quinta-feira, 22 de outubro de 2015

PF prende vereador suspeito de envolvimento em fraude do defeso

Durante a operação a Operação Arapaima*, deflagrada na manhã desta quinta-feira (22), pela Polícia Federal em Belém, com o objetivo de desarticular uma quadrilha suspeita de cometer fraudes na concessão do benefício social de seguro defeso ao pescador artesanal, o vereador Raul Batista, de Belém, foi preso pelos federais, suspeito de fazer parte da organização criminosa que cometia os crimes. Estão sendo investigados servidores e intermediários ligados aos órgãos públicos responsáveis por essa concessão no estado do Pará.

Raul Batista também é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. Ele foi preso nesta manhã. O parlamentar prestou depoimento na sede da PF na capital e, após passar por exames de corpo delito no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, foi encaminhado para o sistema penitenciário.

Com investigações iniciadas em 29 de abril de 2014, a PF cumpre 17 mandados de prisão temporária e 17 mandados de busca e apreensão, em Belém, Ananindeua, Soure, Cametá, Santa Isabel e Altamira.

O delegado Gerson França informou que as investigações já duram mais de um ano, desde a gestão de Eduardo Lopes no Ministério da Pesca, que é do partido PRB, o mesmo do pastor Raul.

Foram investigadas a Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura do Pará, postos do Sistema Nacional de Emprego e agências da Caixa Econômica Federal.

As atividades ilícitas estariam voltadas notadamente para a concessão fraudulenta do benefício de seguro defeso do pescador artesanal a membros de colônias e outras entidades de pescadores no Estado do Pará, mediante a inserção de dados falsos no sistema de registro geral da pesca (RGP), possibilitando o cadastramento de pessoas que não apresentavam a qualidade de pescador artesanal, sendo identificados fortes indícios da prática dos crimes de estelionato majorado, corrupção passiva e ativa e inserção de dados falsos em sistemas de informação, além do crime de Associação Criminosa.

Os presos serão indiciados pelos crimes de estelionato, corrupção passiva e ativa, inserção de dados falsos em sistemas de informação, além do crime de Associação Criminosa.
Compartilhar:

0 comentários:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Alcoa tem projetos de neutralização de emissões no Brasil inseridos no prêmio Global ReLeaf 2019

Quatro projetos de neutralização das emissões de CO2 desenvolvidos pela Alcoa no Brasil estão entre os dez escolhidos para o prêmio Globa...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive