Santarém - 356 anos

Santarém - 356 anos

..

..

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

PF prende um dos gerentes do Carimbó da Sorte no Pará

A Polícia Federal deflagrou na madrugada de hoje (12) a Operação Trevo para desbaratar quadrilha que agia em 13 estados da federação em atividades que se estendiam desde a prática do jogo do bicho e máquinas caça-níqueis até a emissão de bilhetes de loteria, disfarçados como títulos de capitalização.

Cerca de 300 policiais participam das investigações, que estão sendo executadas, simultaneamente, nos estados de Pernambuco, Alagoas, Amazonas, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande de Sul. Ao todo estão sendo cumpridos 12 mandados de prisão temporária, 24 mandados de prisão preventiva, 57 mandados de busca e apreensão, 47 mandados de sequestro de valores, sequestro de bens imóveis e de automóveis de luxo.
De acordo com a Polícia Federal, o prejuízo aos cofres públicos, segundo as investigações, pode alcançar R$ 1 bilhão.

No Pará, os federais prenderam dois gerentes da empresa 'Carimbó da Sorte'. Os presos são Mário Carvalho de Souza Milhomen e Claudio Henrique Albuquerque, ambos pernambucanos. Segundo as investigações, os dois foram enviados pela matriz da empresa Promobem, que possui empresas que vendem títulos de capitalização em 13 estados brasileiros. No Pará, a Promobem funciona com o nome fantasia de 'Carimbó da Sorte'.

Em coletiva à imprensa, o delegado Uálame Fialho explicou a fraude. "Quando o cliente comprava o título, já estava ciente de que o valor que iria resgatar seria doado para uma empresa de preservação do meio ambiente. Só que ele não era doado porque a empresa não existia, isso já configura o crime", explicou. Assim como em todo título de capitalização, o dinheiro investido deve ser resgatado ou, em alguns casos, doado a instituições de caridade. Diante do crime, a Justiça de Pernambuco mandou suspender a venda dos títulos da empresa Promobem em todo país. O prejuízo causado pela sonegação fiscal foi avaliado em R$ 1 bilhão.

Ainda segundo o delegado outros três mandados de busca e apreensão foram cumpridos como parte da operação no Pará, sendo um deles na sede da empresa 'Carimbó da Sorte', na Avenida Almirante Tamandaré, e os demais na casa dos presos.

Os presos e o material apreendido foram encaminhados à sede da Polícia Federal em Belém. Os presos vão responder pelos crimes de lavagem de dinheiro, crime contra o sistema financeiro nacional e contrabando.

A suspeita é que haja também crimes de lavagem de dinheiro. A Polícia Federal vai divulgar o resultado das operações em coletiva à imprensa na tarde desta quarta-feira.

O crime - De acordo com a PF, os criminosos operavam por meio de loterias estaduais, cujos valores arrecadados eram repassados a entidades filantrópicas de fachada, fazendo com que o dinheiro ilícito retornasse ao grupo, em procedimento suspeito, com fortes indícios de lavagem de dinheiro.

O tronco principal da organização registrou uma movimentação financeira registrada em bilhões de reais e atuava tanto no jogo do bicho como a comercialização de bilhetes lotéricos ocultados em título de capitalização em sua modalidade popular, apropriando-se dos valores que deveriam ser destinados a instituições beneficentes ou revertidos em capitalização, obtendo vantagem ilícita em detrimento do povo.

Os investigados podem responder pela prática do crime de contrabando, crime contra o Sistema Financeiro Nacional, jogo de azar e lavagem de dinheiro. Somadas, as penas ultrapassam o limite de trinta anos.

Com informações do DPF
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Ator Paulo Silvino morre aos 78 anos no Rio

O ator e humorista Paulo Silvino morreu na manhã de hoje (17), aos 78 anos, em sua casa na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade d...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive