terça-feira, 13 de outubro de 2015

Assaltantes aterrorizam população santarena

O clima de insegurança toma conta de Santarém. Nos últimos dias, a cidade tem sido alvo de uma onda de assaltos sem precedentes em sua história recente. Os roubos a mão armada ocorrem quase que diariamente e os bandidos estão cada vez mais ousados e extremamente violentos e covardes. Só no final do mês passado e início deste mês já ocorreram pelo menos cinco assaltos com requintes de audácia e frieza por parte dos criminosos. Alguns desses roubos renderam aos bandidos, volumosas somas em dinheiro até então não recuperado pela polícia. Não existe limite para os assaltantes que parece sempre contar com uma ajuda extra para efetivar seus delitos. A polícia investiga, por exemplo, o envolvimento de funcionários das empresas que foram alvos de assaltos recentemente para tentar identificar algum tipo de ligação entre essas pessoas e os facínoras. É o que suspeita a polícia no assalto à agência dos Correios, localizada em frente ao quartel da Polícia Militar, assaltada na semana passada. E o roubo mais recente contra uma distribuidora de bebidas, justamente no momento em que se contabilizavam o dinheiro apurado pelos cobradores. Além disso, os bandidos utilizam armamento pesado e não se importam em atirar em suas vítimas e nem revidar contra os policiais, em caso de perseguição.

A Polícia Civil e o serviço reservado da PM estão nas ruas na tentativa de identificar os autores desses crimes que intimidam a população, amedrontam comerciantes e empresários e fragiliza todo o sistema de segurança pública do município, uma vez que a resposta contra esse tipo de crime nunca é imediata ou eficaz. Ainda não teve solução, por exemplo, os assaltos à empresa de ônibus Transazevedo, ocorrido na semana passada, o assalto à agência dos Correios cuja investigação é feita pela Polícia Federal, o assalto à loja Gazin e contra uma drogaria.

Ajuda – O diretor da 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, delegado Nelson Nascimento, informou que a Divisão Especializada em Roubos está empenhada ao máximo em tentar desvendar esses assaltos, sobretudo trabalhando com a possibilidade de os bandidos terem recebido informações de funcionários dos estabelecimentos assaltados. Não é uma regra e nem uma afirmação, diz o delegado, porém, a polícia não pode descartar nenhuma possibilidade, principalmente diante do modus operandi dos assaltantes em alguns casos. “Algumas situações nos levam a suspeitar que esses criminosos possam ter recebido informações de dentro das empresas. Alguém pode estar ajudando, mas não podemos generalizar ou investigar funcionários”, ponderou o delegado.

Investigação – Sobre o trabalho investigativo, Nascimento afirmou que a polícia está com investigadores trabalhando incansavelmente para tentar elucidar os assaltos ocorridos em Santarém. “Estamos investigando todos os casos ainda não resolvidos e brevemente daremos uma resposta à sociedade”, afirmou o delegado.

Bandidos de fora – Outra linha de investigação da Polícia Civil aponta para a possível participação de bandidos de outras cidades atuando com criminosos de Santarém na prática desses crimes, principalmente pela audácia dos criminosos na execução de assaltos que ocorrem de forma rápida e com os elementos usando armamento de grosso calibre. “Vamos identificar e localizar esses bandidos. É uma questão de tempo”, avisa o diretor da Seccional Urbana.

Câmara – Na Câmara de Vereadores, esse tema tem provocado pronunciamentos preocupantes por parte dos parlamentares que também cobram ações mais eficazes da polícia no combate à criminalidade, sobretudo para evitar que a sociedade continue refém dos bandidos que agem com extrema frieza e covardia com suas vítimas. Vários casos foram lembrados pelos vereadores, onde a população está na mira de assaltantes extremamente perigosos que estão dispostos a matar e morrer. O vereador Luiz Alberto da Cruz é um dos que cobra mais segurança do Estado para evitar que Santarém se transforme numa cidade insegura, onde o povo não consiga mais viver em paz e nem andar nas ruas com tranquilidade. Os vereadores também cobram mais policiamento e novos policiais para atuar em Santarém, uma vez que a Polícia Civil conta com um efetivo insuficiente para atender a demanda. Nos fins de semana, os plantões são feitos por apenas um delegado, um escrivão e dois investigadores, pouco para uma cidade com mais de 300 mil habitantes.
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Homem é preso por ejacular em passageira em voo de Belém a Brasília

Um homem de 51 anos foi preso na manhã desta sexta-feira, 8, por se masturbar e ejacular em uma passageira durante um voo da Gol que fazia ...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive