sexta-feira, 24 de junho de 2016

Polícia investiga estupro de jovem por mototaxista clandestino em Santarém

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em atendimento a Mulher (DEAM), instaurou um inquérito policial para investigar o estupro cometido por um mototaxista clandestino contra uma jovem de 18 anos. O crime ocorreu na manhã da última quarta-feira (22), no bairro Aeroporto Velho, em Santarém, no oeste do Pará. A vítima havia saído de uma casa de show e apanhou o motociclista que faz o serviço de transporte clandestino na avenida Moaçara. Era por volta das 5 horas, segundo relato feito pela jovem à polícia, quando ela parou o desconhecido e perguntou se ele estava fazendo corrida. Ele disse que sim. A moça então pediu para ele leva-la até a rua Angélica, no próprio bairro do Aeroporto Velho. 

A vítima seguiu viagem com o elemento que, ao chegar próximo ao endereço indicado pela passageira, desviou do caminho e entrou em uma rua escura. Lá, desceu da moto e obrigou a jovem a descer também, já ameaçando-a e agredindo-a. O mototaxista agarrou a vítima, levantou o vestido e começou então abusar sexualmente da garota que tentou reagir, mas era espancada a socos pelo maníaco. Foram cerca de cinco minutos de muito sofrimento, relatou à polícia. 

Após o crime, o tarado da moto fugiu levando todos os pertences da vítima, inclusive documentos, dinheiro e o celular. Ela ficou bastante machucada e sangrava muito. Sem condições de ir até a delegacia de polícia para registrar o crime, a moça foi para casa. Ela passou mal. Pela manhã, decidiu registrar na polícia o crime sofrido.

A moça registrou um Boletim de Ocorrência e detalhou como sofreu os abusos nas mãos do mototaxista maníaco. A polícia já iniciou as investigações no intuito de tentar identificar e localizar o estuprador, que permanece foragido. Investigadores da DEAM e o serviço reservado da Polícia Militar estão nas ruas, fazendo diligências, tentando retirar de circulação este elemento perigoso. 

A polícia orienta as mulheres a evitarem utilizar o serviço clandestino de mototáxi, visto que é de conhecimento de todos que muitos que exercem esta atividade estão atuando apenas para cometer crimes como assaltos, furtos, tráfico de drogas e agora, até estupro. “As pessoas precisam evitar andar com esses indivíduos. Muitos deles são marginais, são bandidos, que se aproveitam da condição de mototaxista para roubar, assaltar e estuprar. Evitem esse tipo de serviço, sobretudo durante à noite e na madrugada, quando os riscos são bem maiores”, disse um investigador da DEAM ao QP.
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Mais de 1.200 veículos retidos serão leiloados pelo Detran em Belém e Santarém

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) vai leiloar 1211 veículos, entre carros e motocicletas, que estão retidos nos par...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive