quarta-feira, 8 de abril de 2015

Polícia Civil recolhe 234 quilos de drogas, a maior apreensão do ano

A Polícia Civil divulgou nesta terça-feira, 7, a exata quantidade de drogas apreendidas no domingo passado, 5, na Alça Viária, em Marituba, região metropolitana de Belém. Ao todo, foram 234 quilos de entorpecentes, entre maconha, pedras de óxi, pó e pasta de cocaína, encontrados dentro da caixa de som de uma caminhonete Saveiro branca. Foi a maior apreensão de drogas do ano até agora no Pará.

O veículo foi transportado de Goiânia, capital de Goiás, até a cidade de Redenção, no sudeste do Pará, onde, ao chegar, foi embarcado em um carro-guincho, para ser levado a Castanhal, no nordeste paraense. Dali a droga seria distribuída para a região metropolitana de Belém e cidades do nordeste do Estado.

Antes de chegar ao destino, o veículo foi interceptado pela equipe de policiais civis da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Civil. Somente no ano passado, em torno de 410 quilos de drogas foram apreendidos no Estado, entre derivados de maconha, como haxixe, e cocaína. Ao todo, foi destruída, em 2014, mais de uma tonelada e meia de drogas. A apreensão foi resultado da operação Americano II, deslanchada para investigar um esquema interestadual de tráfico de drogas, que vinha desde o Estado do Mato Grosso do Sul, passando por Goiás, até chegar ao nordeste do Pará.

Quatro homens foram presos em flagrante e autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para fins de tráfico. Um deles é o paraense Eliézer Souza Moreira, 38 anos, de apelido "Cabeção", natural de Redenção, apontado como o líder da associação criminosa. Foi ele a pessoa responsável por comprar as drogas em Goiânia, para depois fazer a distribuição no Pará. Segundo o delegado Hennison Jacob, titular da DRE, Eliézer também colocou todas as drogas no veículo, em Goiás, e contratou o carro-guincho para depois despachar o carregamento a ser trazido ao Estado. O acusado já responde a processos por crimes diversos, como tráfico de drogas e roubo, em quatro Estados brasileiros: Pará, São Paulo, Goiás e Mato Grosso.


O outro preso é o paraense José Elton Bertoldo Nunes, 28 anos, apontado como a pessoa que recebeu a droga no Pará. Cumprindo pena por tráfico de drogas, ele estava em liberdade condicional há três meses. O goiano Janay Silva Aguiar, 36, que também foi preso, é apontado como sócio de "Cabeção" no esquema. O quarto acusado é o paraense Wellington Vale Barbosa. Um quinto homem, que dirigia o carro-guincho, foi liberado. Todo o trabalho de investigação levou em torno de dez dias após denúncia sobre o esquema. Os entorpecentes são oriundos do Paraguai.

A droga entrou no Brasil na semana passada, pelo Mato Grosso do Sul, de onde foi transportada até a região Norte do país. Em Goiânia Eliézer Moreira recebeu o material. Na última sexta-feira, "Cabeção" se encontrou com José Elton, que veio de Castanhal acompanhar o transporte da carga desde o sudeste do Pará. Todos permanecem recolhidos no Sistema Penitenciário do Pará à disposição da Justiça, assim como a droga permanecerá recolhida para ser destruída, mediante autorização judicial.

Fonte: Polícia Civil
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Aumento no número de idosos reflete nos gastos com aposentadorias no Pará, diz especialista

A expectativa de vida de quem nasce no Pará passou de 71 , 9 anos em 2015 para 72,1, no ano passado. Os dados são do Instituto Brasileiro d...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive