quarta-feira, 22 de abril de 2015

Cerâmicas tapajônicas em exposição na WTM Latin América

Duas peças raras do artesanato marajora e tapajônico integram, a partir desta quarta-feira, 22, uma exposição que o Ministério do Turismo (MTUR) apresenta no espaço Brasil da World Travel Marketing Latin America (WTM) e 43º Encontro Comercial Braztoa. O evento deve reunir, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP), até o próximo dia 24, quase 7 mil visitantes, entre imprensa especializada, prestadores de serviços, representações institucionais, entre outros profissionais de turismo e público visitante, principalmente da América Latina.

As peças representativas do artesanato do Pará são uma cerâmica tapajônica, único legado dos índios Tapajós, cujo registro nos diz que viveram ao longo do rio Tapajós, do século XVI ao XVIII, sendo sua origem desconhecida. "Eram escultores animalistas, ornamentando os vasos com cabeça de animais, muito bem modeladas e dos tipo mais variados. Diz-se que a louça de Santarém, município paraense do Tapajós, é um verdadeiro museu de zoologia, retratando a fauna dessa região turística do Pará", explica Rosa Helena Neves, diretora executiva do Espaço São José Liberto, local de origem do acervo do qual a peça faz parte.

Também foi levada para a WTM pela Secretaria de Estado de Turismo do Pará (Setur) e doada ao MTur como estratégia de promoção do turismo paraense, uma urna de Joanes, peça da cerâmica marajoara que corresponde aos índios que habitaram a ilha do Marajó entre os anos 400 a 1400 d.C.

Os enterros eram realizados em urnas de diversos tamanhos, às vezes com mais de um indivíduo nelas depositados. Também foram encontradas grandes urnas que abrigavam outras urnas menores. No fundo delas, associadas ao esqueleto, foram frequentemente encontradas também as tangas de cerâmica.


As peças de artesanato são de autoria de Sineia Pereira Hosana (Urna Joanes) e de Raimundo Ademar Zaranza Dias (Cerâmica Tapajônica). A participação do Pará na WTM e Encontro Braztoa faz parte das estratégias do Plano Ver-o-Pará, que tem como meta tornar o Pará o destino turístico líder da Amazônia até 2020.

O Pará está representado no evento por um estande temático compartilhado com o MTUR e vai também oferecer diversas capacitações aos participantes. A ação é coordenada pela Diretoria de Produtos Turísticos da Setur e conta com diversas estratégias de promoção e divulgação dos produtos turísticos paraenses, principalmente das regiões de Belém, Marajó e Tapajós, que vão ser apresentadas através do roteiro Pará: A Obra-Prima da Amazônia em 8 dias e 7 noites.

Fonte: Ag. Pará
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Aumento no número de idosos reflete nos gastos com aposentadorias no Pará, diz especialista

A expectativa de vida de quem nasce no Pará passou de 71 , 9 anos em 2015 para 72,1, no ano passado. Os dados são do Instituto Brasileiro d...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive