Santarém - 356 anos

Santarém - 356 anos

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Possível vítima de tortura, agressão e cárcere privado, professora presta depoimento

A professora Maria Geuciane Lopes Nobre, 39 anos, prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (25) ao delegado Herbert Farias Jr., da Polícia Civil de Santarém, no oeste do Pará.

A vítima acusa a ex-secretária adjunta da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Marilza Serique e mais alguns familiares de serem os autores da violência sofrida por ela na noite de terça-feira (24).

A denúncia foi mostrada pelo Jornal Tapajós 1ª edição, da TV Tapajós, hoje e ganhou ampla repercussão na cidade, inclusive gerando protestos nas redes sociais.

Durante a presença da professora na 16ª Seccional Urbana de Santarém, estudantes, professores e representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) manifestaram apoio à vítima e cobraram justiça contra os possíveis agressores.

Na tarde de ontem, o Sintepp emitiu uma nota de repúdio contra a possível violência sofrida pela professora Maria Geuciane Lopes.


Um inquérito policial foi instaurado para apurar a grave denúncia. O Ministério Público do Estado também foi acionado.

As pessoas denunciadas pela professora Geuciane Lopes ainda não se pronunciaram sobre o caso.

NOTA DE REPÚDIO DO SINTEPP

O SINTEPP (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará) subsede Santarém vem a público repudiar veementemente o ato brutal, violento, desumano e de tortura contra a Servidora Pública Estadual, Profa. Maria Geuciane de Jesus Lopes. Ato esse praticado pela família Serique, nas pessoas de Marilza Serique, Samai Serique e Saron Serique.

Foi uma ação extremamente violentadora contra a dignidade de uma pessoa, especialmente por se tratar de educadoras contra educadora e, portanto, uma severa perfídia à natureza humana e aos princípios sagrados da Constituição Federal do Brasil.

Assim, NÓS, trabalhadores e, especialmente, TRABALHADORAS da Educação Pública Estadual, expressamos com profundo pesar essa NOTA DE REPÚDIO contra essa brutalidade e sangria a uma trabalhadora da educação.

Sentimos porque somos humanos. Mas, também porque humanos somos, nos indignamos e repudiamos esse ato de violência e de tortura contra a ilustre Servidora Pública Maria Geuciane de Jesus Lopes.

SINTEPP A FAVOR DA VIDA E CONTRA TODO ATO DE VIOLÊNCIA!
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

WSP é pioneira em lançar seu próprio aplicativo

Já é neste sábado (24), o lançamento do aplicativo da WSP, desenvolvido pela empresa para aproximar ainda mais as pessoas.  O aplicat...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive

PUBLICIDADE: