domingo, 15 de outubro de 2017

Termo de Cooperação garante a conclusão de terminal hidroviário


O Governo do Estado do Pará, por meio da Companhia de Portos e Hidrovias (CPH), e a Prefeitura de Alenquer, no oeste paraense, firmaram na última sexta-feira, 13, Termo de Cooperação Técnica para reforma, adequação e conclusão do terminal hidroviário de cargas e passageiros, localizado na orla da cidade, banhada pelo rio Surubiú.

O objetivo da CPH é concluir a obra paralisada há quase 10 anos e melhorar as condições da população que utiliza o transporte fluvial no município. Após a assinatura do documento entre os dois entes públicos, a CPH publicará nos próximos dias, no Diário Oficial do Estado, os critérios para o procedimento licitatório para a contratação de serviços para elaboração e execução da obra, estimada inicialmente em R$ 1.850.000,00.

No último levantamento divulgado esse ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de Alenquer conta hoje com uma população de 55.246 habitantes, que sofrem com a ausência de uma estrutura portuária mínima para deslocar-se a outros municípios ou a localidades dentro da própria cidade.

Para o prefeito de Alenquer, Juraci Estevam, a falta de um porto impacta diretamente na economia e no PIB local. "Esse terminal será de extrema necessidade para que os produtos sejam embarcados e outros desembarcados em Alenquer e assim fazer a economia fluir, principalmente por meio do comércio, que hoje se encontra prejudicado pela falta de um porto", ressaltou o prefeito.

Além de viabilizar a economia do município, a obra do terminal vai trazer facilidade aos passageiros que utilizam diariamente o transporte fluvial em Alenquer. "É um equipamento público para que nosso povo possa ter melhor condição para embarque e desembarque, principalmente idosos, crianças e portadores de necessidades especiais. Nossa população está privada em utilizar este equipamento, já que desde 2008 esse porto está interditado", observou o gestor.

O presidente da CPH, Alexandre Von, explicou que no mês de julho esteve em Alenquer, com técnicos do órgão, discutindo com o prefeito e sua equipe medidas para retomar e concluir a obra. "Depois das análises, nós firmamos esse Termo de Cooperação Técnica com o objetivo de destravarmos efetivamente essa obra e procurarmos concluí-la para que a população de Alenquer possa enfim ser beneficiada", relatou o presidente.

Projeto

Von informou que a partir da assinatura do Termo, a CPH vai licitar e contratar uma empresa especializada na elaboração do projeto executivo. "Nos próximos 90 dias pretendemos ter esse projeto executivo em mãos, para que em 2018, efetivamente, a obra de reforma, recuperação da estrutura, conclusão e implantação de um conjunto naval, que não foi previsto no projeto original e permitirá mais segurança e acessibilidade ao terminal, possa ser realizada e até final do ano que vem essa estrutura possa ser utilizada pelos habitantes de Alenquer", explicou.

A assinatura do Termo de Cooperação foi celebrada na sede da Prefeitura de Alenquer e contou com a presença do vice-prefeito Josino Filho (PP), servidores públicos e lideranças políticas, entre elas representantes da Câmara Municipal: os vereadores Arnaldo Fernandes (DEM) e Zezinho Valente (PSDB). (Ag. Pará)
Compartilhar:

0 comentários:

DESTAQUE:

Madeira ilegal é apreendida no sudeste do Pará

Sete caminhões carregados com 178,9 metros cúbicos de madeira ilegal, armas de fogo e com animais caçados e abatidos ilicitamente, foram ap...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive