terça-feira, 5 de abril de 2016

Área para instalação do Distrito Industrial desapropriada pelo Estado

A desapropriação de um terreno localizado no quilômetro 11, da rodovia Curuá-Una, para a implantação do Distrito Industrial de Santarém, no oeste do Pará, pautou o pronunciamento do vereador Valdir Matias Jr. (PV), durante a sessão ordinária desta terça-feira (5), na Câmara Municipal. O decreto de número 1.523, de 1º de abril de 2016, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), na edição da última segunda-feira (4), e objetiva a criação e implantação do polo industrial do município, demanda reivindicada há vários anos pelo setor produtivo. Valdir Matias Jr. lembrou que durante o tempo em que esteve à frente da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Turismo (Semdetur), participou de inúmeras reuniões com representantes de diversos setores, como o ceramista e madeireiro, por exemplo, e os empresários sempre ressaltavam a importância de um local apropriado para esses segmentos. Os encontros ocorreram durante as reuniões do Grupo de Gestão Integrada de Desenvolvimento Regional Sustentável (GGI), que trata das propostas para o fortalecimento das cadeias produtivas de Santarém.

O vereador lembrou que o município já presenciou por algumas vezes, diversas tentativas de instalação do DI, porém, as propostas nunca se efetivaram de fato. Desta vez, o governo do Estado sinaliza de forma positiva para a criação e implantação do distrito com a desapropriação da área, que pertence ao senhor Antonio Ferreira da Cunha. A próxima etapa para efetivação deste importante projeto para o município, segundo Matias Jr., é a emissão de posse, com o pagamento da área ao proprietário do imóvel. 75% do valor sairá dos cofres do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (CODEC) e os outros 25% serão pagos pela Prefeitura, parceira do governo estadual na implantação do DI, cujo principal objetivo é fomentar novos investimentos, como forma de trazer benefícios à economia por meio da agregação de valor à cadeia produtiva e, em especial, da oferta de empregos. “O município dá um importante passo para a implantação deste que, sem dúvida alguma, será um importante polo de desenvolvimento da economia local, proporcionando aos empresários de diversos setores, segurança e apoio para que eles possam continuar promovendo a geração de emprego e renda para o município com suas atividades. O DI é uma proposta que já vinha sendo debatida dentro das reuniões do GGI e agora torna-se uma realidade com a desapropriação da área para abrigar este polo industrial”, disse o vereador em seu pronunciamento.

A Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará adotará as medidas administrativas e a Procuradoria-Geral do Estado as medidas judiciais que se fizerem necessárias à desapropriação da área e efetiva implantação do Distrito Industrial de Santarém.

“O primeiro segmento que será instalado na área é o cerâmico, setor importante para a construção civil e que oferta inúmeros postos de serviços no município”, finalizou o parlamentar.
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Mais de 1.200 veículos retidos serão leiloados pelo Detran em Belém e Santarém

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) vai leiloar 1211 veículos, entre carros e motocicletas, que estão retidos nos par...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive