sábado, 4 de fevereiro de 2017

Ameaça à liberdade de expressão

O Ministério Público do Estado do Pará (MPE) deve receber na próxima segunda-feira (6), uma representação por crime de ameaça contra Erasmo Maia, ex-vereador e atual chefe de gabinete do prefeito Nélio Aguiar (DEM), em Santarém, no oeste do Pará.

A representação é resultado de uma tentativa de agressão, intimidação e ameaças feitas por Erasmo Maia, na manhã do último dia 30, quando chegava ao Fórum, para uma audiência contra o também blogueiro Hiromar Cardoso. O chefe de gabinete não gostou da presença de Jeso Carneiro, que fazia seu trabalho como jornalista e apenas cobria a audiência.


Erasmo Maia fez ameaças e tentou intimidar o jornalista, numa afronta à liberdade de imprensa. Naquele mesmo dia, Jeso Carneiro compareceu à 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil em Santarém para registrar um Boletim de Ocorrência contra o ex-vereador por ameaças.

Pelo histórico de agressões e atos criminosos contra ele e seus familiares, Jeso decidiu não se calar e está buscando na Justiça, uma forma de proteção tanto para sua vida e vida de seus parentes quanto à garantia do pleno exercício de sua profissão como jornalista sem ser intimidado ou ameaçado.

O jornalista e blogueiro disse ao QP que teme por sua vida e a vida de seus familiares. “Tenho histórico de agressões contra minha pessoa e meus familiares. Erasmo é o homem forte do Nélio Aguiar”, alertou Jeso Carneiro.

Uma observação importante neste contexto e que deve ser levado em consideração é que o jornalista Jeso Carneiro não inventou nenhuma das inúmeras ações que o ex-prefeito Lira Maia e membros de sua família respondem na Justiça. As ações surgiram em decorrências de investigações feitas por órgãos fiscalizadores do dinheiro público. Lira Maia e alguns de seus parentes são réus em muitos processos instaurados pela Justiça por inúmeros crimes, tais como improbidade administrativa e desvio de recursos públicos.

Jeso Carneiro, como jornalista, faz o seu papel em informar a sociedade sobre atos inescrupulosos de maus gestores que fazem uso da máquina pública para enriquecer às custas do dinheiro do povo.


Nenhuma instituição que defende os direitos dos profissionais de imprensa se manifestou em favor do jornalista. Na Câmara de Vereadores de Santarém, o fato simplesmente foi ignorado por aquele Poder.

“Liberdade de expressão é o direito de qualquer indivíduo manifestar, livremente, opiniões, ideias e pensamentos pessoais sem medo de retaliação ou censura por parte do governo ou de outros membros da sociedade. É um conceito fundamental nas democracias modernas nas quais a censura não tem respaldo moral”.
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Mais de 1.200 veículos retidos serão leiloados pelo Detran em Belém e Santarém

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) vai leiloar 1211 veículos, entre carros e motocicletas, que estão retidos nos par...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive