quinta-feira, 7 de junho de 2018

Instituto Alcoa apoia um dos maiores projetos de diagnóstico social em Juruti


O Instituto Alcoa destinou R$75 mil à elaboração do IPS – Índice de Progresso Social - do município de Juruti. A parceria com o Instituto Juruti Sustentável (IJUS), que contribuirá com R$ 74 mil, vai garantir os estudos que estão sendo desenvolvidos pelo Imazon - Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia. O diagnóstico prévio sobre a viabilidade de utilização do Índice de Progresso Social (IPS) em Juruti deverá ser entregue no próximo mês de julho, quando o Imazon também apresentará uma proposta para realização do levantamento final em 2019.

O IPS é um sistema que mede os indicadores para acompanhar o desenvolvimento do município e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, como metas a serem atingidas até 2030. Na definição do Imazon, o progresso social “é a capacidade de uma sociedade em satisfazer as necessidades humanas básicas dos seus cidadãos, criando as condições para que todos os indivíduos atinjam pleno potencial.”

Para o representante do Imazon, Adalberto Veríssimo, o IPS é uma ferramenta que funciona como “um Raio X social do município, uma vez que levanta dados de segurança, nutrição, habitação, educação, saúde e outros mais, nas suas diversas comunidades”. Para ele, é um importante instrumento de gestão, pois pode influenciar muito, por exemplo, no Plano Plurianual do município. “Por meio dele, o gestor pode saber os pontos prioritários para atender o território com políticas públicas em áreas prioritárias como educação, saúde e segurança. Também é instrumento de informação, de transparência e formação de consciência cívica”.

O gerente de Relações Institucionais da Alcoa Juruti, Rogério Ribas, considerou a iniciativa extremamente importante, já que a última versão dos indicadores de Juruti é de 2011, quando a Alcoa apoiou o trabalho desenvolvido em parceria pela Fundação Getulio Vargas. “Esses indicadores servem para direcionar investimentos no sentido de concentrar e otimizar nossas forças para que o município avance economicamente e socialmente. A ideia é que até 2019 possamos ter condições de fazer, também, avaliações comparativas com outros municípios”, disse.

Para a diretora social em exercício do IJUS e representante do Sindicato dos Profissionais de Educação de Juruti, Albélia Tavares, essa parceria entre o Instituto Alcoa, IJUS e Imazon é primordial, pois vai trazer um estudo mais detalhado do município para que se possa propor ações muito mais pautadas na realidade local.

Fonte: Divulgação | Alcoa Juruti
Compartilhar:

0 comentários:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Alcoa tem projetos de neutralização de emissões no Brasil inseridos no prêmio Global ReLeaf 2019

Quatro projetos de neutralização das emissões de CO2 desenvolvidos pela Alcoa no Brasil estão entre os dez escolhidos para o prêmio Globa...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive