quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Secretário de Educação reúne com prefeitos do Marajó

O secretário de Estado de Educação, Helenilson Pontes, reuniu com os 16 prefeitos e secretários municipais da área dos municípios filiados à Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó (Amam), nesta quarta-feira (28), na sede da associação. O encontro marcou o início de um diálogo permanente que o secretário vai estabelecer com os prefeitos de todas as regiões de integração do Estado.

Para a presidente da Amam, a prefeita de Ponta de Pedras, Consuelo Castro, esta é uma nova postura da Seduc em relação aos municípios paraenses. Ela disse que a educação é o principal instrumento para a elevação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios marajoaras, que é um dos mais baixos entre os municípios brasileiros. “Vamos construir soluções conjuntas para a educação dos nossos municípios”, afirmou.

Helenilson Pontes destacou que o grande desafio da educação no Pará é também o grande desafio da educação em todo o país. Para ele, um dos principais entraves é a garantia do acesso à educação, que não foi acompanhada de um incremento na qualidade do ensino ofertado. O Marajó, disse o secretário, tem características geográficas muito próprias, que são “um pouco do retrato, da realidade de se fazer a educação na Amazônia”, destacou.

“O que pretendemos é promover uma educação pública de qualidade, e isto é um consenso entre os prefeitos. Precisamos estar mais próximos e estabelecer uma relação mais direta entre a Seduc, as prefeituras e as secretarias municipais de Educação com uma agenda permanente de reuniões”, explicou Helenilson.


Soluções – Um dos temas mais abordados pelos prefeitos na reunião foi o transporte escolar, que hoje é insuficiente para dar conta das necessidades do transporte dos alunos do ensino médio. Helenilson explicou que a Seduc está regularizando os pagamentos do transporte escolar, assim como a validade dos convênios, que está sendo prorrogada com as prefeituras. O secretário informou que será estabelecida uma discussão séria e criteriosa com os prefeitos tanto sobre a questão do transporte quanto da infraestrutura física.

Outro ponto bastante levantado pelos prefeitos foi a aplicação do Sistema Modular de Ensino (Some), que foi pensado para estar presente nas comunidades mais distantes do território Brasileiro. “Do ponto de vista teórico é perfeito, mas do ponto de vista prático não alcançou resultados satisfatórios”, avaliou. “O importante é estabelecermos uma pauta conjunta e comum, e vamos enfrentar esses problemas e encaminhar soluções razoáveis”, concluiu.

Fonte: Agência Pará
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Aumento no número de idosos reflete nos gastos com aposentadorias no Pará, diz especialista

A expectativa de vida de quem nasce no Pará passou de 71 , 9 anos em 2015 para 72,1, no ano passado. Os dados são do Instituto Brasileiro d...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive