segunda-feira, 8 de abril de 2019

Celpa inaugura a primeira subestação do município de Belterra

Com capacidade para atender 160 mil habitantes, a obra ainda beneficia Mojuí dos Campos e parte da zona rural de Santarém

A Celpa vai entregar oficialmente à população de Belterra, na região Oeste do Pará, na próxima quarta-feira (10), a primeira subestação de energia da cidade. Em pleno funcionamento, desde o final de dezembro de 2018, a obra atende, também, ao município de Mojuí dos Campos e parte da zona rural de Santarém.

A concessionária investiu cerca de R$ 13 milhões na subestação, que fica localizada no Km 39 da BR-163 (Rodovia Santarém-Cuiabá). A capacidade operacional do empreendimento atende a 49.461 clientes (equivalente a uma população de aproximadamente 160 mil habitantes), através de sistema formado por dois transformadores.

A subestação está ligada à linha Rurópolis-Tapajós e já entrou em operação com uma das tecnologias mais avançadas do setor de distribuição de energia do país. Ela possui um dos melhores sistemas automáticos para restabelecimento da energia em casos de imprevistos. Além disso, o sistema de comunicação da subestação é otimizado e ocorre em alta velocidade, com monitoramento 24 horas direto do Centro de Operações Integradas da Celpa.

Com essa implantação, a capacidade de escoamento de potência do sistema aumenta em 26%. Com isso, a Celpa garante energia firme e segura, atendendo adequadamente o crescimento do mercado de energia elétrica (novos clientes, empreendimentos e aumento de carga dos clientes já existentes) com tensão adequada; melhora a confiabilidade e qualidade do serviço prestado e diminui o tempo de atendimento às ocorrências, que por alguma eventualidade acontecerem.

A nova SE, a quarta na região de influência de Santarém, vai permitir, também, atendimento alternativo à Vila Balneária de Alter do Chão, em caso de contingência na rede existente, oriunda da subestação Muiraquitã.

O PAPEL DAS SUBESTAÇÕES – No setor elétrico brasileiro existem as geradoras e as transmissoras, que é por onde a energia, vinda de diversos cantos do Brasil, passa antes de chegar às distribuidoras. Ou seja, a eletricidade percorre um sistema de transmissão que começa nas usinas até chegar nas subestações. No caso do Pará, a distribuidora é a Celpa e as subestações da concessionária são responsáveis pelo início da distribuição da energia. Elas funcionam como pontos de entrega de energia para os consumidores. Quando essa energia chega nas subestações, os transformadores fazem o aumento ou diminuição de tensão para adequá-la ao consumo dos clientes.
Fonte: Ascom/Celpa
Compartilhar:

0 comentários:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Alcoa tem projetos de neutralização de emissões no Brasil inseridos no prêmio Global ReLeaf 2019

Quatro projetos de neutralização das emissões de CO2 desenvolvidos pela Alcoa no Brasil estão entre os dez escolhidos para o prêmio Globa...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive