quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Denúncias de estupro contra policiais militares preocupam Corregedoria da PM em Santarém

Por: Silvia Vieira, repórter de O EstadoNet

De todas as denúncias contra policiais militares que chegam ao conhecimento da Corregedoria Regional da PM, em Santarém, o que mais chama a atenção e causa preocupação não só ao órgão como ao comando do 3º BPM e de outras instituições da Polícia Militar, são os casos de estupros, que têm ocorrido em número significativo para uma região como o Oeste do Pará. 
Recentemente, de acordo com o presidente da comissão de Corregedoria da CPR I, Ten. Cel. PM Modesto, um policial militar foi exonerado das fileiras da corporação, por ter siso acusado num caso de estupro envolvendo dois civis amigos seus e mais três adolescentes, no município de Itaituba. Tão logo o caso chegou ao conhecimento da Corregedoria, foi instaurado Inquérito Policial Militar. O procedimento durou cerca de um ano entre investigação, oitiva de testemunhas, acusados e vítimas, apresentação de defesa. O caso foi parar no Conselho de Disciplina que decidiu pela exclusão do militar a bem da disciplina.

Leia mais aqui
Compartilhar:

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Liquida Santarém será lançado nesta quarta-feira

A Associação Comercial e Empresarial de Santarém (ACES) por meio do Conselho de Jovens Empresários (Conjove da Aces) lança nesta quarta-feira (30), às 19 horas, o Liquida Santarém 2015, no auditório da Aces. A campanha promocional tem como proposta alavancar o volume de vendas das empresas, facilitar a negociação de crédito, além de possibilitar a renovação de estoque visando às vendas de fim de ano.

O coquetel de lançamento contará com a presença o diretor da Associação Comercial e Industrial de Capanema, Antônio Filho, que compartilhará com o empresariado local o sucesso desta ação na cidade de Capanema.

O Liquida Santarém será realizado no período de 05 a 08 de novembro com comercialização de produtos/serviços com 5 a 70 % de desconto visando reaquecer as vendas e gerar renda no município de Santarém. Serão sorteados R$ 5.000,00 em dinheiro entre os consumidores que comprarem nas lojas credenciadas.

Fonte: Ascom/Aces
Compartilhar:

Estudantes recebem capacitação no projeto Estágio Cidadão

Os estagiários de nível médio do polo Baixo Amazonas participaram de capacitação em Santarém, em continuidade à execução do projeto da Procuradoria Geral de Justiça - Estágio Cidadão, que contempla a oportunidade de estágio aos alunos de ensino médio no âmbito das Promotorias de Justiça do Estado. Estagiários de nível superior do programa Ministério Público e a Comunidade também participaram. A ação ocorreu na segunda-feira, 28, no auditório do Teatro Vitória.

A capacitação foi ministrada pelas promotoras de Justiça Mônica Freire - coordenadora do CAO da Infância e Juventude, e Ioná Silva, da Promotoria de Justiça de Ananindeua, acompanhadas da pedagoga Diana Barbosa, que compõe o Grupo de Apoio Técnico Interdisciplinar (GATI).

Essa foi mais uma etapa na capacitação dos estagiários dos municípios do Polo Baixo Amazonas, com sede em Santarém, com a participação dos estagiários dos municípios de Terra Santa, Óbidos, Oriximiná, Almeirim e Juruti. O estagiário Hudson, de Terra Santa, afirmou que “a informação é uma importante ferramenta para a sociedade” e ressaltou a importância de levar esses conhecimentos para a escola.

Compartilhar:

Terceira idade faz curso de tecnologia e aprende a usar smartphone

A TIM em parceria com a LG realizou hoje, 29, a segunda edição do Café com Android, no Shopping Bosque Grão Pará. O curso já reuniu quase 100 idosos nas edições realizadas em Manaus, São Luís e pela segunda vez em Belém. O workshop visa aproximar pessoas da terceira idade do mundo digital, ensinando como usar os recursos que os smartphones e tablets disponibilizam.

Quase 30 idosos participaram do curso hoje com duração de uma hora e meia. Além de esclarecimentos sobre os recursos de chamada de voz, mensagens, pesquisas e redes sociais, os participantes também aprenderam a ouvir música via streaming, baixar aplicativos e a entender a funcionalidade do sistema operacional Android.

“Está sendo proveitosa a experiência, pois tinha curiosidade em aprender e não tinha quem me ensinasse em casa”, afirma o participante José Luis, 56 anos. O Diretor Comercial TIM Norte, Fábio Reis, afirma que o projeto tem contribuído para esclarecer e despertar interesse na chamada melhor idade. “O Café com Android está sendo um sucesso nas cidades que passamos – Belém, Manaus e São Luís. Em Belém é a segunda edição. O projeto é alinhado com a nossa missão de conectar as pessoas e cuidar de cada um para que possamos fazer mais“ explica. (Ascom/TIM)

Compartilhar:

Cadastramento de trabalhador doméstico pode ser feito na web

Os empregadores poderão cadastrar trabalhadores domésticos no portal www.esocial.gov.br já partir da próxima quinta-feira (1°). Com isso, mais de um milhão de trabalhadores domésticos terão acesso aos benefícios previstos na Lei Complementar 150/2015, que estende a esses empregados direitos básicos já garantidos aos demais trabalhadores como, por exemplo, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O cadastramento dos trabalhadores já admitidos até setembro de 2015 estende-se, segundo a Receita Federal, por todo o mês de outubro. Quanto aos admitidos a partir do mês de outubro, o cadastramento deve ocorrer até um dia antes do início das atividades.
A Receita alerta os empregadores que evitem problemas na hora de efetivar o registro do trabalhador no portal eSocial, para evitar possíveis divergências associadas ao nome, à data de nascimento, ao Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e ao Número de Identificação Social (NIS).

De qualquer forma, a Receita informa que orientará os empregadores, em caso de divergência, para que providenciem o acerto dos dados. (ABr)
Compartilhar:

Ouvidoria Agrária do Incra acompanha conflito agrário em assentamento

Em relação aos crimes ocorridos no último dia 26, no assentamento Santa Clara, localizado no município de Uruará (PA), onde cinco pessoas foram baleadas, o Incra informa que acionou a Ouvidoria Agrária Regional em Altamira para acompanhar o processo de investigação.

A Ouvidoria Agrária, que atua nas situações de conflitos no campo, foi designada para manter contato com as autoridades competentes, dentre elas, o Grupo Tático Operacional da Polícia Militar em Santarém. O objetivo é obter informações circunstanciadas sobre os crimes para as providências administrativas que a situação requer.

O Incra acrescenta que, desde 2007, o PDS Santa Clara está embargado judicialmente. A decisão foi proferida em Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF).

Em razão do embargo, o Incra está impedido de aplicar as políticas públicas no assentamento, tais como créditos e assistência técnica.

O Incra age para reverter a sentença do juízo federal de Santarém e, dessa forma, dar continuidade ao processo de implantação do assentamento. Um recurso foi interposto em agosto de 2011. O Incra aguarda decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, onde o processo tramita atualmente.

Paralelamente, a Regional do Incra em Santarém está constituindo grupo de trabalho para realizar um diagnóstico de todos os processos de criação dos assentamentos no rol da ACP e propor encaminhamentos nos âmbitos administrativo e judicial.

Fonte: Ascom/Incra
Compartilhar:

Concurso da Polícia Civil vai ofertar 650 vagas no Pará

A Fundação Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) foi anunciada vencedora da licitação destinada à contratar a empresa organizadora do concurso público da Polícia Civil do Estado do Pará. A instituição apresentou sua proposta técnica e de preço em consonância com o Edital de Licitação. No quesito “Equipe Técnica” a empresa obteve 39,5 pontos e no quesito “Experiência da Empresa” somou 35 pontos.

O concurso tem previsão de 650 vagas, sendo 150 para delegado, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 para papiloscopista. Para os policiais civis aprovados como investigador, escrivão e papiloscopista o salário inicial é de R$ 4.896,00; já para delegado o salário inicial é de R$ 11.500,00. (Ag. Pará)
Compartilhar:

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Conselheiros tutelares são destituídos e Conselho Tutelar fechado em Santarém

Em Santarém, no oeste do Pará, quatro conselheiros tutelares foram destituídos de seus cargos após a divulgação final do Processo Administrativo Disciplinar – PAD 2015, bem como a Resolução COMDCA – Nº 023/2015. Luiz Felipe Sousa Farias, Rogério Pereira Batista, Simone Rodrigues da Silva e Francisco Ednaldo da Silva Ferreira, que trabalhavam no Conselho Tutelar II, na conclusão do relatório da Comissão de Processo Administrativo, criada através da Portaria nº 001/2015 COMDCA, referente ao PAD/COMDCA nº 001/2015, tiveram atitudes incompatíveis no exercício da função de conselheiro tutelar, em conformidade com as legislações vigentes.

Diante da destituição dos membros do Conselho Tutelar II e verificada a ausência de suplentes para assumir o cargo, o COMDCA decidiu pelo fechamento da sede do Conselho Tutelar II, localizada no bairro Santarenzinho, a partir do dia 25/09/2015. 

A informação foi repassada na tarde desta segunda-feira (28), pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), que tornou pública a deliberação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDCA) sobre o resultado final do Processo Administrativo Disciplinar – PAD 2015, conforme deliberação do pleno Conselho em reunião extraordinária realizada no dia 25/09/2015.

O COMDCA verificará com os órgãos competentes se após as eleições de conselheiros tutelares, marcada para este domingo (04/10/2015), existe a possibilidade de os novos conselheiros tutelares eleitos do CT II assumirem as suas funções, para que o interesse superior da criança e do adolescente seja garantido.

Com informações da PMS
Compartilhar:

TRE-PA inaugura o Fórum em Portel

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PA) promoverá, nesta quarta-feira (30), a inauguração do Fórum Eleitoral Desembargador Felício de Araújo Pontes, da 44ª Zona Eleitoral, no município de Portel, na Ilha do Marajó.

Localizada na Rua Dois de Fevereiro, o Fórum beneficiará 31.350 eleitores que estão distribuídos em 55 locais de votação, com 122 seções, além de ampliar as ações e serviços da Justiça Eleitoral no município.

A cerimonia de inauguração será às 11h e terá a presença do presidente do TRE-PA, Desembargador Raimundo Holanda Reis, e viúva e filho magistrado homenageado, a Desembargadora Clemenir Pontes e o Procurador da Republica, Felício Pontes. Felício de Araújo Pontes foi presidente do TRE-PA em janeiro de 2003 e faleceu em abril desse ano.
Fonte: Ascom/TRE-PA
Compartilhar:

Cooperativa vai explorar turismo comunitário

Por: Marcos Santos*

Definitivamente a vida no interior tem outro sentido. E é atrás de buscar um novo sentido para a vida que muita gente está optando por novas experiências, contatos com povos diferentes, culturas diferentes, modo de vida diferente e atrativos que não se encontram no cotidiano urbano das grandes cidades. Atraídas pela diversidade da vida no campo, do jeito simples dos moradores da zona rural e de várzea, muitas pessoas estão à procura de viver experiências inesquecíveis com a prática do turismo comunitário. Nessas localidades, o contato com a natureza e a aproximação com os comunitários são os principais atrativos para turistas que vêm de outras regiões e até de outros países. No interior da Amazônia as opções são inúmeras. A diversidade dos roteiros turísticos tem proporcionado um novo momento para as populações tradicionais, que buscam, por meio de parceria com organizações não-governamentais e o Poder Público, fortalecer as cadeias produtivas em suas comunidades e transformar em produtos turísticos seus atrativos naturais.


Em Santarém, no oeste do Estado do Pará, comunidades localizadas em uma das regiões mais belas da Amazônia, o rio Arapiuns, já perceberam que o turismo de base comunitária é sem dúvida uma das melhores alternativas para a geração de emprego e renda para as famílias do interior, pois valoriza a mão de obra local e amplia o lado social das comunidades. De Norte a Sul, este segmento já é uma realidade e proporciona um contato direto entre turistas e moradores. O choque de culturas, neste caso, só faz bem para ambas as partes.

De olho neste potencial turístico, moradores de sete comunidades do Arapiuns se uniram e decidiram criar, com a ajuda do Projeto Saúde e Alegria (PSA), uma cooperativa cujo principal objetivo é fomentar o turismo na região e facilitar o comércio dos produtos artesanais produzidos pelos artesãos. A entidade surgiu da necessidade de potencializar o turismo naquela região, rica em atrativos turísticos e produtos artesanais feitos a partir do uso sustentável de materiais extraídos da própria floresta Amazônica.


No dia 1º de maio de 2015, na comunidade de Atodi, na região do rio Arapiuns, foi realizada a assembleia geral de fundação da Cooperativa de Ecoturismo e Artesanato da Floresta (Turiarte). A cooperativa é composta por representantes das comunidades Anã, Atodi, Vila Amazonas, Arimum, Urucureá, Vila Brasil e São Miguel, sendo que quatro delas trabalhão exclusivamente com o turismo comunitário: Anã, Atodi, Arimum e Vila Amazonas. Nas comunidades de Atodi e Anã, por exemplo, o visitante dispõe de pousadas com redário para vinte pessoas. Nessas localidades, há inúmeros atrativos naturais que têm encantado os turistas.

O turismo de base comunitária tem sido uma das principais fontes de renda dos comunitários atualmente. No ano passado (2014) cerca de 330 visitantes passaram por lá, gerando renda no total de R$ 68 mil nas duas comunidades.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Turismo (Semdetur) esteve presente durante a criação da cooperativa com equipes de Marketing, Planejamento e Divisão de Fomento ao Cooperativismo. O servidor Almerindo Ribeiro presidiu a assembleia geral.

O Projeto Saúde e Alegria (PSA) ajudou na elaboração do projeto que criou a cooperativa, contribuindo com o apoio técnico e jurídico.

Maria Odila Duarte Godinho, presidente da cooperativa, diz que o ecoturismo possibilita aos visitantes experiências únicas, pois nas comunidades existem panoramas que estão além das práticas tradicionais de turismo. “O visitante não quer apenas o conforto e belas paisagens. Ele busca ao algo mais. O contato com o caboclo, aprender seus costumes, sentir a essência do seu dia a dia e interagir com a comunidade. Então, acreditamos que essa cooperativa chega no momento certo para aumentar as possibilidades dessas experiências”, disse Maria Odila, ressaltando que as comunidades de Atodi e Anã, por exemplo, já estão vivenciando essas práticas e que a demanda tem sido positiva para o fortalecimento do turismo comunitário.


O termo Turismo de Base Comunitária (TBC), segundo o Ministério do Turismo, é aplicado a várias atividades, operações e empreendimentos que dizem respeito a uma comunidade que recebe visitantes a vários níveis. São as visitas a um lugar onde a comunidade está envolvida na apresentação dos seus moradores e patrimônios como atrações ou oferecendo um leque de mercadorias (produtos agrícolas ou artesanato), que constitui o elemento “turístico” do conceito.

Além do turismo, os comunitários esperam também aquecer a venda de produtos artesanais, pois a região é rica quando o assunto é artesanato da floresta. De acordo com Maria Odila, 102 artesãos produzem e comercializam artigos feitos a partir de materiais extraídos da própria floresta. Esses produtos não são vendidos apenas no mercado local. Muitos artesãos têm seus trabalhos espalhados em diversos cantos do país.

É o caso da artesã Euzanira Rodrigues, 35 anos, solteira, mãe de quatro filhos, moradora da comunidade de Urucureá. Ela confecciona peças a partir da palha de tucumã. Os produtos dela enfeitam lares em vários estados, pois as peças são comercializadas também para fora do estado do Pará. Euzanira conta que aos dez anos aprendeu a técnica com a mãe e agora é a filha de 9 anos, que segue o mesmo caminho. “Se depender da nossa família, da nossa comunidade, essa tradição continuará sendo repassada para as futuras gerações. Minha mãe aprendeu com a minha avó, eu aprendi com minha mãe e agora minha filha mostra o mesmo interesse”, conta orgulhosa a artesã.

Com a venda dos produtos, ela consegue ter uma renda mensal que varia de R$ 400 a R$ 500. Com esse dinheiro, ela sustenta a casa e garante um futuro digno para seus filhos.


O coordenador do Projeto Saúde e Alegria, em Santarém, Caetano Scanavinno, que participou do ato de criação da cooperativa, disse que a região do Arapiuns deu um importante passo para o fortalecimento do turismo de base comunitária, pois potencializa dois importantes empreendimentos econômicos e sustentáveis, que valorizam a cultura local, através do ecoturismo e o artesanato. “O PSA fez um trabalho de assessoria para ajudar no resgate da cultura local, mas pensando no mercado de fora, pois existe uma clientela fora do estado. Nós incentivamos essa cultura e orientamos os artesãos a manter as técnicas tradicionais. Hoje, as vendas aquecem a economia dessas comunidades e garantem o sustento de muitas famílias. Depois, incentivamos o turismo comunitário. Primeiro com circuito de barco, mas não apenas para trazer turista para comprar os produtos artesanais, mas colocando a comunidade como protagonista no eixo turístico. Vivemos hoje, um dia histórico, pois o que estava faltando era formalizar o negócio e que a cooperativa sirva de exemplo para outras regiões, no sentido de entender o turismo comunitário como forma de política pública”, ressaltou Caetano.

Maurício Santamaria, do ICMBio e chefe da Resex/Tapajós Arapiuns, que está há dez anos na região, elogiou a iniciativa dos comunitários em criar a cooperativa, pois a partir desta entidade será possível aproveitar melhor o potencial turístico das comunidades que ganham escala com a própria organização dos moradores. “O ecoturismo é uma atividade de pouquíssimo impacto para as reservas extrativistas, portanto, estão de parabéns, todos os que se empenharam e se envolveram na criação desta cooperativa”, completou.


*É jornalista, blogueiro e assessor de comunicação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Turismo de Santarém

**Matéria publicada em maio deste ano e reproduzida  atendendo pedido dos comunitários das comunidades que compõem à Turiarte.

Compartilhar:

Adesão ao Redom deverá ser efetuada até o dia 30/09, informa Receita Federal

A Lei Complementar 150/2015, também conhecida como a lei dos domésticos, criou o Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregadores Domésticos – Redom, que traz oportunidade para que os empregadores domésticos paguem com descontos ou parcelem suas dívidas previdenciárias e fiquem regulares para com a seguridade social.

As dívidas previdenciárias vencidas até 30 de abril de 2013, tanto relativas à parte do empregado, quando do empregador, poderão ser pagas à vista com reduções de 100% das multas, 60% dos juros e 100% dos encargos legais. Alternativamente, poderão ser parceladas em até 120 prestações, mas sem reduções.


A adesão ao Redom deverá ser efetuada até o dia 30 de setembro. Para pagar à vista com descontos, é necessário que o empregador compareça à unidade da Receita Federal do Brasil de seu domicílio tributário, munido dos documentos discriminados no art. 10 da Portaria que regulamentou o programa (link abaixo). Já para parcelar a dívida, basta que acesse a página da Receita Federal do Brasil na Internet, no endereço http://idg.receita.fazenda.gov.br/, no período de 21 a 30 de setembro, onde receberá todas as instruções necessárias.

Compartilhar:

Energia elétrica será tema de reunião na Câmara

O vereador Luiz Alberto da Cruz (PP) confirmou para o dia 2 de outubro, na Câmara de Vereadores, a realização de uma reunião para discutir e buscar soluções para os altos custos no consumo da energia elétrica em Santarém, no oeste do Pará. Segundo ele, nesta reunião, a Prefeitura fará a apresentação de valores que estão sendo arrecadados com a taxa de iluminação pública. O parlamentar espera surgir a possibilidade de redução da alíquota. Segundo Luiz Alberto, o consumidor não tem como aceitar que essa contribuição seja de cerca de 47% ou mais do valor do consumo pago pelo consumidor de energia elétrica em Santarém.
Compartilhar:

Radares ainda não funcionam

Os radares localizados na rodovia Santarém/Cuiabá (BR-163), no perímetro urbano, permanecem desativados. Os equipamentos ainda não foram aferidos pelo Instituto de Metrologia do Estado do Pará (Imetropará).
Compartilhar:

Terminais eletrônicos do BB só pra consultas

Os terminais eletrônicos do Banco do Brasil em Santarém, no oeste do Pará, quase que todo final de semana e início das segundas-feiras passam a maior parte do tempo como serviço de saque indisponível para os clientes do banco. Estão igual unidades de saúde do SUS: só servem para consultas!
Compartilhar:

Opinião: Vetos, Congresso e imprensa

Por: Pedro Cardoso da Costa*

Há um certo consenso de que a imprensa brasileira é governista. Uma minoria, que acha o Partido dos Trabalhadores a vítima do mundo e de tudo, acha PSDBista. Existem argumentos respeitáveis e inconsistentes dos dois lados. Todos apenas acompanham o modo brasileiro de ser: inseguro, superficial e incoerente.

Essa incoerência na imprensa fica bem demonstrada na cobertura sobre a política. Nunca fazem o contraponto do que disseram e o que dizem os políticos. Isso por conta das verbas publicitárias, segundo aqueles que a acham governista.

Na recente crise econômica, o Congresso Nacional virou o paladino da moralidade. Ninguém menciona as suas verbas escabrosas e dos demais poderes, como a cota de selo dos Correios na era da comunicação virtual, e o auxílio-moradia pago a juízes, promotores e outros felizardos, inclusive moradores da cidade onde trabalham. Existem outras que serão abordadas noutro momento. Aqui é para tratar dos vetos.

E o que seria um veto? É a negação do que o próprio Congresso ou uma das Casas Legislativas federais aprovou antes, pois só há veto daquilo que os nobres congressistas aprovaram.

E aí, com a maior sordidez, deputados, senadores e alguns especialistas falam que manter o veto é uma questão de responsabilidade. Não ficam corados para dizer que, de novo, se trata de uma afirmação cristalina de que foram irresponsáveis quando aprovaram. Ainda mais porque matérias vetadas foram votadas recentemente.

Todos sabem, mas ninguém diz, que essa benevolência com o governo não é fundada em nenhum princípio republicano. É por pura barganha, do mesmo nível das anteriores, que levaram o país à bancarrota.

Outra questão muito grave é encarada com a superficialidade dita anteriormente. O Congresso tem trinta dias para apreciação de qualquer veto. Se não o fizer nesse prazo, todas as pautas deveriam ficar trancadas. Seria a principal consequência. É o que dita a Constituição Federal, usando a palavra “sobrestada”, em vez de parar, bloquear, não votar, exatamente para tornar incompreensível à maioria.

Embora a regra seja cristalina, a responsabilidade peculiar aos congressistas permitiu que se acumulassem milhares de vetos. Trinta dias não seriam suficientes nem para contá-los. Trata-se de letra morta e fica por isso mesmo. Como se fosse possível uma lei ser descumprida sem consequências.

E não cabe ao cidadão dizer o que deve ser feito. Bastaria ser feita essa indagação pelos jornalistas ou pelos especialistas aos responsáveis pelo descumprimento da Lei Maior do país. Alguém tem o dever de responder por que existe um prazo estabelecido, se pode ser ignorado ao bel prazer dos congressistas.

Para tornar o óbvio em ululante. Só há veto ao que for aprovado. Manter um veto é assumir que aprovaram uma lei ou inconstitucional – e as casas têm manifestação prévia das respectivas comissões – ou contrário ao interesse público, únicos casos passíveis de veto.

O argumento matreiro da necessidade de manter o veto como demonstração de responsabilidade com o país é uma autoatestado de irresponsabilidade anterior. E a imprensa, tão superficial quanto o Brasil, tem o dever de apontar quem votar contra si mesmo. Pois a manutenção de um veto necessita de mais voto do que a aprovação da lei. Em regra, só há manutenção de veto com alguém votando contra si. O brasileiro precisa conhecer essa lista.

*É Bacharel em direito
Compartilhar:

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Evento promove diálogo sobre realocação de ribeirinhos afetados por Belo Monte

O governo federal, por meio da Secretaria-geral da Presidência da República, vai promover na próxima terça-feira, 29 de setembro, o 1º Ciclo de Diálogo com a população ribeirinha afetada pela usina hidrelétrica de Belo Monte. O evento será realizado das 8 às 14 horas, no Centro de Convenções de Altamira, no Pará.

O objetivo do evento, segundo a Secretaria-geral da Presidência, é garantir condições adequadas para que as famílias ribeirinhas participem do processo de definição da reocupação das beiras do rio Xingu e ilhas que ficarão emersas após o enchimento do lago da hidrelétrica.

Estão sendo convidados para o evento cerca de 260 famílias que ocupam a área diretamente afetada pelo empreendimento, demais órgãos do governo federal diretamente envolvidos no tema — como Secretaria de Direitos Humanos (SDH), Secretaria do Patrimônio da União (SPU) e Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) —, Ministério Público Federal (MPF), Defensoria Pública da União (DPU), Defensoria Pública do Estado (DPE/PA), prefeitura de Altamira e organizações não governamentais de defesa dos povos e comunidades tradicionais.

No 1º Ciclo de Diálogo serão apresentadas informações gerais sobre a realocação das famílias, com apresentação de mapa de áreas disponíveis, conforme estudo produzido pela SPU e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Os ribeirinhos serão convidados a apresentar suas principais dúvidas e expectativas.

A programação do evento de terça-feira prevê que sejam formados grupos de famílias para um segundo ciclo de diálogo, mais específico para tratar de soluções para a situação de cada família. A segunda rodada de conversações, para a qual será convidada a empresa Norte Energia, construtora da hidrelétrica, deve ocorrer de 12 a 16 e de 21 a 22 de outubro.

Compartilhar:

Eclipse da Lua será atração na orla de Santarém

Neste domingo (27), que estiver na orla da cidade poderá presenciar o eclipse da Lua. Mas este evento será especial. Teremos a segunda Superlua, das três que acontecem no ano. Desta vez o Brasil estará em situação privilegiada para acompanhar o evento, que também deve ser visto na costa oeste da África e Europa, mas também na costa leste dos EUA, mesmo que parcialmente.

Em Santarém, o Instituto Astronomia Sem fronteiras colocará três telescópios para quem quiser acompanhar a atração. O ponto de encontro será no Terminal Fluvial Turístico (TFT), entre às 20h30 e 23 horas. Será gratuito e qualquer pessoa pode acompanhar a superlua. O instituto foi criado em 2013 e desde então realiza eventos no parque e na orla de Santarém, orientando e dando informações sobre os fenômenos, planetas, estrelas, entre outros assuntos. O instituto tem como um dos objetivos despertar o interesse das pessoas pela astronomia.

O que tem de especial em um eclipse com uma Superlua?

Não é muito comum acontecer os dois eventos ao mesmo tempo. A Superlua se dá quando a Lua atinge a fase de cheia a menos de 24 horas do seu ponto mais próximo da Terra em sua órbita, ponto esse conhecido como perigeu. Esse ano nós já tivemos uma Superlua em agosto, teremos outra agora em setembro e finalmente a última em outubro. Ainda que na prática seja muito difícil de ver diferenças entre as três, a melhor delas é sem dúvida a de domingo agora, dia 27.

Quando a Lua Cheia ocorre no perigeu, ela surge com o tamanho aparente maior, até 14% e até 30% mais brilhante. Esse tamanho mais avantajado é pouco notado quando ela está alta no céu, pois falta alguma coisa perto da Lua para comparar, mas quando ela surge no horizonte, parece bem maior que normalmente estamos acostumados a ver. Ela fica mais brilhante também, o que dá para notar, mesmo dentro de cidades grandes, mas que chega a impressionar se estivermos em um local escuro.

O quê eu preciso para ver o eclipse?

Duas coisas: céu limpo e horizonte aberto! Esse é um dos eventos astronômicos em que não é preciso nenhum tipo de equipamento, basta que o céu esteja limpo e que você consiga ver a Lua no céu. Claro que a festa fica ainda melhor se houver uma luneta ou telescópio disponível. Nesse caso dá para ver a sombra da Terra percorrendo a superfície lunar, cobrindo as crateras, vales e montanhas conforme a Lua e a Terra se movimentam. Se você for que nem eu que gosta de ficar horas contemplando o céu, sugiro usar uma cadeira de praia ou espreguiçadeira para fiar mais confortável.

Qual o horário do eclipse?

O eclipse lunar total, como é esse caso, é composto de duas fases: a penumbral e a umbral. A sombra da Terra tem um halo externo mais tênue, a penumbra, e uma parte bem mais escura ao centro, a umbra. Como o eclipse é total, a Lua vai mergulhar totalmente em ambas durante seu trajeto no céu.

Com informações do G1 e G1/Santarém
Compartilhar:

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Advogados divulgam nota sobre decisão da Justiça Federal

Os advogados Éder Coelho e Aline Hoyos divulgaram, no início da noite desta quinta-feira (24), uma nota esclarecendo alguns pontos da decisão da Justiça Federal que determinou os bloqueios dos bens de cinco pessoas denunciadas pelo Ministério Público Federal em Santarém, conforme consta nesta publicação do blog Quarto Poder.

Abaixo, a íntegra da nota.

A respeito da decisão proferida pelo Juiz federal da 2 vara da comarca de Santarém, indisponibilizando bens de Maria do Carmo Martins, Ludmila Ribeiro, Marcus Alan, Eduardo Araújo, Alba Valeria e Construtora Melo de Azevedo, temos a informar que se trata de uma decisão liminar, contra qual estão sendo apresentados recursos de agravo de instrumento, por entender que não estão presentes os pressupostos para a concessão de uma medida exepcional .

Na verdade, a origem do processo é a fiscalização feita pela CGU, e um pedido do senador Flexa Ribeiro-PSDB, constatando suposta irregularidade nas obras do PAC Mapiri e Uruará. Das denúncias apresentadas, o TCU acolheu a defesa excluindo 5 supostas irregularidades ficando apenas 1 (um). Essas decisão do tribunal não é definitiva, pois foi instaurada uma tomada de contas especial que pode rejeitar a denúncia sobre esta irregularidade remanescente.

A decisão do TCU, gera a perda do objeto do processo judicial, não sendo possível neste momento, imputar a responsabilidade sobre nenhum dos réus, eis que ainda não foram sequer apresentadas as respectivas defesas preliminares.

No relatório do TCU, em nenhum momento a prefeita Maria do Carmo foi acusada de ter superfaturado referido contrato. Ela responde por ter supostamente desobedecido ordem do TCU de ter retido cautelarmente os pagamentos da empresa...Mas assim o fez porque entendeu que deveria deixar na conta pelo menos o valor retido, assim o fazendo, respeitando a ordem do TCU.

Dr. Eder Coelho e Dra Aline Hoyos
Compartilhar:

Exposição de Harley Davidson com Show de Rock‏ no Rio Tapajós Shopping

Neste Sábado (26), a cidade terá uma programação diferente. O “Moto Clube Animal 1%” Santarém-PA, fará uma exposição de Motos Harley Davidson na marquise do Rio Tapajós Shopping, a partir das 19h30.

No melhor estilo dos amantes das motocicletas de alta cilindrada, a banda Savana estará fazendo o som pra deixar o público ainda mais no clima das garagens norte-americanas. Vale a pena participar, conhecer as máquinas e ouvir um som de qualidade.

O MC Animal 1% que atualmente conta com 29 “bikers” e regularmente rodam pelas estradas do oeste paraense, planeja agora representar a terrinha no 9° Encontro Internacional de Motos de Altas Cilindradas em Roraima – Brasil, que acontece em outubro nos dias 16 e 17.
Compartilhar:

Justiça bloqueia bens de ex-prefeita de Santarém por superfaturamento de obras

A Justiça Federal bloqueou bens de cinco pessoas e uma empresa acusados pelo Ministério Público Federal (MPF) de superfaturamento em obras públicas em Santarém, no oeste do Pará. Os acusados são a ex-prefeita Maria do Carmo Martins, a ex-secretária municipal de infraestrutura Alba Valéria Jorge Lima, dois engenheiros da Caixa Econômica Federal, o engenheiro fiscal da prefeitura Eduardo Souza de Araújo e a construtora Mello de Azevedo. O bloqueio atinge até R$ 7,4 milhões dos acusados.

A decisão, do juiz federal Érico Rodrigo Freitas Pinheiro, foi oficialmente comunicada ao MPF no último dia 17. A Justiça também determinou o envio de notificação sobre a decisão ao Banco Central, a cartórios de registro de imóveis, à Junta Comercial do Estado e à Capitania Fluvial.

Assinada pelo procurador da República Rafael Klautau Borba Costa, a ação por ato de improbidade administrativa foi encaminhada à Justiça no final de agosto e é baseada em auditoria realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em obras de infraestrutura urbana do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Contrato de repasses de recursos assinado em 2007 previa a destinação de R$ 45 milhões em verbas do Ministério das Cidades para a construção e melhorias de unidades habitacionais, implantação de rede de energia elétrica, esgoto sanitário, pavimentação, drenagem superficial e construção de equipamentos comunitários nos bairros do Mapiri e do Uruará, mas o TCU apontou diversas irregularidades, como a existência de preços diferentes para o mesmo serviço, adiantamento de pagamentos fora da previsão legal e sobrepreço.
Confira o valor bloqueado de cada um dos acusados:
Maria do Carmo Martins, ex-prefeita de Santarém: R$ 3.235.048,33
Ludmila Ribeiro da Silva de Mattos, engenheira da Caixa: R$ 720.225,71
Marcus Alan Ferreira Duarte, engenheiro da Caixa: R$ 6.744.385,07
Eduardo Souza de Araújo, engenheiro fiscal da prefeitura: R$ 7.464.610,78
Alba Valéria Jorge Lima, ex-secretária de infraestrutura: R$ 2.512.338,76
Construtora Mello de Azevedo: R$ 7.464.610,78.

Compartilhar:

Mais de 700 mortos em peregrinação islâmica a Meca

Ao menos 717 pessoas morreram e 805 ficaram feridas nesta quinta-feira (24) em um tumulto no bairro de Mina, durante a peregrinação anual de muçulmanos a Meca, segundo um balanço atualizado da Defesa Civil da Arábia Saudita.

De acordo com a Defesa Civil, seis equipes de emergência prestam os primeiros socorros aos feridos no local da tragédia e orientam os peregrinos para "rotas alternativas".
Associated Press

Até o momento não foram divulgados os motivos que teriam provocado a correria em Mina, local que realizou nos últimos anos obras de infraestruturas para facilitar o deslocamento dos peregrinos.

Mina fica localizado a cinco quilômetros da cidade sagrada de Meca e acomoda anualmente milhares de peregrinos em tendas climatizadas.

Mais de dois milhões de muçulmanos iniciaram nesta semana o Hajj, a peregrinação sagrada a Meca. Todo seguidor da religião deve comparecer ao menos uma vez na vida ao evento, anual, desde que possua meios financeiros suficientes para tal.

Neste ano, o Hajj acontece entre 22 e 26 de setembro. Um dos principais rituais consiste em dar sete voltas ao redor da Cabaa, a construção mais sagrada do islã, localizada no pátio central da Grande Mesquita —local para onde os muçulmanos se voltam ao realizar suas orações.

O evento ocorre este ano semanas após a queda de um guindaste que integrava as obras de ampliação do local, que matou ao menos 107 pessoas.

A peregrinação, considerada o maior encontro anual de pessoas no mundo, também inclui uma série de outros procedimentos, como orações, caminhadas e sacrifício animal.


Em janeiro de 2006, uma tragédia similar no mesmo local matou 364 peregrinos.

Compartilhar:

Obras do projeto Orla começam na segunda-feira

A partir da próxima segunda-feira (28) serão instaladas no cais da Avenida Tapajós, a altura da travessa Visconde do rio Branco, duas balsas com 30 metros de comprimento cada, para dar suporte às pequenas embarcações que aportam naquele local. A instalação das balsas marca a preparação efetiva para o início das obras de ampliação do Projeto Orla em uma extensão de 225 metros.

Nesse sentido, o secretário municipal de Planejamento, Nélio Aguiar, esteve reunido na tarde de ontem (23), na sede da Semplan
, com representantes da SMT, NGO, Associação Comercial e Empresarial de Santarém, comerciantes do entorno dos mercados Municipal e Modelo e a empresa Carmona Cabreira.

As medidas planejadas, antes do início das obras, visam amenizar os impactos que serão enfrentados durante a execução. A Capitania dos Portos ficou com a responsabilidade de ordenar o local, com o apoio da Divisão de Portos da SMT.

As embarcações serão atracadas de forma a permitir o maior número possível de embarcações. No dia 5 de outubro
, a empresa Carmona Cabreira, fará o isolamento dos primeiros 70 metros da área onde será feita a expansão, para iniciar o processo de estaqueamento.

O mesmo procedimento será feito nas etapas. Esta etapa do Projeto Orla está dentro do PAC 2 e está orçada em R$ 6.492.700,00. Sua conclusão está prevista para abril de 2016.

A ampliação terá 15 metros de largura, divididos em 3 espaços com 5 metros cada. A parte que dá acesso ao rio será destinada para passeio contemplativo, ao meio, haverá arborização e star, e a parte posterior será aberta para caminhadas.

Fonte: CCOM/PMS
Compartilhar:

Alcoa é reconhecida pelo 14º ano consecutivo como líder no Índices de Sustentabilidade Dow Jones

Pelo décimo quarto ano seguido, a líder em metais leves Alcoa foi reconhecida como uma das empresas líderes mundiais em sustentabilidade nos prestigiosos Índices de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI) – uma referência mundialmente renomada e respeitável em sustentabilidade e responsabilidade corporativa. A Alcoa foi reconhecida novamente como Líder do Setor de Alumínio no Índice Mundial Dow Jones.

“A sustentabilidade orienta tudo o que fazemos, desde a criação de soluções inovadoras que ajudam a descarbonizar nosso mundo e a criar valor para os clientes até o aumento da sustentabilidade dos nossos próprios processos de fabricação”, afirmou Kevin McKnight, diretor de Sustentabilidade e vice-presidente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Alcoa. “O progresso que continuamos a fazer comprova que nós vivemos nosso valor de sustentabilidade todos os dias com o objetivo de deixar um impacto positivo em todos os lugares onde atuamos e em cada mercado em que concorremos.”

De um ano para cá, a Alcoa ampliou seu portfólio de produtos multimateriais de valor agregado e lançou inovações em seus mercados finais, permitindo aos clientes fabricar produtos com menor impacto ambiental. A Empresa também reduziu suas emissões gerais ao fechar e diminuir instalações mais dispendiosas e menos eficientes, enquanto continuava a remodelar sua atividade de commodities.

Compartilhar:

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Balanço do Çairé será divulgado no dia 28

A festa do Çairé, que encerrou na segunda-feira (21), foi sucesso total de público, segundo avaliação dos organizadores. Durante os cinco dias de evento, a Vila de Alter do Chão atraiu visitantes de várias partes do Brasil e também de outros países. A maioria dos turistas veio de Manaus e Belém, conforme levantamento feito pela assessoria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Turismo (Semdetur). No próximo dia 28/09, a Secretaria informará os números oficiais do Çairé 2015, incluindo o total de público estimado e os valores arrecadados durante os cinco dias de evento.

O fluxo intenso de pessoas refletiu diretamente no comércio local e ajudou a fortalecer a cadeia produtiva da comunidade em diversos segmentos, sobretudo de serviços, alimentação e hospedagem, garantindo renda para inúmeras famílias, que vivem exclusivamente da atividade turística neste período. Foi um Çairé positivo economicamente em vários aspectos, de acordo avaliação feita pelos próprios empreendedores.

Donos de barracas, empresários do ramo hoteleiro, restaurante, pousadas e catraieiros, além de vendedores ambulantes mostraram-se satisfeitos com o resultado do evento. Nas praias do Cajueiro e Ilha do Amor, por exemplo, a novidade ficou por conta da venda por meio do cartão de crédito e débito.

As vendas nas praias foram boas, apesar de o público não ter sido superior ao do ano passado, sobretudo no sábado e domingo. Durante o Çairé deste ano, aproximadamente 130 mil pessoas passaram pela Vila de Alter do Chão.

Apesar disso, de um modo geral, o saldo econômico de Alter do Chão foi bom. Um levantamento detalhado sobre os lucros dos empreendedores está sendo concluído pela Semdetur para medir o volume de recursos gerados durante o período do Çairé. Este balanço será divulgado na próxima segunda-feira (28), pelo secretário municipal de Desenvolvimento e Turismo, Valdir Matias Jr.

Dos quatro hotéis da Vila, todos estiveram com suas 161 Unidades Habitacionais (UH’s) lotadas. Ao todo, o setor hoteleiro disponibilizou 409 leitos. A maioria das 27 pousadas de Alter do Chão também estava com suas UH’s, um total de 274 ocupadas. Foram colocados 798 leitos à disposição dos visitantes. O total de leitos disponíveis para o Çairé 2015 foi de 1.207. Somando com os leitos disponíveis em Santarém, este ano, durante o período do festival, foram disponibilizadas 3.553 unidades. O número de Unidades Habitacionais foi de 1.407.

Compartilhar:

Governo do Pará inaugura obras no Oeste do Pará

O Governo do Estado do Pará inaugura no sábado (26), às 10h30, a ponte sobre o rio Curuá, localizada na rodovia PA-254, no município de Alenquer, no Oeste do Estado. Com investimento de R$ 13.789.813,11, a estrutura tem 370 metros de extensão e aproximadamente nove metros de largura, permitindo a integração de Alenquer com outros municípios da região, de Prainha até Oriximiná, além de viabilizar o escoamento da produção agrícola e extrativista dos municípios que integram a Calha Norte. O governador do Estado, Simão Jatene, participa da cerimônia ao lado de prefeitos da região e secretários de Estado.

A estrutura conta com pavimentação, sinalização horizontal, vertical, pontos refletivos, passeio lateral para ciclistas e pedestres. Toda a ponte foi asfaltada, assim como os dois acessos de 100 metros de pavimentação de cada lado.

PA 255 e 254 - A pavimentação da PA-255 foi dividida em dois lotes. De acordo com a Secretaria de Estado de Transportes (Setran), o primeiro deles deve ser entregue em novembro e o segundo até o final do ano. O primeiro vai de Monte Alegre até a vila do Mururu, e corresponde a 41 km. O segundo lote inicia na Vila do Mururu e segue até o porto de Santana do Tapará, em . Já na PA-254, a Setran tem trabalhado com a terraplanagem para melhorar as condições da estrada de terra, que se prolonga até o município de Oriximiná.

Energia de qualidade em Óbidos e Oriximiná

Também no sábado, 26, serão inauguradas pelo governo do Estado e pela Rede Celpa, as mais novas subestações localizadas nos municípios de Óbidos e Oriximiná, no Oeste do Estado. Com as obras finalizadas, as duas cidades estão integradas ao Sistema Interligado Nacional (SIN), o que simboliza um marco histórico para as localidades, que antes eram atendidas por meio de sistemas isolados, com energia elétrica proveniente de usinas termelétricas.

No total, o investimento da Celpa nos dois municípios ultrapassa R$ 40 milhões. Além das subestações, a série de melhorias também contemplou a construção de mais de 80 quilômetros de linhas de transmissão para conectar as cidades ao sistema. Cerca de 9.700 famílias em Oriximiná e em torno de 10.200 famílias em Óbidos são beneficiadas com a nova aquisição, o que pode significar mais de 80 mil pessoas usufruindo de energia de qualidade.

Entre as dificuldades enfrentadas pelas duas cidades por conta do tipo de suprimento, estavam os riscos ambientais com o manuseio e queima de aproximadamente 25 milhões de litros de óleo por ano, o que ocasionava grande emissão de CO2, e também a restrição à liberação plena do mercado consumidor de energia. Esses dois itens impactavam de forma negativa no potencial econômico e, consequentemente, no desenvolvimento local.

Compartilhar:

Ufopa sedia encontro nacional de Comunicação Pública

Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) será sede do 9º Encontro Andifes de Assessorias de Comunicação das Universidades Federais, que começa nesta quinta feira, 24 e vai até o próximo dia 26 de setembro, em Santarém. Promovido pela Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), o evento tem como objetivo promover a troca de experiências sobre o papel da comunicação nas instituições de ensino superior e o debate de temas relevantes para as assessorias de comunicação no atual cenário nacional.

Pouco mais de 30 assessores de comunicação de instituições federais de ensino de todo o Brasil, já confirmaram presença no encontro, que também será aberto aos profissionais de comunicação de Santarém e região. “Convidamos os coordenadores de comunicação das instituições de ensino superior regionais, como o Iespes, o IFPA, a FIT, a Ulbra e a Uepa, que têm uma relação mais direta com o caráter do evento. Mas entendemos que as questões abordadas podem interessar a muitos profissionais de comunicação que atuam na região, então optamos por abrir vagas para inscrições externas”, explica a coordenadora de Comunicação da Ufopa, Karen Santos.

Compartilhar:

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Em processo de renovação de frota, Mineração Rio do Norte leiloa diversos veículos

Com intuito de renovar sua frota de veículos, a Mineração Rio do Norte (MRN), maior produtora brasileira de bauxita – matéria-prima do alumínio –, coloca diversos automóveis em leilão até a próxima quarta-feira (23). Os modelos variam de Gol, Fiat Palio, Fiat Doblo, até uma Mitsubishi L200. Ao todo são 23 frotas localizadas na própria fábrica da empresa, em Oriximiná, no Pará, e os lances iniciais variam de 4 a 19 mil reais.

O leilão é realizado pela Superbid (www.superbid.com.br), plataforma líder em leilões online com presença em cinco países da América Latina. Os lances, que se encerram na próxima quarta-feira (23/09), às 11h30, já estão abertos aos interessados, que devem fazê-los pelo site, ou presencialmente na sede da Superbid, em São Paulo – Alameda Lorena, 800, 2° andar, Jd. Paulista. Mais informações pelo telefone: (11) 4950-9400.

Fonte: Misasi Relações Públicas
Compartilhar:

Santarém recebe o “Dia do Conhecimento Empresarial: o Sebrae de dentro para fora”

Depois de passar por três regiões do Estado, o Dia do Conhecimento Empresarial: o Sebrae de dentro para fora” chega ao Baixo Amazonas paraense nesta quinta-feira, 24. O evento, que será realizado na Associação Comercial e Empresarial de Santarém – Aces, entre 14h e 18h30, é gratuito e voltado tanto para os donos de pequenos negócios quanto para quem ainda não começou a empreender.

O evento foi realizado em Marabá e Bragança, no mês de junho e em Belém, em agosto, totalizando a participação de mais de 1500 pessoas. “A nossa expectativa é que em Santarém mais de 200 empreendedores participem” afirma Cyani Quintella, coordenadora do projeto. “Os pequenos negócios formam o setor que mais gera empregos no país. O interesse do Sebrae é promover a qualificação dos empresários do setor para que aumentem a participação na economia em nível local e nacional”, destaca a gestora do Dia do Conhecimento.

O Dia do Conhecimento Empresarial tem a intenção de atualizar, aperfeiçoar e disseminar conhecimentos dos pequenos empreendedores. “Queremos mostrar todos os serviços que o Sebrae têm a oferecer aos empresários e que podem ajudar a desenvolver os negócios. Eles poderão também atualizar os conhecimentos para fazer uma gestão mais consciente de seus negócios. Além disso, vamos atender pessoas que têm uma ideia na cabeça, mas ainda não sabem como desenvolver para que isso vire um negócio”, destaca Quintella.

Compartilhar:

Cientistas apresentam ao MPF/PA análise do Eia-Rima da hidrelétrica de São Luiz do Tapajós

Um grupo de cientistas que analisou o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA-Rima) da usina hidrelétrica São Luiz do Tapajós, prevista para ser construída no oeste do Pará, agendou para o próximo dia 29 a apresentação dos resultados da análise ao Ministério Público Federal (MPF).

O evento será às 9h30 no Memorial Darcy Ribeiro, na Universidade de Brasília (UnB), na Asa Norte, em Brasília/DF.

A análise a ser apresentada é fundamental para embasar a atuação do MPF no acompanhamento jurídico que a instituição faz do projeto da usina e dos seus impactos socioambientais.

Foram convidados para o evento representantes do MPF, pesquisadores que elaboraram a análise, representantes de indígenas Munduruku e representantes da organização não governamental Greenpeace, que viabilizou o estudo.

Também devem participar órgãos públicos envolvidos no processo de licenciamento da hidrelétrica e outras organizações não governamentais que atuam na Amazônia. (MPF)
Compartilhar:

Uepa abre nesta terça-feira (22) inscrições ao Processo Seletivo 2016

A partir desta terça-feira (22) até 8 de outubro, a Universidade do Estado do Pará (Uepa) está com as inscrições abertas para o Processo Seletivo (Prosel) 2016, que oferta 1.710 vagas nos cursos de graduação. As inscrições são feitas, exclusivamente, via internet, no site da Uepa.

No site, o candidato deve, inicialmente, preencher o cadastro com os dados pessoais e, posteriormente, preencher as informações relativas ao Prosel 2016. Será gerado o número de protocolo da solicitação de inscrição. Somente o preenchimento do cadastro com dados pessoais não implica na geração de solicitação de inscrição. O Cadastro de Pessoa Física (CPF) é documento obrigatório, além de um endereço de e-mail.

Na inscrição será gerado um boleto no valor de R$ 25, que deve ser pago até 9 de outubro, em qualquer agência bancária. O período de solicitação de isenção do pagamento das inscrições se encerrou em 28 de agosto.

Compartilhar:

Comissão da Alepa sobre o ensino de 2º grau desembarca em Santarém

A Comissão de Estudos da Assembleia Legislativa, constituída com o objetivo de tratar sobre a reforma do ensino médio no Estado do Pará desembarca em Santarém nesta próxima quarta (23), e realiza pela manhã uma audiência pública no auditório do Campus da Universidade Federal do Oeste do Pará.

A reunião vai contar com as informações e análises da secretária adjunta da Seduc, Ana Claudia Hage; da reitora da UFOP, Raimunda Monteiro; a coordenadora do Campus da UEPA, professora Dra. Edna Ferreira Coelho Galvão, e do prefeito de Santarém, Alexandre Von.

A deputada Cilene Couto (PSDB), expediu convites para os outros 11 prefeitos da região do Baixo Amazonas, como para os coordenadores das Unidades Regionais de Ensino: 5ª URE-Santarém, 6ª URE – Monte Alegre e 7ª URE – Óbidos, e ainda os presidentes de todas as Câmaras Municipais.

Compartilhar:

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Sairé 2015: Tucuxi é o grande campeão do Festival dos Botos

Alter do Chão é cinza! O Tucuxi é o grande campeão do Festival dos Botos de 2015. O Tucuxi, que defendeu o tema “O encanto da Amazônia”, levou a melhor sobre o Boto Rosa alcançando 475 pontos, contra 456 do adversário. Agora, no tira-teima da disputa, o Tucuxi tem oito títulos, contra nove do adversário, que, também, se apresentou de forma brilhante, com o tema: "Carimbó: a festança no Sairé".
O corpo de jurado formado pelo presidente e mais jurados avaliou a apresentação dos Botos, com base em 16 itens: apresentador (comunicação, oratória e cênica); cantador (timbre e afinação); Rainha do Çairé (evolução, indumentária, simpatia e cênica); Cabocla Borari (evolução, indumentária, simpatia e cênica); Curandeiro (evolução, indumentária, fantasia e cênica); Rainha do Artesanato (evolução, indumentária, simpatia e cênica); Boto Homem Encantador (interpretação, dança e cênica); Boto Animal Evolução (evolução e cênica); Rainha do Lago Verde (evolução, indumentária, simpatia e cênica); Carimbó (coreografia e indumentária); organização do conjunto folclórico (disposição e organização dos dançarinos no lago); alegorias (evolução e acabamento), letra/música(harmonia, arranjo poético, fidelidade ao tema), ritual (evolução e cênica), torcida (animação) e sedução do boto: homem encantador e cabocla borari (cênica, indumentária e evolução).

Fonte: PMS
Compartilhar:

PMPA escolhe banca organizadora de concurso com 2.194 vagas

A Polícia Militar do Pará (PMPA) escolheu a Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) como a banca organizadora do novo concurso. O processo seletivo abrirá 2.194 vagas distribuídas aos cargos de soldado, oficial e oficial combatente. De acordo com a corporação, o edital será divulgado em breve.

As remunerações dos postos anunciados chegam a R$ 5.859,24. O candidato que for aprovado nas provas do concurso terá que passar, também, por curso de formação no Instituto de Ensino de Segurança Pública (Iesp).
Compartilhar:

Sessão da Saudade vai homenagear Nicolino Campos e Éfrem Galvão

Academia de Letras e Artes de Santarém (ALAS) realiza Sessão da Saudade para homenagear os ex-acadêmicos Nicolino de Castro Campos e Éfrem de Jesus Neves Galvão. A solenidade será na próxima quinta-feira (24), às 18 horas, no auditório do Centro de Informações Ambientais (CIAM), na rua Adriano Pimentel, próximo ao Centro Cultural João Fona.

De acordo com o presidente Ednaldo Rodrigues, todos os preparativos estão sendo providenciados, inclusive, já foram escolhidos os membros da ALAS que vão falar em nome da entidade. Para homenagear o professor Nicolino Campos foi eleito como orador, o acadêmico Oti Silva Santos e para homenagear Éfrem Galvão, o orador será o acadêmico Hélcio Amaral de Sousa. “A programação cultural também já está confirmada, com a participação de Nato Aguiar, Secretária de Cultura de Santarém, bem como dos acadêmicos Djalma Pereira e Antônio Waughon entre outros que vão participar das homenagens”.

Ednaldo Rodrigues informou ainda que a Sessão da Saudade é um ritual tradicional da Academia, fechado aos acadêmicos, familiares e amigos mais próximos dos imortais desaparecidos. “É uma cerimônia tradicional realizada pela nossa academia, ocasião em que os acadêmicos externam o seu sentir, o seu pensar, sobre um longo percurso em que nossos confrades homenageados permaneceram entre nós, destacando o homem e a obra”.

O presidente da ALAS, Ednaldo Rodrigues disse também que a homenagem a Nicolino de Castro Campos e a Éfrem de Jesus Neves Galvão, no dia 24 de setembro de 2015, será marcado por rituais tradicionais, formal. “Um dos últimos atos será a decretação de vacância das cadeiras de números 26 e 33, bem como a divulgação da Comissão de Avaliação, da vida e da obra dos possíveis interessados em participar do pleito para ocupar as vagas”. De acordo com o presidente, num prazo de mais ou menos 30 dias, a ALAS voltará a se reunir em Assembleia Geral para eleger os novos acadêmicos, que completarão novamente as 40 cadeiras.

Compartilhar:

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Com avanços socioambientais, Alcoa comemora 6 anos em Juruti

Lideranças globais da Alcoa estiveram em Juruti, nesta semana, para participar das comemorações pelos seis anos de operação no município paraense, onde a companhia possui uma mineração de bauxita. Além de celebrações internas, está programado um passeio ciclístico pela cidade.

A Alcoa completou seis anos de operação em Juruti na última terça-feira (15). Tómas Sigurdsson, chefe de operações do Grupo de Produtos Primários da Alcoa; Laurie Shelby, vice-presidente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Grupo de Produtos Primários da Alcoa; e Garret Dixon, presidente do grupo de Mineração da Alcoa, estiveram em Juruti para participar de encontros com os funcionários e ver de perto o progresso das operações da Alcoa ao longo destes seis anos. Também esteve no município um grupo de investidores.

Para os funcionários da localidade, as celebrações envolveram um almoço especial, distribuição de brindes e sessões de karaokê. Neste sábado (19), a Alcoa comemorará os seis anos de atuação em Juruti com um passeio ciclístico e caminhada de seis quilômetros pelas ruas da cidade, saindo do escritório rumo à Praça Central, onde haverá o encerramento com o sorteio de prêmios aos inscritos no passeio.

Saldo positivo - A Alcoa comemora o saldo positivo de sua atuação, em Juruti, ao longo dos seis anos. Dos 1.670 funcionários, 84% são paraenses, sendo que 36,7% são jurutienses, conforme apurações da empresa em julho deste ano. Este ano, a empresa foi eleita, pela 14ª vez consecutiva, como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil pelo instituto Great Place to Work®.

A mineradora também tem buscado fortalecer a economia em todo o Estado. Este ano, até o mês de junho, a empresa já efetuou R$ 87,5 milhões em compras em todo o Pará, dos quais R$ 73,4 milhões foram comprados em Juruti. A Alcoa tem apoiado, ainda, a capacitação dos empresários locais por meio de parceria com o programa Redes/Fiepa e Sebrae. Em termos financeiros, a companhia já pagou, entre 2009 e 2015, mais de R$ 31 milhões à Acorjuve (Associação das Comunidades de Juruti Velho), a título de participação dos resultados da lavra de bauxita.

Por meio do Instituto Alcoa e Alcoa Foundation – braços sociais da companhia – foram apoiados 71 projetos socioambientais, em Juruti. Projetos de educação, por exemplo, receberam investimentos na ordem de R$ 2,7 milhões. Entre as ações financiadas estão as obras de drenagem da orla da cidade, equipamentos para a sede da Colônia de Pescadores Z-42 e a construção de duas salas de aula na escola municipal Rosa de Saron. 

Compartilhar:

Defensoria entra com ação de R$ 3,5 bi contra Belo Monte

A Defensoria Pública da União (DPU) em Belém moveu uma ação de R$ 3,5 bilhões contra a hidrelétrica de Belo Monte, que está em construção no Rio Xingu, no Pará.

A Ação Civil Pública foi ajuizada na Justiça Federal de Altamira. Uma série de compensações e indenizações é pleiteada em favor de indígenas, barqueiros, carroceiros, ribeirinhos, pescadores e a população urbana atingida pelo empreendimento.

No processo, a DPU aponta como responsáveis a União, a concessionária Norte Energia, o Ibama, a Fundação Nacional do Índio (Funai), o BNDES e a Agência Nacional de Águas (ANA).

A ação judicial foi subscrita pelos defensores públicos federais Anginaldo Vieira, Cláudio Santos e Elzano Braun, da DPU em Belém.

Os defensores requerem ainda medida cautelar para que a concessionária Norte Energia, dona da usina, não dê início ao processo de enchimento do reservatório da usina, mesmo que o Ibama venha a conceder a licença de operação que autoriza essa operação.

Compartilhar:

Uso facultativo de extintor em automóveis passa a valer a partir de hoje

O uso de extintor de incêndio em automóveis passa a ser facultativo no Brasil a partir de hoje (18), conforme resolução do Ministério das Cidades publicada no Diário Oficial da União.

A decisão foi tomada ontem (17) pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e envolve utilitários, camionetas, caminhonetes e triciclos de cabine fechada.

O equipamento continua obrigatório para todos os veículos usados comercialmente para transporte de passageiros, caminhões, caminhão-trator, micro-ônibus e ônibus, além de veículos destinados ao transporte de produtos inflamáveis, líquidos e gasosos.

Compartilhar:

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Supremo proíbe doação de empresas para campanhas eleitorais

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (17), por 8 votos a 3, declarar inconstitucionais normas que permitem a empresas doar para campanhas eleitorais.

Com isso, perdem validade regras da atual legislação que permitem essas contribuições empresariais em eleições.

A decisão do STF não proíbe que pessoas físicas doem às campanhas. Pela lei, cada indivíduo pode contribuir com até 10% de seu rendimento no anterior ao pleito.

Ao final da sessão, o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, afirmou que a decisão valerá já a partir das eleições de 2016 e não invalida eleições passadas (veja no vídeo acima).

A decisão também dá à presidente Dilma Rousseff respaldo para vetar trecho de uma proposta recém-aprovada pelo Congresso Nacional que permite a doação de empresas para partidos políticos.
Chegamos a um quadro absolutamente caótico, em que o poder econômico captura de maneira ilícita o poder político."
Ministro Luiz Fux, relator da ação que pede o fim da doação de empresas para campanhas

Se a nova lei for sancionada sem vetos, outra ação poderá ser apresentada ao STF para invalidar o financiamento político por pessoas jurídicas.

No julgamento, votaram a favor da proibição o relator do caso, Luiz Fux, e os ministros Joaquim Barbosa, Dias Tofffoli e Luís Roberto Barroso (em dezembro de 2013); Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski (em abril do ano passado); além de Rosa Weber e Cármen Lúcia, que votaram nesta quinta.

A favor da manutenção das doações por empresas votaram somente Gilmar Mendes (em voto lido nesta quarta), Teori Zavascki, que já havia se manifestado em abril do ano passado, e Celso de Mello.

Na sessão desta quinta, Fux, como relator, relembrou seu entendimento sobre as doações por empresas, argumentando que a proibição levaria à maior igualdade na disputa eleitoral.

"Chegamos a um quadro absolutamente caótico, em que o poder econômico captura de maneira ilícita o poder político", afirmou na sessão.

Rosa Weber, por sua vez, argumentou que a influência do poder econômico compromete a "normalidade e a legitimidade das eleições".

Compartilhar:

Santarém sediará encontro de Direito de Família

O Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM), núcleo de Santarém, no oeste do Pará, realiza, nos dias 24 e 25 deste mês, no Centro Universitário Luterano de Santarém (CEULS/Ulbra), o Encontro de Direito de Família de Santarém e Baixo Amazonas. Com o tema ‘Família democrática: repensando a convivência e a sucessão, o evento pretende aprimorar e aperfeiçoar os conhecimentos técnicos sobre o direito da família, visando reduzir, minimizar e quem sabe otimizar os procedimentos traumáticos no encerramento das relações entre casado e também entre conviventes. 

O IBDFAM destaca que, de modo especial, cabe notar que os filhos são as maiores vítimas, motivo de priorizar também os estudos em vista de protegê-los. Em Santarém, a instituição tem buscado atender esse compromisso maior, para pacificar as relações entre divorciados e entre os que encerram as uniões estáveis, visando proteger sempre os filhos e resolver de forma pacífica as relações patrimoniais.

Palestrantes - O evento trará a Santarém, palestrantes de renome nacional como Conrado Paulino da Rosa, doutorando pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, que falará sobre guarda compartilhada; Nena Sales Pinheiro, advogada especialista em direito de família, presidente do IBDFAM no Pará e autora de artigos jurídicos. Ela palestrará sobre alimentos gravídicos; Ana Luzia Maia Nevares, doutora e mestre em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, que abordará a função promocional do testamento; Zeno Veloso, professor de Direito Civil na Universidade Federal do Pará, será o palestrante do último dia e abordará o tema ‘Afinal, qual o estágio atual do direito brasileiro sobre a sucessão do cônjuge?’.

As inscrições estão abertas e custam apenas R$ 40 (profissionais) e R$ 20,00 (estudantes). Estão sendo ofertadas 500 vagas. O evento é aberto a todos os cursos e profissões. Mais informações no telefone (93) 3523-5411 e (93) 99184-72.
Compartilhar:

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Fogo assusta moradores na Curuá-Una

O fogo que consome uma montanha de serragem em uma madeireira localizada na rodovia Curuá-Una, em Santarém, no oeste do Pará, está causando preocupação nos moradores dos bairros vizinhos e causando transtornos para quem reside naquela região. Desde a noite da última terça-feira (15), que as chamas são intensas. Na noite de hoje (16), um flagrante feito por uma internauta mostra a dimensão do problema que está apavorando as pessoas daquela área. Dá para avistar o fogo de a quilômetros de distância. 

O incêndio, de causa ainda desconhecida, se propagou por causa do vento forte e o tempo seco. Há vários focos de queimadas ao longo da rodovia Curuá-Una. 

Um absurdo! (Foto: Sheila Costa).
Compartilhar:

Zona Eleitoral em Juruti é criada

O Estado do Pará tem mais uma zona eleitoral. Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou a Zona Eleitoral, que será sediada em Juruti. O município paraense está localizado no oeste do estado, na divisa com o Estado do Amazonas e tem 29.482 eleitores que foram beneficiados com a nova Zona.

Juruti pertencia a 22º Zona Eleitoral, que é sediada em Óbidos, a seis horas de barco de uma cidade a outra. Os juritienses tinham a seu dispor um Posto Eleitoral que fazia o atendimento por meio de formulários. Os documentos eram encaminhados ao Cartório Eleitoral de Óbidos, em média 50 por semana. Porém, por conta da distância, algumas pendências demoravam pelo menos uma semana para serem resolvidas.

Óbidos e Juruti têm, juntas, 63.051 eleitores, uma grande demanda para uma Zona. “O problema no atendimento à Juruti era a demora de certos procedimentos. Com a criação da Zona, esses eleitores vão ter uma atenção a mais e pendências que passavam uma semana para resolver poderão ser solucionadas no momento do atendimento”, comenta Milena Cristina Araújo Strympl, chefe do Cartório Eleitoral de Óbidos.

Compartilhar:

Sebrae realiza Dia do Conhecimento Empresarial em Santarém

Mais de 200 empresários da Região do Baixo Amazonas são esperados para o Dia do Conhecimento Empresarial: o Sebrae de dentro para fora” que será realizado no próximo dia 24, em Santarém. Todos os serviços disponibilizados pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae no Pará serão apresentados para os donos de pequenos negócios e também para as pessoas interessadas em começar a empreender.

Com os temas Gestão empresarial, Mercado, Inovação e Aprendizagem, o Dia do Conhecimento Empresarial, o evento será realizado na Associação Comercial e Empresarial de Santarém – Aces, entre 14h e 18h30. “A intenção é de atualizar, aperfeiçoar e disseminar conhecimentos aos pequenos empreendedores. Queremos mostrar todos os serviços que o Sebrae têm a oferecer aos empresários e que podem ajudar a desenvolver os negócios”, comenta Cyani Quintella, coordenadora do evento.

Os especialistas do Sebrae farão um bate-papo com os participantes abordando temas como políticas públicas, inovação e tecnologia, mercado, entre outros. A programação traz ainda as palestras “Como administrar a pequena empresa em períodos de crise”, de Armando Lourenzo e “A Fórmula da Inovação”, com Luciano Pires.

Compartilhar:

TIM abre sua sexta loja própria em Belém

A operadora TIM expande sua presença comercial em Belém com mais uma loja própria. A empresa mantém outras cinco lojas nos demais shoppings da capital. Ontem, 15, mais um ponto de vendas inaugurou no Shopping Bosque Grão-Pará com um novo modelo de atendimento, no qual o cliente é atendido em mesas de negociação, em vez dos tradicionais balcões, ou durante a degustação de smartphones no amplo portfólio de aparelhos, tablets e serviços da operadora.

A TIM Store também oferece lounge de espera totalmente equipado, evitando filas e facilitando o fluxo de atendimento. Entre os serviços oferecidos estão a emissão da segunda via de contas, ativação de promoções, resgate de chips, adesão aos planos da empresa, como o Infinity e Liberty.

A loja, com 245 metros quadrados, é a maior da TIM na região norte e conta com 19 colaboradores. O espaço para degustação de celulares é mais atrativo e amplo, onde os dispositivos ficam conectados 24h por dia. E para ajudar na hora da compra de um novo modelo, um profissional qualificado explica todas as funcionalidades.

Compartilhar:

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Workshop discute ações de combate ao trabalho infantil em Santarém‏

Com o objetivo de qualificar gestores e profissionais da Rede de Proteção e Sistema de Garantia de Direitos para Erradicação do Trabalho Infantil, a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) promove, na quarta (16) e quinta-feira (17), em Santarém, o V workshop "Dialogando para construir ações estratégicas intersetoriais de Prevenção e Enfrentamento do Trabalho Infantil no Estado do Pará". O encontro é voltado para as regiões Tapajós e Baixo Amazonas.

O workshop visa possibilitar a discussão de diretrizes para elaboração de ações estratégicas de prevenção e enfrentamento do trabalho infantil com a intenção de estimular a integração da rede sócio assistencial para alcançar êxito no combate a esta problemática. No Brasil, o trabalho não é permitido sob qualquer condição para crianças e adolescentes entre zero e 13 anos, sendo que a partir dos 14 anos pode-se trabalhar como aprendiz.

Compartilhar:

Aces cobra Conclusão das Obras e Ordenamento da Fernando Guilhon

O prazo para conclusão da duplicação da rodovia municipal Fernando Guilhon, no perímetro da Avenida Maracanã até a rua B, era até dezembro de 2014. As obras iniciaram em setembro do ano passado, porém pouco se avançou e o canteiro de obras deu lugar aos inúmeros transtornos de trafegabilidade. Buscando um prazo definitivo para conclusão da obra, a Associação Comercial e Empresarial de Santarém participa nesta quarta-feira (16/09), às 15 horas, na Câmara Municipal de uma reunião específica envolvendo com governo municipal, entidades de bairros e de classe.

Com a lentidão nas obras, os congestionamentos são constantes e a situação se agrava no fim de semana, pois a rodovia municipal é a principal via de acesso para o shopping, praias, aeroporto, região do Eixo Forte e demais localidades. Até a circulação de carretas não tem sido possível em decorrência das obras inacabadas na rodovia.

A primeira etapa da obra prevê 1.440m de extensão com pavimentação, construção de calçamento, meio-fio e drenagem, além da pista de aceleração e desaceleração nas proximidades do Rio Tapajós Shopping.

Por esta questão, a ACES participará da reunião com a proposta de solicitar maior celeridade nas obras deste trecho e pedir um prazo definitivo para a conclusão do projeto, pois economicamente as perdas têm sido diárias para quem precisa da rodovia para movimentar os negócios na cidade, além das dificuldades dos moradores do entorno.

Fonte: Ascom/Aces
Compartilhar:

Ação conjunta requer custeio para tratamento de saúde fora do país

Para garantir esperança de vida para uma jovem de 21 anos portadora de doença rara, o Ministério Público do Estado do Pará (MPE/PA) e o Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA) ajuizaram ação conjunta contra a União, Estado do Pará e município de Santarém. A ação foi ajuizada no último dia 9 na Justiça Federal em Santarém.

Os promotores de Justiça Tulio Chaves Novaes e Dully Sanae Otakara, do MPE/PA, e a procuradora da República Fabiana Schneider, do MPF/PA, na qualidade de substitutos processuais, requerem medida de urgência para que os réus custeiem o tratamento de Fabrícia Lima em Bangkok, na Tailândia, no valor total de R$ 130 mil.

A jovem, natural de Almeirim, no Pará, é portadora de “ataxia de Friedreich”. Os sintomas começaram aos oito anos, com dificuldades no andar, desequilíbrio e tontura. A doença se agravou nos seis anos em que Fabrícia buscou diagnóstico que a identificasse. Em 2007, com a jovem já dependente de cadeira de rodas, a doença foi confirmada no hospital Bettina Ferro de Souza, em Belém.

Tratamento com células-tronco - A doença, de origem genética, é neurodegenerativa e rara, com um a dois casos para cada 100 mil habitantes. Provoca movimentos desajeitados e trêmulos no andar, conhecido como marcha atáxica. Com o agravamento, surgem deformidades ósseas na coluna e nos pés, problemas na fala, movimentos anormais nos olhos, diabetes e doenças cardíacas. Esses sintomas já se manifestam em Fabrícia.

Quando recebeu o diagnóstico, a jovem já recebia acompanhamento no Hospital Sarah, em São Luiz (MA), referência em patologias que envolvem alterações na coordenação. Lá foi informada que não havia cura, mas pesquisas com uso de células- tronco estavam em andamento.

Em 2009, soube que na China estava sediada a única empresa que desenvolve a tecnologia para o tratamento com base em células-tronco para a doença. A família vendeu imóveis, fez uma campanha de arrecadação em Almeirim e conseguiu custear a viagem. Fabrícia recebeu oito injeções de células-tronco em abril de 2009, e mais seis em novembro do mesmo ano.

Após as injeções os sintomas regrediram, o que o tratamento realizado exclusivamente no Brasil não possibilita, pois é direcionado para amenizar e ensinar a conviver com a doença. Porém, o tratamento com células-tronco tem prazo de validade de cerca de cinco anos. No início de 2015, quando esse período se esgotou, a jovem voltou a sentir os efeitos da doença.

A empresa mudou a sede da China para Bangkok, na Tailândia. De acordo com informações apresentadas no processo, a paciente precisa ficar 25 dias na clínica para receber oito aplicações e demais terapias, no valor de 24 mil dólares.

Somados os valores estimados em passagens, estadia e alimentação de Fabrícia e um acompanhante, todos detalhados na ação, o MPE/PA e o MPF/PA requerem determinação de medida liminar para que os reús, em conjunto ou isoladamente, sejam obrigados a pagar os custos da viagem e do tratamento, no total de R$ 130 mil, considerando as variações de câmbio. O uso dos valores deve ser devidamente comprovado no processo judicial, e qualquer sobra deve ser devolvida.

Compartilhar:

Colégio Santa Clara realiza Jornada Missionária nos dias 25,26 e 27 de setembro

Por: Rúbia Corrêa*

Nos dias 25, 26 e 27 de setembro, os missionários do Colégio Santa Clara vão pegar a estrada rumo à Região 4 de Pastoral da Diocese de Santarém. A Jornada Missionária é realizada anualmente com o objetivo de levar amor, educação, assistência social e evangelizar comunidades distantes do centro urbano de Santarém e que tenham famílias em vulnerabilidade social.

Esta será a 18ª Jornada Missionária do CSC. Serão beneficiadas as comunidades de Jaguarari, Acaratinga, Pedreira e Piquiatuba, na Flona Tapajós. O grupo de missionários é formado por alunos, colaboradores, eternos alunos, pais e Irmãs SMIC.

A Jornada tem objetivos missionários e sociais dentro do contexto amazônico e é baseada no carisma de amor ao próximo de Dom Amando e Madre Imaculada, fundadores do Colégio Santa Clara. Nesta edição, missionários e comunidades são convidados a refletir sobre a importância da família. Para isso, os missionários participam de encontros de formação desde o início do ano letivo.

Além do caráter missionário, o Colégio Santa Clara fará assistência social através de oficinas. As comunidades serão beneficiadas com atividades pedagógicas, culturais, esportivas e de saúde. As oficinas são as mais variadas, desde as de higiene bucal até as de contação de histórias e produção textual.

Compartilhar:

DESTAQUE:

MPF pede indenização por desmatamento de mais de mil hectares de floresta na região do Jamanxim

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação contra Joel de Assis por desmatar mais de mil hectares de floresta nativa no munic...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive