Santarém - 356 anos

Santarém - 356 anos

..

..

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Abertas as inscrições para Menor Aprendiz da MRN

Começa na próxima segunda-feira, dia 07, e se estende até o dia 11 de outubro, as inscrições para o processo seletivo do Programa Menor Aprendiz 2014 da Mineração Rio do Norte, em parceria com o SENAI de Santarém.

São 46 vagas distribuídas nas áreas de Mecânica de Usinagem, Mecânica de Automóveis e Eletricidade de Manutenção Industrial.

Para participar é necessário ter a 7ª Série do ensino fundamental até dezembro de 2013 ou estar no 2º ano do ensino médio até dezembro deste ano. Podem participar jovens entre 14 a 23 anos completos,

As inscrições podem ser realizadas em Santarém, no SENAI-CEP(Centro de Educação Profissional), na Av. Curua - Una, nº 249 – Bairro, Prainha no horário da 8h às 11h. Em Porto Trombetas os interessados podem procurar o Centro de Desenvolvimento – Central de Serviços, no mesmo horário.
No ato da inscrição o candidato deverá portar, obrigatoriamente, os seguintes documentos:
Cópia CTPS
Cópia Certidão de Nascimento
Cópia de RG (Identidade)
Cópia de CPF
Comprovante de Residência (Conta de água, luz ou telefone)
Comprovante de Escolaridade/Histórico/Declaração da Escola (7ª Série Completa)
01 foto 3X4
Currículo
A prova será realizada no sábado, dia 19/10/13. Os candidatos poderão optar pela prova em Santarém ou Porto Trombetas, de acordo com a proximidade de sua residência.

Fonte: MRN
Compartilhar:

Governo e entidades constroem parceria em Santarém

A Prefeitura de Santarém, o distrito alemão de Reno-Sieg, a Universidade Federal do Oeste do Pará, a Universidade de Stuttgart (Alemanha) e o Projeto Saúde & Alegria construíram um acordo de cooperação técnica, visando elaborar um amplo diagnóstico, com a identificação de soluções tecnológicas para três desafios: coleta e destinação de resíduos sólidos, energia alternativa e água potável, principalmente, para comunidades ribeirinhas. 

As cinco instituições firmaram um pacto para trabalhar conjuntamente na identificação dos problemas e na busca de soluções para apoiar a gestão municipal nestas três áreas. 

Governo e entidades também trataram temas que estão presentes na agenda positiva do Programa 50 Parcerias Municipais para o Clima, construída entre o município de Santarém e o distrito alemão, durante visita da delegação santarena a Reno-Sieg, no último mês de julho. A construção da Política Local de Gerenciamento de Resíduos Sólidos será um dos principais objetivos nesta segunda etapa do Projeto.

Segundo dados da Coordenadoria Municipal de Saneamento Básico, Santarém produz 4.100 toneladas de lixo por mês e 65% desse total é orgânico. Na maioria dos casos é descartado, ocasionando perdas ao município. Para mudar essa realidade a proposta é trabalhar o processo de compostagem, com o aproveitamento de todo o material orgânico, que para ser transformado em adubo. 

Compartilhar:

Cosanpa convoca candidatos aprovados e classificados em concurso público

A Companhia de Saneamento do Pará convoca os 20 candidatos aprovados e classificados no Concurso Público nº 001/2013. Os candidatos deverão se apresentar até o dia 10 de outubro de 2013, portando a documentação obrigatória para a efetivação da contratação e, ainda, os resultados dos exames obrigatórios. A apresentação deve ser agendada pelo próprio candidato.

A lista com os 20 convocados está disponível no Diário Oficial do Estado, edição do dia 26 de setembro, página 16 do caderno 2. Para conferir a lista, basta fazer uma busca no portal da Imprensa Oficial do Estado: http://www.ioepa.com.br.

O dia 10 de outubro é o prazo máximo para os vinte aprovados no Concurso Público nº 001/2013 da Cosanpa se apresentarem. O endereço é a Avenida Magalhães Barata, 1201, em horário comercial. Cada candidato aprovado deverá levar os documentos obrigatórios e também os resultados dos exames solicitados nos itens 3 e 14 do edital do concurso. O edital completo, em PDF, está disponível no endereço: http://www.cetapnet.com.br/.

Para agendar a apresentação na Cosanpa, o convocado deverá ligar para o telefone 3202-8479, em horário comercial. O não comparecimento do convocado dentro do prazo caracterizará como a não aceitação da nomeação e a pessoa será automaticamente eliminada do Concurso Público; a avaliação médica terá caráter obrigatório e eliminatório; os exames deverão ter no máximo 60 dias de realização para fins admissionais; todos os documentos, exceto a Carteira de Trabalho (CTPS), devem ser apresentados com cópias acompanhadas dos documentos originais. Melhores informações, através dos telefones: 3202 8488 e 3202-8482.

A seguir, a lista de documentos obrigatórios:
- RG;
- CPF;
- Título de Eleitor (com comprovante de votação ou justificativa da última eleição);
- Carteira de Trabalho (CTPS);
- Certidão de Nascimento / Casamento;
- PIS / PASEP;
- Certificado Militar (para homens);
- Diploma ou Certificado comprovando formação e escolaridade;
- Comprovante de pagamento do Conselho de Classe (se for o caso);
- Certidão de Nascimento dos filhos menores de 21 anos (se Universitário, até 24 anos);
- Atestado de Vacina dos filhos menores;
- Certidões Negativas de Cartórios de distribuição Cível e Criminal da Comarca do Município onde reside;
- Comprovante de residência;
- Comprovante de conta bancária (caso tenha);
- Três fotos 3x4 recentes;
- Curriculum Vitae

Fonte: Agência Pará
Compartilhar:

Donos da educação comandam milhões de alunos em negócios de mais de R$ 23 bilhões

As políticas de inclusão educacional do governo federal da última década resultaram em uma forte alta no número de alunos nas instituições de ensino em todo o País. Se por um lado a quantidade de crianças, jovens e adultos fora de escolas e faculdades tem diminuído com o tempo, a presença das instituições privadas tem se mostrado cada vez mais intensa.

Segundo dados do Pnad 2012 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) divulgados na última sexta-feira (27) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 25,4% dos estudantes do ensino superior estão em universidades públicas, enquanto 74,6% são alunos de instituições particulares. Os números incluem estudantes de mestrado e doutorado.

Hoje, os maiores grupos da área no País são responsáveis pela educação de pelo menos 2 milhões de alunos, e têm valor de mercado estimado em R$ 23 bilhões (vide tabela abaixo). Kroton, Anhanguera, Tijucussu, Abril Educação, Cruzeiro do Sul, Estácio, COC, entre outras, abocanham uma fatia significativa dos alunos de todas as faixas do ensino no Brasil.

Esse valor só pôde ser levantado devido à obrigatoriedade de divulgação dos dados das empresas de capital aberto na Bolsa de Valores. Há ainda uma grande gama que não pôde ser aferida e que vem a engrossar esses dados.

Para Carlos Monteiro, presidente da CM Consultoria, especializada em planejamento em gestão em ensino superior, a educação privada é, sem dúvida, um bom negócio no Brasil.

— Escolas, mesmo desorganizadas administrativamente, ainda são um bom negócio. Agora, aquelas que têm um bom sistema de gestão, que estão bem estruturadas, são extremamente rentáveis sim. E eu não vejo nada de pejorativo nisso.

O professor defende que essas instituições seguem seu objetivo, que é o lucro.

Compartilhar:

Triplica em 2013 número de haitianos ilegais que entram pelo Acre


Triplicou em 2013 o número de haitianos que chegaram ilegalmente ao Brasil por Brasileia, no Acre, e tiveram a situação regularizada pela Polícia Federal.

De janeiro até o início de setembro deste ano, o número de haitianos registrados na delegacia da cidade já chega a 6 mil, diz o delegado da PF Carlos Frederico Portella Santos Ribeiro. Em todo o ano de 2012, 2.318 haitianos pediram refúgio ao chegar a Brasileia sem visto.

A cidade acreana, que faz fronteira por terra com o Peru, é a principal porta de entrada de haitianos sem visto no país. Segundo a PF,Tabatinga (AM) também recebe os estrangeiros, mas as dificuldades encontradas por eles para entrar pelo município são maiores devido à necessidade de atravessar o Rio Solimões, fazendo com que o número seja bem menor.

Já a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Acre diz que antes os haitianos se dividiam em dois grupos ao chegar a Lima: um seguia para o Acre e outro ia até a cidade de Tabatinga. O órgão afirma, no entanto, que essa última rota parou de ser usada há cerca de 8 meses e agora todos chegam apenas pelo Acre.

“O número vem aumentando bastante neste ano. A cada dia tem uns 50 aqui na frente da delegacia”, afirma o delegado Ribeiro.

O representante da Secretaria de Direitos Humanos do Acre na cidade, Damião Borges, estima um número ainda maior de ilegais. Até 25 de setembro, ao menos 7.200 novos haitianos foram cadastrados no acampamento que os recebe na cidade. Desde 2010, afirma ele, são mais de 10.800.

A imigração ilegal teve início em janeiro de 2010, quando um forte terremoto deixou 300 mil mortos e destruiu grande parte do Haiti, o país mais pobre das Américas. Segundo dados da Agência de Inteligência dos EUA (CIA), a renda per capta no país é de cerca de US$ 3,6 por dia.

Em 2010, após o tremor, a delegacia da PF em Brasileia recebeu 37 haitianos. Em 2011, foram 982.

Só em abril deste ano, foram feitas 1.771 solicitações de visto por parte de haitianos. O governador Tião Viana (PT) decretou, inclusive, situação de emergência em razão da entrada descontrolada dos estrangeiros.

Segundo o delegado, no início do ano, o governo federal montou uma força-tarefa na cidade para acelerar a regularização dos imigrantes ilegais para que eles possam deixar mais rapidamente Brasileia e seguir para o restante do país.

Os haitianos ilegais chegam a Brasileia de ônibus e são orientados a procurar a delegacia da PF solicitando refúgio, preenchendo um questionário no próprio idioma e sendo entrevistados por policiais. A PF expede um protocolo preliminar que os torna "solicitantes de refúgio", obtendo os mesmos direitos que cidadãos brasileiros, como saúde e ensino. Eles também podem tirar carteira de trabalho, passaporte e CPF, sendo registrados oficialmente no país.

Após o registro na PF, a documentação segue para o Comitê Nacional de Refugiados (Conare) e para o Conselho Nacional de Imigração (Cnig), que abrem um processo para avaliar a concessão de residência permanente em caráter humanitário, com validade de até 5 anos.

Oficialmente, os haitianos não são considerados refugiados pela lei brasileira, que entende que o refúgio só pode ser concedido a quem provar estar sofrendo perseguição por motivos de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opiniões políticas em seu país. Devido ao grande fluxo de haitianos para o Brasil, o governo abriu uma exceção e concede a eles um visto diferenciado, tratando-os de forma diferente que outros imigrantes ilegais.

Compartilhar:

domingo, 29 de setembro de 2013

Mataram a 'Índia'!

'Índia' estava bêbada antes de morrer. Foto: Blog do JK
'Índia', doente mental agressiva, que perambulava pelas ruas de Santarém seminua e causava medo na população, foi encontrada morta neste domingo (29), em um posto de combustível, localizado na avenida Tapajós, em Santarém, no oeste do Pará. 

Violenta, ela já havia atacado algumas pessoas. 
Era temida por onde passava.

Foi morta pela falta de responsabilidade das nossas autoridades e leniência dos órgãos públicos que deveriam zelar pelo bem estar do cidadão, independente de sua situação mental ou física.

O corpo de 'Índia' foi removido pelo Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), que deve divulgar nesta segunda-feira (30), a causa da morte desta cidadão, desamparada pelo poder público.

No último dia 4, o blog Quarto Poder publicou uma matéria sobre a condição dos doentes mentais em Santarém. A matéria alertava nossas autoridades para a condição degradante dessas pessoas, que não têm amparo nem da família, nem do Poder Público. 

Paz à sua alma!
Compartilhar:

Lançada pedra fundamental do parque de ciência e tecnologia do Tapajós

Na manhã deste domingo, 29, na sede da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) foi lançada a pedra fundamental do Parque de Ciência e Tecnologia do Tapajós (PCT-UFOPA). Participaram da solenidade, o prefeito Alexandre Von, o secretário de Estado de Promoção Social, Alex Fiúza de Melo, o reitor da UFOPA, Prof. Dr. Seixas Lourenço, e pesquisadores da UFOPA, UFRA, UFPA e de Universidades do Seminário Brasil-Alemanha de Desenvolvimento Sustentável, hoje, às 19h. O prefeito Alexandre Von considerou que o PCT será um divisor de águas no processo de desenvolvimento local e regional.

Na ocasião, a diretora do Parque, professora Patrícia Chaves, apresentou as seis áreas de pesquisas que serão priorizadas: produção familiar, pescado, óleos vegetais, fitoterápicos, produção animal (com destaque para bovinos e bubalinos) e energia limpa (com destaque para energia eólica e solar).

O prefeito Alexandre Von parabenizou o lançamento do PCT e considerou que a Unidade será um divisor de águas no processo de desenvolvimento local e regional sustentável. “A economia verde regional, a partir de agora, será alicerçada na pesquisa, na ciência e na inovação tecnológica”, avaliou.

O gestor santareno sugeriu um sétimo campo de pesquisa: a pesquisa em água potável para beneficiar a população ribeirinha de Santarém e dos municípios da região do Baixo-Amazonas e do Tapajós. A proposta foi acatada pela reitoria da UFOPA e coordenação do PCT.

Fonte: PMS
Compartilhar:

Opinião: Insegurança nossa de cada dia

Por: Pedro Cardoso da Costa*
No roteiro de cada lançamento não faltavam críticas à população, por querer resultados imediatos e a promessa de que a partir dali a coisa ia funcionar. Pela média atual de quarenta mil assassinatos-ano, nos oitos de FHC foram, ao menos, meio milhão de mortos. Pela média nacional de apuração, de cada 100 assassinos, 97 ficaram impunes.

Nós, cidadãos comuns, não conseguimos entender por que não existem medidas efetivas de combate à criminalidade. Além dos números contradizerem quaisquer argumentos positivos das autoridades, todo dia a população ainda se surpreende com alguns crimes pela simplicidade e reiteração como são praticados.

No último dia 26 de setembro de 2013, foi preso Edson Arcanjo do Carmo, suspeito de cometer mais de cinquenta assaltos no mesmo lugar, com a mesma estratégia, sem nunca ter sofrido uma abordagem policial.

Logo se imagina que isso ocorria na Amazônia, lá numa estrada de barro sem nenhuma presença de policiais, onde toda a população estivesse subjugada pelos bandidos. Não foi lá. Isso ocorria aqui em São Paulo, num acesso à rodovia Raposo Tavares, nas proximidades da capital, uma das principais vias do estado.

Outro espanto se dá com a cobertura do caso pela mídia: não se pergunta a nenhuma autoridade por que nunca prenderam esse rapaz, que roubava há mais de seis meses sem nenhum constrangimento, à luz do dia. O ponto era tão lucrativo e sem risco, que era rateado com um familiar e colega de profissão, que ainda não foi preso, segundo o noticiário. Pela inteligência demonstrada pelas forças de segurança, agora eles devem estar todo dia lá naquele acesso. Aviso que assaltantes são sempre maus, mas nunca burros. Ele já deve ter mudado de ponto. Só para não perderem tempo nesse local.

Quem não tem conhecimento, quer saber como o rapaz foi preso. Uma moradora nas proximidades, ao perceber a reiteração dos assaltos, resolveu se arriscar, filmou os assaltos e forneceu as imagens à Polícia.

Agora, cabe perguntar ao secretário de Segurança de São Paulo, e ao responsável principal pela (in)segurança, o governador Geraldo Alckminn, se não seria o caso de abrir algum procedimento administrativo para apurar a negligência. Num caso desses, parece não restar dúvida de que houve, apenas para apontar os responsáveis.

Ou ao menos, como virou moda, que venha a público e peça desculpas à sociedade pela “ingenuidade” de seu aparelho policial e reafirmar que a força estatal é veemente contra manifestantes mascarados. Com o rosto descoberto pode assaltar à vontade; no mesmo lugar, o dia inteiro, por longos meses e quem sabe, por anos. E se não é a genialidade de uma dona-de-casa, o assaltante continuaria em paz no seu “trabalho” diário.
*É Bacharel em direito
Compartilhar:

IBGE e 16 órgãos abrem prazo para 3,7 mil vagas no começo da semana

Pelo menos 17 órgãos públicos abrem as inscrições na segunda-feira (30) e terça-feira (1º) para o total de 3.680 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Só no governo de Minas Gerais são 1.117 vagas. Os salários chegam a R$ 9.275,78 na Prefeitura de Maringá (PR).

Os órgãos que abrem as inscrições são os seguintes: Câmara Municipal de Alto Araguaia (MT), Câmara Municipal de Santa Rita de Minas (MG), governo de Minas Gerais, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT), Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais, Polícia Civil do Distrito Federal, Prefeitura de Araraquara (SP), Prefeitura de Bragança Paulista (SP), Prefeitura de Entre Rios do Oeste (PR), Prefeitura de Goiabeira (MG), Prefeitura de Itabirito (MG), Prefeitura de Maringá (PR), Prefeitura de Nova União (MG), Prefeitura de Pontes e Lacerda (MT), Prefeitura de Santa Rita de Cataguases (MG) e Universidade do Estado do Amazonas. (G1).
  •  
  •  
InstituiçãoInscriçõesTotal de vagasSalário máximoEscolaridadeLocal de trabalhoMais
Câmara Municipal de Alto Araguaia (MT)01/10/13 a 20/10/1314R$ 2.854,50todos os níveisAlto Araguaia (MT)veja edital
Câmara Municipal de Santa Rita de Minas (MG)30/09/13 a 25/10/135R$ 800nível fundamental e médioSanta Rita de Minas (MG)veja edital
Governo de Minas Gerais30/09/13 a 24/10/131.117R$ 2.983,37nível médio e superiorMinas Geraisveja edital
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1)01/10/13 a 24/10/13300R$ 4.210,49nível médiotodo o paísveja edital
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2)01/10/13 a 24/10/13120R$ 7.930,24nível superiorRio de Janeiroveja edital
Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT)30/09/13 a 01/11/13136R$ 7.188,68nível técnico e superiorSão Pauloveja edital
Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais01/10/13 a 05/11/13792R$ 2.674,12nível técnico e superiorMinas Geraisveja edital
Polícia Civil do Distrito Federal30/09/13 a 14/10/13300R$ 7.890,05nível superiorDistrito Federalveja edital
Prefeitura de Araraquara (SP)30/09/13 a 17/10/1313R$ 11,84 por horanível médio e superiorAraraquara (SP)veja edital
Prefeitura de Bragança Paulista (SP)30/09/13 a 30/10/13164R$ 3.984,33todos os níveisBragança Paulista (SP)veja edital
Prefeitura de Entre Rios do Oeste (PR)30/09/13 a 17/10/1343R$ 1.950todos os níveisEntre Rios do Oeste (PR)veja edital
Prefeitura de Goiabeira (MG)30/09/13 a 30/10/1378R$ 1.567todos os níveisGoiabeira (MG)veja edital
Prefeitura de Itabirito (MG)01/10/13 a 30/10/13322R$ 1.567todos os níveisItabirito (MG)veja edital
Prefeitura de Maringá (PR)30/09/13 a 21/10/1331R$ 9.275,78todos os níveisMaringá (PR)veja edital
Prefeitura de Nova União (MG)30/09/13 a 10/10/1324R$ 2.561,50todos os níveisNova União (MG)veja edital
Prefeitura de Pontes e Lacerda (MT)01/10/13 a 29/10/13112R$ 5.273,38todos os níveisPontes e Lacerda (MT)veja edital
Prefeitura de Santa Rita de Cataguases (MG)30/09/13 a 30/10/1358R$ 8.710,10todos os níveisSanta Rita de Cataguases (MG)veja edital
Universidade do Estado do Amazonas01/10/13 a 08/11/1351R$ 7.897nível superiorManaus, Parintins e Tabatingaveja edital
Compartilhar:

Caminhada Ecológica precisa de apoio para realização

Por: Martha Costa*

Em sua XIX edição, a Caminhada Ecológica, evento realizado durante o verão amazônico que visa despertar a consciência ambiental e promove a limpeza das praias do litoral santareno, no percurso entre as Praias do Maracanã e Alter do Chão, passa por dificuldades devido à falta de apoio para realização do evento. Faltando pouco mais de um mês para sua realização, a coordenação do Grupo de Defesa da Amazônia (GDA) está trabalhando intensamente para conseguir parceiros e apoiadores da causa ambiental.

Este ano, a XIX Caminhada Ecológica está prevista para acontecer nos dias 9 e 10 de novembro e a expectativa da coordenação é atrair mais de 100 participantes, pessoas compromissadas com as questões ambientais, estudantes universitários e a sociedade em geral que durante a caminhada além de contribuir com a preservação ambiental também poderá desfrutar de paraísos poucos explorados.

A coordenação espera que até meados de outubro todas as parcerias necessárias para realização do evento sejam firmadas, e que o evento deste ano possa ganhar novos adeptos, pessoas conscientes do seu papel ambiental e principalmente social, uma vez que a luta pela preservação ambiental também assegura melhoria na qualidade de vida de toda uma população.

O GDA fica localizado na avenida Agripina de Matos, próximo ao Colégio Cabral e os interessados em ajudar neste projeto, que tem quase 20 anos de realização podem ainda entrar em contato pelo telefone (93) 3522-6852. No total serão percorrido 40 quilômetros, com saída às 8h do dia 9, sábado, da Praia do Maracanã e chegada às 12h do domingo, 10, na praia de Alter do Chão.

Preocupação com o Meio Ambiente

Em anos anteriores, a Caminhada Ecológica conseguiu retirar das praias santarenas um montante de até duas toneladas de lixo em um único evento. Garrafas pet, pneus de carros, embalagens de confecções, material que leva até 500 anos para se decompor e que causa danos irreversíveis ao ecossistema e a biodiversidade. Porém, os danos ambientais não param por ai, no lago do Juá, é visível o assoreamento do lago e a falta de pescado.


*É jornalista
Compartilhar:

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Pará arrecadou R$ 696,2 milhões em agosto

A arrecadação dos impostos e contribuições administradas pela Receita Federal do Brasil – RFB, estado Pará, alcançou o montante de R$ 696,2 milhões em agosto de 2013, contra R$ 645,5 milhões de igual período de 2012, registrando crescimento nominal de 7,87% e real de 1,67%. A participação paraense na arrecadação da 2ª Região Fiscal foi de 30,59% no mês de agosto/13, enquanto que em agosto /12 essa participação ficou em 32,35%.

No período acumulado de jan/ago/13 a arrecadação do Estado atingiu cifra de R$ 5,8 bilhões do mesmo período de 2012, revelando uma expansão nominal de 12,80% e real de 6,05%. A participação do Pará na composição da arrecadação regional no período acumulado, jan/ago/13, situou-se em 32,70%, contra 32,01% de jan/ago/12.

Fonte: Receita Federal do Brasil
Compartilhar:

Estatuto do Nascituro: O corpo da mulher nas mãos do Estado


Por Raiana Siqueira* 

No dia 5 de junho, foi aprovado pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 478/07, titulado como Estatuto do Nascituro. Trata-se de um projeto que traz uma enorme ameaça aos direitos civis e direitos das mulheres.
Este projeto basicamente criminaliza a mulher que aborta e banaliza a sua vida tornando um embrião muito mais importante que a própria mãe. Neste caso, um “conjunto de células” passa a ser digno de todos os direitos jurídicos possíveis, isto é, se uma mulher estiver grávida e com câncer, por exemplo, os médicos de forma alguma poderão tentar curá-la, uma vez que o embrião seria afetado pela quimioterapia e com este projeto a mulher jamais poderá abortar, ou seja, dane-se a mãe!

O Estatuto do Nascituro é um grande absurdo e retrocesso, fere os direitos das mulheres conquistados através de muitos anos lutas e tira a autonomia da mesma sobre o seu próprio corpo. Mas não pense que acabou, dentre os absurdos propostos por este projeto, temos também o Art. 13, que diz o seguinte: “o nascituro concebido em um ato de violência sexual não sofrerá qualquer discriminação ou restrição de direitos...”, isto é, o Estado quer criminalizar o aborto, tornando-o um crime hediondo e obriga a mulher a carregar o fruto de uma violência. Além disso, caso identifiquem o estuprador, ele terá que pagar a pensão, dando a ele direitos de paternidade – inclusive, por exemplo, a possibilidade de ter a guarda da criança. Caso não o encontrem (e se a mãe não tiver condições), o Estado garantirá um auxílio financeiro até os 18 anos da criança, o chamado “Bolsa estupro”. Um total desrespeito.


O projeto proíbe também qualquer comentário que faça apologia ao aborto, prevendo pena de seis meses a um ano e multa. Desta forma, coloca em jogo a nossa liberdade de expressão.

No entanto, nós da UES entendemos que não cabe ao Estado tomar decisões pela mulher acerca do seu próprio corpo. As decisões cabem única e exclusivamente à mulher, e como disse a cantora Tulipa Ruiz: “Meu Corpo, minhas decisões”, portanto, repudiamos por completo este projeto de lei e dizemos: #NÃOaoEstatutodoNascituro.


* Diretora de Esporte (UES); Militante do Juntos! Juntas!; Membra do Coletivo Feminista Rosas de Liberdade e Acadêmica do curso de Educação Física no CEULS/ULBRA.
Compartilhar:

Lendas Urbanas: A maldição do Pojó

Por: David Marinho*

Todas as cidades brasileiras têm seus personagens pitorescos composto de pessoas que fazem parte da dinâmica no convívio social urbano entre ricos e pobres. Em Santarém também não é diferente, pois possuiu no passado e ainda possui hoje pessoas “favorecidas pela morte social”, esquecidas e ignoradas pela sociedade “favorecida pela sorte do capital”, que formam um grupo de seres humanos que se transformaram em abandonados andarilhos e moradores de ruas, onde sai prefeito e entra prefeito, e não vemos a preocupação desses políticos com esses irmãos e irmãs desprezados, na ausência de políticas para se construir uma casa de apoio para essas pessoas. E quando cruzam com eles, os ignoram olhando para outro lado, pois eles não “votam” por lhes faltar cidadania...
Escrevo este fato em forma de lenda, pois me lembro da Santarém dos anos 60, quando cruzávamos com essas pessoas que eram usadas até para amedrontar as crianças desobedientes, pois as mães ameaçavam: - Se tu não calar essa boca seu moleque! Vou chamar o “Pojó”! O moleque engolia o choro na hora e ainda bebia água em cima...

Nessa época, entre tantos, tínhamos na parte alta da cidade, onde hoje é o bairro Aparcida, “Seu Bandeirinha” com seu gorro vermelho na cabeça, e que por problemas na coluna andava pelos areões das ruas, curvado apoiado num banquinho de madeira, quando cansava, sentava-se, depois continuava sua caminhada. Lembro-me também do “Alarga Rua”, que caminhava penso para um lado ocupando mais espaço nas ruas, razão pela qual o chamavam por esse nome. No bairro da Aldeia tinha o “Caixa d’água”, que se entregara ao vício da cachaça, que tendo a barriga inchada, com as pernas finas e afastadas, parecia realmente a estrutura de uma caixa d’água, e quando cruzava com alguém, gritava quase em seus ouvidos: - Tá com medo, filho duma égua!? No Mercado Municipal, tinha o “Jorge”, que o pessoal considerava-no, o: “Bibelô do Ver-o-Peso”.

Pela praia quando ainda não existia o cais de arrimo, caminhava diariamente, indo do bairro da Prainha até o fim do bairro da Aldeia (Mapiri) e vice-versa, o “Seu Milton” que chamávamos de “índio”, tinha um aspecto maltratado, sujo e cabeludo, vez outra, andava com um urubu debaixo do braço como se fosse um bichinho de estimação, ao seu lado seguia sua companheira de infortúnio e depois um filho que nasceu nessa triste situação e os acompanhavam, e se alimentavam de restos de comidas descartadas nas praias. Quando iam até ao final da Aldeia, às vezes paravam em nossa casa e meu pai dava-lhes algum alimento e remédios. Ele conversava muito bem, e notava-se que tinha cultura... Mas quando alguém lhe propunha uma mudança de vida, ele era taxativo: - Tu quer mandar mais que Deus!?

Ainda sobre “Seu Milton”, comentava-se que ele era de família tradicional de Santarém e tinha uma vida muito boa, mas por ter se envolvido com sua empregada, foi “judiado” pela ex-esposa com despachos de macumba (se essa praga pega hoje, hem!? O que ia ter de andarilho pela orla...). E o mesmo passou a ter uma vida deprimente pela praia da cidade junto à dita-cuja, dormindo aonde a noite lhes alcançava, às vezes debaixo do antigo Trapiche Municipal, ou de árvores na paradisíaca e saudosa praia da Vera Paz, quando pegavam chuvas torrenciais.

Tivemos também o “Matá-Matá” que era uma figura simpática e bonachão, bebia as suas, mas não perturbava ninguém.

Porém, o mais temido de todos era o “Pojó” com seu inseparável saco, um senhor negro, magro, de idade avançada, que morava no final da Prainha. Era temido, pois diziam que era conhecedor de algumas “orações do capeta” e ter lido o livro de São Cipriano de cabo a rabo, de cor e salteado, a edição especial do capa-preta escrito em alto-relevo com a raspa do chifre do bode preto. E quem o contrariasse com certeza receberia alguma maldição do preto-velho “mago das orações”. Certa vez ao cruzar com uma mulher na rua, falou alguma gracinha para ela, quando foi rechaçado por ela com palavrões e impropérios dos mais ofensivos possíveis à sua pessoa. Então o “Pojó” parou, olhou para ela e disse em tom de provocação como isca para sua vingança: - Então cospe aí no chão sua doida! A mulher debochando dele, pensando estar lidando com um “fichinha” qualquer, cuspiu em sua direção e ainda o esnobou se afastando rebolando o trazeiro...

Teve gente que ouviu ele na hora sussurrar sorrindo diabolicamente: - Era isso mesmo que eu queria sua besta! Em seguida pegou uma caixa de fósforos vazia e colheu cuidadosamente o cuspe da mulher juntamente com areia, fechou com cuidado a caixinha, colocou no bolso, e continuou sua andança pela cidade. Diziam que ele “castrava” marmanjo no rastro.

Coincidência ou não, uma semana depois a dita mulher teve um surto de loucura, a família sem alternativa de cura na cidade, mandou-a amarrada no navio da SNAPP, Leopoldo Peres da antiga “Frota Branca” para o manicômio Juliano Moreira em Belém, de onde nunca mais saiu e não se sabe nem o que fim levou... Égua do Pojó!

Hoje, infelizmente temos outra “safra” de pessoas nas mesmas condições do passado, que são vítimas do álcool e desassistidas, com o agravante agora das drogas, incluindo como andarilha, uma senhora chamada de “Maria Batalhão”. Sofrida, maltratada, mas resistente. Que Deus os proteja a todos, e toque no coração dos políticos...
*É Projetista e Gestor Ambiental
Compartilhar:

Estudantes americanos conhecem atividade mineral na Amazônia

A Mineração Rio do Norte recebe nesta sexta-feira (27/09) a visita de um grupo de estudantes americanos da Universidade SIT (School for International Trainnig). A Amazônia é a área escolhida por eles para realizar estudos práticos sobre ecologia humana e recursos naturais. A parada em Porto Trombetas, onde a MRN mantém suas instalações, já faz parte do circuito selecionado pela agência de intercâmbio responsável pelo grupo estrangeiro.

Os estudantes querem conhecer mais sobre o ciclo do alumínio, desde a extração mineral até o estudo sobre as populações tradicionais da região. Um mix de conhecimentos de economia e sociedade.

A recepção do grupo pela MRN faz parte das atividades do Programa de Visitas da mineradora. O circuito inclui passagem pela Casa da Memória, para conhecer a história da empresa na região oeste do Pará; visita à área de lavra, de onde o minério da bauxita é retirado; parada em área reflorestada e encerramento das atividades da visita no horto florestal da MRN. Neste último espaço os estudantes compreenderão melhor como é feito o processo de reflorestamento das áreas mineradas.

A MRN é referência no setor de mineração na recuperação de áreas utilizadas para extração do minério.


Fonte: MRN
Compartilhar:

População brasileira chega a 197 milhões de pessoas

A população brasileira cresceu 0,8% no ano passado, chegando a 196,9 milhões de pessoas. É o que informa a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, divulgada hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Um aumento de 1,6 milhão de pessoas.

O maior e o menor crescimento foram registrados no Norte (1,4%) e no Sul (0,6%). Quase a metade da população brasileira está concentrada no Sudeste (82,7 milhões). No Centro-Oeste vivem 14,8 milhões. As mulheres são maioria: correspondem a 51,3% da população.

A pirâmide etária mostra que a população está envelhecendo. A proporção de idosos, com 60 anos ou mais, passou de 12,1% para 12,6%, chegando a 14,2% na Região Sul e a 8,1% na Região Nordeste. Em 2004, na base da pirâmide etária reunia 42,8% dos brasileiros com até 24 anos. Em 2012, a proporção caiu para 39,6%.

Quanto à cor ou raça, 46,2% das pessoas autodeclararam-se brancas, 45% pardas, 7,9% negras, indígenas e amarelos 0,8%, somando 1,6 milhão de pessoas. Com isso, a população negra, que soma pretos e pardos, está em 104,2 milhões de pessoas, o que corresponde a 52,9% dos brasileiros. No Sul, 76,8% autodeclararam-se brancos e no Norte os pardos são 70,2%.

Em 2012, 39,4% não residiam em seu município de origem e 15,7% estavam em outra unidade da federação. No Distrito Federal, 48,5% das pessoas são de outros estados; no Rio Grande do Sul a proporção é 3,7%. (ABr)
Compartilhar:

Réu é condenado ao tentar matar por causa de um cigarro

Os jurados da 10ª vara Penal condenaram nesta quinta-feira (26), por volta de 19h30, o réu Adailton Mota Pereira, vulgo "Meruim", de 36 anos que quase matou com uma facada há nove anos, Ediones Alves Marinho, 32 anos, vulgo "Sapo". Os jurados acataram, por maioria de votos, a tese do promotor público Evandro Aguiar.

O defensor público Eduardo Augusto Dias, apresentou cinco teses para negar o crime, baseando-se no fato de que não foi feito o laudo do IML para comprovar a lesão, mas não conseguiu convencer a maioria dos jurados. O juiz Gérson Marra Gomes aplicou a pena de oito anos de reclusão, em regime fechado. A defesa vai recorrer da sentença.
Apareceu - A vítima não havia sido ouvida na fase inicial do processo por não ter sido mais encontrada pelos oficiais no endereço que constava dos Autos, mas compareceu ao plenário, nesta data, depois de se informar por um noticiário de TV local, de que o júri seria realizado.

Réu e vítima moravam no bairro do Mapiri e encontraram-se em um bar da vizinhança. "Sapo" já estava bebendo e "Meruim" chegou pedindo um cigarro, que a vítima inicialmente lhe deu. Mais tarde, segundo os testemunhos, "Meruim" voltou a pedir outro cigarro, mas desta vez "Sapo" lhe negou pois era o último, e que ele ia fumar.

Essa resposta teria sido o bastante para o réu sair do bar e em seguida retornar com uma faca, para esfaquear "Sapo" no abdômen, que felizmente não morreu por ter sido socorrido. O réu vai poder aguardar o resultado do recurso em liberdade.


J. Ninos
Compartilhar:

Ibope: Marina cai, Dilma cresce e abre 22 pontos

Pesquisa nacional Ibope em parceria com o Estado mostra que Dilma Rousseff (PT) abriu 22 pontos sobre a segunda colocada, Marina Silva (sem partido), na corrida presidencial. Em julho, a diferença era de 8 pontos. Desde então, a presidente cresceu em ambos os cenários de primeiro turno estimulados pelo Ibope, enquanto Marina perdeu seis pontos, se distanciando de Dilma e ficando mais ameaçada pelos outros candidatos.

No cenário que tem Aécio Neves como candidato do PSDB, Dilma cresceu de 30% para 38% nos dois últimos meses. Ao mesmo tempo, Marina caiu de 22% para 16%. Aécio oscilou de 13% para 11%, enquanto Eduardo Campos (PSB) foi de 5% para 4%. A taxa de eleitores sem candidato continua alta: 31% (dos quais, 15% dizem que votarão em branco ou anularão, e 16% não sabem responder).

O cenário com José Serra como candidato do PSDB não tem diferenças relevantes: Dilma tem 37%, contra 16% de Marina, 12% de Serra e 4% de Campos. Nessa hipótese, 30% não têm candidato: 14% de branco e nulo, e 16% de não sabe. Não há cenário idêntico a esse em pesquisa anterior do Ibope para comparar.

Nos dois cenários, Dilma tem intenção de voto superior à soma de seus três adversários: 37% contra 32% (cenário Serra) e 38% contra 31% (cenário Aécio). Isso indica chance de vitória no primeiro turno. Mas convém lembrar que praticamente 1 em cada 3 eleitores não tem candidato e ainda falta um ano para a eleição.

Fonte: Estadão
Compartilhar:

PM é acusado de matar a esposa em Santa Isabel

O policial militar Josimar Raione é acusado assassinar a esposa, que também é PM, no município de Santa Isabel do Pará, na noite desta quinta-feira (26).

De acordo com informações preliminares, após uma discussão do casal, a vítima, identificada como a soldada Jorlene Rodrigues Brito, de 26 anos, saiu em fuga para a casa de vizinhos, mas o PM conseguiu alcançá-la e desferir três tiros fatais.

O delegado responsável pela Seccional de Santa Izabel informou que o fato aconteceu no Conjunto Edilson Abreu. (DOL)
Compartilhar:

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Acre e parte do Amazonas estão mais perto de voltar a antigo fuso horário

Os moradores do Acre e de parte do Amazonas estão mais próximos de ter de volta o fuso horário com duas horas a menos em relação ao horário de Brasília. A proposta que restabelece o horário antigo (PLC 43/2013) foi aprovada nesta quinta-feira (26) pela Comissão de Relações Exteriores do Senado. O projeto segue agora para o plenário da Casa, com requerimento que pede análise em regime de urgência.
Sob a justificativa de que a população local sofria prejuízos econômicos, sociais e culturais por causa da diferença em relação ao restante do país, em 2008 a Lei 11.662 reduziu o fuso horário dessa região a apenas uma hora a menos em relação a Brasília.
A mudança, no entanto, não agradou à maioria da população. O descontentamento foi comprovado em 2010, quando os eleitores do estado do Acre participaram de um referendo sobre o tema. À época, o resultado mostrou que 39,2% dos eleitores queriam o retorno à hora antiga, enquanto 29,7% eram favoráveis à manutenção do fuso horário em vigor. (ABr)
Compartilhar:

Conjove realiza lançamento do 3º Liquida Santarém‏

Vem ai, o Liquida Santarém, evento que pretende fortalecer o Comércio Serviço e Indústria local, criando ambiente e condições para que os negócios gerados no município contribuam para a geração de renda e riqueza local. O lançamento oficial acontece no dia 26 de setembro, as 19 horas, no Auditório Palladium. Segundo o Diretor de Marketing do CONJOVE, Gerlander Campos, algumas medidas estão sendo tomadas para estimular a adesão de novos parceiros “Pra quem nunca participou, o lançamento vai ser a oportunidade para conhecer o regulamento. Vamos ter palestra de motivação para o atendimento e vendas, além de apresentarmos todos os benefícios do aumento no faturamento. Aos empresários que estiverem presentes, a taxa de adesão estará em um preço promocional”.

Em sua 3ª edição, o Liquida consiste numa “liquidação geral”, onde as empresas participantes criam condições e facilidades para as vendas e as negociações. Em 2013, a iniciativa ocorre durante o período de 6 a 9 de novembro. O coquetel de lançamento contará com a participação do professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Luiz Carlos Becker.

Com a recuperação de crédito e a oferta de descontos que vão de 5% a 70%, a iniciativa pretende promover o aumento significativo no volume de vendas nas empresas locais. Cada loja participante irá receber um kit contendo bandeirolas, adesivos e cartazes que identificam sua participação na liquidação, além de etiquetas que sinalizam os produtos com descontos.

Os membros do Conselho de Jovens Empresários (CONJOVE) já estão visitando as empresas para divulgar a “maior liquidação de todos os tempos”. O empresário que quiser participar, deve entrar em contato com a secretaria da ACES pelos telefones (93)3523-5633 ou 3523-5966.

O 3º Liquida Santarém é organizado pelo CONJOVE, da Associação Comercial e Empresarial de Santarém, pelo Sindicato do Comércio Lojista (Sindilojas) e pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).


Fonte: Ascom/Aces
Compartilhar:

Vacina brasileira contra dengue será testada no país em outubro

Instituto Butantã, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), inicia em outubro os testes em seres humanos de uma vacina contra a dengue. A vacina está sendo desenvolvida para combater, em uma única dose, os quatro tipos da doença já identificados no mundo. Segundo Alexander Precioso, diretor de Ensaios Clínicos do Butantã, nenhum outro país tem uma vacina como essa.

A vacina começou a ser desenvolvida em 2006, juntamente com os institutos nacionais de Saúde dos Estados Unidos. Os vírus foram identificados no país norte-americano e, posteriormente, transferidos para o Butantã, em 2010.
A técnica utiliza o chamado vírus atenuado. “Isso ignifica que o próprio vírus da dengue é modificado para que seja capaz de fazer com que as pessoas produzam anticorpos, mas sem desenvolver a doença”, explicou Precioso.

Os cientistas já testaram a vacina em mais de 600 norte-americanos. “Os estudos lá mostraram que é uma vacina segura e que foi capaz de fazer com que as pessoas produzissem anticorpos contras os quatro vírus”, disse ele. O pesquisador explicou ainda que, nesses voluntários, não foram observados efeitos colaterais importantes, apenas dor e vermelhidão no local da aplicação, sensação comum para vacinas.

Porém, como os Estados Unidos não são uma região endêmica para a dengue, nenhum voluntário que recebeu a imunização havia contraído a doença antes. No Brasil, os testes vão envolver também pessoas que já tiveram dengue.

O cientista disse que, com base em estudos publicados no Sudoeste Asiático e nos Estados Unidos, pacientes com histórico de dengue poderão receber a imunização sem risco à saúde. “No início do desenvolvimento da vacina lá [nos Estados Unidos], algumas pessoas receberam vacina monovalente, só de um tipo, e depois outra dose de um vírus diferente, para ver se quem já tinha o passado de dengue correria risco”, explicou.

Em uma primeira etapa dos testes brasileiros, que começam nesta semana, serão recrutados 50 voluntários da capital paulista, todos adultos saudáveis e que nunca tiveram dengue, com idade entre 18 e 59 anos, de ambos os sexos. Eles vão ser imunizados em duas doses, com intervalo de seis meses entre elas.

A próxima etapa vai incluir pessoas com histórico de dengue e a vacina será aplicada em dose única. Serão 250 voluntários da capital paulista e da cidade de Ribeirão Preto, no interior do estado.

Compartilhar:

Nota de Retração - Vereador Gerlande Castro

PODER LEGISLATIVO

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM

Avenida Dr. Anysio Chaves, 1001.
CEP. 68.030.290 - SANTARÉM-PARÁ
GABINETE DO VEREADOR GERLANDE CASTRO


NOTA DE RETRATAÇÃO PÚBLICA

Eu, Gerlande Castro, brasileiro, casado, vereador do município de Santarém (PA), em respeito aos princípios da opinião verdadeira, venho publicamente, através desta nota, retratar-me com todos os profissionais de imprensa, principalmente com os blogueiros santarenos, que fazem um trabalho sério e honesto, pelas palavras proferidas por mim na Tribuna da Câmara dos Vereadores, durante a sessão da última quarta-feira (25), quando, de maneira generalizada, atingi a todos os bons profissionais que exercem com dignidade e ética sua profissão. Em momento algum foi minha intenção macular a imagem dessa classe, sobretudo daqueles que nos acompanham diariamente nos trabalhos legislativos. Meu comentário deveria ter sido direcionado a uma única pessoa, a qual me fez perder o controle emocional e me motivou a me pronunciar de maneira equivocada, afetando a todos os membros da imprensa, em especial, os blogueiros por quem tenho respeito e admiração. A humildade é uma das minhas virtudes. Reconheço o meu erro e, portanto, peço em público, desculpas pelos termos utilizados em meu pronunciamento. Repito: fui motivado emocionalmente a proferir tais palavras. Nos últimos dias tenho sido vítima de ataques gratuitos por parte de pessoas que usam da chantagem e da extorsão para aferir vantagem e denegrir minha imagem de homem público.
Essa pessoa me ataca com falácias, expressões pornográficas e de baixo calão. Tal comportamento estimulou a baixaria que agora me afeta pessoalmente e também profissionalmente, desrespeitando a minha família e os 2.376 eleitores que acreditaram no meu trabalho. Esclareço, novamente, que minha intenção jamais foi difamar ou denegrir a reputação dos profissionais de imprensa. Reitero minhas sinceras desculpas pelo equívoco e quaisquer transtornos, porventura, causados à classe.

 Gerlande Castro
                                                                   Vereador pelo PSD
Compartilhar:

DESTAQUE:

Após atentado, Ibama bloqueia serrarias no Pará

Todas as serrarias da região de Novo Progresso, no Pará, foram bloqueadas no sistema do Documento de Origem Florestal (DOF) por determinaçã...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive