sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Plano de arborização do residencial Salvação passará por vistoria da Semma

Por: Silvia Vieira*

Nos próximos dias a fiscalização ambiental da Semma (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) realizará vistoria no Residencial Salvação, do programa Minha Casa Minha Vida, para verificar se o plano de arborização apresentado ao órgão foi cumprido na sua totalidade.

No início do ano, a empresa responsável pela construção do residencial fez um levantamento das espécies da região que melhor se adaptam aquele tipo de solo, apresentou à Semma e obteve aprovação. Posteriormente, fez compras, inclusive, em viveiros de Monte Alegre para conseguir mudas em número suficiente para a arborização do empreendimento.

A Semma acompanhou o início do plantio das mudas ainda no período chuvoso, quando a empresa também estava executando o paisagismo com plantação de grama que vai ajudar no processo de contenção das águas pluviais.

A arborização e o paisagismo eram condicionantes que nós estabelecemos para que a execução do projeto. Nós notificamos e a empresa iniciou o processo de execução do paisagismo e agora faremos uma vistoria para ver se a empresa cumpriu a arborização das 3.081 unidades habitacionais. Mas no plano que foi oferecido havia a escolha por espécies da região Amazônia, que formam copa, inclusive algumas frutíferas” informou Podalyro Neto, secretário municipal de Meio Ambiente.

O titular da Semma também destacou a importância da arborização do espaço do residencial Salvação para dar conforto térmico às famílias que irão morar nas 3.081 unidades habitacionais ali construídas.

“O paisagismo envolve a questão estética com relação a harmonização daquele espaço. A temática da arborização vai além. Nós temos uma amplitude térmica muito pequena. A diferença entre as temperaturas máxima e mínima é muito pequena. A cidade tem temperatura alta, então a arborização tem papel fundamental para a melhoria da qualidade térmica, de você diminuiu aquilo que popularmente a chama de quentura, naquele espaço. É claro que a árvore também é importante para sequestrar carbono do meio ambiente. Mas no caso do residencial, nosso pensamento acerca da arborização foi com a melhoria da qualidade térmica daquela área”, frisou.


Antes de conceder Licença de Operação para o residencial Salvação, a Semma vai se certificar de que todas condicionantes foram cumpridas, como: arborização, paisagismo, esgotamento sanitário, sistema de abastecimento de água e drenagem profunda das águas pluviais.

O titular da Semma ressalta que embora a empresa EmCasa tenha feito as obras de drenagem profunda no residencial Salvação, é preciso resolver o problema de drenagem no entorno, com a construção de piscinões para absorver a água da chuva e material sólido carregado pela enxurrada, a fim de que o Lago do Juá não venha a sofrer novos impactos ambientais decorrentes da implantação do residencial.


*É jornalista
Fonte: O Estado Net
Compartilhar:

0 comentários:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Alcoa tem projetos de neutralização de emissões no Brasil inseridos no prêmio Global ReLeaf 2019

Quatro projetos de neutralização das emissões de CO2 desenvolvidos pela Alcoa no Brasil estão entre os dez escolhidos para o prêmio Globa...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive