sexta-feira, 29 de julho de 2016

Mais de 100 mil candidatos farão concurso da PM neste domingo

No próximo domingo, 31, mais de 105 mil candidatos concorrerão a uma das 2.194 vagas do concurso da Polícia Militar do Pará (PMPA) aos cursos de Formação de Praças (CFP), Formação de Oficiais (CFO) e Adaptação de Oficiais (Cado), que a Secretaria de Estado da Administração e a PM, sob a organização da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), promovem nas cidades de Belém, Marabá, Santarém e Altamira. As provas de conhecimentos gerais serão aplicadas em 2.260 salas, nos seguintes horários: Cado, das 8h ao meio dia; CFP, das 8h ao meio dia, e CFO, das 14h30 às 18h30.

Belém aparece com o maior número de candidatos inscritos (58.919), seguida de Marabá (30.126), Santarém (12.010) e Altamira (3.618). Eles farão provas em 180 unidades de ensino distribuídas pelas quatro cidades do interior paraense.

Pela manhã, na capital do Estado, aproximadamente 50 mil candidatos farão as provas do Cado e do CFP, sendo o campus da FAP-Estácio, no bairro Umarizal, o local com maior quantidade de inscritos (4.710). À tarde, 9.204 candidatos disputarão uma das vagas do CFO, destes 1.668 inscritos estarão lotados no campus Profissional da Universidade Federal do Pará (UFPA), no bairro Guamá. No total, serão utilizadas 69 unidades de ensino para aplicação das provas na cidade.

Marabá, no sudeste do Pará, teve mais de 30 mil inscrições. Os candidatos realizarão as provas em 82 unidades de ensino do município. Dos 26.646 inscritos para fazer provas pela manhã, a Faculdade Metropolitana de Marabá, na Nova Marabá, receberá o maior número, 3.006 candidatos. Já à tarde, 3.480 concorrentes farão as provas para o CFO, sendo que 699 estarão lotados na Unidade II da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, no bairro Cidade Jardim, local que concentrará o maior número de pretendentes a uma vaga.

Localizada no oeste do Estado, Santarém receberá provas em 19 unidades de ensino. O Cado e o CFP, pela manhã, terão 10.460 candidatos, sendo que destes, 1.970 estarão concentrados no Centro Universitário Luterano de Santarém, no bairro Diamantino. O Campus Tapajós da Universidade Federal do Oeste do Pará, no bairro Salé, abrigará 590 inscritos, de um total de 1.550, para as provas do CFO no turno da tarde.


Com provas em 10 unidades de ensino, Altamira, no sudoeste paraense, terá 3.220 inscritos fazendo provas pela manhã. A Escola Municipal de Ensino Fundamental Dom Clemente Geiger, no bairro Brasília, terá 455 alunos, o maior número de inscritos, e também receberá os 398 concorrentes às vagas do CFO no turno da tarde.

Os candidatos de Altamira lotados na Escola Dr. Ulysses Guimarães, que já imprimiram seus cartões, devem reimprimi-los no site da Fadesp (http://www.portalfadesp.org.br/concursos), pois o local de prova desses candidatos foi alterado para o Campus II da UFPA, localizado na Rua Coronel José Porfírio, no bairro São Sebastião.

Demanda

A demanda de candidatos por vaga para o certame mostrou que os cargos com as maiores concorrências nos três editais foram os de oficial feminino (286,94 candidatas por vaga), praça feminino (113,76 candidatas por vaga) e oficial com especialidade em Fisioterapia (250 candidatos).

Com 88.063 candidatos inscritos, o CFP teve a maior concorrência. São duas mil vagas oferecidas, das quais 200 para mulheres e 1,8 mil para homens – o que estabelece, de acordo com a demanda, a concorrência de 113,76 candidatas por vaga, no caso feminino, e 36,13 candidatos para cada vaga ofertada, no masculino.

Já o CFO registrou 14.653 inscritos para as 144 vagas ofertadas, gerando a demanda de 286,94 candidatas por vaga e 69,63 concorrentes do sexo masculino por vaga. O Cado teve 2.3350 inscritos para 34 vagas oferecidas pela corporação. Pela demanda, depois de Fisioterapeuta, os cargos mais concorridos são o de cirurgião dentista – clínico geral (211 candidatos por vaga) e farmacêutico (194 candidatos).

Segurança

A Fadesp garantirá a segurança do concurso com o uso de detectores de metais, identificação de digitais nas provas, de maneira a eliminar qualquer possibilidade de cola, além de acomodar as provas embaladas em envelopes com lacre e posteriormente acondicioná-las em malotes fechados com lacre de segurança e código de barras. Serão 10.200 profissionais treinados trabalhando nas quatro cidades onde as provas serão aplicadas: 250 coordenadores; 1.500 assessores e 8.450 fiscais.

Para tornar mais célere e unificar a tomada de decisões, a PM estará com um Gabinete de Situação em cada um dos municípios onde haverá provas. Em Belém, será no Centro Integrado de Operações (Ciop), no bairro Cidade Velha. A Polícia Civil também colocou à disposição o serviço de rastreamento de telefones, que auxiliará no combate ao uso indevido de equipamentos eletrônicos e tem monitorado a circulação de informações, através da ação da Delegacia de Crimes Virtuais. A Inteligência dos órgãos estará em alerta máximo para evitar qualquer ocorrência. Mais de dois mil policiais farão o policiamento nas áreas de provas, em um trabalho integrado.

Remuneração

Por um ano, os candidatos aprovados participarão do Curso de Formação de Praças e Oficiais. Durante o Curso de Formação de Praças, o aluno soldado receberá remuneração de R$ 788, e após a conclusão, de R$ 2.836,80. Já durante o Curso de Formação de Oficiais, o aluno receberá remuneração de R$ 1.005,71. Na condição de aspirante a oficial, ele permanecerá com o mesmo vencimento. Durante e após a conclusão do Curso de Adaptação de Oficiais, o oficial aluno (área de saúde) receberá remuneração de R$ 5.781,31. Todos os cargos farão jus ao auxílio-alimentação mensal no valor de R$ 650, durante e após a conclusão do curso.

A organização do certame lembra que os candidatos lotados em unidades escolares na Avenida Perimetral e proximidades da Avenida Bernardo Sayão, no bairro Guamá, em Belém, devem atentar para obras que vêm sendo executadas nas duas vias, inclusive com interdição de alguns trechos, para que procurem chegar o mais cedo possível. A orientação é valida também para as demais cidades. Outro alerta dos organizadores é para que os candidatos sempre busquem informações do concurso na página de acompanhamento no site da Fadesp: http://www.portalfadesp.org.br/concursos.

O Governo do Estado, com a realização deste concurso, somado ao do Corpo de Bombeiros Militar do Pará, que está com a quarta e última etapa em andamento e o da Polícia Civil do Estado, que tem incrições abertas até o próximo dia 21 de agosto, aumentará o efetivo da segurança pública no Pará em 3.174 vagas em cargos de nível médio e superior. O último certame da PM foi realizado em 2012, com 2.180 vagas ofertadas e cerca 50 mil inscritos.

A Seead chama a atenção dos candidatos inscritos para que leiam o edital na íntegra e atentem para as seguintes recomendações:

- O candidato deve comparecer ao local das provas com antecedência mínima de 60 minutos do horário de início, portando comprovante de inscrição, documento de identificação original com foto e caneta esferográfica de corpo transparente, de tinta azul ou preta;

- São proibidos, durante as provas, qualquer tipo de comunicação entre os candidatos e o uso de máquinas calculadoras ou similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de consulta, protetor auricular, lápis, borracha ou corretivo;

- Não é permitido ao candidato ingressar na sala de provas sem o devido recolhimento, com respectiva identificação, dos seguintes equipamentos: bip, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, iPod, iPad, tablet, smartphone, MP3, MP4, receptor, gravador, calculadora, câmera fotográfica, controle de alarme de carro e relógio de qualquer modelo. O descumprimento desta determinação implicará na eliminação do candidato, configurando-se tentativa de fraude. Para evitar qualquer situação neste sentido, o candidato deve evitar portar quaisquer equipamentos acima citados no local da prova;

- É proibido fazer prova portando arma. Caso o candidato leve arma no dia da prova de conhecimentos, deverá comunicar o fato à Fadesp, que providenciará o encaminhamento do candidato à Polícia Civil para que se faça o devido acautelamento, nos termos da legislação pertinente;

- É proibido ao candidato afastar-se da sala de aplicação das provas sem o devido acompanhamento do fiscal;

- O candidato só pode sair do local das provas duas horas após o início da etapa;

- O candidato não pode levar o Boletim de Questões. Ele será divulgado no site da Fadesp no dia seguinte às provas, juntamente com o gabarito preliminar.

Fonte: Agência Pará
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Mais de 1.200 veículos retidos serão leiloados pelo Detran em Belém e Santarém

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) vai leiloar 1211 veículos, entre carros e motocicletas, que estão retidos nos par...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive