quinta-feira, 16 de abril de 2015

Santarém e região apresentam demandas na primeira audiência do PPA 2016-2019

Santarém e os municípios representados pelas Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém/Cuiabá e Oeste do Pará(AMUT) e Associação dos Municípios da Calha Norte (AMUCAN) participaram nesta quinta-feira (16), no auditório da Universidade do Estado do Pará (UEPA), da primeira audiência do Plano Plurianual do Governo do Estado do Pará (PPA), referente ao período de 2016 a 2019. Essa é a principal ferramenta da gestão estadual para o planejamento público no período citado. A audiência contou a participação de prefeitos e representantes dos Municípios e a equipe técnica do Governo do Pará, representada pelo secretário de Estado de Planejamento, José Alberto Colares.

Para o prefeito Alexandre Von, que também é presidente da AMUT, a audiência é importante porque permite que os Municípios apresentem suas demandas e reivindiquem maior presença institucional do Estado. Na ocasião, um dos itens apresentados pelo prefeito trata-se da implantação e manutenção dos Centros Regionais de Governos, onde na região Oeste do Pará, teria sede no Município de Santarém, possibilitando o atendimento das regiões do Baixo Amazonas e do Tapajós.

Entre as demandas apresentadas pelo Município de Santarém, durante a realização do PPA, estão a conclusão das obras em andamento: ginásio poliesportivo de Santarém, estádio Colosso do Tapajós, reforma e ampliação das escolas estaduais, construção de cobertura nas quadras poliesportivas das escolas que já possuem quadras e construção de quadras poliesportivas cobertas nas escolas que ainda não possuem, projeto de melhoria e expansão do sistema de abastecimento de água na área urbana de Santarém.

Entre as ações sugeridas para inclusão no PPA 2016/2019 destaque para:

Ampliação do número de leitos do Hospital Regional do Baixo Amazonas. Segundo o prefeito, o HRBA conta, atualmente, com apenas 100 leitos para internação. No ano passado houve o aumento no número de leitos de UTI’s saltando de 24 para 49. “Tornando-se necessária a ampliação no número de leitos, principalmente quando vemos a crescente demanda nas clínicas médica e cirúrgica”, explica o prefeito.

Apoio à aquisição de equipamentos hospitalares e não-hospitalares para o Hospital Materno-Infantil e apoio no seu custeio: a unidade atenderá a todos os Municípios da região do Baixo Amazonas. A Prefeitura necessita de apoio financeiro da União e do Estado para equipa-lo adequadamente, bem como apoio para o custeio de suas despesas.

Construção de seis novas escolas para o atendimento do ensino médio regular na zona rural do Município: a construção de escolas seria nas vilas de Curuai e Alter do Chão e também nas comunidades de Cipoal, Tabocal, Jacammim e Boa Esperança. As novas unidades supririam a demanda de jovens da zona rural que precisam se deslocar para a área urbana para continuar os estudos.

Em relação as áreas de saneamento e abastecimento de água destaque para: conclusão do projeto de melhoria e expansão do sistema de abastecimento de água da área urbana (COSANPA/Ministério das Cidades) e implantação de projeto de expansão do sistema de esgotamento sanitário da área urbana e implantação de projeto de esgotamento sanitário e abastecimento de água em Alter do Chão.

Entre as sugestões elencadas vale ressaltar o pedido para a urbanização da Pista do Lazer, localizada na pista do antigo aeroporto de Santarém, e deve receber serviços de terraplenagem, drenagem superficial, calçamento e pavimentação em toda a sua extensão. Para complementar o projeto será necessária a implantação dos equipamentos públicos de esporte e lazer previstos. Para isso será imprescindível o apoio do Estado.

O prefeito, também, reiterou a importância da construção do Centro de Eventos. No documento, a Prefeitura ressalta que já dispõe de imóvel adequado para a obra solicitada, com área total de 100 mil m². Outro projeto de suma importância é a construção do Terminal Fluvial Regional de Cargas e Passageiros. O Município já dispõe de local adequado para a construção do Terminal, com área total de 44 mil m².


“Além do Terminal Fluvial Regional, pontuamos a necessidade da construção do Terminal Fluvial de Santana do Tapará, já que o Porto da comunidade é o único que possibilita a ligação rodoviária entre Santarém e outros Municípios da região, com os Municípios da Calha Norte do Rio Amazonas, como Monte Alegre, Alenquer, Óbidos, Curuá e outros”, destacou o prefeito, que lembrou que Santarém já dispõe de imóvel adequado para a obra, com 10 mil m² de área.

As audiências continuam e serão realizadas em mais onze Municípios polos: Altamira, Itaituba, Marabá, Redenção, Tucuruí, Paragominas, Capanema, Breves, Castanhal e Belém, entre os meses de abril e maio.


Fonte: PMS
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Homem é preso por ejacular em passageira em voo de Belém a Brasília

Um homem de 51 anos foi preso na manhã desta sexta-feira, 8, por se masturbar e ejacular em uma passageira durante um voo da Gol que fazia ...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive