domingo, 21 de maio de 2017

Santarém é sede do Seminário sobre a encíclica Laudato Si

Esta carta do Papa Francisco aborda o Cuidado da Casa Comum, enfatizando a atenção ao meio ambiente e a toda criação

A cidade de Santarém é sede do Seminário da Rede Eclesial Pan-amazônica (REPAM), sobre a encíclica do Papa FranciscoLaudato Si (Louvado Seja, o Cuidado da Casa Comum), que acontece de 22 a 24 de maio. O evento busca servir na articulação das lutas sociais em defesa da vida e dos povos da Amazônia, no Oeste do Pará, influindo no futuro da região. O seminário abrange as Dioceses de Santarém e Óbidos, e Prelazia de Itaituba. A organização do encontro é de responsabilidade da Pastoral Social e Cáritas da Diocese de Santarém.

O evento acontece em três momentos: dois serão abertos ao público para discutir o papel das universidades na região e outro que será fechado, tem como principal objetivo a criação de uma Rede Eclesial no Oeste do Pará, em defesa do território.

Presenças

Neste evento terá a presença da secretária da Repam Brasil e assessora da Comissão Episcopal para a Amazônia, irmã Maria Irene Lopes, do coordenador Nacional das Pastorais Sociais, Frei Olavio Dotto - OFM, da Coordenadora do Setor de Comunicação da Repam Brasil, Irmã Osnilda Lima, e da coordenadora dos Seminários Laudato Si, Izalene Tiene.

Programação aberta ao público

Segundo a coordenadora da Cáritas da Diocese de Santarém, Francely Brandão, o evento vai contar com dois momentos abertos ao público no campus Amazônia, da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa): “O primeiro é nesta segunda-feira a partir das 16h30 com o credenciamento dos participantes. O outro momento aberto vai ser na terça-feira às 18h. A inscrição é gratuita e pode ser feita na hora. Serão disponibilizados certificados para quem tiver interesse”.

Ainda de acordo com Francely, a intenção dessa programação na Ufopa é para discutir qual o papel das universidades na região. “Estamos produzindo conhecimento para quem? A serviço de quem? Essa discussão não é somente para acadêmicos, mas para toda a população, movimentos sociais que queiram participar, dentre outros”, destacou.

A outra parte será para um público fechado, para 120 pessoas das Dioceses de Santarém, Óbidos e Prelazia de Itaituba. “Será um momento que podemos fazer um levantamento da problemática, mas também das organizações e experiências positivas que estão acontecendo nesta região e por isso um seminário eclesial, como a igreja está acompanhando isso ou como precisa acompanhar essas discussões. Devemos sair com resultados positivos”, garantiu Francely.

As vagas estão todas preenchidas. Essa programação vai acontecer no Seminário São Pio X das 8h às 17h30 no dia 23 e no dia 24, das 8h às 16h45.

Programação detalhada aberta ao público

22/05 (Segunda-feira)

16h30 – Credenciamento
18h30 – Mesa de abertura
19h – Palestra “O Sentido da Rede Eclesial Panamazônica – REPAM, na conjuntura Pan-amazônica atual”

19h45: Palestra “Crítica ao antropocentrismo que não sabe conviver fraternalmente com a criação, novo paradigma socioambiental: caminhos de convivência e comunhão com a natureza”. Prof.dr. Antônio Pinheiro, da Universidade Federal do Oeste do Pará.

21h – Encerramento do dia.
23/05 (Terça-feira)

18h00: Palestra “Ciência e tecnologia no Oeste do Pará, a serviço da quem?” Prof. Paulo Henrique Lima, do Instituto Esperança de Ensino Superior – IESPES.

19h30: Palestra “Qual é a identidade das Universidades frente aos desafios no Oeste do Pará, segundo as expectativas dos movimentos e organizações sociais e da população que mora nesta região?” Prof.dr. Valdomiro de Sousa, da Universidade Federal do Oeste do Pará.
20h45: Encerramento da programação na Ufopa.


A Repam

Desde o ano passado, a Rede Eclesial Pan-Amazônica está promovendo em Dioceses e Prelazias que fazem parte da Amazônia Legal, seminários sobre a encíclica do Papa Francisco Laudato Si. A iniciativa visa contribuir para o intercâmbio e colaboração dos esforços em defesa da vida, da floresta amazônica, das populações locais e do bem comum em toda a bacia amazônica dando uma atenção especial para as fronteiras.

A Repam é uma articulação do trabalho realizado nos nove países que possuem território na floresta amazônica e que compõe a chamada Pan-Amazônia. A Rede quer e pretende fazer uma articulação na ação pastoral e evangelizadora entre os nove países.

Fonte: Pastoral da Comunicação
Compartilhar:

0 comentários:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Alcoa tem projetos de neutralização de emissões no Brasil inseridos no prêmio Global ReLeaf 2019

Quatro projetos de neutralização das emissões de CO2 desenvolvidos pela Alcoa no Brasil estão entre os dez escolhidos para o prêmio Globa...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive