segunda-feira, 3 de junho de 2019

Governo anuncia redução da criminalidade e informa sobre 9º acusado em participar de mortes no Guamá




O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), informou durante coletiva de imprensa, realizada nesta segunda-feira (3), a redução dos índices de criminalidade no Estado durante o mês de maio. Mesmo com o caso das mortes registradas no bairro do Guamá, no dia 19 de maio, os índices de homicídios, durante esse mês, reduziram 27% se comparados aos registrados em maio de 2018, em todo o Estado.

"Estamos trabalhando intensamente desde o dia dois de janeiro, para coibir e reduzir os índices de criminalidade em todo o Pará. E este é o quinto mês consecutivo de redução. Sabemos que o episódio ocorrido no bairro do Guamá impacta na percepção da população, porém nós podemos afirmar que eles estão em queda", afirmou o secretário de estado de segurança pública e defesa social, Ualame Machado.



De acordo com os dados divulgados, em maio de 2018 foram registrados 343 homicídios, já em maio deste ano foram 249, sendo, inclusive, a terceira redução mais significativa registrada em relação aos crimes de homicídio praticados durante maio desde o ano de 2010.

Outros números - Nos casos de roubos, a redução foi de 29%, com 2.557 casos a menos registrados neste ano. Os índices apontam 8.908 ocorrências no ano de 2018 e 6.351 casos registrados em 2019. Apontando também maior redução na taxa de roubos comparando todos os meses de maio, desde o ano de 2010.

Os números de roubos a pedestres também reduziram, cerca de 30% amenos em todo o Estado. No ano de 2018 foram registrados, 7.536 casos, já em maio deste ano foram 5.307.

Roubos a veículos também reduziram em 44%, foram 511 em 2018 e 287 em maio de 2019, o que representa 224 ocorrências a menos. Os roubos a coletivos tiveram redução de 73%. No mês de maio de 2018 o Pará computou 96 casos, já em maio de 2019 foram 26 ocorrências, apresentando uma diminuição de 70 casos.

Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), índice que envolve dados gerais de homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte, apontam redução em 27% nos casos. Em maio de 2018 foram 362 ocorrências registradas, enquanto que no mesmo período de 2019 foram 264 ocorrências.

Dado Acumulado – No comparativo dos números acumulados de 1º de janeiro a 31 de maio dos anos de 2018 e 2019, os registros de homicídio também apresentam redução de 27%. Com o resguardo de 445 ações, tendo sido registradas, nesse período, no ano passado, 1.668 ocorrências e 1.223, no mesmo período em 2019.

Em relação ao número de roubos no Estado foram computados 48.011 roubos de 1º de janeiro a 31 de maio de 2018, contra 35.676 no mesmo período deste ano, reduzindo 29% nas ocorrências.

Região Metropolitana de Belém - A redução dos registros de homicídios na Região Metropolitana de Belém, no período de 1° a 31 de maio, em comparação ao ano de 2018 e 2019, corresponde a 39%. Em 2018, o número de homicídios totalizou 129 e este ano, 79, quando 59 vidas foram preservadas.

No período de 1º de janeiro a 31 de maio, ao comparar os anos de 2018 e 2019, a redução dos homicídios chegou a 47%, com 309 mortes a menos. No ano passado, 657 homicídios foram computados e 348 este ano.

Os casos de roubos, ao comparar maio de 2018 e maio 2019, reduziram em 31%, com 5.440 registros em 2018 e 3.693 este ano, o que resultou em 1.747 roubos a menos.

Inquérito finalizado - Durante a coletiva, o secretário de segurança pública, Ualame Machado, destacou a identificação de mais um envolvido nas 11 mortes ocorridas no bairro do Guamá.

"O inquérito do caso que envolveu as 11 mortes ocorridas no bairro do Guamá já foi concluído, tendo em vista o prazo legal de 10 dias para a apresentação à justiça, quando há indiciados presos. O relatório já foi encaminhado ao Poder Judiciário que enviará ao Ministério Público para que seja analisado, e concordando com as conclusões das autoridades policiais que presidiram a investigação, será oferecida a denúncia. Destacamos também, que após as oito prisões realizadas, mais uma pessoa foi indiciada ao processo, totalizando assim nove envolvidos", explicou o secretário.

Relembre o caso – Na tarde do domingo, 19 de maio, 11 pessoas morreram em um bar no bairro do Guamá. Em menos de 48 horas após o ato ter acontecido, o sistema de segurança pública prendeu duas pessoas envolvidas no crime, que foram fundamentais para se chegar ao restante dos participantes. Após sete dias, oito pessoas foram presas, sendo elas quatro policiais militares e quatro civis.

Fonte: Agência Pará
Compartilhar:

0 comentários:

PONTO FINAL

DESTAQUE:

Governo atende demandas de municípios paraenses

O governador do Estado, Helder Barbalho, recebeu, nesta segunda-feira (3), no Palácio do Governo, em Belém, representantes do município d...

Amazônia Protege

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive