terça-feira, 4 de julho de 2017

Caso de pedofilia em Santarém repercute no Senado

video

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, leu em Plenário as indicações partidárias para composição da CPI contra maus-tratos à infância, proposta pelo senador Magno Malta (PR-ES).

O senador Magno Malta deu destaque ao caso envolvendo o médico Álvaro Cardoso Magalhães, preso durante a operação ‘Anjo da Guarda’, deflagrada na manhã desta segunda-feira (3), em Santarém, no oeste do Pará.

“Imagens apreendidas pela polícia, na segunda-feira, comprovam que o médico Álvaro Cardoso Magalhães e duas mulheres serão indiciados por crimes de estupro e pedofilia. Registro que a criança abusada tinha apenas 3 meses de idade. Para tanto, senhor presidente, nós queremos instalar essa CPI de maus tratos infantis, que é uma pauta positiva e necessária para a sociedade”, destacou o senador.

O médico que foi preso acusado de abusar de duas crianças, uma de três meses e outra de quase 3 anos.

Posicionamento do Conselho Regional de Medicina/ Secretaria Municipal de Saúde e Hospital Regional do Baixo Amazonas

O Conselho Regional de Medicina (CRM) tomou ciência dos fatos nesta terça-feira (4), através da imprensa, e irá instaurar procedimento investigativo, como de praxe nos casos que envolvem denúncia de ato médico.

O CRM conclui a nota informando que vai assegurar o direito à ampla defesa e ressalta sobre o sigilo da tramitação procedimental, de acordo com o artigo 1, do Código de Processo Ético-Profissional.

Além do médico, duas mulheres também foram presas por pedofilia e estupro de vulnerável. As prisões fazem parte da Operação 'Anjo da Guarda'. Nesta terça-feira (4), as acusadas foram agredidas e tiveram os cabelos cortados por detentas da ala feminina da Central de Triagem, na penitenciária de Santarém.

Hospital Regional

A direção do Hospital Regional do Baixo Amazonas informou que está à disposição da Justiça para contribuir com a investigação. O hospital informou que já instaurou um processo administrativo para apurar se houve desvio de conduta de Álvaro Cardoso durante o seu período de atuação na unidade. A direção ressalta ainda que nunca recebeu denúncia, de qualquer tipo, contra o profissional, e aguarda o andamento das investigações para tomar as medidas cabíveis.

Semsa

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou também por meio de nota, que já enviou ofício ao Hospital Municipal de Santarém (HMS) e Unidade de Pronto Atendimento (UPA), solicitando a abertura de sindicância para apurar se houve conduta fora da ética médica cometida durante as atividades, pelo médico residente Álvaro Cardoso, suspeito de envolvimento em casos de pedofilia.

A Semsa lamenta o ocorrido e reforça que todas as medidas necessárias estão sendo adotadas para garantir a integridade de todos os usuários que procuram por atendimento nas unidades de saúde do município.

Nota Susipe

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) informou que as duas detentas se encontram provisoriamente na sede do Ministério Público do Estado (MPE), aguardando serem encaminhadas para outro local. Elas foram agredidas por outras presas no Centro de Recuperação Agrícola ‘Silvio Hall de Moura’, em Cucurunã. Elas passam bem.

Já o médico Álvaro Magalhães continua na Central de Triagem da Penitenciária Agrícola.
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Defesa Civil interdita, de forma preventiva, trecho da orla de Santarém

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), interditou, de forma preventiva, um trecho da orla da cidade que fica em frente à R...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive