segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Praias começam a aparecer e sujões também

As praias da região estão surgindo lentamente. Mas em alguns balneários, os pequenos espaços de área disponível para o banho estão sendo muito bem utilizados pelos banhistas que aproveitam para se refrescar nas águas do Rio Tapajós do forte calor nesta época do ano. O movimento maior tem sido nas praias de Alter do Chão, Ponta de Pedras, Pajuçara e Maracanã, em Santarém, no oeste do Pará. Mas o que tem chamado a atenção das pessoas que visitam essas localidades é a falta de consciência dos banhistas que agem como extrema falta de cuidado com o meio ambiente e depositam nas areias das praias todo o lixo que produz durante sua permanência nos balneários. As cenas são chocantes, sobretudo quando se trata dos nossos principais atrativos turísticos e porque os olhos do mundo estão voltados para a Amazônia. Depois que foi confirmada a qualidade das águas de Alter do Chão para o banho, por exemplo, os banhistas retornaram à vila. Na semana passada, o produtor de cinema Emano Franklin Loureiro fez um registro fotográfico nas praias de Alter do Chão e no Aramanaí, em Belterra. As imagens mostram o amontoado de lixo nessas localidades e reforçam a falta de educação dos freqüentadores em não zelar pelas nossas praias. “Fiquei extremamente indignado com a cena que presenciei. Em Santarém e Belterra ainda temos o privilégio de curtir várias belas praias, mas infelizmente muitos dos frequentadores estão sem a devida noção de uso e preservação desses paraísos. Jogam tudo na areia, emporcalham a paisagem. Antigamente tínhamos balneários com igarapés muito bonitos. Agora estão todos assoreados, com a água suja e, de certa forma, abandonados”, desabafa.

Emano diz que como cidadão sente-se desconfortável em levar um visitante para conhecer as praias da região, pois a falta de consciência das pessoas está presente em toda parte, nas estradas, nas matas e, sobretudo nas praias, quando flagramos restos de alimentos, embalagem plásticas, latas de cerveja e refrigerante, que acentuam o desleixo dos santarenos, pelo menos de grande parte deles, com o meio ambiente. “É um verdadeiro show de horrores! A Prefeitura também tem muita culpa nisso, pois não vemos campanhas de conscientização eficientes, só panfletagem, que também acaba virando lixo e as lixeiras só aparecem no período do Sairé em Alter do Chão. As lixeiras têm que estar disponíveis em todas as praias e balneários, com coleta ininterrupta, assim como também todos nós temos de fazer a nossa parte em não jogar ou deixar nosso lixo espalhado nas praias. As praias não são depósitos de lixo!”, dispara.

O blog esteve na praia do Pajuçara e lá também constatou que as pessoas não têm cuidado com o lixo que produz durante sua permanência no local. Até dentro das águas, as pessoas depositam lixo e todo tipo de imundície que acaba por comprometer a qualidade da água que é utilizada pelos próprios banhistas.

Semma vai desenvolver campanha de conscientização

Em contato com o secretário municipal de Meio Ambiente, Podalyro Neto, ele informou que a Semma fará uma campanha de conscientização junto à sociedade local para trabalhar a questão da educação ambiental como forma de levar informações às pessoas sobre a importância de não se jogar lixo nas areias das praias. Segundo ele, após o resultado do primeiro estudo de balneabilidade das praias de Alter do Chão, o Poder Público adotou uma série de medidas que objetivam manter a estabilidade da qualidade da água e trabalhar a gestão ambiental do lixo. 


Podalyro Neto explicou que é importante que se continue o monitoramento das águas para o devido acompanhamento da qualidade do rio para o banho. “Para que os padrões continuem é importante que o monitoramento seja feito de forma permanente. Mas para manter essa qualidade é preciso coletar o lixo diariamente da vila de Alter do Chão e das praias, orientando as pessoas, mostrando para elas a importância de não se jogar o lixo nas areias ou nos rios. Vamos trabalhar a educação ambiental construída de maneira integrada, envolvendo sociedade e governo. Esse trabalho será feito por meio de divulgação das ações, sinalização nas praias, tudo de forma bem informativo. Não vamos entregar folder, justamente para evitar que esse tipo de material acabe virando lixo também”, disse o secretário de Meio Ambiente.

Podalyro Neto informou ainda que a Prefeitura ir disponibilizar mais banheiros químicos nas praias para evitar as pessoas usem as praias para fazerem suas necessidades. “Precisamos envolver toda a sociedade nesse processo, pois é dever de todos zelar por nossas praias”.
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Mais de 1.200 veículos retidos serão leiloados pelo Detran em Belém e Santarém

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) vai leiloar 1211 veículos, entre carros e motocicletas, que estão retidos nos par...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive