domingo, 21 de maio de 2017

Santarém é sede do Seminário sobre a encíclica Laudato Si

Esta carta do Papa Francisco aborda o Cuidado da Casa Comum, enfatizando a atenção ao meio ambiente e a toda criação

A cidade de Santarém é sede do Seminário da Rede Eclesial Pan-amazônica (REPAM), sobre a encíclica do Papa FranciscoLaudato Si (Louvado Seja, o Cuidado da Casa Comum), que acontece de 22 a 24 de maio. O evento busca servir na articulação das lutas sociais em defesa da vida e dos povos da Amazônia, no Oeste do Pará, influindo no futuro da região. O seminário abrange as Dioceses de Santarém e Óbidos, e Prelazia de Itaituba. A organização do encontro é de responsabilidade da Pastoral Social e Cáritas da Diocese de Santarém.

O evento acontece em três momentos: dois serão abertos ao público para discutir o papel das universidades na região e outro que será fechado, tem como principal objetivo a criação de uma Rede Eclesial no Oeste do Pará, em defesa do território.

Presenças

Neste evento terá a presença da secretária da Repam Brasil e assessora da Comissão Episcopal para a Amazônia, irmã Maria Irene Lopes, do coordenador Nacional das Pastorais Sociais, Frei Olavio Dotto - OFM, da Coordenadora do Setor de Comunicação da Repam Brasil, Irmã Osnilda Lima, e da coordenadora dos Seminários Laudato Si, Izalene Tiene.

Programação aberta ao público

Segundo a coordenadora da Cáritas da Diocese de Santarém, Francely Brandão, o evento vai contar com dois momentos abertos ao público no campus Amazônia, da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa): “O primeiro é nesta segunda-feira a partir das 16h30 com o credenciamento dos participantes. O outro momento aberto vai ser na terça-feira às 18h. A inscrição é gratuita e pode ser feita na hora. Serão disponibilizados certificados para quem tiver interesse”.

Ainda de acordo com Francely, a intenção dessa programação na Ufopa é para discutir qual o papel das universidades na região. “Estamos produzindo conhecimento para quem? A serviço de quem? Essa discussão não é somente para acadêmicos, mas para toda a população, movimentos sociais que queiram participar, dentre outros”, destacou.

A outra parte será para um público fechado, para 120 pessoas das Dioceses de Santarém, Óbidos e Prelazia de Itaituba. “Será um momento que podemos fazer um levantamento da problemática, mas também das organizações e experiências positivas que estão acontecendo nesta região e por isso um seminário eclesial, como a igreja está acompanhando isso ou como precisa acompanhar essas discussões. Devemos sair com resultados positivos”, garantiu Francely.

As vagas estão todas preenchidas. Essa programação vai acontecer no Seminário São Pio X das 8h às 17h30 no dia 23 e no dia 24, das 8h às 16h45.

Programação detalhada aberta ao público

22/05 (Segunda-feira)

16h30 – Credenciamento
18h30 – Mesa de abertura
19h – Palestra “O Sentido da Rede Eclesial Panamazônica – REPAM, na conjuntura Pan-amazônica atual”

19h45: Palestra “Crítica ao antropocentrismo que não sabe conviver fraternalmente com a criação, novo paradigma socioambiental: caminhos de convivência e comunhão com a natureza”. Prof.dr. Antônio Pinheiro, da Universidade Federal do Oeste do Pará.

21h – Encerramento do dia.
23/05 (Terça-feira)

18h00: Palestra “Ciência e tecnologia no Oeste do Pará, a serviço da quem?” Prof. Paulo Henrique Lima, do Instituto Esperança de Ensino Superior – IESPES.

19h30: Palestra “Qual é a identidade das Universidades frente aos desafios no Oeste do Pará, segundo as expectativas dos movimentos e organizações sociais e da população que mora nesta região?” Prof.dr. Valdomiro de Sousa, da Universidade Federal do Oeste do Pará.
20h45: Encerramento da programação na Ufopa.


A Repam

Desde o ano passado, a Rede Eclesial Pan-Amazônica está promovendo em Dioceses e Prelazias que fazem parte da Amazônia Legal, seminários sobre a encíclica do Papa Francisco Laudato Si. A iniciativa visa contribuir para o intercâmbio e colaboração dos esforços em defesa da vida, da floresta amazônica, das populações locais e do bem comum em toda a bacia amazônica dando uma atenção especial para as fronteiras.

A Repam é uma articulação do trabalho realizado nos nove países que possuem território na floresta amazônica e que compõe a chamada Pan-Amazônia. A Rede quer e pretende fazer uma articulação na ação pastoral e evangelizadora entre os nove países.

Fonte: Pastoral da Comunicação
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Aumento no número de idosos reflete nos gastos com aposentadorias no Pará, diz especialista

A expectativa de vida de quem nasce no Pará passou de 71 , 9 anos em 2015 para 72,1, no ano passado. Os dados são do Instituto Brasileiro d...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive