quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Novas obras em escolas beneficiarão mais de 21 mil estudantes


O governador Simão Jatene durante assinatura do convênio. As obras vão beneficiar, ao todo, mais de 21 mil estudantes

Durante o encerramento da terceira reunião do Fórum Permanente de Prefeitos e Prefeitas dos Municípios Sustentáveis, no Hangar Centro de Convenções, foram assinados convênios com prefeituras do interior para execução de obras de construção, ampliação e reforma de escolas em diversos municípios. Foram oficializadas também as Ordens de Serviços de 15 obras de reforma e ampliação de escolas em Belém e outros municípios do interior, financiadas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). No conjunto, essas obras representam investimento de mais de 50 milhões de reais.

As obras vão beneficiar, ao todo, mais de 21 mil estudantes. Para a secretária de Educação, Ana Claudia Serruya Hage, a estrutura física das escolas é um dos fatores que mais repercute na motivação e desempenho dos alunos. “Hoje, o Governo do Estado faz essas parcerias para melhorar a estrutura das escolas e, com isso, resgata o sentido do Pacto pela Educação, que preconiza que todos devemos nos responsabilizar pela Educação”, destacou.

A Seduc conta, atualmente, com mais de 100 obras em vários estágios. Já foram relicitadas as obras de oito escolas tecnológicas que estavam paralisadas, e estão em processo, com o mesmo objetivo, mais 14 novas escolas de doze salas de aula, financiadas com recursos do FNDE - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

Em breve, serão retomadas as licitações de todas as escolas indígenas. “Tudo isso, além dos convênios assinados com as Prefeituras, e as obras financiadas pelo BID, representa um momento único, que vem ao encontro daquilo que as comunidades beneficiadas desejavam. Assim, chegaremos ao final deste ano, com mais de 100 escolas reformadas, readaptadas ou integralmente construídas em todo o Estado”, detalhou a titular da Seduc.

Monitoramento da comunidade

Os sete convênios de obras que serão financiadas pelo Tesouro do Estado foram assinados com as prefeituras de Vigia de Nazaré, Maracanã, Chaves, Acará, Ourilândia do Norte e Salinópolis. Executadas pelas Prefeituras, com acompanhamento direto da Seduc, essas obras representam um investimento de mais de 10 milhões de reais. Serão reformadas as Escolas da Vila de Penha Longa, em Vigia; “Taurina Botelho” e “Abel Chaves, em Maracanã; “Izabel Barral”, no município do Acará; “Romildo Veloso”, em Ourilândia do Norte e “Miguel de Santa Brígida”, em Salinópolis.

Em Chaves (Marajó) será construída uma nova escola, na Vila do Arapixi. A localidade fica a cinco horas de barco da sede do município e lá, cerca de 300 alunos aguardam pela nova escola.

Segundo o prefeito Bira Barbosa, a nova escola vai ter energia solar, água potável e uma horta escolar, “para que os alunos comecem, também, a olhar para a questão da agricultura, já que no município a tradição é a criação de animais e a pesca”. “Certamente, vai mudar a cara da educação em Chaves”, disse o prefeito.

A secretária Ana Claudia garantiu que as obras a serem executadas pelas prefeituras terão o acompanhamento direto da Seduc, e o monitoramento da comunidade. “O próprio aluno, professor, técnico ou diretor da escola, que serão os principais beneficiários, também poderão nos ajudar e cobrar a qualidade e o cumprimento do contrato, para que tudo ande conforme o esperado”, pontuou.

As Ordens de Serviços das obras de reforma e ampliação, financiadas com recursos do BID, vão beneficiar municípios de Ipixuna do Pará, São Caetano de Odivelas, Belém, Vigia, Cachoeira do Piriá, Marapanim, Primavera, Terra Alta, Muaná, Santa Luzia do Pará, Benevides, Santarém, Abaetetuba e Floresta Araguaia.

Em Vigia de Nazaré, no nordeste do Estado, será reformada a Escola Estadual Bertoldo Nunes, uma obra há muito esperada pela população, segundo a prefeita Camille Vasconcelos. “Essa escola é muito querida pela nossa comunidade, que já aguardava há muito tempo por essa obra, devido ao estado de deterioração em que ela se encontra. Temos certeza de que após a reforma, ela vai se tornar uma escola piloto naquela região”, frisou.

Atendimento aos municípios


Durante o evento no Hangar, a Seduc, por meio das suas secretarias adjuntas de Ensino (Saen), de Logística Escolar (Sale) e de Planejamento e Gestão (SAPG), prestou orientações e esclarecimentos aos prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais.

O prefeito de Rio Maria, no sul do Pará, Francisco Paulo Barros Dias, procurou o atendimento por conta das duas escolas que entrarão em obra no seu município: a “Catete Pinheiro” e a “Aniceto Laranjeiras”. Ele fez questão de parabenizar o governador Simão Jatene e a Seduc pela maneira que têm tratado os gestores municipais. “Tanto o governador quanto a secretária Ana Claudia Hage têm nos atendido com muito carinho, o que, certamente, ajuda muito quando temos alguma dificuldade específica para tratar”, concluiu o prefeito. (AP)
Compartilhar:

0 comentários:

Amazônia Protege

DESTAQUE:

Enem: estudantes podem confirmar inscrição a partir desta 2ª feira

A partir desta segunda-feira (22), os estudantes que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 podem acessar os cartões de con...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive