quarta-feira, 10 de junho de 2015

Plano de Logística ignora trajeto original da BR-163

Em audiência conjunta das Comissões de Serviços de Infraestrutura (CI) e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), na manhã desta quarta-feira (10), o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, defendeu a nova etapa do Plano de Investimento Logístico (PIL) anunciada pelo governo um dia antes. Durante a defesa da ação governamental, o ministro enfatizou que o desenvolvimento do país passa pela Amazônia.

Do total de R$ 198,4 bilhões anunciados aos projetos de infraestrutura e logística, R$ 21 bilhões deverão ser destinados para obras no Pará. Apesar do Estado se destacar entre aqueles que mais receberão recursos, a injeção de recursos se justifica pelo fato do Pará ser a melhor via de escoamento da produção de grãos do centro-oeste brasileiro.

“Conhecida também como Cuiabá-Santarém, a BR-163 já não mais deverá chegar até o solo santareno. Os 337 km que ligam Miritituba à Santarém não entraram na lista de obras do PIL. Esta ação pouco republicana da presidente, que não dialoga e nem escuta os clamores da sociedade, ratifica que os projetos do Governo Dilma são feitos sem a devida consideração dos fatores fundamentais para o desenvolvimento regional. Constrói-se a rodovia com a finalidade exclusiva de desafogar os portos da região sudeste, propondo uma nova rota de escoamento de grãos pelos portos do norte”, criticou o senador Flexa Ribeiro.

Sobre a concessão do trecho da BR-163 que vai de Sinop (MT) até o Porto de Miritituba (PA), eliminando o trajeto original que chegava até Santarém, o ministro Barbosa indicou que ainda é possível incluir os 337 km de Miritituba ao município santareno. O ministro sugeriu que o governo estadual faça um estudo e proponha ao governo federal a inclusão do trecho. Barbosa se comprometeu em conversar com o ministro dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues para que o trecho possa ser contemplado no PIL.
Compartilhar:

0 comentários:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Alcoa tem projetos de neutralização de emissões no Brasil inseridos no prêmio Global ReLeaf 2019

Quatro projetos de neutralização das emissões de CO2 desenvolvidos pela Alcoa no Brasil estão entre os dez escolhidos para o prêmio Globa...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive