Santarém - 356 anos

Santarém - 356 anos

..

..

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Empresa realiza simulação sobre riscos de acidentes

Eletricistas em ação e muitas simulações de acidentes com riscos de morte. Foi assim o final de semana dos colaboradores da concessionária de energia elétrica que atuam no município de Santarém. E eles não estavam sozinhos. Uma equipe de engenheiros auxiliou os profissionais, na simulação de situações de risco com a energia elétrica, que aconteceu em algumas áreas da cidade, chamando a atenção dos moradores. O trabalho preventivo com os eletricistas é rotineiro e visa garantir que possam trabalhar com segurança, e ajudar a levar energia elétrica para, aproximadamente, 85 mil santarenos, diariamente.

As simulações realizadas se aproximam, ao máximo possível da realidade, utilizando estruturas usuais nos serviços realizados diariamente. Elas servem para reforçar o aprendizado dos técnicos, principalmente na hora de lidar com a energia, e garantir a qualidade no serviço. Na ocasião, eles ainda são orientados sobre como prestar os primeiros socorros em caso de acidente.

No levantamento feito pela empresa, não há registros de acidentes graves em Santarém neste ano. Isso é atribuído aos cuidados da empresa para evitar que a vida dos colaboradores fiquem em risco.

Há quatro anos na empresa, o eletricista, Pedro Jarlis, participou da simulação pela segunda vez. E cada vez mais se surpreende com o aprendizado adquirido. “Agimos como se fosse tudo real, com equipamentos de última geração”, reforçou.

Para o eletricista, o treinamento não deixa nada a desejar aos grandes centros e permite que as equipes desenvolvam um trabalho com eficiência e qualidade. São quatro horas de treinamento onde os participantes aprendem tudo da área, inclusive a salvar vidas. “Isso envolve sentimento, responsabilidade e, claro, muito cuidado com a gente e com os nossos próximos. Espero nunca poder resgatar um amigo, um chefe de família e, sim, que possamos voltar para casa todos os dias sãos e salvos.

Durante o treinamento, feito com revezamento de equipes (cada uma formada por 20 profissionais), são observadas possíveis falhas, a fim de evitar que problemas semelhantes ocorram no dia a dia, haja vista que o trabalho de campo envolve riscos e qualquer descuido pode ser fatal.

De acordo com o líder técnico da concessionária, Márcio Rêgo, durante o treinamento é possível simular todos os passos de segurança e checar uso de equipamentos modernos adquiridos pela empresa e que são indispensáveis nas ações de campo. “Trabalhar com energia elétrica requer cuidados e muito treinamento, por se tratar de um trabalho perigoso se não manuseado corretamente”, ressaltou.


Consumidores devem observar segurança com a rede elétrica
Construções muito próximas a rede elétrica e o manuseio da fiação por pessoas não habilitadas costumam ser algumas das principais causas de acidentes envolvendo eletricidade.

No caso das construções civis, a concessionária orienta que as edificações mantenham uma distância de, no mínimo, 1,7 metro da fiação elétrica. Em situações nas quais o imóvel possua dois pavimentos, com sacada, essa distância deverá ser de 3,0 metros. Já as placas de publicidade, onde periodicamente trabalhadores executam ações próximas à rede elétrica, a distância da fiação deverá ser também de 1,7 metros, no mínimo.

O risco de acidente nesses casos é grande, já que por um descuido a pessoa que está trabalhando pode ter algum contato ou até mesmo encostar algum material metálico na rede. Além disso, existe outro grande risco relacionado a determinados níveis de tensão em que não é necessário tocar na rede para levar uma descarga. Nessas situações, apenas a aproximação com a fiação já pode resultar em um grave acidente.

Conforme o executivo da área de segurança da Celpa, Alex Fernandes, a maioria dos acidentes poderia ser evitado se as pessoas tomassem as devidas precauções. “Uma das maiores causas desses imprevistos está ligada a execução de serviços muito próximos à rede, a exemplo de construções, reformas, pinturas e manutenção de fachadas. Outro fator determinante são os procedimentos relacionados ao furto de energia, onde, na maioria das vezes, pessoas não habilitadas entram em contato com a rede elétrica para realizar a fraude”, disse.

Ainda segundo o executivo, antes de fazer qualquer construção, a pessoa responsável sempre deve verificar a localização da rede de distribuição de eletricidade e manter a distância. “Tomando todos esses cuidados podemos minimizar consideravelmente os números de acidentes provocados pela falta de atenção com a rede elétrica. E reforçamos que somente profissionais habilitados podem fazer procedimentos na fiação”, finalizou Alex.
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Ator Paulo Silvino morre aos 78 anos no Rio

O ator e humorista Paulo Silvino morreu na manhã de hoje (17), aos 78 anos, em sua casa na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade d...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive