terça-feira, 31 de janeiro de 2017

São Raimundo enfrenta o Castanhal de olho na liderança

O São Raimundo volta a campo na noite desta terça-feira (31), pela segunda rodada do Parazão 2017, no estádio Maximino Porpino. O adversário será o Castanhal, que foi goleado na estreia da competição pelo Paysandu por 3 a 0. Jogando em casa, o Japiim tem a obrigação de vencer e melhorar sua situação na tabela de classificação.

Por outro lado, o alvinegro santareno vai com força total para esta partida. O técnico Lecheva terá à sua disposição, todos os titulares que jogaram e venceram o Águia de Marabá, no último domingo (29). O time está bastante confiante e, caso vença o Castanhal, retorna para Santarém trazendo bons resultados para encarar o Clube do Remo, no próximo domingo (5/2), no estádio Colosso do Tapajós.

Autor do gol da sobre o Águia, o atacante Bilau deve continuar no banco de reservas contra o Castanhal. Lecheva ainda não confirmou o time titular, mas deve ir a campo com a seguinte formação: Roger Kath; Leandrinho, Wanderlan, Rubran e Tubarão; Rodrigo Vitor, Denis Pedra, Ângelo e Wendel; Chaverinho e Thiago (ou Bilau).

O Castanhal, de Samuel Cândido, jogará com Marcelo Valverde; Nego, Carlinhos Rocha, George e Tiago; Amaral, Dedeco, Augusto e Élson; Japonês e Tony Love.
Compartilhar:

Uepa libera listão dos aprovados do Prise e Prosel

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) divulgou na manhã desta terça-feira (31), o listão com os nomes dos 3.702 candidatos aos cursos do Prosel e Prise.  As vagas foram distribuídas igualmente para quem concorria no Prosel ( Processo Seletivo) e na 3ª etapa do Prise (Programa de Ingresso Seriado). Em 2017, a Uepa também reservou 50% das vagas a candidatos que cursaram todas as séries do ensino médio em escolas da rede pública, por meio do sistema de cotas sociais.

No Prise, o curso mais concorrido entre os candidatos não cotistas foi o de Biomedicina, com 24 inscritos por vaga, seguido de Fisioterapia, com 20,7 candidatos por vaga e, em terceiro, Medicina, com 18,6 concorrentes por vaga. Já entre os cotistas, o curso mais concorrido foi Medicina, com 9,4 candidatos por vaga, além de Fisioterapia, com 7,8 inscritos por vaga e Biomedicina, com 7,3 candidatos por vaga. No Prosel, os cursos de saúde também foram os mais concorridos.

Resultado do Processo Seletivo 2017
Resultado do PRISE SUBPROGRAMA XVIII

Resultado do Processo Seletivo de LIBRAS 2017
Compartilhar:

Contas de água tem vencimentos alterados em Santarém

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) informa que está fazendo ajustes no calendário de faturamento dos usuários do município de Santarém. O objetivo é otimizar os serviços de leitura e entrega de contas. Dessa forma, a partir do faturamento da referência Janeiro/2017, os vencimentos das faturas foram alterados.

A Cosanpa ratifica que nenhum cliente será prejudicado com esta mudança, considerando que os vencimentos das faturas foram todos postergados, não ocorrendo em nenhum caso antecipação de vencimento.

No link abaixo, você confere os antigos e os novos vencimentos:

Compartilhar:

Assalto com reféns no Mararu, em Santarém;Suspeitos se entregam

Um assalto com reféns foi registrado na manhã desta terça-feira (31), no bairro Mararu, em Santarém, no oeste do Pará. A polícia foi acionada para verificar uma ocorrência de assalto naquele bairro. Após praticar o crime, o bando fugiu do local e invadiu uma casa na rua Costa e Silva.

A Polícia Militar cercou a residência. Houve troca de tiros. Um dos assaltantes foi baleado pelos policiais durante a fuga e morreu.

O clima ficou tenso no local. Mas após a chegada do Grupo Tático Operacional (GTO), dois criminosos se entregaram. Um continua foragido.

A manhã está bastante movimentada em Santarém. Além deste assalto no Mararu, foram registrados mais dois crimes desta natureza. A polícia está ruas tentando retirar de circulação esses criminosos.
Compartilhar:

Pesquisadores e Greenpeace divulgam primeiras fotos de corais da Amazônia


Pesquisadores de diversas universidades brasileiras e a organização não governamental Greenpeace divulgaram hoje (30) as primeiras imagens do recife de corais da Amazônia. Uma embarcação saiu do Porto de Santana, no Amapá, em direção à foz do Rio Amazonas, onde está o recife de corais, esponjas e rodolitos de 9,5 mil quilômetros quadrados (km²) – uma área 20% maior que a região metropolitana de São Paulo.

Com o auxílio de um submarino, a ong Greenpeace e pesquisadores que anunciaram a descoberta dos corais, em abril do ano passado, fizeram uma expedição desde o dia 24 com o objetivo de observar, pela primeira vez, o recife e alertar sobre os perigos da exploração de petróleo na região.

Compartilhar:

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Sisu 2017: resultados são divulgados

Os resultados da primeira edição de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram divulgados nesta segunda-feira (30), no portal http://sisu.mec.gov.br/. Para ter acesso, o estudante precisa digitar o número de inscrição e senha no Enem 2016.

Os candidatos aprovados devem realizar a matrícula nos dias 3, 6 e 7 de fevereiro, nas instituições em que estudarão. Caso não tenham sido selecionados, podem também participar da lista de espera. Para isso, é preciso acessar o Sisu de 30 de janeiro a 10 de fevereiro para registrar interesse na vaga. Os resultados serão publicados pelas próprias universidades, a partir do dia 16 de fevereiro.

Ao todo, foram oferecidas mais de 230 mil vagas de graduação em universidades, institutos de tecnologia e centros tecnológicos federais e estaduais em todo o Brasil. Os resultados tomam como base a nota dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016.

Compartilhar:

Eike Batista preso pela PF após desembarcar no Rio

Nem bem colocou os pés em solo brasileiro, o empresário Eike Batista foi preso por agentes da Polícia Federal. Ele chegou num voo vindo de Nova York no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Eike era considerado foragido da Justiça e estava sendo procurado até pela Interpol.

O empresário desceu na pista do terminal dois e foi levado de carro pelos policiais para o IML (Instituto Médico Legal), onde fez exames antes de ser preso por cerca de meia hora, até as 11h. Ele chegou por volta das 11h20 ao presídio onde ficará detido: Ary Franco, em Água Santa, na zona norte da cidade.



De acordo com a Polícia Federal, Eike não prestou depoimento assim que chegou porque é alvo de um mandado de prisão preventiva. Como não tem prazo para sair da cadeia, a PF afirma que ele pode ser convocado a depor a qualquer momento.

Investigadores ouvidos pela Folha dizem que o empresário pode colaborar mais com as autoridades após ver as condições do presídio em que ficará.

Eike foi levado para o local por não ter curso superior –Sérgio Cabral e demais acusados no esquema de propina estão em Bangu 8. O Ary Franco é o local onde ficam presos com mandado de prisão federal e criminosos vinculados ao Comando Vermelho.

Compartilhar:

São Raimundo vence fora; Leão perde em casa e Papão e Remo goleiam na abertura do Parazão 2017

A primeira rodada do Campeonato Paraense Banpará 2017 foi boa para os dois grandes clubes da capital. No sábado (28), o Paysandu goleou o Castanhal por 3 a 0. Já o Clube do Remo aplicou a maior goleada da rodada: 5 a 0 contra o Cametá, no jogo foi realizado ontem (29) à tarde, no estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém.

Para os clubes santarenos, a rodada não foi boa apenas para o São Francisco, que foi derrotado por 2 a 1 pelo Pinheirense, jogando em casa, no estádio Colosso do Tapajós.

Endy e Biolay garantiram o resultado positivo para o General da Vila ainda no 1° tempo. Fábio Paulista descontou para o time santareno.

Já o São Raimundo estreou e bem contra o Águia de Marabá. O alvinegro venceu por 1 a 0, gol do atacante Bilau, no final da partida.

A primeira rodada teve ainda mais um jogo:

Paragominas 2 x 3 Independente

Com estes resultados, a classificação ficou assim:

NO GRUPO A

PAYSANDU - 3 PONTOS
SÃO RAIMUNDO - 3 PONTOS
PINHEIRENSE - 3 PONTOS
PARAGOMINAS - NENHUM PONTO
CAMETÁ - NENHUM PONTO

NO GRUPO B

CLUBE DO REMO - 3 PONTOS
INDEPENDENTE - 3 PONTOS
SÃO FRANCISCO - NENHUM PONTOS
ÁGUIA DE MARABÁ - NENHUM PONTO
CASTANHAL - NENHUM PONTO

Confira os jogos da segunda rodada marcados para a terça e quarta-feira:

TERÇA-FEIRA
CASTANHAL X SÃO RAIMUNDO
INDEPENDENTE X PAYSANDU

QUARTA-FEIRA
CAMETÁ X ÁGUIA DE MARABÁ
PINHEIRENSE X REMO
SÃO FRANCISCO X PARAGOMINAS
Compartilhar:

Bandeira tarifária verde será mantida nas contas de energia em fevereiro

Com a melhoria das condições dos reservatórios do país devido às chuvas que vem ocorrendo desde o inicio de 2017, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou hoje (27) que em fevereiro será mantida a bandeira tarifária verde, ou seja, sem cobrança extra dos consumidores.

Em nota, a Aneel informou que “a condição hidrológica favorável”, que consta do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema (ONS), possibilitou o acionamento de térmicas com custo operacional reduzido, chamadas de Custo Variável Unitário (CVU), abaixo de R$ 211,28 por megawatt-hora (R$/MWh).

A cor da bandeira em vigor no mês da cobrança é impressa na conta de luz e indica o custo da energia elétrica, em função das condições de geração de eletricidade. Por exemplo, quando chove menos, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia.

Compartilhar:

Seminário discute políticas indígenas de educação e cultura

Nos dias 30 e 31 de janeiro acontece o Seminário “Ações para política indígena: educação e cultura” no Auditório da Unidade Amazônia, na Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa). O evento é fruto da parceria entre a Pró-Reitoria de Gestão Estudantil, através da Diretoria de Ações Afirmativas (DAA/PROGES), e o Grupo Consciência Indígena (GCI).

A programação conta com mesas-redondas, relatos de experiência e atividades culturais. Na terça-feira, 31, às 8h30, será realizada uma assembleia para discutir demandas e metas da educação escolar indígena da região com a participação de representantes do poder público.

A participação é aberta a todos os interessados e não é necessária inscrição prévia. Serão emitidos certificados aos participantes com carga horária de 16 horas.

No link abaixo, você confere a programação completa do evento.

Compartilhar:

domingo, 29 de janeiro de 2017

Opinião: Por uma Justiça contemporânea

Por: Pedro Cardoso da Costa*

Existe consenso nos meios jurídicos de que provas adquiridas por meios “ilegais” não podem ser utilizadas. Esse entendimento precisa ser melhor elaborado. Imagine que numa gravação autorizada pela justiça para uma apuração de um determinado crime se detecte, dentre as conversas gravadas, uma confissão de assassinato bárbaro pelo investigado. Pela lógica literal atual, essa conversa não pode servir de instrumento inicial de uma investigação. O assassino ficaria livre apenas de ser investigado, por conta de uma interpretação literal, desconexa e fora da realidade do momento. Pode-se até punir alguns responsáveis, dependendo dos meios empregados para a aquisição de “provas ilegais”, caso se constate dolo, expertise para a aquisição, mas, jamais se poderia deixar um crime sem investigação apenas por que os meios como se soube dele são “ilegais”.

Outra questão que precisaria ser melhor interpretada seria a chamada agravante por não “dar direito de defesa” a pessoas assassinadas. Sem aprofundar, pois o espaço não comporta, não pode aumentar pena de alguém porque não deu direito de defesa a quem ela se dispôs a matar. É ilógico, acima de tudo. Não se concebe ouvir um assassino dizendo à pretensa vítima: “olha, vou te matar; só vou esperar você conseguir algum meio de se defender. Assim, evito que minha pena seja agravada”.

Compartilhar:

Prefeitura interdita Fernando Guilhon

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) e Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), interditou na manhã deste domingo (29), de forma preventiva, um trecho da Avenida Engº Fernando Guilhon (retorno do shopping) para reparar alguns danos causados pela chuva.

Os condutores que seguem sentido aeroporto ou que seguem sentido Centro terão que passar pelo Residencial Salvação.

As ruas Cardeal e Gavião Real servem de entrada e saída tanto para quem vai quanto para quem volta à cidade.

A Prefeitura reitera que a medida foi tomada para garantir a segurança dos motoristas. Agentes de trânsito estão orientando os condutores na entrada e saída do residencial.  O trecho permanece interditado até a determinação da empresa responsável pelo reparo, assim como a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros autorizarem a liberação e normalização da trafegabilidade naquele trecho da via.


*Ascom/PMS*
Compartilhar:

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

MP acompanha caso de professora agredida em Santarém

Maria Geuciane Nobre, vítima. Foto: Blog do Jeso Carneiro
O Ministério Público Estadual (MPE) está acompanhando o inquérito policial instaurado para apurar o caso da professora Maria Geuciane Nobre, 39 anos, que denunciou ter sido vítima de agressão e tortura por pelo menos cinco pessoas da mesma família. O fato ocorreu na noite de terça-feira (24). A vítima foi abandonada em uma estrada de acesso à praia do Pajuçara, na zona urbana de Santarém, no oeste do Pará.

O inquérito policial foi instaurado, apenas depois que o MP atendeu a vítima na manhã da última quarta-feira (25). A professora relatou que foi espancada e torturada por cinco pessoas da mesma família, em uma casa no bairro Urumari. Ela tentou fazer o Boletim de Ocorrência na noite anterior e não foi atendida. Após a denúncia no MPPA, o caso foi registrado e o inquérito instaurado.

O atendimento foi realizado pela promotoria de justiça de Direitos Humanos, Controle Externo da Atividade Policial, Execuções Penais, Penas e Medidas Alternativas de Santarém.

O delegado Herbert Farias Júnior é quem preside o inquérito policial para apurar as acusações contra Marilza Serique, Samai Serique, Julio Navarro e Juscelino Ferreira, por crimes de tortura, cárcere privado e lesões corporais.

A vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito. O MP vai acompanhar o caso e aguarda a conclusão do inquérito policial.

O caso - A vítima relatou ter sofrido a tortura pelo não pagamento de divida no valor de R$2 mil. Geuciane é casada com o sobrinho do marido de uma das agressoras. Foi atraída até o local após uma ligação para que fosse levar um remédio até a casa de uma pessoa ligada à família, no bairro do Urumari.


Compartilhar:

MPF apresenta dados de atuação no combate ao trabalho escravo

Levantamento da Câmara Criminal do MPF traz números sobre apuração de casos de trabalho escravo por estado
Levantamento realizado pela Câmara Criminal do Ministério Público Federal (MPF), divulgado nesta sexta-feira, 27 de janeiro, data que antecede o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, indica que estão em andamento 459 inquéritos policiais/termos circunstanciados para apurar o crime de redução a condição análoga à de escravo (trabalho escravo).

Desse total, o levantamento do MPF aponta o estado de São Paulo como campeão em número de investigações – são 34 inquéritos. Mato Grosso e Minas Gerais, com 24 e 23 inquéritos abertos, também estão no topo da lista.
Acesse os dados por estado.

As Procuradorias do MPF nos municípios de São João de Meriti (RJ) e Gurupi (TO) também apresentam números relevantes, com 17 e 14 inquéritos em andamento, respectivamente. O estado do Rio de Janeiro apresenta 17 inquéritos.

O MPF também registrou 76 procedimentos extrajudiciais, como recomendações e termos de ajustamento de conduta. Quanto aos inquéritos policias em andamento na Polícia Federal há mais de seis meses, o relatório apontou 16. Além disso, 12 recursos aguardam decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Dos procedimentos extrajudiciais, o Pará lidera a lista com 20 casos sobre trabalho escravo. O estado é seguido por São Paulo e Minas Gerais, com 19 e 6 procedimentos, nessa ordem.

Lista Suja – Uma das prioridades de atuação do MPF é a disponibilização em sítio eletrônico da relação de empregadores que usam mão de obra escrava, conhecida como “lista suja”. O cadastro aguarda, desde 2014, divulgação pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Em 16 de maio de 2016, inclusive, foi cassada pelo Supremo Tribunal Federal medida cautelar na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5.209/DF que suspendia publicação da lista.

Segundo a coordenadora da Câmara Criminal do MPF, subprocuradora-geral da República Luiza Cristina Frischeisen, não há motivos para o não cumprimento da determinação judicial: “O Ministério do Trabalho e Emprego tem condições técnicas de publicar o cadastro e existe decisão do Supremo que permite a divulgação da lista”, reforça Frischeisen.

Compartilhar:

Colosso do Tapajós liberado para 8.500 torcedores

O estádio Colosso do Tapajós foi liberado para receber público de até 8.500 torcedores para o jogo entre São Francisco x Pinheirense, no próximo domingo (29), pela primeira rodada do Campeonato Paraense de Futebol, em Santarém, no oeste do Pará.

Nesta tarde, a gerência de segurança do estádio recebeu a autorização do Batalhão de Eventos da Polícia Militar do Pará, para aumentar a capacidade de público do estádio.

No laudo de vistoria do estádio, o major Luiz Octávio de Lima Raiol, comandante do Batalhão de Eventos da PM, havia restringido o público em 5.500 torcedores e feito algumas recomendações em relação à limpeza e segurança naquela praça de esportes.

Ao ser informada oficialmente pela Federação Paraense de Futebol (FPF) sobre a redução da capacidade de público, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL), tomou providências imediatas para corrigir as falhas identificadas pelo vistoriador e, com apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), realizou os seguintes serviços: limpeza e retirada de entulhos nas ruas do entorno do estádio, higienização dos setores onde acontecem vendas de alimentos, colocação de grades de proteção nos setores que separam as equipes e revitalização de algumas câmeras do sistema de videomonitoramento.

Compartilhar:

Governo bloqueia 8.400 concessões de seguro-desemprego suspeitos de fraudes

Um exame nos pedidos de seguro-desemprego feito pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) bloqueou o pagamento de 8.400 concessões vigentes, que totalizam R$ 51 milhões, segundo o ministro Ronaldo Nogueira.

O governo comprou, em 2016, um sistema de R$ 72 milhões que faz um pente-fino nas concessões do benefício e quer poupar R$ 1,35 bilhão por ano. Até o momento, há R$ 142 milhões em exame.

No ano passado, o desembolso com seguro-desemprego foi de R$ 34 bilhões.

Alguns casos de fraudes chamaram a atenção do ministro, como o de uma microempresa que demitiu 280 funcionários de uma vez.

"Um único número de CPF apresentou seis requerimentos [de benefício] por empresas diferentes, como se estivesse empregado em todas e tivesse sido demitido de todas ao mesmo tempo."

O ministério tem planos para esmiuçar também os pagamentos de abono salarial, seguro-defeso (para os pescadores) e do próprio FGTS.

Compartilhar:

MEC prorroga prazo de inscrição do Sisu até domingo

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou as inscrições dos estudantes no Sistema de Selação Unificada (Sisu) até as 23h59 do próximo domingo (29). O prazo estava previsto para terminar amanhã (27). O ministério decidiu prorrogar após estudantes terem relatado dificuldades para acessar o sistema. O resultado está mantido para segunda-feira (30).

"Em atenção aos estudantes, que manifestaram o pedido, e em virtude das dificuldades de acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) nos primeiros dias, o MEC decidiu prorrogar o prazo de inscrições em 48 horas", diz o comunicado do ministério.

Até as 18h de hoje (26), foram registrados 2.090.451 inscritos e 4.033.178 inscrições. Cada candidato pode escolher até duas opções de curso universitário.

Ao todo, são 238.397 vagas em 131 instituições públicas, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota zero na redação do exame. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016.

O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro. Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes.

Compartilhar:

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Santarém em 96º lugar entre as piores no saneamento

Um ranking das condições de saneamento entre as 100 maiores cidades brasileiras coloca três cidades paraenses entre as 15 piores do país no quesito: Ananindeua, que ocupa a última posição; Santarém, que ficou no 96º lugar; e Belém, na 87ª posição.

O ranking é produzido pelo Instituto Trata Brasil, desde 2009, com base nos dados oficiais do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico (SNIS). Segundo o Instituto, “os números são informados pelas próprias empresas operadoras de água e esgotos dos municípios brasileiros ao Governo Federal, portanto, são números oficiais das próprias cidades”.

De acordo com o ranking, as cidades de Ananindeua e Santarém foram os dois municípios que declararam que 0% da população possui acesso aos serviços de coleta de esgotos. Belém declarou que apenas 12,7% da população tem coleta de esgotos.

A maior parte dos municípios reportou que 20,1 a 79,9% da população possui coleta.

RANKING

De acordo com os últimos dados publicados pelo Ministério das Cidades no Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), ano base 2014, o país ainda tem mais de 35 milhões de brasileiros sem acesso aos serviços de água tratada, metade da população sem coleta de esgotos e apenas 40% dos esgotos do país são tratados.

Segundo o Instituto Trata, as 20 melhores cidades do estudo investiram juntas, em 2014, o valor de R$ 827 milhões e arrecadaram R$ 3,8 bilhões com os serviços. Já a média de investimento dos últimos cinco anos (2010 a 2014) foi de R$ 188,24 milhões (R$ 71,47 por habitante/ano).

Já os 20 piores municípios do Ranking investiram juntos, em 2014, o valor de R$ 482 milhões e arrecadaram R$ 1,9 bilhão com os serviços. Já se considerarmos a média dos últimos 5 anos, a média de investimentos foi de R$ 96,46 milhões (R$ 28,20 por habitante/ano).

O Instituto afirma que os dados mostram “uma tendência das cidades com as maiores carências ficarem ainda mais atrasadas nesta infraestrutura mais básica”.

As informações são do Instituto Trata Brasil.
Compartilhar:

TIM seleciona parceiros comerciais em Belém

A TIM seleciona parceiros comerciais em Belém para atuação com consultores de vendas para pequenas e médias empresas. São mais de 400 oportunidades para novos parceiros, distribuídas em todo o Brasil para os canais Smart TBP e Senior Account, que atendem o segmento B2B. As inscrições podem ser feitas por meio do site da operadora (http://www.tim.com.br/sobre-a-tim/seja-um-parceiro/seja-um-parceiro-corporativo-tim) ou enviar CV para leomdsilva@timbrasil.com.br.

Os candidatos precisam ter perfil dinâmico e empreendedor, com poder de negociar e influenciar, além serem comunicativos, terem visão de negócio e foco no cliente e em resultados. É necessário ter segundo grau completo e experiência na área de vendas, além de possuir CNPJ ou disponibilidade para adquirir.

Dentre os benefícios estão: apoio da TIM para o desenvolvimento de seu negócio, remuneração agressiva, programa contínuo de treinamento e reciclagens, benefícios exclusivos (programa de relacionamento, campanhas, eventos, entre outros), além da isenção de qualquer taxa de franquias ou royalties.

Compartilhar:

Morre aos 74 anos, Ronaldo Campos, ex-prefeito de Santarém

Morreu aos 74 anos, o ex-prefeito de Santarém, Ronaldo Campos. Ele estava internado no Hospital da Unimed e faleceu na madrugada desta quinta-feira (26), segundo confirmaram familiares.

O seu corpo será velado na Igreja de Aparecida, ao lado da residência do ex-prefeito.

José Ronaldo Campos de Souza foi prefeito de Santarém no período de 1986 a 1989.

Além disso, exerceu os mandatos de vereador nos períodos de 1963 a 1967 e 1971 a 1975; deputado estadual (1975 a 1978) e deputado federal (1983 a 1985).

Ronaldo Campos também presidiu a Companhia Docas do Pará (CDP), de 1989 a 1990.

Paz à sua alma.
Compartilhar:

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Workshop de dança e teatro em Santarém com o tema Partituras Corporais

Será realizado em Santarém, no período de 6 a 11 de fevereiro, na Casa da Cultura, um workshop de formação em dança e teatro com o artista santareno Héfren Cristiano. O evento pretende trabalhar a composição de movimentos/ composição coreográfica, buscando o entendimento de Partituras Corporais. Muita música, sons do corpo e exercícios de dança e teatro darão toda a atmosfera para a construção desse trabalho.

Sobre o artista: Héfren Cristiano busca desdobramentos e conexões possíveis da dança e teatro com demais linguagens como audiovisual, artes plásticas e música. Sua técnica atenta para desenvolver a presença, a simplicidade, a qualidade do movimento, o esforço, a respiração e a fluência. Possui experiências em teatro, dança e música. Na sua trajetória dançou num dos importantes centros coreográficos da Europa, o CCNO - Centre Choregraphyque National D’Orleans, onde teve aulas com a bailarina grega Nina Dipla, formada pela escola de Pina Bausch.

Serviço:
Workshop de Dança-Teatro com Héfren Cristiano
Data: De 6 a 11 de fevereiro
Horário: das 18:30 as 21h
Local: Casa da Cultura
Inscrições: R$25,00
Carga Horária: 15 Horas
Mais Informações: 99175-0712 whatsapp
Compartilhar:

Possível vítima de tortura, agressão e cárcere privado, professora presta depoimento

A professora Maria Geuciane Lopes Nobre, 39 anos, prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (25) ao delegado Herbert Farias Jr., da Polícia Civil de Santarém, no oeste do Pará.

A vítima acusa a ex-secretária adjunta da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Marilza Serique e mais alguns familiares de serem os autores da violência sofrida por ela na noite de terça-feira (24).

A denúncia foi mostrada pelo Jornal Tapajós 1ª edição, da TV Tapajós, hoje e ganhou ampla repercussão na cidade, inclusive gerando protestos nas redes sociais.

Durante a presença da professora na 16ª Seccional Urbana de Santarém, estudantes, professores e representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) manifestaram apoio à vítima e cobraram justiça contra os possíveis agressores.

Na tarde de ontem, o Sintepp emitiu uma nota de repúdio contra a possível violência sofrida pela professora Maria Geuciane Lopes.


Um inquérito policial foi instaurado para apurar a grave denúncia. O Ministério Público do Estado também foi acionado.

As pessoas denunciadas pela professora Geuciane Lopes ainda não se pronunciaram sobre o caso.

NOTA DE REPÚDIO DO SINTEPP

O SINTEPP (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará) subsede Santarém vem a público repudiar veementemente o ato brutal, violento, desumano e de tortura contra a Servidora Pública Estadual, Profa. Maria Geuciane de Jesus Lopes. Ato esse praticado pela família Serique, nas pessoas de Marilza Serique, Samai Serique e Saron Serique.

Foi uma ação extremamente violentadora contra a dignidade de uma pessoa, especialmente por se tratar de educadoras contra educadora e, portanto, uma severa perfídia à natureza humana e aos princípios sagrados da Constituição Federal do Brasil.

Assim, NÓS, trabalhadores e, especialmente, TRABALHADORAS da Educação Pública Estadual, expressamos com profundo pesar essa NOTA DE REPÚDIO contra essa brutalidade e sangria a uma trabalhadora da educação.

Sentimos porque somos humanos. Mas, também porque humanos somos, nos indignamos e repudiamos esse ato de violência e de tortura contra a ilustre Servidora Pública Maria Geuciane de Jesus Lopes.

SINTEPP A FAVOR DA VIDA E CONTRA TODO ATO DE VIOLÊNCIA!
Compartilhar:

MPF recorre contra manutenção de propaganda enganosa com certificação socioambiental

Apesar de contrariarem as regras para usar o selo do FSC, as madeireiras Ebata e Golf continuam a ser certificadas pelo Imaflora, enganando consumidores


O Ministério Público Federal (MPF) encaminhou ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), em Brasília, recurso contra decisão da Justiça Federal em Santarém, no oeste do Pará, que negou a suspensão urgente de certificação socioambiental concedida a duas madeireiras em atuação na região.

Para o MPF, é propaganda enganosa o uso, pelas madeireiras Ebata e Golf, do selo certificador do Forest Stewardship Council (FSC ou Conselho de Manejo Florestal, em português), já que as empresas não cumprem os critérios de sustentabilidade socioambiental exigidos pelo FSC.

No entanto, além de não ter sido obrigada pela Justiça a suspender a concessão do selo, a organização certificadora Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) não trata as demandas das comunidades com a seriedade merecida, enquanto que a “necessidade” das empresas pela certificação sempre está em primeiro plano, avalia o MPF.

“Não se nega que conflitos existem e sempre irão existir, mas estamos tratando de um produto certificado por um selo reconhecido internacionalmente. O que se espera é que as iniciativas caminhem além, muito além, da mera legalidade - ou ilegalidade - ambiental ou da aferição morna dos problemas causados àqueles que vivem e sobrevivem na região”, observa a procuradora da República Fabiana Schneider.

O consumidor aceita pagar mais por um produto certificado pelo selo FSC por acreditar que todos os princípios e valores defendidos pelo selo estão atendidos, mas, segundo o MPF, no caso da certificação feita pelo Imaflora à Ebata e à Golf, há “descumprimento deliberado” desses requisitos.

Exemplo do que não fazer - Apesar de o objetivo do selo ser o de difundir e facilitar o bom manejo das florestas por meio, entre outros critérios, do respeito aos direitos das comunidades locais, a atuação das madeireiras na região onde foi criada a Floresta Nacional Saracá-Taquera tem sido, na verdade, o exemplo de como desrespeitá-las, alerta no recurso a procuradora da República.

O MPF reitera na nova manifestação judicial exemplos desse desrespeito, entre eles obras que reduziram a trafegabilidade de um rio - opção vital para permitir a continuidade da caça e da pesca -, poluem lago cuja água é utilizada para consumo em atividades domésticas e degradam locais com importância no universo de valores simbólicos dos grupos.

Também foi denunciada a utilização de áreas de assentamento de quase 1,5 mil famílias atendidas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), e a falta de informações acessíveis para as comunidades sobre os projetos, além da retirada, em escala industrial, de espécies de árvores que garantiam a subsistência das comunidades locais.

No final de 2014, representantes do Imaflora participaram de reunião com o MPF e com líderes comunitários e comprometeram-se a tomar providências que pudessem reduzir os impactos das atividades madeireiras e que tivessem o objetivo de delimitar as áreas ocupadas pelas famílias e de adequar as áreas de concessão florestal a esses novos limites.

O Imaflora chegou a suspender o selo certificador concedido à Ebata, mas depois voltou atrás da decisão.

Contradição – A manutenção do selo FSC para as madeireiras causa ainda mais estranheza porque o próprio certificador, o Imaflora, registra em seus relatórios que as empresas devem identificar áreas de uso de famílias tradicionais e adotar mecanismos para a solução de conflitos, e, desde agosto de 2013, quando certificou a Ebata, aponta o mesmo fato – de que a madeireira não identificava essas áreas de uso costumário, e, ainda assim, continuava com as atividades de exploração florestal.

“O Imaflora, afastando-se dos valiosos princípios do selo FSC, tem deixando de exercer a atividade efetivamente fiscalizatória que lhe incumbiria para aquiescer silenciosamente com uma realidade dolosamente maquiada para uma apresentação teatral ao mercado consumidor. Um verdadeiro faz de contas, que aqui, até o momento, está longe de um final feliz”, critica o MPF.

Compartilhar:

Definidos blocos partidários e comissões permanentes da 18ª Legislatura

O líder do PV na Câmara, vereador Valdir Matias Jr., usou a tribuna da Casa, durante a sessão da última quarta-feira (25), para falar do acordo feito entre as bancadas para a composição das comissões permanentes da 18ª Legislatura da Câmara Municipal de Santarém. O parlamentar ressaltou a importância das comissões para o bom desempenho dos trabalhos dos vereadores, já que é por meio delas que as matérias são avaliadas e recebem pareceres técnicos, legislativos e jurídicos antes de serem levadas para discussão e posterior votação em plenário.

Durante seu pronunciamento, Valdir informou que continuará nas 2ª e 8ª comissões (Finanças, Contas, Constituição, Justiça e Redação; e Meio Ambiente e Assuntos Estratégicos de Interesse do Município). “Vou manter a mesma dedicação de trabalho nessas comissões para avaliar matérias de interesses da coletividade, tornando célere o processo de análise dos projetos”, completou.

Na terça-feira (24), foram definidos também os blocos partidários:

PSDC/ PSC e PV – Líder André do Raio-X; PMDB/ PPS e PSD - Líder Ronan Liberal Jr.; DEM/PRP - Líder Tadeu Cunha; PTN/PDT e PR – Líder Didi Feleol; PSL/ PSB e PTB - Líder Rogélio Cebuliski.
Compartilhar:

Violência contra mulheres é tema de curso promovido pela Ufopa nos dias 26 e 27

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) promove nos dias 26 e 27 de janeiro, em Santarém, o minicurso “Violência contra as mulheres”. Organizado por professoras do Programa de Antropologia e Arqueologia da Ufopa, o evento tem como convidadas docentes, advogadas e psicólogas que abordarão, dentre outros temas, a violência contra as mulheres, o racismo relacionado ao gênero e os espaços de ensino como locais de violência. O objetivo é conscientizar e propor ações que possam auxiliar mulheres vítimas de violência, dentro e fora do meio acadêmico.

O minicurso será realizado das 14h às 17h, no miniauditório 2, anexo ao Instituto de Ciências e Tecnologia das Águas (ICTA) da Ufopa, na unidade Amazônia. O evento é aberto ao público e não requer inscrição prévia.

Confira aqui o folder com a programação completa do evento.

Fonte: Ascom/Ufopa
Compartilhar:

Concurso da Marinha oferece 1.240 vagas para nível médio

Para se inscrever é necessário ser do sexo masculino, solteiro, ter no mínimo 18 anos e no máximo 22 e ter concluído o ensino médio



Foi anunciada a abertura do concurso público de admissão às Escolas de Aprendizes Marinheiros. O edital foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (24/1) e serão ofertadas 1.240 vagas para candidatos de nível médio. Confira aqui o edital completo.

Para se inscrever é necessário ser do sexo masculino, solteiro, ter no mínimo 18 anos e no máximo 22 e ter concluído o ensino médio.

Os interessados poderão se inscrever de 1º de fevereiro a 6 de março de 2017, por meio do site do órgão. A taxa é de R$ 40. A organização do certame será de responsabilidade da Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM).


As provas serão realizadas em uma das quatro Escolas de Aprendizes-Marinheiros, localizadas nas cidades de Florianópolis(SC), Vitória(ES), Recife(PE) e Fortaleza(CE).

O concurso e evolução da carreira

O certame será composto por provas objetivas, inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica, verificação de dados biográficos e verificação de documentos. A data da prova objetiva será divulgada posteriormente. 

Compartilhar:

Estado do Pará vai abrigar primeira fábrica de suco de laranja da região Norte

O financiamento no valor de mais de R$ 16 milhões foi garantido através do FNO

Pala primeira vez na história o Pará terá sua primeira fábrica de suco de laranja. O financiamento foi aprovado no dia 13 de janeiro, pelo Banco da Amazônia (Basa). O empreendimento já começou a ser construído pelos próprios investidores na cidade de Capitão Poço, nordeste do estado, e deve gerar mais de 100 mil empregos, dentro da unidade industrial, e mais de mil empregos na região.

Segundo o diretor comercial do Basa, Luiz Sampaio, o financiamento no valor de mais de R$ 16 milhões, foi apoiado pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e garantido através de recursos provenientes Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). A assinatura de contrato com a Citropar - empresa responsável - deve acontecer já nas próximas semanas. “Este é o período que a empresa tem para organizar toda a documentação necessária que vai permitir a construção do contrato final”, disse o diretor.

Sampaio explicou ainda que o Basa esteve envolvido diretamente para que ocorresse a aprovação do financiamento, que terá contrapartida de 10% da Citropar. “Realizamos diversas visitas in loco, sobrevoamos também as áreas para conhecer melhor as plantações. Será um processo de verticalização pura, ou seja, vai beneficiar tanto a empresa quanto os produtores que ficam no entorno e o financiamento”.

A laranja chegou na década de 70, na cidade Capitão Poço, que atualmente se tornou a maior produtora da fruta no estado. O novo ciclo iniciou em 2010 com a reativação da Citropar, que hoje concentra a maior parte da produção de laranja na região Norte, possuindo mais de 2 milhões de pés de laranja e limão. Por enquanto, 90% de toda a produção é distribuída para 11 Estados, a maioria da região Norte e Nordeste, chegando ainda a exportar para países da Europa.

O citricultor paulistano, Júnior Zamperlini, responsável pela empresa, afirmou que possui outras plantações no estado de São Paulo e que foram atraídos para o Pará devido o baixo índice de pragas, mas que hoje a produtividade no estado é maior com relação a São Paulo. “Este financiamento é, sem dúvida, um benefício que chega não só para a nossa empresa, mas também para todo o Pará”, disse Zamperlini.

Compartilhar:

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Réu foragido é condenado por matar vizinho que causou sua separação

A primeira sentença de 2017, do Tribunal do Júri da Comarca de Santarém, saiu agora à tarde e condenou o réu Messias Cunha Miranda, há 14 anos de reclusão em Regime Fechado. Mandado de prisão foi expedido para capturar o réu, que é foragido há 15 anos.

O juiz Gabriel Veloso de Araújo acatou a decisão da maioria dos sete jurados que condenou o réu pelo crime de homicídio qualificado. O Ministério Público foi representado pelo promotor Renato Bellini e a Defensoria Pública pelo defensor Plínio Tsuji Barros.

Boato mortal – Segunda a acusação do MP, Messias discutiu com a vítima, Waldecy Pereira dos Reis, numa noite de terça-feira (02/07/2002) em razão desta ter comentado com a companheira do réu que ele estaria fumando maconha, o que teria causado a separação do casal. Waldecy confirmou que falou isso à mulher dele e prontamente Messias aplicou-lhe uma facada na região mamária esquerda, que ocasionou sua morte e em seguida fugiu. O crime foi tipificado como qualificado porque ter sido cometido por motivo torpe. A defesa vai recorrer da sentença.

O próximo júri acontecerá na quinta-feira (26/01), quando Manoel Adson Pinto Ferreira, será julgado pelo crime de homicídio duplamente qualificado contra Francisco Celino de Oliveira Ferreira, fato ocorrido em 28/05/2005.

Fonte: Ascom/TJE
Compartilhar:

Vereador fala sobre projetos de leis

O Projeto de Lei que cria o Programa Agentes Ambientais Voluntários, aprovado no dia 13 de dezembro de 2016, pela Câmara de Vereadores, foi um dos temas do pronunciamento do vereador Valdir Matias Jr. (PV), na sessão desta terça-feira (24). O parlamentar falou na tribuna da Casa da importância da efetivação da lei, já que os problemas ambientais do município necessitam de atenção especial do Poder Público. O vereador informou que vai conversar com o prefeito Nélio Aguiar e com a secretária de Meio Ambiente, Vânia Portela, para tratar da matéria e falar da regulamentação da lei. “Com os agentes regulamentados, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente contará com um importante apoio no seu trabalho de fiscalização e no combate aos crimes ambientais recorrentes em Santarém. O agente ambiental voluntário além de contribuir com as ações preventivas, ajudará na orientação e conscientização ambiental da população, sobretudo de crianças e jovens”, destacou o vereador.

O agente voluntário ambiental exercerá cargo não remunerado e não terá vínculo empregatício. A responsabilidade pelo acompanhamento do trabalho do agente é da Semma.

Outro projeto que pautou o pronunciamento do parlamentar na sessão de hoje foi o ‘Food Truck’ lei já aprovada pelo Poder Legislativo e que trata da comercialização de alimentos em vias públicas e áreas privadas, em veículos automotores específicos para esta atividade. O vereador lembrou que, por se tratar de um assunto relevante para os interesses do município, precisa de uma atenção especial, já que a matéria ampara um importante segmento do setor produtivo da cidade.

Encerrando seu tempo de bancada, Valdir Matias Jr., lembrou ainda de outro projeto que está em tramitação. A lei que dispõe sobre desafetação de áreas localizadas no bairro Jardim Santarém e autoriza sua alienação por vendas. “É um projeto importante para os interesses do município, principalmente para os moradores daquele bairro, mas que precisa melhorar sua redação para futura discussão e votação”, completou o parlamentar, finalizando seu pronunciamento destacando o projeto que trata da normatização para construção, reforma e conservação de calçadas na área urbana da cidade, também tramitando nas comissões pertinentes da Casa.
Compartilhar:

Boleto bancário poderá ser pago em qualquer agência após vencimento

O site Valor Econômico desta terça-feira (24), informa que o boleto bancário poderá ser pago em qualquer instituição após vencimento.

A forma como milhões de brasileiros pagam suas contas começa a mudar a partir de março. Alvo de fraudes milionárias nos últimos anos, os boletos bancários vão ficar mais modernos. O benefício mais visível para o cliente será a possibilidade de pagamento em qualquer banco mesmo após a data de vencimento.

Por trás da inovação, está um projeto da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que fará com que todos os boletos passem a ser registrados em uma única plataforma até o fim do ano. A nova forma de cobrança também mudará a forma como empresas e instituições financeiras organizam os pagamentos.

O número de boletos emitidos no país chegou a 3,7 bilhões em 2015. A movimentação chamou a atenção de quadrilhas que se especializaram em fraudar os documentos. Sem o registro, o banco só toma conhecimento da emissão do boleto quando o documento bate na compensação, o que facilita a ação dos criminosos. No ano passado, o volume de recursos desviados com o golpe chegou a R$ 320 milhões, de acordo com dados preliminares da Febraban.

Com o novo sistema, a empresa que emitir uma cobrança precisa enviar os dados para o banco, que alimenta a plataforma. No momento do pagamento, os dados do código de barras serão comparados com os registrados no sistema. "Se as informações não estiverem na base, ou o boleto foi fraudado ou não foi registrado", afirma Walter de Faria, diretor-adjunto de operações da Febraban.


Compartilhar:

Pastor Cláudio Duarte confirma visita a Santarém em fevereiro

O religioso pastor Claudio Duarte conquistou seus fiéis evangélicos através de cultos simples e bem humorados. Utilizando-se de termos comuns e falando sempre de forma engraçada sobre temas bastante polêmicos, o pastor fidelizou seus seguidores e se destacou entre outros fortes nomes vinculados à religião.

O religioso que arrasta multidões por onde passa é admirado por cristãos, não só evangélicos, mas também católicos; isso pela forma como explana a Palavra de Deus, inserindo de maneira bem humorada, as escrituras milenares no cotidiano atual.

Santarém poderá atestar “in loco” o dom da palavra, do Pr. Cheio de Graça Cláudio Duarte no próximo dia 11 de fevereiro (sábado), a partir das 18 horas, no Rio Tapajós Shopping. (Ascom/Rio Tapajós Shopping)

Compartilhar:

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Defesa Civil reforça prevenção de erosões em estradas estaduais


Defesa Civil e Setran reforçam a prevenção para evitar o aparecimento de novas erosões em estradas estaduais. Dos 144 municípios paraenses, 52 já foram mapeados.

Com a intensificação do período chuvoso e a ocorrência de problemas recentes em algumas estradas estaduais, a Defesa Civil, junto com a Secretaria de Estado de Transportes (Setran), reforça a prevenção para evitar o aparecimento de novas erosões. Dos 144 municípios do Estado, a Defesa Civil já fez o mapeamento de 52.

As prefeituras desses 52 municípios já foram avisadas do risco de problemas em algumas estradas e a Defesa Civil agora age no processo de expansão das áreas mapeadas. “A Defesa Civil está fazendo um correto planejamento neste momento e daqui a uma semana, nós estaremos saindo, visitando in loco as prefeituras para tentar alertá-los ainda mais e demonstrar a atenção que se deve ter nessas áreas de risco. Cerca de 80% dos municípios tiveram seus prefeitos trocados e a gente precisa reiniciar esse trabalho de informação e integração com os novos gestores municipais para fazer o trabalho preventivo”, disse o Capitão Bruno Freitas, chefe de operações da Defesa Civil Estadual.

O trabalho de monitoramento da Defesa Civil é feito em parceria com a Companhia de Produtos e Recursos Minerais, órgão federal, que emite relatórios técnico-científicos diante das avaliações prévias da Defesa Civil nos municípios paraenses. Nesse primeiro momento, serão realizadas reuniões institucionais em polos regionais estratégicos como Marabá e Altamira, para conversar com a gestão municipal sobre ações que podem vir a ser tomadas, deixando a Defesa Civil e Estado à disposição para qualquer tipo de operação. No segundo momento, vai haver a formação de técnicos em defesa civil nos municípios.

As viagens vão acontecer durante todo o primeiro semestre de 2017. No segundo semestre, a Defesa Civil passa a atuar na questão da estiagem provocada pela seca. Em relação às estradas de Nova Timboteua e Ajuruteua, que sofreram danos recentes, a Defesa Civil está dando todo o apoio no levantamento de riscos e danos e vem atuando, junto com a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) para a viabilização de projetos que possam reforçar as estradas e prevenir novas erosões.

Compartilhar:

Vereador defende projeto que regulamenta calçadas

O vereador Valdir Matias Jr. (PV) em seu pronunciamento na tribuna da Câmara, durante a sessão plenária desta segunda-feira (23), falou sobre o projeto de lei que trata da regulamentação para construção, reforma e conservação de calçadas na área urbana da cidade. O projeto, de autoria do Executivo, foi protocolado no último dia 30 de dezembro, no Poder Legislativo. O parlamentar explicou que se trata de um tema complexo e que tem o acompanhamento do Ministério Público Estadual (MPE), conforme o Termo de Ajustamento de Conduta (nº001/2016 MP/11ª PJ/STM), do dia 14 de abril do ano passado.

O projeto foi elaborado pelo Núcleo Técnico de Planejamento em conjunto com a Procuradoria de Município e recebeu significativa contribuição do MPE, que acrescentou diversos artigos baseados em leis federais que tratam da matéria.

Valdir Matias Jr., explicou ainda que a lei tem 96 artigos, na qual a Prefeitura pretende regulamentar este assunto. “Iniciamos um estudo minucioso desta lei, junto com a nossa assessoria, para que possamos debater e defender os interesses do cidadão, uma vez que a proposta pretende garantir a acessibilidade e segurança da população, principalmente às pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida”, disse o vereador, ressaltando que a matéria volta-se exclusivamente aos pedestres e, que, portanto, requer uma análise detalhada do projeto para ser apreciada pelo Poder Legislativo.

“Não adianta a gente construir cidade para os veículos trafegarem. Temos que construir cidade para o cidadão andar com segurança, garantindo o passeio público seguro, espaço para os cadeirantes e outros portadores de necessidades especiais. A partir de regulamentação deste projeto, as obras deverão seguir as normas deste projeto”, disse.

A proposta é de autoria do Executivo, da gestão passada. Mas o prefeito Nélio Aguiar em sua mensagem à Câmara, no último dia 16, fez menção a este projeto. O vereador Valdir Matias Jr., informou que após as discussões da matéria, espera que o projeto seja apresentado em plenário e votado o mais breve possível.
Compartilhar:

MP Eleitoral opina pela cassação de Zenaldo Coutinho no TRE

O Ministério Público Eleitoral enviou parecer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará opinando pela cassação do diploma do prefeito eleito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB). O parecer trata de processo em que o político já teve o diploma cassado na primeira instância da justiça eleitoral, por abuso de poder econômico e político durante a campanha de 2016.

O prefeito foi condenado por veicular propaganda institucional em período proibido, com conteúdo vedado, nas páginas da prefeitura no facebook, youtube e outros veículos oficiais do município de Belém na internet. As propagandas denunciadas continham promoção pessoal do então candidato. As irregularidades também foram encontradas em placas de obras espalhadas pela cidade. O caso mais grave foi da obra do sistema BRT, inaugurada pelo prefeito sem estar concluído, em caráter experimental, oferecendo milhares de viagens gratuitas durante o período de campanha eleitoral.

Pela legislação que rege a eleição brasileira, durante todo o ano em que se realizam as eleições fica proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da administração pública, exceto em casos de calamidade pública, estado de emergência ou programas sociais autorizados em lei. Nenhuma das exceções se aplica à inauguração do BRT em Belém durante as eleições de 2016.

O procurador eleitoral, Bruno Valente, refutou alegações da defesa do prefeito de Belém no processo, de que não tinha conhecimento prévio ou não teria dado prévia autorização para a divulgação de publicidade institucional na internet. 


Compartilhar:

Escolas que participaram do ABC da Energia recebem premiação

O Uso seguro e sustentável de energia foi tema da Redação

Na terceira edição, o projeto teve como tema o “Uso Seguro, Racional e Sustentável da Energia Elétrica”. Alunos do 5º ao 9º ano, matriculados na rede pública de ensino participaram do concurso que estimulou a produção textual dos alunos, além de envolver a comunidade escolar sobre o uso responsável da energia elétrica.

As escolas contempladas participaram de três etapas que contabilizaram pontos para a escolha da escola vencedora, nos meses de outubro e novembro, de 2016.

De acordo com o Executivo de Relacionamento da Celpa, Gilliard Vaz, o trabalho foi desenvolvido de forma coletiva, estimulando também o envolvimento com toda a comunidade escolar, alunos e famílias.

Participaram do concurso estudantes das escolas públicas Sofia Imbiriba, Maria Uchôa, Maria Amália e Romana Leal.

De acordo com a Analista de Responsabilidade Social da Celpa, Michele Miranda, a novidade desta edição é que, além do aluno premiado com a melhor redação, o professor responsável também vai ganhar um notebook, como incentivo. A seleção foi realizada em dezembro e a premiação será entregue na manhã desta terça-feira, 24, às 08h, na Subestação Santarém. A Premiação contará com a presença do presidente da Celpa, Nonato Castro.

1º Lugar- Lorrancley Sousa Lima- Escola Maria Uchoa, do 8° Ano, 14 anos de idade

2º Lugar- Alana Sá da Silva- Escola Maria Amália de Queiroz, 9° Ano, 15 anos

3° lugar - Lara Keiry de Almeida Silva- Escola Romana Leal, 14 anos, 9° ano.

A professora de Língua de Portuguesa Elisângela Coelho, da Escola Maria Uchôa, ganhou o notebook.

Fonte: Ascom/Celpa
Compartilhar:

Criado Grupo de Trabalho para solucionar problemas no Residencial Salvação

Durante reunião do prefeito Nélio Aguiar com represente da Construtora Em Casa e Caixa Econômica Federal, na manhã desta segunda-feira (23), após visita em pontos alagados no Residencial Salvação, em Santarém, no oeste do Pará, ficou definido que será criado um Grupo de Trabalho (composto por: representantes da Prefeitura, Câmara de Vereadores, Caixa Econômica e da Construtora Em Casa) para analisar os prejuízos materiais dos moradores, avaliar a possibilidade de remanejamento das famílias atingidas pelos alagamentos pra casas que estão desocupadas no Residencial, e por último, adotar medidas emergenciais para amenizar os problemas estruturais no Residencial.

Todo o levantamento deverá ser apresentado pelo Grupo de Trabalho em uma reunião agendada para quinta-feira (26). (PMS)
Compartilhar:

Opinião: Racismo se combate com ações

Por: Pedro Cardoso da Costa*

Existem coisas que precisam ser combatidas independentemente se atingirá ou não o resultado desejado ou considerado ideal. De forma recorrente, cito como exemplos a morte e a corrupção.

Mesmo tendo a morte como único resultado certo, ninguém deixa de lutar contra ela. Com a corrupção se tem a diferença que ela só é combatida quando se torna pública. Enquanto não chega à mídia, ela é abafada, o dinheiro fica com quem comeu, um monte de bravatas servem de desculpas, e o povo paga a conta.

Com maior intensidade o racismo deve ser combatido, seja ele de que ordem for, seja de cor, raça, crença. E esse talvez seja o mais difícil de combater, pois ele se manifesta de um jeito sutil; quase imperceptível. O resultado, no entanto, é escancaradamente inverso. Todos veem e sentem, menos os racistas.

Não precisaria de nenhuma estatística para comprovar que a população brasileira tem um percentual alto de negros, o número de mulheres é maior do que homens e é crescente os homossexuais assumidos.

Pouca gente se atenta para a quantidade de negros numa festa de formatura. Quando tem, é um, alguns, de cursos mais simples. É raro um nos concursos para juiz, promotor de justiça e diplomata.

Nas novelas da rede Globo, se teve algum personagem negro protagonista, ninguém lembra, ou se teve foi num papel caricato. O mesmo acontece com apresentadores de programas de televisão, apresentadores de jornal. Na televisão existem apenas alguns repórteres.

O Supremo Tribunal Federal já existe há mais de cem anos. E talvez Joaquim Barbosa tenha sido o único negro lá. De onze ministros, duas mulheres foram o máximo presente numa composição do tribunal. E essa proporcionalidade se mantém até os níveis mais baixos. E nesse ramo de atividade, se existe homossexual fica trancafiado no armário, porque é uma escolha. Ou é gay assumido e não é ministro ou é um falso hétero ministro.

Não há atividade destacada em que mulheres e negros estejam presentes na proporcionalidade existente na sociedade brasileira e talvez mundial, sem considerar países e culturas em que as mulheres ainda são consideradas seres inferiores.

Continua como exceção, políticos, escritores, diretores de qualquer coisa, pilotos de Fórmula 1 e de avião.

Nas listas dos mais ricos do mundo é necessário separar mulheres de homens. E talvez não se conseguisse alcançar a posição da mulher, e também do negro mais rico do mundo numa relação em que fossem incluídos os brancos.

Compartilhar:

Dengue, zika e chikungunya provocaram 794 mortes em 2016

Número corresponde aos casos registrados até 24 de dezembro. No mesmo período de 2015, cerca de mil pessoas tinham morrido pelas três doenças no Brasil.

A soma de mortes por dengue, zika e chikungunya no Brasil em 2016, até o dia 24 de dezembro, chegou a 794: 629 por dengue, 159 por chikungunya e 6 por zika. No mesmo período de 2015, as três doenças haviam provocado 1.001 mortes: 984 por dengue, 14 por chikungunya e 3 por zika.

Até 24 de dezembro de 2016, o Brasil registrou 1.976.029 casos prováveis das três doenças, todas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti: 1.496.282 de dengue, 265.554 de chikungunya e 214.193 de zika. Os dados são do novo boletim epidemiológico publicado no site do Ministério da Saúde.

Dengue

Mesmo antes da compilação dos casos da última semana do ano, o número de casos de dengue registrado em 2016 já é o segundo mais alto desde 1990, quando os dados começaram a ser registrados no Brasil. E se aproxima do ano recordista, que foi 2015, quando houve 1.649.008 casos.


A incidência em 2016 foi de 731,9 casos por 100 mil habitantes. A região com a maior incidência foi o Centro-Oeste, com 1.313,8 casos por 100 mil, seguida do Sudeste, com 999,5 casos por 100 mil.

Chikungunya

Os 265.554 casos de chikungunya registrados em 2016 representam um aumento de 589,7% em relação aos 38.499 casos registrados em 2015. O vírus foi identificado pela primeira vez no Brasil em 2014. O número de mortes pela doença aumentou em 1.035% de 2015 para 2016: de 14 para 159.


A incidência de chikungunya no país em 2016 foi de 129,9 casos por 100 mil habitantes. A região com maior incidência foi o Nordeste, com 407,7 casos por 100 mil habitantes.

Zika

A zika foi identificada no Brasil pela primeira vez em abril de 2015 e os casos só passaram a ser notificados a partir do final do ano, por isso não é possível comparar os dados de 2016 com os de anos anteriores.

Em 2016, os 214.193 casos registrados no país representaram uma incidência de 104,8 casos por 100 mil habitantes. A região Centro-Oeste teve a maior incidência do país?: 219,2 casos por 100 mil habitantes.

Fonte: G1
Compartilhar:

MPE abre inscrições para cadastro excepcional de estagiários

O Ministério Público do Estado informa que estão abertas as inscrições para o Cadastro de Reserva do Programa de Estágio, na modalidade não obrigatório em Belém e Regiões Administrativas, para os alunos das instituições de ensino superior que possuem Termo de Cooperação ou Convênio firmado.

O período de inscrições será de 23/1 e 3/2/2017, e serão destinadas, exclusivamente, a alunos interessados no estágio não obrigatório e matriculados regularmente nos 3 últimos anos ou 6 últimos semestres dos cursos constantes no anexo abaixo.

Na oportunidade, seguem as seguintes informações:

1. O referido cadastro terá validade até a homologação do resultado final da 4ª seleção pública de candidatos ao programa de estágio.

2. As inscrições deverão ser efetuadas pelo acadêmico, exclusivamente, através do link “ESTÁGIO – INSCRIÇÃO”, constante no endereço eletrônico www.mppa.mp.br no período de inscrições supramencionado. Os acadêmicos deverão incluir a Média Geral ou Coeficiente de Rendimento Total, que será comprovada por meio de Histórico ou documento fornecido pela Instituição de Ensino Superior, a ser anexado em campo próprio no ato da inscrição.

3. O preenchimento da MÉDIA GERAL e o SEMESTRE são de responsabilidade do aluno com a confirmação dessa Instituição de Ensino Superior através da disponibilização ao aluno do documento comprobatório a ser anexo, conforme acima descrito, e deverá ser de, no mínimo, 7,0 (sete) em todas as disciplinas até então cursadas.

4. A inscrição do acadêmico no Cadastro Excepcional não terá validade, caso não haja o encaminhamento do documento comprobatório de nota e semestre no ato da inscrição ou caso a Média Geral seja inferior ao mínimo estabelecido.

5. A jornada do estágio será de quatro horas diárias e não excederá a vinte horas semanais. O valor atual da bolsa de estágio é de R$ 645,50 (seiscentos e vinte e cinco reais e cinquenta centavos) e do auxílio-transporte é de R$ 105,60 (cento e cinco reais e sessenta centavos).

Para outras informações, entrar em contato pelos telefones (91) 4006-3532 e (91) 4006-3469, respectivamente, no horário de 8 às 14 horas, ou pelo e-mail ddrh@mppa.mp.br.

Confira a Lista dos Cursos para cada Região. Clique aqui.

Fonte: Ascom/MPE
Compartilhar:

Inscrições para o Sisu começam terça-feira; consulta pode ser feita no site



As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam esta semana, do dia 24 ao dia 27 de janeiro. As vagas já estão disponíveis e os estudantes podem aproveitar o final de semana para pesquisar as melhores opções.

A consulta pode ser feita no site do Sisu por curso, instituição e município. Ao todo, são 238.397 vagas 131 instituições públicas.
O Sisu seleciona os estudantes com base na nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota zero na redação do exame. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016.

Nota de corte

Após a abertura das inscrições, uma vez por dia, são divulgadas ao notas de corte de cada um dos cursos, tanto pelo sistema universal quanto pelo sistema de cotas.

O candidato também pode consultar, em seu boletim, a sua classificação parcial na opção de curso escolhido. Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados. No boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final. Ao longo do período de inscrição, o candidato pode mudar as opções de curso.

Compartilhar:

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Funcionários da TV Guarany e RBA estão há meses sem receber salários

É triste a situação dos funcionários de duas emissoras de rádio e tevê de Santarém, no oeste do Pará. Atraso no pagamento de salário, assédio moral e desvalorização do trabalhador estão entre as principais queixas dos profissionais da Guarany e RBA.

Na noite de quinta-feira (19), durante a assembleia geral do Sindicato dos Trabalhadores das Empresas de Rádio e Televisão de Santarém, jornalistas e radialistas destas duas empresas relataram o drama que têm vivido durante os últimos quatro meses, sobretudo com o atraso de pagamento.

Os relatos são comoventes, sobretudo pelo fato de a maioria desses trabalhadores ser pai de família. Os profissionais da Guarany e RBA querem apoio dos colegas para tentar reverter essa situação.

Na rádio e tevê Guarany, por exemplo, os salários estão atrasados há mais de quatro meses. Já existe inclusive uma ação tramitando no Ministério Público Estadual (MPE) contra a direção da emissora, que trata com descaso os seus funcionários. Na RBA, os relatos dos trabalhadores apontam atrasos de salário de três meses.

A assembleia promovida pelo sindicato da categoria tratou do acordo coletivo. A proposta dos trabalhadores é de 9,5% que será apresentada aos donos das empresas de rádio e televisão de Santarém.


Compartilhar:

Estudantes já podem consultar vagas do Sisu; inscrições começam dia 24


Sisu seleciona estudantes com base na nota no Enem

O Ministério da Educação abriu hoje (19) a consulta de vagas que serão ofertadas em universidades e institutos federais e instituições estaduais por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A consulta pode ser feita no site do Sisu por curso, instituição e município. Ao todo, são 228.071 vagas 131 instituições públicas.

As inscrições serão abertas feitas na semana que vem e poderão ser feitas do dia 24 ao dia 27 de janeiro. O resultado será divulgado no dia 30. O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro.

Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular para as vagas poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes.

Notas 

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota zero na redação do exame. (ABr)
Compartilhar:

Amazônia Legal: 21 mil militares atuam para garantir segurança nas fronteiras



A apreensão de drogas é frequente na região da Amazônia. Apenas no início de janeiro, o Exército Brasileiro apreendeu 905kg de skunk, maconha com alto teor de THC, no rio Japurá. A droga foi encontrada boiando no rio após o naufrágio de um barco e os traficantes fugiram. Mais de vinte pacotes foram recolhidos e encaminhados à Polícia Federal.

O avanço do crime organizado na região é uma das principais preocupações das autoridades na região onde, atualmente, atuam 21 mil militares. Na década de 1950, mil profissionais exerciam a missão de garantir a tríade “integridade nacional, soberania e defesa da pátria” nos 9.762 km de fronteira brasileira da região com Venezuela, Colômbia, Peru e Bolívia. Nessa faixa, as Forças Armadas exercem o chamado poder de polícia em 150 km, por meio de 24 pelotões e um efetivo de 1.500 militares provenientes de todo país.

Nas áreas de selva amazônica, que compreende o território de oito países, a chamada Amazônia Legal, ainda atuam dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que não aceitaram o acordo de paz com o governo do país, além de um efetivo de 400 guerrilheiros do grupo peruano Sendero Luminoso. No ano passado, o diálogo entre o governo colombiano e as Farc se intensificou e, após um acordo que não foi aceito pela populaçãocolombiano, as partes firmaram um novo acordo em novembro.

"Está havendo um processo de pacificação, de desarmamento, mas nos preocupa a Frente Número 1 [das Farc, composta por 200 guerrilheiros], que existem indícios de que alguns elementos talvez não fossem aderir ao processo de pacificação. A droga, a cocaína, o skunk, que entra aqui dentro no nosso país [por essa região] é proveniente dessa área”, explica o general Miotto.

Segundo o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o arsenal de armas dos dissidentes das Farc pode inclusive chegar às facções criminosas responsáveis pela atual crise no sistema penitenciário brasileiro. “Com o acordo de paz [descumprido], o arsenal deles está ficando uma de parte na mão dos dissidentes ou mesmo não sendo entregue. Essas armas podem vir a chegar aos nossos centros metropolitanos, agravando a crise de segurança [pública no país]”, aponta.

Fronteiras

O Brasil tem, ao todo, 17 mil km de fronteiras. Em toda a América do Sul, o país só não faz divisa com Chile e Equador. Os desafios, no entanto, vão além do tráfico de drogas. De acordo com o general Miotto, as tropas militares enfrentam diariamente a pesca ilegal, o tráfico de armas, contrabando, garimpo ilegal, dragas nos rios, imigração ilegal, desmatamento, infrações ambientais, pistas de pouso ilegais, extração ilegal de madeira e tráfico de animais silvestres.

Compartilhar:

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Empresa de telefonia amplia rede 4G no interior do Pará

Salvaterra é a primeira cidade do Marajó a contar com tecnologia de quarta geração
A rede de quarta geração está se expandindo rápido para o interior do Pará. Já são 20 cidades com 4G ativos pela TIM. Salvaterra e Salinópolis são as mais novas cidades a contar com a tecnologia. A operadora segue trabalhando para levar a cada vez mais consumidores a melhor experiência em navegação na internet móvel. A companhia encerrou 2016 na liderança disparada da cobertura 4G no Brasil, presente em mais do que dobro de municípios alcançado pela operadora que está na segunda colocação. A empresa atingiu a marca de 1.246 cidades com sua rede de quarta geração, um incremento de 200% em relação ao número de municípios cobertos no fim de 2015.

Para reforçar esse protagonismo no setor e incentivar a migração de novos clientes, a TIM lançou sua primeira grande campanha de 2017 destacando a liderança em 4G, mostrando um comparativo com as demais teles. O filme estreou neste final de semana (veja aqui).

“Investimos fortemente em infraestrutura e avançamos rapidamente na cobertura 4G. Fechamos o ano com mais de 1.200 cidades cobertas, proporcionando uma experiência diferenciada de navegação para os moradores dessas localidades. Em vários desses municípios, somos a única empresa a oferecer a tecnologia de quarta geração. Queremos que os consumidores conheçam esse trabalho, vejam nossos esforços e entendam a relevância desse protagonismo da TIM no setor”, destaca Pietro Labriola, COO da TIM Brasil.

Municípios cobertos com tecnologia 4G no Pará

Belém
Ananindeua
Castanhal
Igarapé-Açú
Marabá
Santarém
Bragança
Marituba
Benevides
Capanema
Abaetetuba
Bonito
Goianésia do Pará
Marapanim
Salinópolis
Salvaterra
Santa Maria do Pará
Cametá
Parauapebas
Altamira

Description: Description: cid:image004.jpg@01D26FFF.D100CD40

 Fonte: Ascom/TIM Brasil
Compartilhar:

Enem 2016: resultado com as notas individuais é liberado

Com as notas, estudantes podem disputar vagas em universidades públicas pelo Sisu e bolsas de estudo pelo Prouni

As notas com os resultados individuais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 foram divulgadas nesta quarta-feira (18). Para ter acesso, o estudante precisa digitar CPF e senha no site http://enem.inep.gov.br/participante.

Logo após a divulgação, o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apresentou instabilidade. O resultado também pode ser conferido pelo aplicativo oficial do Enem.

Segundo o site “Is it down right now”, que acompanha a estabilidade de serviços conectados, a página enem.inpe.gov.br está fora do ar para todo mundo. O problema no acesso começou por volta das 11h30. No Twitter, usuários reclamavam da instabilidade.

Por volta das 12h, a presidente do Inep, Maria Inês Fini, confirmou o problema durante entrevista coletiva de imprensa em Brasília. "A consulta está à disposição embora nosso site esteja sofrendo inúmeros ataques de pessoas que torcem contra a educação brasileira", disse Maria Inês Fini.

Os candidatos podem conferir as notas de cada uma das quatro provas – ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática – e da redação. Para fazer a consulta, o participante deve fazer login no site do Enem com dados pessoais e senha. Quem perdeu o código pode resgatá-lo no botão 'esqueci minha senha.'

Usos das notas do Enem

As notas do Enem podem ser usadas para disputar vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu). As datas de inscrições para a edição do primeiro semestre de 2017 devem ser divulgadas nesta quarta. Estudantes que fizeram qualquer uma das três edições do Enem realizadas em 2016 poderão concorrer a vagas pelo sistema.

Em seguida ao Sisu, o MEC abre inscrições para o processo seletivo do Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo na rede privada, a partir do desempenho no Enem e da situação socioeconômica do candidato.

Com a nota do Enem, também é possível participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Ainda não há datas para abertura de inscrições em ambos os programas.

Candidatos com mais de 18 anos podem ainda usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.

Mudanças no Enem 2017

Nesta quarta também foi aberta a consulta pública que vai reunir sugestões de mudanças no Enem. As contribuições podem ser enviadas em um formulário disponível no link http://www.inep.gov.br/. A consulta pública está aberta até 10 de fevereiro.

Compartilhar:

Alcoa apoia formação de jovens empreendedores em Juruti

Vinte e três estudantes receberam certificado de conclusão pelo Programa Miniempresa, que desde sua implantação já beneficiou 75 jovens
Após 15 semanas vivenciando a experiência de gerenciar uma fábrica de cabides de alumínio, 23 estudantes do 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Vereador Raimundo de Sousa Coelho, em Juruti, no oeste paraense, receberam certificado de conclusão pelo Programa Miniempresa. Essa é a terceira turma formada pelo programa, realizado pela Alcoa como parte de suas ações de responsabilidade social do empreendimento de mineração de bauxita no município e que tem apoio do Instituto Alcoa e da Junior Achievement.

Ao longo de três anos, o programa Miniempresa atendeu três escolas, beneficiando 75 alunos que comandaram uma produção de 3.210 cabides de alumínio. Resultados que enchem de orgulho os parceiros da iniciativa. “Aplicamos o programa em outras unidades da Alcoa e isso nos orgulha bastante. Temos visto que a Miniempresa é importante para a formação de jovens por dar uma visão para eles de futuro. Gostamos de ver o brilho nos olhos desses alunos, que confirmam em seus depoimentos que o programa deixa uma contribuição de empreendedorismo e oferece uma visão estratégica de planejamento e de execução”, afirmou Affonso Bizon, diretor da Alcoa Juruti.

Os estudantes também celebraram a conquista. “Acredito que a experiência da Miniempresa não só na minha vida, mas de todos os alunos participantes, acrescentou bastante na organização de uma empresa e como fazer para gerenciá-la. No período da Miniempresa foi ótimo, pois todos nos esforçamos muito para acordar cedo e cumprir as tarefas para alcançar as metas planejadas. Antes pensava em ser advogada, mas depois que conheci o programa isso mudou muito. Já penso em ser uma empreendedora”, disse confiante a estudante Ítala Oliveira, que desempenhou o papel de diretora de Marketing da Miniempresa.

Compartilhar:

DESTAQUE:

Agentes prisionais facilitavam entrada de celular, bebidas e drogas na penitenciária de Cucurunã

Os agentes prisionais  Rafael Efigênio Rocha e Abraão Neto,  lotados no Centro de Recuperação Agrícola ‘Silvio Hall de Moura’, em Cucur...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive

PUBLICIDADE: