terça-feira, 28 de maio de 2019

Período junino requer cuidados com as fiações elétricas

Com a aproximação da quadra junina, é necessário redobrar os cuidados em relação à decoração de ruas e também com fogos de artifício. Pensando na situação, a Celpa dá algumas orientações para que essas situações típicas do período não causem imprevistos. Pequenos cuidados são fundamentais e merecem atenção, como a colocação das bandeirolas, faixas e outros adereços. Toda a ornamentação deve ser produzida com materiais que não sejam condutores de eletricidade e não pode ser afixada próximos da fiação elétrica. Em hipótese alguma, essas bandeirinhas devem ser amarradas aos postes ou mesmo nos fios de baixa tensão.

O executivo da área de Segurança da Celpa, Alex Fernandes, ressalta que todos devem seguir de forma rigorosa as orientações sobre segurança para evitar situações que podem causar danos irreversíveis. “A população precisa manter distância da rede elétrica e não soltar fogos de artifício na direção de postes e cabos de energia, pois podem ocasionar prejuízos diretos no fornecimento de energia e trazer riscos iminentes, levando por consequência a acidentes fatais. É muito importante se divertir com responsabilidade”, explica.

Alex Fernandes também pede que as pessoas não acendam fogueiras perto de postes ou embaixo de fios elétricos, já que o calor das chamas pode superaquecer a rede, provocando rompimento da fiação. “O número de fogueiras aqui na nossa região diminuiu significativamente em relação aos anos anteriores, mas, mesmo em menor quantidade, não deixa de ser um agravante quando feita sem os devidos cuidados”, alerta.

Em caso de acidentes, a empresa orienta como a população deve agir. O local, por exemplo, deve ser isolado, para que não haja aproximação de pessoas. E enquanto a energia não for desligada, não se deve retirar objetos ou pessoas que estejam em contato com fios. Nesses casos, é preciso acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193, e a Celpa, pelo número 0800 091 0196.

COMÉRCIO INFORMAL – Para a montagem de barraquinhas, camarotes, arquibancadas, palanques, palcos e a utilização de veículos de som, deve-se levar em conta alguns itens. A distância mínima de segurança dessas estruturas em relação à fiação elétrica dever ser de 1,5m. Durante a montagem e a desmontagem das estruturas, os operários deverão ficar atentos a essa distância e manusear ferramentas e peças metálicas com extremo cuidado.

Nos casos de ligações à rede para eventos juninos, os organizadores podem procurar as agências de atendimento da concessionária para solicitar a ligação provisória. A solicitação deve ser feita com antecedência, devendo informar qual a finalidade, o endereço da ligação e quais eletrodomésticos serão utilizados. Com esta medida, situações de sobrecarga são evitadas.
Mais dicas:

– Não lance serpentinas ou confetes na rede elétrica, sejam metálicos ou não;
– Não instale nenhum enfeite próximo à rede elétrica. Deve-se manter uma distância mínima de dois metros;
– Não faça ligações clandestinas. Procure a Celpa para fazer a ligação provisória do seu comércio;
– Evite improvisos, pois eles aumentam o risco de acidentes com a rede elétrica;
- Fogos de artifício devem ser lançados o mais longe possível da rede elétrica.

Fonte: Ascom I Celpa
Compartilhar:

0 comentários:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Governo atende demandas de municípios paraenses

O governador do Estado, Helder Barbalho, recebeu, nesta segunda-feira (3), no Palácio do Governo, em Belém, representantes do município d...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive