contra um parlamentar, presidente de uma das mais importantes comissões da Câmara Federal, que faz declarações racistas contra homossexuais.

De acordo com as vítimas agredidas, os seguranças usaram armas de choque contra os manifestantes. Muitos deles estão com hematomas pelo corpo. Vale ressaltar que esses 'seguranças' não têm formação adequada para utilizar esse tipo de armamento e nem revistar a bolsa das pessoas como ocorreu.

A advogada dos manifestantes, Juliane Fontinele, informou que as agressões começaram da parte dos seguranças contratados pela igreja. “A segurança do local repetidamente agrediu. Num primeiro momento a polícia teria reagido de forma correta, depois com o Marco Feliciano dando o aval para que as pessoas fossem presas e saíssem de lá algemadas porque estavam cometendo crime e fazendo apologia aí foi quando o policiamento se desequilibrou e tentou conter o que não tinha para conter”, destaca.

Por sua vez, a advogada Eyceila Menezes, da Assembleia de Deus, disse que a igreja não vai proceder contra os manifestantes.

Os jovens Renan Luis, Pedro George e Gean Miranda foram apresentados na delegacia e enquadrados na forma da lei por perturbação da ordem pública e resistência à prisão.
Compartilhar:

Alcoa apoiou Festribal 2013

A unidade da Alcoa em Juruti repassou R$ 100 mil em recursos para apoiar a realização do Festival Folclórico das Tribos Indígenas de Juruti – Festribal 2013, que aconteceu neste final de semana. A doação foi feita à coordenação do evento para ser repassada às tribos Mundurukus e Muirapinima, contemplando cada uma com R$ 50 mil. 

A Companhia respeita e incentiva iniciativas que fomentem a cultura local. Desde a sua chegada ao município, há oito anos, a Alcoa colabora com a realização do evento. Em 2006, a empresa doou recursos para a construção dos galpões para confecção de alegorias e adereços de ambas as tribos. 

O apoio ao festival reflete o compromisso de valorização da cultura regional assumido pela Alcoa.

Fonte: Temple Comunicação
Compartilhar:

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Obra de Belo Monte pode atrasar por problemas com Ibama

Desta vez não são os índios mundurucus nem os sindicatos. A mais nova ameaça de atraso na construção da controversa hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, parte do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Outro lado: Empresa diz que obras estão sendo feitas

O risco de paralisação numa fase crucial da obra, iniciada há três anos, é citado em documento publicado silenciosamente pela agência federal na semana passada. Trata-se da análise sobre o terceiro relatório da empresa para acompanhamento do Plano Básico Ambiental (PBA), um rol de 23 exigências sociais e ambientais.

Segundo o documento do Ibama, sete dessas "condicionantes" não estão sendo atendidas. Entre elas, obras de saneamento (rede de água e esgoto), equipamentos de saúde e educação e cadastramento da população a ser reassentada na cidade de Altamira (PA) e região.

"Como resultado da análise dos relatórios (...), fica claro o descompasso entre as obras de construção da UHE [usina hidrelétrica] Belo Monte e a implementação das medidas mitigadoras e compensatórias", conclui o parecer de sete analistas do Ibama.

"Torna-se evidente que tal descompasso poderá se refletir em atraso na emissão da licença de operação para o empreendimento e consequente enchimento dos reservatórios". Por ora, Belo Monte conta só com uma licença de instalação, condição para iniciar a obra.

O relatório do empreendedor (Norte Energia S.A.) foi entregue em 30 de janeiro. O Ibama divulgou sua apreciação sobre ele quase seis meses depois, na última quinta-feira. São necessários seis cliques para chegar ao documento na página ibama.gov.br/licenciamento.

A empresa alega que, desde a entrega do relatório, várias ações já teriam sido executadas para atender às exigências do órgão. "A Norte Energia trabalha para manter todos os projetos em execução e dentro dos cronogramas preestabelecidos", afirma em nota.

Se a ameaça de atraso da licença de operação se concretizar, o consórcio Norte Energia pode ficar impedido de encher o reservatório da usina em 2014, como previsto. Sem isso, não terá como cumprir o compromisso de acionar a primeira das 24 turbinas em fevereiro de 2015.

Compartilhar:

IDH de Santarém é de 0,691

Divulgado nesta segunda-feira (29), o atlas mostra o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de cada cidade do país. Para se calcular o IDHM, são considerados três indicadores: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). No caso da renda, é avaliado o rendimento per capita (por pessoa) do município.

IDH de Santarém (PA), por exemplo, foi calculado em 0,691. Em longevidade, o município registrou 0,807; renda 0,632 e educação, 0,648.

As informações de 2013 foram obtidas com base no Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010. É a terceira edição do atlas. O primeiro foi divulgado em 1998 com informações de 1991 e o segundo, em 2003 com dados de 2000.
Compartilhar:

Melgaço, no Pará, é o pior em IDH

O município de São Caetano do Sul, no ABC paulista, tem o melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do país, mostra estudo divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) intitulado "Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013". Os dados do estudo indicam ainda que o município com a pior avaliação é Melgaço, no Pará. Além de Melgaço, outras doze cidades paraenses (Chaves, Bagre, Cachoeira do Piriá, Portel, Anajás, Ipixuna do Pará, Afuá, Curralinho, Nova Esperança do Piriá, Porto de Moz, Breves, e Jacareacanga), estão na lista com os piores índices de IHD.

O IDH mede o nível de desenvolvimento humano de determinada região. É a terceira vez que o órgão da ONU realiza o levantamento sobre a situação nos municípios do país – outras duas edições da pesquisa foram divulgadas em 1998 e 2003.

No atlas de 2013, o IDH foi calculado com base nos dados do censo demográfico de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No atlas de 2003, as informações são as do censo de 2000, e, para 1998, a base de dados foi a de 1991. No entanto, neste ano, o Pnud mudou os critérios de aferição do índice, e atualizou os dados dessas duas pesquisas anteriores com base nesses novos critérios (leia aqui sobre a nova metodologia).

O IDH dos municípios vai de 0 a 1: quanto mais próximo de zero, pior o desenvolvimento humano; quanto mais próximo de um, melhor. O índice considera indicadores de longevidade (saúde), renda e educação.
Melhor IDHM do país, São Caetano, com 149.263 habitantes segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, tem índice de 0,862 e está entre os 44 municípios do país a registrar desenvolvimento humano "muito alto" (acima de 0,800). A cidade, que faz divisa com a capital paulista, teve também o melhor IDHM em 2003 e em 1998. O segundo melhor IDHM do país é o de Águas de São Pedro (SP) e o terceiro, o de Florianópolis, capital de Santa Catarina.

Considerando conjuntamente os dados de toda a população do país, o IDHM do Brasil é de 0,727, considerado "alto" (entre 0,700 e 0,799).

Das 50 cidades melhores colocadas no ranking nacional, 28 são do estado de São Paulo – veja na tabela acima a lista dos 50 melhores índices do país.

Piores IDHM
Na última posição no ranking do IDHM está a cidade de Melgaço, no Pará, que obteve índice de 0,418 e registra "muito baixo" desenvolvimento humano. Com 24.808 habitantes segundo o IBGE, fica situada a 290 quilômetros da capital Belém – a única entrada da cidade é por via fluvial.

Embora na última colocação, Melgaço registrou evolução positiva de 136% em relação ao índice divulgado em 1998. Na ocasião, o IDHM do município foi de 0,177. Em relação a 2003, a evolução foi de 60,7% – na ocasião, o índice de Melgaço era de 0,260.

Entre os 50 municípios com pior IDHM no Brasil, todos são do Norte e do Nordeste.

Compartilhar:

Motoristas invadem áreas de proteção ambiental em Alter

Uma imagem vale mais que mil palavras.

As duas que ilustram este post dispensam comentários.

Mas não podemos deixar de mencionar a falta de bom senso das pessoas em zelar pelas nossas belezas naturais.

Alter do Chão tem sido nos últimos dias destaque na mídia por uma série de fatores negativos.

A vila balneária, conhecida internacionalmente como ‘Caribe da Amazônia’ está sendo depredada e transformada em depósito de lixo.

O cenário não é mais tão paradisíaco assim.

A sujeira predomina.

Os vândalos predominam.

As águas verde-esmeralda mudaram de cor.

O óleo dos veículos e o lixo dão novas colorações ao rio Tapajós.

A falta de consciência com o meio ambiente se acentua diariamente.

Quem mora ali e faz uso de Alter do Chão deveria conscientizar-se e preservar o local.

Mas isso não ocorre como deveria...

Os abusos são cometidos de maneira insana e irresponsável.

As áreas de proteção são invadidas por seres desprovidos de civilidade e que se acham acima da lei.

Carros trafegam livremente sobre a areia em locais proibidos pelo Poder Público.

Uma vergonha!

Não existe fiscalização por parte da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), já que esse tipo de vandalismo ocorre todos os finais de semana.

Estes flagrantes foram feitos no domingo passado (28).

A praia foi transformada num grande estacionamento.

Ao fim da farra, o que restou foi muita sujeira. Muita sujeira mesmo.


Fotos: Luiz Fernando Rocha Miranda Neto
Compartilhar:

Motociclista morre em grave acidente em Santarém

Um trágico acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira, 29, em Santarém, Oeste do Pará, envolvendo duas motocicletas, no cruzamento da Avenida Sérgio Henn com a Rua Frei Vicente, às proximidades do Hemopa.

Segundo informações, as duas motocicletas (uma Bross e uma Biz) colidiram de frente e o condutor da Bross, Fagner Batista da Silva, de 27 anos, morreu no local. O condutor da moto Bizz teve fraturas pelo corpo, mas foi levado ao Pronto Socorro Municipal por agentes do SAMU.

Segundo testemunhas, o motociclista Fagner da Silva, ao tentar desviar de um buraco e fazer uma ultrapassagem, entrou na contra-mão e se chocou de frente com a moto Biz. Homens do Ptran estiveram no local do acidente, que ficou bastante congestionado, e falaram que a chuva pode ter sido a causa do trágico acidente. Desde às 04 horas da manhã desta segunda-feira que chove bastante forte em Santarém.


Fonte: O Impacto
Compartilhar:

Prefeitura de Belterra é assaltada por bandidos encapuzados


O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (29). Segundo informações, bandidos encapuzados arrombaram a prefeitura da cidade de Belterra, no Oeste do Pará, e a casa da prefeita Dilma Serrão.

Na Prefeitura foram vasculhados o setor de licitação, gabinete da Prefeita e arrombaram o cofre. Já na residência da gestora municipal amarraram o vigia e vasculharam a casa.

Até o momento não se sabe se levaram alguma coisa. A Polícia foi acionada e pela manhã desta segunda-feira (29) a perícia será feita.

Até o momento não há suspeitos e nem pista dos arrombadores e não se sabe se o crime tem conotação política.

Informações que chegaram à reportagem, a filha da prefeita Dilma Serrão disse que a residência onde moram não chegou a ser invadida pelos bandidos,pois o vigia deu o alarme e eles fugiram.

Fonte: Blog do Patrocínio
Compartilhar:

domingo, 28 de julho de 2013

A cada 3 dias, surge uma nova TelexFREE, diz procuradora


Faz um mês e meio que um bom número de brasileiros está com ressentimento do trabalho do Ministério Público. Por ações de procuradores e promotores, 200 mil vendedores da BBom e estimados 450 mil da TelexFREE estão proibidos de receber o que as empresas lhe devem. As duas tiveram os bens bloqueados na justiça acusadas de praticar pirâmide financeira.

“No curto prazo, a pessoa leva um susto e fica com raiva. Mas assim ainda tem chance de receber o dinheiro de volta. Se esperássemos (as empresas quebrarem), não iriam receber nada”, defende a procuradora da República de Goiás, Mariane Mello.

Há 20 anos no Ministério Público, Mariane é uma das responsáveis pela ação que paralisou neste mês os serviços da Bbom, empresa de venda de rastreadores veiculares.

A procuradora integra uma força tarefa criada há menos de três meses pelo MP, a nível nacional, para dar conta de um crime que, segundo ela, encontra novos representantes a cada três dias: a pirâmide.

No momento, 30 investigações estão em andamento pelo grupo. As empresas alegam praticar marketing multinível.

Em entrevista à EXAME.com, Mariane não tem dúvidas do estrago que golpes financeiros podem trazer para milhares de pessoas.

“Para quem está em cima ganhar, os que estão embaixo – muitos - têm que perder”, atesta.

EXAME.com - O crime de pirâmide financeira está crescendo no Brasil?
Mariane Mello - Está crescendo exponencialmente por causa das redes sociais. Hoje o poder de proliferação de uma empresa dessas é impressionante. Nasce hoje e amanhã está no Brasil inteiro. A cada 3 dias, surge uma nova.

EXAME.com - E como o Ministério Público vem atuando para dar conta desse aumento?
Mariane - Nós temos uma força-tarefa criada para combater nacionalmente esse boom de pirâmide financeira. No momento, estamos investigando 30. Temos como prática só nominar as investigadas depois que entramos com o processo e conseguimos o bloqueio dos bens. Se nomeássemos antes, poderíamos frustrar os valores de bloqueio. Além disso, no curso da investigação, podemos chegar à conclusão que uma ou outra não é pirâmide. Por isso temos tomado o cuidado de só divulgar aquelas com ações em curso. No momento, existem só duas, TelexFREE e Bbom. Mas a força-tarefa está em estágio avançado e novos nomes podem ser acionados judicialmente no mês de agosto.

EXAME.com - Os vendedores das empresas bloqueadas têm feito protestos pelo país contra as decisões da justiça, pois estão sem poder trabalhar ou receber. Eles acreditam que o trabalho do MP não é a favor deles?
Mariane - O que o Ministério Público esta fazendo é proteger os consumidores. Eu acho que, no curto prazo, a pessoa leva um susto e fica com raiva. Até os recursos voltarem, vai demorar pelo menos dois anos. Mas quando a pessoa vai percebendo que entrou numa armadilha, ela muda. Ela ainda tem chance de receber o dinheiro de volta. Se esperássemos, não iriam receber nada. Quem entra no início de fato ganha dinheiro, mas esses são minoria. São eles que aparecem dirigindo Ferraris e Lamborguinis no Facebook, vendendo a ideia de que todo mundo vai chegar lá. É uma falácia. A grande maioria vai bancar esta conta. Para quem está em cima ganhar, os que estão embaixo – muitos - tem que perder.

Fonte: Exame
Compartilhar:

Sairé, aos trancos e barrancos

Quem anda pela vila de Alter do Chão, mais precisamente nas proximidades do palco que será local das apresentações culturais durante a festa do Sairé, nota que ainda há muito a ser feito até que tudo esteja devidamente arrumado para mais um evento naquela comunidade.


A quadra de esporte, que todo mês de setembro se transforma no Lago dos Botos, está sendo reconstruída. Os trabalhos seguem em ritmo lento e falta pouco mais de um mês para o início da festa. Todo ano é a mesma coisa. 

O poder público sempre deixa pra última hora e não investe para que o Sairé tenha um local adequado e definitivo para suas manifestações religiosas e profanas, a exemplo do que ocorre em Juruti e Parintins, onde lá, as festas das tribos e dos bois têm palco próprio e não espaços improvisados para recepcionar os visitantes. 

Alguns questionamentos sobre esse serviço precisam ser esclarecidos pela Prefeitura:

De quem é a responsabilidade pela construção da quadra de esporte, já que não há nenhuma placa indicativa da obra?

Quanto está sendo gasto neste empreendimento?


Com a palavra, o prefeito Alexandre Von.
Compartilhar:

Fundação Sarney é alvo de investigação

A fundação criada pelo governo do Maranhão para preservar a memória do senador José Sarney (PMDB-AP) como presidente da República vive hoje numa espécie de "limbo institucional": o acervo está sob os cuidados de servidores públicos, mas continua ligado à entidade privada original, a Fundação Sarney.

A Promotoria investiga o caso e já aponta irregularidades porque a antiga fundação --criada pelo ex-presidente em 1990-- não foi liquidada, exigência legal para que pudesse transferir seus bens à nova fundação, pública.

Enquanto isso, a passagem da fundação privada para a pública -iniciada em 2011 pelo governo Roseana Sarney (PMDB)- elevou os gastos do órgão com pessoal em 187% e fez o número de funcionários dobrar, de 22 para 44, todos indicados sem concurso.

Segundo o Ministério Público, o inventário do acervo, outra exigência legal, nunca foi feito, e ninguém sabe ao certo o que há no Convento das Mercês, sede da fundação, prédio erguido em 1654 e hoje o mais suntuoso do centro histórico de São Luís. (FSP)
Assista ao vídeo em tablets e celulares
Compartilhar:

Opinião: Despreparo para grandes eventos

Por: Pedro Cardoso da Costa*

Propagaram tanto a preparação do Rio de Janeiro para a realização da Jornada Mundial da Juventude que parecia estar muito bem organizado mesmo. Bastou o início das atividades para escancarar que até os grandes eventos são utilizados apenas como marketing político e não como uma oportunidade das autoridades mostrarem ao mundo que o Brasil está preparado para realizar grandes acontecimentos.

Mesmo sabendo que o Papado é o mais alto posto da Igreja Católica e a única autoridade nesse patamar no mundo, ao transportá-lo deixaram o Pontífice à mercê da população que, felizmente, não se aproveitou disso. De qualquer forma, foi constrangedor e arriscada à situação a que ficou exposto o santo Padre.

Nos transportes, o fiasco foi total. Nada funcionou. O metrô porque faltou energia; as linhas de ônibus não foram ampliadas, nem colocaram outras alternativas; nada foi feito para minimizar os transtornos de quem só tinha o transporte coletivo como meio de locomoção. Esse comportamento escancara que as autoridades brasileiras só arrumam a casa quando há visita de estrangeiros importantes. Ainda assim erraram feio, já que o público da Jornada não tem tanto recursos como os turistas tradicionais.

Outra grande falha foi gastar milhões para apresentação em Guaratiba e depois, por conta de uma chuva normal, não realizar a apresentação por conta do lamaçal. Como as atividades foram transferidas para Copacabana, o prefeito pediu desculpa aos moradores do bairro chique e não disse uma palavra para os pobres do subúrbio.

Autoridades brasileiras não perdem a oportunidade de tentar tirar proveito eleitoral dessas ocasiões. Nem as manifestações populares de junho surtiram efeito suficiente para mudarem esse hábito coronelista, ao demonstrar que os cidadãos atualmente já separam bem o papel entre política e religião.

Também há exagero e sensacionalismo na cobertura dada pela chamada grande mídia. Os telejornais da Rede Globo dão ênfase semelhante a uma Copa do Mundo de futebol, com repórteres desde a saída até o retorno do Papa. Parece nem existirem mais os problemas nacionais, mesmo quando todos os serviços essenciais ligados ao evento não funcionam. Quando são citados, a ênfase recai num fanático a dizer que isso é irrelevante perante a presença de Sua Santidade.

No momento não vou aprofundar nas teses defendidas pelo Pontífice. Quanto à sua proposição para o menor se firmar perante a sociedade deveria ter sido mais bem detalhada, já que, como regra, os menores brasileiros há muito já vêm extrapolando os limites da afirmação e estão indo ao ataque.

Resta à imprensa investigar quanto de dinheiro público foi gasto nesta visita, pois o brasileiro já deixou muito claro sua prioridade em educação, saúde e segurança, e não mais em festejos, independentemente da religião, ainda mais porque esse aparato só ocorre em solenidades católicas, numa flagrante discriminação às demais religiões e um desrespeito ao preceito constitucional da laicidade do Estado brasileiro.

*É Bacharel em direito
Compartilhar:

Opinião: Transposição do trânsito em Santarém

Por: David Marinho*

Lembro-me que, quando o ex-prefeito Lira Maia idealizou o primeiro elevado em Santarém; o viaduto no cruzamento da avenida Cuiabá com avenida Fernando Guilhon, recebeu muitas críticas infundadas sobre esse importante projeto, chegando até a ser embargado. Hoje imaginem, se não tivéssemos essa infraestrutura de transposição viária, o caos que seria esse cruzamento na hora do “rush”?

Presisamos ter visão para o progresso quando ele aponta que chegará a determinado local, para não sermos pegos de surpresa, cabendo aos gestores públicos e suas equipes técnicas, fazerem essa leitura e perceberem o fenômeno do crescimento socioeconômico criando políticas públicas e adminsitrativas condicionando as infraestruturas básicas necessárias para atender as demandas de mobilidade urbana e do crescimento populacional, para que se efetive a fluidez do tráfego rodoviário proporcionando qualidade de vida para as populações envolvidas nesse contexto.

Aponto essa peocupação, por perceber que Santarém demonstra ser uma “cidade polo” que cresce além da média em todos os segmentos, fato que já compromete o trânsito da cidade por motivo da malha viária estar acanhada frente ao aumento de veículos nas vias e muito mais será, quando a infraestrutura portuária oferecer condições operacioanais de movimentação de cargas domésticas, assim como, de importação e exportação, pelo fato de Santarém oferecer condições geográficas propícias e vantajosas na logística na conexão de portos internacionais a polos produtores e consumidores do interior do Brasil.

Antevendo esse crescimento, percebo a necessidade de nossos gestores já se preocuparem em planejar e construir sistemas de tráfego elevado como viadutos ou similares, não deixando esse gargalo para a última hora, o que só acarretará transtorno para a população de uma forma geral, comprometendo a mobilidade dessa clientela e prejuízos para os empresários de transportes de cargas e passageiros.

Alguns pontos da cidade já indicam comprometimentos e riscos, quando já aconteceram vários acidentes, inclusive fatais, pois são locais estratégicos e deveriam receber atenção especial para a transposição dos fluxos viários como; o cruzamento da Rodovia BR-163 (Santarém/Cuiabá) com a Avenida Moaçara ligando ao bairro do Grande Santarenzinho; Rodovia Curuá-Una no cruzamento também com a avenida Moaçara; trevo da entrada da Rodovia Dr. Everaldo Martins que leva a Alter do Chão, se de fato o Conjunto Residencial Buriti efetivar sua implantação, o que geraria um estrangulamento no cruzamento desta rodovia com a avenida de acesso ao Aeroporto Wilson Fonseca.

Vamos planejar para se antecipar aos problemas, até porque, esses locais mencionados ainda não têm edificações permanentes para serem desapropriadas à grandes custos. E com certeza Santarém agradecerá por essas melhorias...

*É Projetista e Gestor Ambiental
Compartilhar:

Novas lojas TIM em Santarém trazem novidades para surpreender o cliente

A TIM inaugurou na última sexta-feira (26), no Shopping Paraíso, loja com parceiro TIM Store. O ponto de vendas fica localizado no primeiro piso do shopping, e conta com atendimento diferenciado, conforto, inovação e maior interação com os clientes. 

Entre as novidades, um amplo portfólio de smartphones, além de todas as ofertas e novos planos da empresa. A operadora também abriu recentemente a loja de parceiro Conexão celulares na avenida Barão do Rio Branco, nº 168, também em Santarém, no oeeste do Pará.

Fonte: Ascom/TIM
Compartilhar:

Festival de Juruti: Muirapinima vence duelo das tribos

Aconteceu hoje (28) à tarde no Tribódromo, a apuração dos votos dos jurados que analisaram os itens que co correm ao Festival das Tribos Indígenas de Juruti (Festribal). No final da leitura das notas, o resultado final mostrou a vitória da Tribo Muirapina com 480 pontos contra 478,5 da Tribo Mundurukus.

Após o anúncio oficial do vencedor, o secretário municipal de Cultura, Carlos Alberto Pinheiro, fez a entrega do tão cobiçado troféu aos diretores da tribo Azul e Vermelha, também como conhecida do "Tribão Azul".

Durante a contagem dos pontos a Tribo Mundurukus saiu na frente no item "Apresentador", sendo que Mundurukus obteve notra 10 com Theo Neves e Muirapinima ganhou 9,5 com Edvan Gonçalves. Mas em seguida a Tribo Muirapinima manteve a pontuação máxima em praticamente todos os itens, enquanto que a Mundurukus perdeu preciosos pontos nos itens Porta Estandarte e Tuxaua Originalidade.

Após o anúncio da vitória da Tribo Muirapinma seus torcedores que lotaram as arquibancada, seguiram em direção à Aldeia Muirá, sede da agremiação, onde a festa começou e só deve terminar nas primeiras horas de segunda-feira.

O Festival das Tribos de Juruti é um evento cultural patrocinadora pela Prefeitura Municipal que investe em torno de R$ 1,8 milhão para realizar o evento que reúne visitantes de várias cidades da região e do Brasil. (Portal Juruti)
Compartilhar:

Papa Francisco se despede, diz 'até breve' e pede para que rezem por ele


28/7 - Papa Francisco se despeda antes de embarcar de volta para o Vaticano (Foto: Evaristo Sá/AFP)O Papa Francisco se despeda antes de embarcar de volta para Roma (Foto: Evaristo Sá/AFP)












O Papa Francisco despediu-se do Brasil na tarde deste domingo (28) após discursar na Base Aérea do Galeão, Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. “Parto com a alma cheia de recordações felizes”, disse o Papa, que embarcou rumo à Roma às 19h21. A próxima Jornada Mundial da Juventude acontece em 2016 na Cracóvia, Polônia.
 No discurso de despedida, o Papa Francisco disse que já está com saudades, agradeceu aos voluntários e lembrou de locais que visitou durante a estada no país. Antes, rumo ao Galeão, fez um sinal de coração com as mãos aos fiéis (Assista no vídeo ao lado).
Parto com a alma cheia de recordações felizes. Essas, estou certo, se tornarão oração. Neste momento, já começo a sentir saudades. Saudades do Brasil, este povo tão grande e de grande coração, este povo tão amoroso"
Papa Francisco
"Dentro de alguns instantes, deixarei sua Pátria para regressar a Roma. Parto com a alma cheia de recordações felizes. Essas, estou certo, se tornarão oração. Neste momento, já começo a sentir saudades. Saudades do Brasil, este povo tão grande e de grande coração, este povo tão amoroso", agradeceu Francisco. (Leia a íntegra ao final)
"Saudades do sorriso aberto e sincero que vi em tantas pessoas, saudades do entusiasmo dos voluntários. Saudades da esperança no olhar dos jovens no Hospital São Francisco. Saudades da fé e da alegria em meio à adversidade dos moradores de Varginha. Tenho a certeza de que Cristo vive e está realmente presente no agir de tantos e tantos jovens e demais pessoas que encontrei nesta inesquecível semana. Obrigado pelo acolhimento e o calor da amizade que me foram demonstrados. Também disso começo a sentir saudades", afirmou o pontífice, que foi aplaudido.
Papa se despede na porta do avião (Foto: Reprodução / Globo News)Papa se despede na porta do avião no Galeão
(Foto: Reprodução / Globo News)
O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou que o Papa “não encantou apenas os jovens”. “Voltou a despertar a fé em todos os brasileiros”, disse. “Um verdadeiro evangelizador, como Cristo. (...) Quando voltar ao Brasil, ao que me parece, em 2017, não precisará bater nas portas, porque elas estão permanentemente abertas.”
"O Papa vai embora e lhes diz 'até breve', um 'até breve' com saudades, e lhes pede, por favor, que não se esqueçam de rezar por ele. Este Papa precisa da oração de todos vocês. Um abraço para todos. Que Deus lhes abençoe!", concluiu.
Francisco no Brasil
Em uma semana no Brasil, o Papa Francisco reuniu milhões de pessoas no Rio de Janeiro e em Aparecida, interior de São Paulo, durante a JMJ 2013. Carismático, bebeu mate, abraçou fiéis, desceu do papamóvel, abençoou crianças, jovens e adultos com palavras de fé e coragem, mas também com discursos duros, contra a desigualdade social, pedindo mais amor aos pobres e mais respeito aos políticos e às instituições.
Aos jovens voluntários da jornada, no Riocentro, pediu coragem de "ir contra a corrente" e de "ser felizes", em seu último evento público antes de partir para Roma. E encerrou: "Rezem por mim".
 "Não podia regressar a Roma sem antes agradecer, de modo pessoal e afetuoso, a cada um de vocês pelo trabalho e dedicação com que acompanharam, ajudaram, serviram aos milhares de peregrinos, pelos inúmeros pequenos detalhes que fizeram desta Jornada Mundial da Juventude uma experiência inesquecível de fé", afirmou Francisco.
Eu peço a vocês que sejam revolucionários, que vão contra a corrente; sim, nisto peço que se rebelem; que se rebelem contra essa cultura do provisório que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades, que não são capazes de amar a verdade. Eu tenho confiança em vocês, jovens, e rezo por vocês. Tenham a coragem de “ir contra a corrente”. Tenham a coragem de ser felizes!"
Papa Francisco
O Papa disse que "na cultura do provisório, do relativo, muitos pregam que o importante é “curtir” o momento, que não vale a pena comprometer-se por toda a vida, fazer escolhas definitivas 'para sempre', uma vez que não se sabe o que reserva o amanhã".
"Eu peço a vocês que sejam revolucionários, que vão contra a corrente; sim, nisto peço que se rebelem; que se rebelem contra essa cultura do provisório que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades, que não são capazes de amar a verdade. Eu tenho confiança em vocês, jovens, e rezo por vocês. Tenham a coragem de “ir contra a corrente”. Tenham a coragem de ser felizes!", pediu o Papa Francisco, aplaudido pelos jovens.
Papa e bispos (Foto: Reprodução/GloboNews)Papa se reúne com bispos no Sumaré
(Foto: Reprodução/GloboNews)
Bispos na periferia
Antes, durante encontro com a coordenação do Conselho Episcopal Latino-Americano, e afirmou aos bispos que eles devem fugir de diversas tentações, entre elas, o funcionalismo, e devem focar seu trabalho de evangelização nas periferias.
"Gosto de dizer que a posição de um discípulo missionário não é de centro, mas de periferia", afirmou o Papa Francisco. Ele disse ainda que se colocar como "centro" é uma tentação que descaracteriza a Igreja, que se transforma em uma ONG.
O encontro tratou da importância dos missionários na América Latina. Segundo o Papa, o “funcionalismo” é outro problema, que pode ser “paralisante”. "Peço que não se ofendam, mas creio que estamos muito atrasados", disse o Papa Francisco, ao falar sobre o trabalho das pastorais na América Latina.
Francisco fez questionamentos sobre o papel da Igreja e perguntou se agentes pastorais e fiéis se sentem parte dela. Em seguida, o Papa tratou da forma como evangelizar. "A pastoral é, em última instância, o exercício de maternidade da Igreja", disse.
O Papa afirmou que o papel dos bispos deve ser de "padres irmãos, pacientes e misericordiosos e homens que amem a pobreza", que não sejam ambiciosos e não tenham "psicologia de príncipes". Para o Papa, os bispos devem manter seu povo unido e cuidar da esperança dele.
Voluntários da JMJ se despedem do Papa Francisco no Riocentro. (Foto: reprodução GloboNews)Voluntários da JMJ se despedem do Papa
no Riocentro. (Foto: reprodução GloboNews)
Último dia no país
A última missa do Papa Francisco reuniu 3 milhões de pessoas em Copacabana durante a manhã. Francisco pediu aos jovens que façam discípulos em todas as nações e transmitam a experiência vivenciada na Jornada Mundial da Juventude a outras pessoas. Ele voltou a dizer que é preciso ir sem medo para servir. "Não tenham medo de ir e levar Cristo para todos os ambientes", afirmou.
"A experiência deste encontro não pode ficar trancafiada na vida de vocês ou no pequeno grupo da paróquia, do movimento, da comunidade de vocês. Seria como cortar o oxigênio a uma chama que arde. A fé é uma chama que se faz tanto mais viva quanto mais é partilhada, transmitida, para que todos possam conhecer, amar e professar que Jesus Cristo é o Senhor da vida e da história", disse o religioso.
'Saiam às ruas!'
No sábado (27), o pontífice engrossou o discurso político contra a desigualdade, pela aproximação dos mais pobres e pediu que jovens de todo o mundo, aqueles que querem ser "protagonistas da mudança", "sigam superando a apatia" de forma "ordenada e pacífica": "Saiam às ruas!", disse Francisco.
O pontífice falou também sobre Estado laico, que, de acordo com ele, é "favorável à pacífica convivência entre religiões diversas". O Papa começou o sábado com uma missa a bispos e padres na Catedral Metropolitana de São Sebastião, seguido de reunião com representantes da sociedade civil, quando discursou. Ele encerrou a maratona falando aos peregrinos, que tomaram completamente a Orla de Copacabana (saiba como foi o 6º dia do Papa no Brasil).
Por volta das 6h30 deste domingo (28), Francisco voltou a usar o Twitter para se dirigir aos jovens em linguagem bem informal: "Queridos jovens, sejam verdadeiros 'atletas de Cristo'! Joguem no seu 'time'!", publicou.
Leia a íntegra do discurso de despedida do Papa:
"Senhora Presidenta da República,
Distintas Autoridade Nacionais, Estaduais e Locais,
Senhor Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro,
Senhores Cardeais e Irmãos no Episcopado,
Queridos Amigos!
Dentro de alguns instantes, deixarei sua Pátria para regressar a Roma. Parto com a alma cheia de recordações felizes; essas – estou certo – tornar-se-ão oração. Neste momento, já começo a sentir saudades. Saudades do Brasil, este povo tão grande e de grande coração; este povo tão amoroso. Saudades do sorriso aberto e sincero que vi em tantas pessoas, saudades do entusiasmo dos voluntários. Saudades da esperança no olhar dos jovens no Hospital São Francisco.
Saudades da fé e da alegria em meio à adversidade dos moradores de Varginha. Tenho a certeza de que Cristo vive e está realmente presente no agir de tantos e tantos jovens e demais pessoas que encontrei nesta inesquecível semana. Obrigado pelo acolhimento e o calor da amizade que me foram demonstrados. Também disso começo a sentir saudades.
De modo particular agradeço à Senhora Presidenta, por ter-se feito intérprete dos sentimentos de todo o povo do Brasil para com o Sucessor de Pedro. Cordialmente agradeço a meus Irmãos Bispos e seus inúmeros colaboradores por terem tornado estes dias uma celebração estupenda da nossa fé fecunda e jubilosa em Jesus Cristo. Agradeço a todos os que tomaram parte nas celebrações da Eucaristia e nos restantes eventos, àqueles que os organizaram, a quantos trabalharam para difundi-los através da mídia. Agradeço, enfim, a todas as pessoas que, de um modo ou outro, souberam acudir às necessidades de acolhida e gestão de uma multidão imensa de jovens, sem esquecer de tantas pessoas que, no silêncio e na simplicidade, rezaram para que esta Jornada Mundial da Juventude fosse uma verdadeira experiência de crescimento na fé. Que Deus recompense a todos, como só Ele sabe fazer!
Neste clima de gratidão e saudades, penso nos jovens, protagonistas desse grande encontro: Deus lhes abençoe por tão belo testemunho de participação viva, profunda e alegre nestes dias! Muitos de vocês vieram como discípulos nesta peregrinação; não tenho dúvida de que todos agora partem como missionários. A partir do testemunho de alegria e de serviço de vocês, façam florescer a civilização do amor. Mostrem com a vida que vale a pena gastar-se por grandes ideais, valorizar a dignidade de cada ser humano, e apostar em Cristo e no seu Evangelho. Foi Ele que viemos buscar nestes dias, porque Ele nos buscou primeiro, Ele nos faz arder o coração para anunciar a Boa Nova nas grandes metrópoles e nos pequenos povoados, no campo e em todos os locais deste nosso vasto mundo. Continuarei a nutrir uma esperança imensa nos jovens do Brasil e do mundo inteiro: através deles, Cristo está preparando uma nova primavera em todo o mundo. Eu vi os primeiros resultados desta sementeira; outros rejubilarão com a rica colheita!
O meu pensamento final, minha última expressão das saudades, dirige-se a Nossa Senhora Aparecida. Naquele amado Santuário, ajoelhei-me em prece pela humanidade inteira e, de modo especial, por todos os brasileiros. Pedi a Maria que robusteça em vocês a fé cristã, que é parte da nobre alma do Brasil, como também de muitos outros países, tesouro de sua cultura, alento e força para construírem uma nova humanidade na concórdia e na solidariedade.
O Papa vai embora e lhes diz “até breve”, um “até breve” com saudades, e lhes pede, por favor, que não se esqueçam de rezar por ele. Este Papa precisa da oração de todos vocês. Um abraço para todos. Que Deus lhes abençoe!"
Compartilhar:

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Moradores de Tucumã denunciam garimpo ilegal em rios do Pará

Moradores da comunidade de Pedra Rachada denunciam que garimpeiros estão utilizando balsas para extrair ouro ilegalmente do rio Fresco, um braço do rio Branco que desagua no rio Xingu no município de Tucumã, sudeste do Pará. Além de prejudicial para a natureza, a prática é ilegal: de acordo com a Secretaria de Meio-Ambiente do Pará (Sema), não há licenciamento para a atividade na região.

Segundo a Associação dos Pequenos Produtores do Rio Fresco, as 150 famílias que vivem na região estão preocupadas com a possibilidade de contaminação por mercúrio, já que o metal tóxico é utilizado pelos garimpeiros para fazer a separação do ouro encontrado misturado ao cascalho no rio.

"Nós não queremos água poluída. Queremos água limpa. Os moradores daqui nunca quiseram tirar 1 grama de ouro, mas vem gente de fora e faz. Ouro é um bicho amaldiçoado", desabafa seu Antônio, que pediu para ter o sobrenome preservado. Segundo ele, a comunidade sobrevive de pesca e agricultura, atividades que podem ser prejudicadas pelo garimpo.

Os moradores contam que a extração começou a cerca de 90 dias, quando as primeiras balsas chegaram ao rio - hoje seriam mais de 15. Fotos recebidas pelo G1por uma fonte que pediu para não ser identificada mostram balsas nos rios Fresco, Branco e Xingu. Para o Ibama, a utilização destas embarcações causa grande impacto na Natureza: além de contaminar a água com mercúrio, as balsas reviram o extrato do rio, destroem o leito e causam assoreamento das margens.

Segundo a prefeitura de Tucumã, a atividade também prejudica o turismo, já que os locais contaminados são balneários que atendem a população. A prefeitura informou também que já registrou mortandade de peixes por causa do mercúrio despejado das balsas.
Denúncias
Segundo Antônio, a população já denunciou a atuação dos garimpeiros, e tem medo de sofrer represálias do grupo que explora o minério no rio. "Isso é uma máfia poderosa de garimpo. Esse povo é tipo bangue-bangue", disse.

Compartilhar:

SMT e ACES avançam nas discussões sobre o tráfego de carretas

Entidades representativas da classe produtiva, SMT, Câmara de Vereadores e sociedade civil organizada reuniram-se na noite de ontem, 25, na Associação Comercial e Empresarial de Santarém (ACES), para discutir os estudos preliminares sobre o tráfego de veículos pesados na área urbana de Santarém, com o objetivo de realizar possíveis adequações. Ficou definido que as carretas do tipo bi-trem só poderão circular na área restrita da Avenida Cuiabá até a zona portuária da Companhia Docas do Pará.

Na área central, considerada como zona norte, também houve consenso parcial. As carretas com capacidade superior a 14 toneladas deverão ficar proibidas de circular pela proposta da ACES em um quadrante que vai da Avenida Mendonça Furtado, integrando a Rui Barbosa, até a altura da Travessa Benedito Magalhães, Avenida Tapajós, Avenida Imperador, até se encontrar com a Mendonça Furtado. A Secretaria defende, em um primeiro momento, que a restrição se estenda até a Avenida Cuiabá e Avenida Tapajós, incluindo o porto improvisado da Praça Tiradentes. A SMT defende, também, uma proposta mais abrangente em outras vias, incluindo a mudança de sentido de Ruas de mão dupla, passando a ser via de mão única. Ficou de ser aprimorada a ideia, em razão do alagamento durante a cheia, na Avenida Tapajós.

O presidente da ACES, Alberto Oliveira, aposta que a entidade e o poder público, via SMT, têm condições de juntos pacificar medidas de forma a não prejudicar a economia local. “Nossa preocupação era a de que não houvesse diálogo e fossem implementadas ações proibitivas. Hoje nós estamos convencidos de que o governo está aberto às discussões”, ponderou.

O representante da Comissão de Transporte da Câmara, vereador Rogélio Cebulisk, garante que as discussões estão acontecendo da melhor forma possível, tendo sempre prevalecido o entendimento, o diálogo e a compreensão, sempre havendo os recuos das partes, para que se avancem às discussões. “Nós apostamos na solução do caos que se instalou em Santarém, por conta das grandes carretas. A cidade vai ganhar bastante ao final das discussões” destacou Cebulisk.

A titular da SMT, Heloisa Almeida, anunciou que o prefeito Alexandre Von confirmou presença na próxima reunião, que ainda não tem data definida. Para a secretária, mesmo havendo divergências, houve avanços, em alguns pontos, indicando maior entendimento nos próximos encontros. (PMS)
Compartilhar:

DESTAQUE:

Mais de 1.200 veículos retidos serão leiloados pelo Detran em Belém e Santarém

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) vai leiloar 1211 veículos, entre carros e motocicletas, que estão retidos nos par...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive