Esportes


Parazão 2014

São Raimundo está pronto para estreia no Parazão 2014

A equipe do São Raimundo está pronta para sua estréia na primeira fase do Parazão 2014. O time comandado pelo técnico Filiba enfrenta o Castanhal, às 20 horas, no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém. No coletivo apronto de domingo, a equipe titular teve a seguinte formação: Labilá, Hugo Deleon,(Gabriel Tiningu) Matheus, Alan Peterson e Maurian. Marcelo Pitbul(Diego Piraca,) Itupiranga, Michel e Diego Ratinho:Marinho (Elton) e Romario.

Ingressos

A venda de ingressos para a partida entre São Raimundo e Castanhal já começou e podem ser adquiridos da sede do alvinegro ou nas bilheterias do estádio.
Foram colocados à disposição do torcedor 5.500 ingressos.
Os preços:
Arquibancada inferior superior R$10,00
Arquibancada central: R$20,00

Com informações do blog Rolando a Bola


Colosso do Tapajós liberado para 5.500 torcedores
As adequações realizadas no estádio Colosso do Tapajós pela Prefeitura de Santarém, através da SEMJEL, foram aceitas pela Comissão de Vistoria de Estádios do Pará, que autorizou a ampliação capacidade de público de 2.200 para 5.500 torcedores. Esse é o público permitido para o jogo de estreia do São Raimundo na Seletiva do Parazão 2014, diante da equipe do Castanhal, nesta terça-feira à noite (05).

Segundo o titular da SEMJEL, Erasmo Maia, a Secretaria aguarda novas recomendações da Comissão de Vistoria no sentido de melhorar as condições de segurança no estádio, que está com restrição de público em função das obras de ampliação e reforma. Uma vez atendidas as recomendações, a capacidade de torcedores para os próximos jogos pode ser aumentada para até oito mil. (PMS)


Esporte amador

Atleta santareno é destaque em competições de atletismo no RS

Sete medalhas e um troféu foram conquistados pelo atleta santareno Isaac da Silva Lima em eventos de atletismo em Porto Alegre, durante o mês de outubro. Isaac foi campeão 4ª Corrida Rústica do Exército e gahou medalhas: 1º lugar máster, no município de São Leopoldo; três medalhas em caminhadas, uma em longevidade e uma de campeão mundial em atletismo máster.

Isaac Silva teve o apoio da Secretaria de Educação, que sempre motivou e incentivou os atletas de nosso município em atividades esportivas.



Parazão 2014
Independente vence e lidera a primeira fase do paraense

A primeira rodada da 1ª fase do Parazão 2014, prosseguiu na tarde deste domingo (3). No estádio Rosenão, em Parauapepas, os donos da casa receberam o Independente Tucuruí. Melhor para os visitantes que venceram, por 3 a 1, e assumiram a liderança da competição, com três pontos.

Independente 1 x 0: Jaquinha 23' 1º
Independente 2 x 0: Fabrício 33' 1º
Independente 3 x 0: Fabricio 43' 1º
Parauapebas 1 x 3: Bibi 18' 2º

RESULTADOS
 Além de Parauapebas 1 x 3 Independente Tucuruí, a primeira rodada teve ainda mais dois jogos que terminaram empatados: Águia 1 x 1 Gavião e Tuna 0 x 0 Time Negra. A primeira rodada termina com o jogo São Raimundo x Castanhal, na próxima terça-feira (5), no estádio Jader Barbalho, o Barbalhão, em Santarém.

CLASSIFICAÇÃO
1º Independente  3 pontos
2º Águia  1 ponto
3º Gavião 1 ponto
4º Tuna 1 ponto
5º Time Negra 1 ponto
6º Parauapebas 0
São Raimundo e Castanhal ainda  não estrearam

DOL

Tuna e Time Negra empatam sem gols no Souza

Tuna Luso e Time Negra empataram em 0 a 0 na manhã deste domingo (3) no estádio do Souza, em Belém, pela primeira rodada da 1ª fase do Campeonato Paraense 2014.O resultado deixou as duas equipes provisoriamente na terceira colocação, com apenas um ponto cada. Águia e Gavião também empataram, só que em 1 a 1, no sábado (2), e estão nas duas primeiras posições.

A Cruz de Malta foi melhor durante todo o jogo, mas não conseguiu aproveitar as oportunidades criadas.

Próxima rodada
Na próxima rodada, a Tuna vai até Marabá enfrentar o Águia. O jogo ocorrerá às 20h da quarta-feira (6) no estádio Zinho Oliveira.

Já o Time Negra enfrentará o São Raimundo, em Santarém, no estádio Colosso do Tapajós. A partida está marcado para as 20h30 do sábado (9).
DOL

Águia fica no empate com o Gavião na abertura da 1ªfase do Parazão


Na abertura da primeira fase do Campeonato Paraense, o Águia de Marabá empatou em 1 a 1 contra o Gavião vice-campeão da segundinha. O jogo foi realizado no estádio Zinho de Oliveira em Marabá.O primeiro tempo terminou empatado em 0a 0, no segundo tempo o Águia abriu o marcador com Luis Fernando cobrando falta, mais o time dos indios foi buscar o empate no final do jogo com  o Ex-Remo Ednaldo.



PARAENSE 2014 - 1ª FASE (1ª RODADA) - Estádio Zinho Oliveira - Marabá (PA)

Águia   1 x 1 Gavião

Águia 1 x 0: Luis Fernando (falta) 18' 2º
Gavião 1 x 1: Edinaldo 39' 2º

Próximos jogos
Domingo 03 de Novembro
Tuna Luso  x  Time Negra
Estádio do Sousa
9h30

Parauapebas  x  Independente
Estádio Rosenão
16h

Terça-feira 05 de Novembro
São Raimundo x Castanhal
Estádio Colosso do Tapajós
20h

Fonte: DOl

São Francisco desafia Remo pela 2º vez

O domingo é de Páscoa, mas também de futebol, dia do jogo de ida das semifinais do segundo turno do Campeonato Paraense 2012. São Francisco e Remo voltam a se enfrentar hoje, às 18h30, no estádio Colosso do Tapajós. A vantagem é dos visitantes, que jogam por dois empates para chegar à final do returno, mas os santarenos esperam colocar um sabor amargo no chocolate dos remistas.

Há uma semana as duas equipes jogaram pela última rodada da fase classificatória para decidir quem ficaria com o primeiro lugar. Na disputa, o Leão da capital levou a melhor, venceu por 3 a 1, devolveu a derrota sofrida para o Leão do interior no primeiro turno por 2 a 0, em Santarém. Disposto a apagar a má atuação, o São Francisco vai a campo para tentar reverter as regalias do rival e, consequentemente, ir mais tranquilo ao segundo jogo em Belém. A força ofensiva do time, comandado pelo veloz atacante Ricardinho, será a arma.

Embalado pela sequência invicta de nove partidas, cinco vitórias e quatro empates, o time azulino quer melar a Páscoa dos cerca de oito mil expectadores aguardados no estádio santareno. Apesar de ter o direito de avançar à próxima fase em caso de dois resultados iguais, a postura da equipe no primeiro duelo vai ser ofensiva, a mesma imposta nos confrontos anteriores, porém com um pouco mais de cautela devido ao compromisso ser fora de casa.

O terceiro encontro entre os Leões pode desempatar a luta travada entre ambos. Nos dois jogos entre eles, uma vitória para cada lado, três gols marcados e três gols sofridos. Além de saborear o chocolate com mais felicidade, o resultado positivo também colocará o time vitorioso perto da decisão do turno.

Fonte: DOL


Santareno Manoel Fernandes é Campeão do Pan Americano de Jiu-Jitsu

Mais uma vez o atleta santareno Manoel Fernandes é destaque nacional, pelo primeiro lugar no campeonato Pan Americano de jiu-jitsu, que aconteceu de 28 a 30 de outubro em Brasilia.
O evento é realizado anualmente e, além de atletas das Américas, abre exceção para europeus. A ideia é atrair o máximo de participantes para a disputa.

Manoel tem se destacado em todos os campeonatos significativos do esporte no país, estando sempre entre os primeiros colocados no resultado final e na maioria das vezes no lugar mais alto do podio.
O atleta é atualmente campeão mundial de jiu jitsu na sua categoria.

Perfil de um campeão - Tudo começou em Santarém, na Academia Tapajós Fight, aos 12 anos de idade, com o mestre Carlos Magno e seu pai Júnior Fernandes, mais conhecido por Junhão, seu maior incentivador. Aos 17 anos, foi morar na capital amazonense, treinando na Cia. Amazonense, com mestre Rigoney jr.

Hoje, Manoel Fernandes de Oliveira Neto está brilhando em outras capitais e residindo no Rio de Janeiro, treinando na Academia Dela Riva e começando seus treinos de MMA (Mistura de Artes Marciais), na Academia de seu ídolo Minotauro.

Por: Daniel Noel

São Francisco conquista 2º turno do campeonato santareno sub-17
O time do São Francisco empatou com o São Raimundo em 2 a 2, na noite de ontem (13), no estádio Colosso do Tapajós, e conquistou o título do segundo turno do campeonato santareno sub-17. O Leão Azul havia vencido a primeira partida por 5 a 2 e jogava pelo empate.

Com o resultado, a equipe sagrou-se campeã e garantiu vaga na final da competição, que será disputada em duas partidas, já na próxima semana, provavelmente na quarta e sábado. O adversário será o time do Arsenal/Belterra, que também venceu o Pantera na decisão do primeiro turno.


OAB promove circuito de corrida e caminhada
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção do Pará, subseção de Santarém, está com inscrições abertas para o 1º Circuito de Corrida e Caminhada, que será realizado em cinco municípios paraenses.

A primeira etapa será em Santarém, no dia 22 de maio, às 8 horas.

Qualquer pessoa acima de 16 anos de idade pode participar, porém, haverá categorias especiais para advogados, juízes e membros do MP.

O projeto da OAB visa promover maior integração entre a Ordem e a sociedade, através da prática esportiva, reforçando o incentivo à formação de novos atletas.

O objetivo do 1º Circuito de Corrida e Caminhada é enaltecer os princípios do esporte, fortalecendo, ao mesmo tempo, a prática do atletismo, como parte na construção de uma vida mais saudável.

Os interessados em participar do evento podem fazer suas inscrições na sede da OAB, pagando uma taxa de R$ 15,00 (para profissionais). Estudantes podem se inscrever doando dois quilos de alimento não-perecível, que serão entregue a entidades assistenciais.

Além de Santarém, o Circuito de Corrida e Caminhada acontecerá nas cidades de Paragominas, Marabá, Ananindeua e Belém.

Premiação etapa/Santarém

Categoria livre
1º lugar: R$ 500 (masculino e feminino)
2º lugar: R$300 (masculino e feminino)
3º lugar: R$200 (masculino e feminino)

Categoria especial (comunidade jurídica)
1º lugar: R$ 500 (masculino e feminino)
2º lugar: R$300 (masculino e feminino)
3º lugar: R$200 (masculino e feminino)

Categoria estudante
1º lugar: tênis (unissex)
2º lugar: camisa oficial de escolha
3º lugar: bola de futsal masculino e de vôlei feminino.

Durante a caminhada haverá sorteio de brindes.
Cada atleta classificado receberá uma medalha de participação.


São Raimundo vence o Castanhal por 1 a 0

Atuando no estádio Jader Fontenelle Barbalho, o Barbalhão, o São Raimundo conseguiu, nos minutos finais do segundo tempo, vencer o Castanhal por 1 a 0 na noite deste domingo (1º de maio), pelo fechamento da quinta rodada do segundo turno do Campeonato Paraense 2011. Com o resultado, o time do técnico Charles Guerreiro está no G4 que garante vaga às semifinais do Estadual.

Em seus domínios, o Pantera Negro Mocoronho tinha a missão de conseguir a vitória e seguir firme na busca pelas semifinais do Parazão. Contudo, logo nos primeiros minutos, o meio-campo Renato Medeiros foi expulso, o que dificultou as ações dos donos da casa.

Mesmo estando nas últimas colocações do torneio, o Japiim da Estrada fazia uma boa partida e teve diversas oportunidades de abrir o placar. Porém, nos minutos finais de jogo, o São Raimundo construiu o resultado do embate. O meio-campo Aldivan escorou cruzamento de cabeça e marcou o único gol do jogo. O ex-Paysandu ainda desperdiçou um pênalti à favor dos santarenos. (Gustavo Pêna, DOL)

5ª Rodada do 2º Turno do Parazão:

Cametá 3 x 2 Águia de Marabá 30/04 SAB 19h Estádio Parque do Bacurau

Independente 2 x 0 Tuna 30/04 SAB 20h Estádio Navegantão

Paysandu 1 x 1 Remo 01/05 DOM 16h Estádio Mangueirão

S.Raimundo 1 x 0 Castanhal 01/05 DOM 17h Estádio Barbalhão

Classificação:

1º - Independente Tucuruí: 12 pontos.

2º - Cametá: 12 pontos.

3º - São Raimundo: 10 pontos.

4º - Remo: 10 pontos.

5º - Paysandu: 5 pontos.

6º - Tuna Luso: 4 pontos.

7º - Castanhal: 2 pontos.

8º - Águia: 1 ponto.

DOL


------------------------------------------------------------- São Raimundo rescinde com atacante 
O jogador acertou sua rescisão nesta quinta-feira (07). O gerente de futebol alvinegro Sandecley Monte conversou com Kamar e tudo foi resolvido com as duas partes entrando em acordo para a rescisão contratual. O atleta lamentou a falta de sorte, agradeceu a oportunidade e disse está deixando o clube com boas lembranças de Santarém.

"Estou deixando o São Raimundo levando boas lembranças e amizade que construí no futebol, em Santarém, amizade que é pra vida toda. Fiz muita amizade aqui em Santarém, e para as pessoas que me conheceram, as portas de minha casa vão está sempre abertas, no Nordeste - Piauí, obrigado, valeu Santarém", disse Anderson Kamar.

Anderson Kamar, não teve chance de mostrar seu futebol, o Paraibano teve boa participação no Campinense, se destacou também no futebol Amazonense e foi indicado para o São Raimundo. Não teve sorte no início da temporada, ainda no Rio de Janeiro, onde o Pantera fez sua pré-temporada, o atleta se machucou e na volta para Santarém devido o longo tempo de recuperação foi perdendo espaço.

Kamar é o sexto atleta da era Tião Rocha a rescindir com o São Raimundo. Antes deixaram o clube o lateral direito Coelho, os volantes Marcelo Pitbull e Thiago Carvalho e o atacante Diney. Foram contratados para o segundo turno do Parazão 2011, seis jogadores: Zagueiro Ney Carioca, lateral direito Júlio Ferrari, volante Éber, lateral esquerdo e meia Aldivan, meia atacante Vélber e o atacante Tinha.

O São Raimundo estreou no returno do Parazão 2011 (Taça Estado do Pará), contra o Remo no último domingo (3) de abril, no estádio Colosso do Tapajós em Santarém, e goleou a equipe azulina por 3 x 1. No próximo domingo dia 10 de abril, o Pantera enfrenta o Águia de Marabá, pela 2ª- rodada também em Santarém.

Zagueiro desfalca o Pantera neste domingo 
O zagueiro Thiago Júnior é desfalque certo na equipe do São Raimundo para o jogo do próximo domingo (10), contra a equipe do Águia de Marabá, às 17h no estádio Colosso do Tapajós, valendo pela 2ª- rodada do returno do Parazão 2011. Thiago Júnior acumulou três cartões nos jogos contra Tuna, Cametá e Paysandú.

O técnico Charles Guerreiro tem três opções para a posição, Andrey, Wallace, o jovem Thalys e Ney Carioca, este último estreou com a camisa alvinegra quando entrou no lugar de Rodolfo Soares que saiu de campo lesionado. O coletivo apronto alvinegro acontece logo mais às 16h no Colosso do Tapajós, quando o treinador decidirá a situação. (SREC)



Reforços do Pantera estão liberados
Os nomes dos cinco jogadores contratados pelo São Raimundo para o 2º- turno do Parazão 2011 foram confirmados no BID, nesta sexta-feira e já estão a disposição do técnico Charles Guerreiro para o jogo de domingo (3), contra o Remo, às 17h no Colosso do Tapajós. São eles: Lateral direito Júlio Ferrari, Zagueiro Ney Carioca, volante Éber, Meia Vélber e atacante Tinha.

Aldivan lateral esquerdo, e joga também no meio chegou como reforço mas já estreou na vitória contra o Paysandú na última rodada do 1º- turno. Com a liberação dos cinco jogadores, Charles Guerreiro aguarda apenas agora pela liberação do volante Jardel e do atacante Leandro Guerreiro, ambos entregues ao departamento médico, já para o coletivo desta tarde no Colosso do Tapajós.

Fora mesmo da partida contra o Remo, o meia Fernandinho (tornozelo direito) e o atacante Belo (lesão na coxa direita). O time fará o coletivo apronto hoje à tarde, e ainda faz um recreativo neste sábado pela manhã, em seguida entra em regime de concentração.
Imprensa - S. R. E. C. 
São Raimundo contrata meia atacante 

A diretoria do São Raimundo confirmou nesta sexta-feira (25), mais um reforço para a temporada 2011. O meio campista Paraense Vélber, ex-Tuna, Paysandú e Remo. O risadinha como ficou conhecido no futebol tem chegada prevista a madrugada deste sábado (26) a Santarém. Vélber teve passagens por outros clubes do futebol brasileiro e estava atuando na Luverdense/MT.

Conheça mais um pouco a vida futebolística de Vélber

Carreira - Iniciou sua carreira no time da Tuna Luzo, onde jogou de 1997 a 2000. Foi emprestado ao Paraná Clube em 1997. Voltou ao futebol Paraense em 2001 para jogar no Remo, e atravessou a avenida Almirante Barrado e foi para o Paysandu em 2002, conquistando o Campeonato Paraense e a Copa Norte, foi também campeão da Copa dos Campeões de 2002 pelo Paysandu.

Em 2003 esteve em campo na maior partida da história do Paysandu, aquele 1 a 0 inesquecível contra o Boca Juniors em plena Bombonera, válido pela Copa Libertadores. Foi então contratado pelo São Paulo em 2004, aonde começou como titular, porém logo depois perdeu espaço e teve poucas oportunidades. Em 2005 ganhou o Campeonato Paulista, mas no resto do ano foi reserva, e nem chegou a jogar a Libertadores e ficou de fora do Mundial de Clubes.

Em 2006 voltou para o Nordeste, para jogar no Fortaleza, e seis meses depois voltou para São Paulo para jogar na Ponte Preta, a macaca neste ano foi rebaixado. Em 2007 jogou no América de Rio Preto, e logo após o fim do Paulistão, retornou para a Belém para jogar no Remo. Não foi muito feliz sua segunda passagem pelo Leão.

Em 2008 foi jogar no Itumbiara de Goiás, aonde foi campeão goiano, uma verdadeira zebra! Com as chegadas dos craques Denílson e Túlio Maravilha, Vélber perdeu espaço no clube, e então decidiu retornar ao Paysandú, mas não teve uma boa passagem na Curuzú em 2009 devido a uma lesão. Em 2010 teve passagens por Remo, Paysandú e América de Natal e iniciou a temporada 2011 na Luverdense/MT.

Ficha

Nome: Vélber Augusto Pantoja Conceição.
Apelido: Vélber (risadinha).
DN: 20 de maio de 1978 (32).
Altura: 1,69
Posição: meio campo. Clubes profissionais que atuou:
1997 - 2000: Tuna Luzo
1997: Paraná Clube
2001: Remo
2002 - 2003: Paysandú
2004 - 2005: São Paulo
2006: Fortaleza
2007: Ponte Preta
2007: América/SP
2008: Remo
2009: Itumbiara
2010: Paysandú
2010: Remo
2010: América de Natal
2011: Luverdense

Imprensa - S. R. E. C.
São Raimundo fará amistoso em Juruti

Rui Neri dos Santos Rebelo - Jornalista
A cidade de Juruti vem se tornando centro dos grandes acontecimentos nos últimos tempos. Tudo em decorrência do desenvolvimento que aquela cidade vem experimentando desde 2006 com a implantação do projeto da mineradora Alcoa que deu um grande impulso na sua economia, que nos últimos quatro anos passou de 30 para 50 mil habitantes.

Além disso, Juruti ganhou uma nova estrutura que não é comum aos pequenos municípios da Amazônia. Hoje a cidade conta com moderno sistema de transporte fluvial (lanchas expressas, ferryboat, grandes embarcações, vôos comerciais, etc). Juruti ganhou também agências bancárias, Correios, hospitais, sistema moderno de internet, ruas asfaltadas e sinalizadas, grandes farmácias, supermercados, lojas de material de construção e grandes empresas que prestam serviços para a Alcoa.
Por conta dessa importância, Juruti tem se tornado roteiro dos grandes acontecimentos regionais.

Nos últimos anos grandes artistas se apresentaram na cidade, como a Banda Calypso. Em 2009 o Paysandu escolheu Juruti como uma das cidades de sua turnê pelo Oeste do Pará.

Agora chegou a vez do São Raimundo. O time alvinegro acertou uma partida amistosa para o dia 19 de março (sábado) contra a Seleção de Juruti. Embalado pela vitória de 3 a 1 sobre o Paysandu, o time comandando pelo ex-Papão, Charles Guerreiro, tem um único objetivo: conquistar o 2º turno e decidir o campeonato deste ano.

Para isso está montando um grande time. Enquanto aguarda o término do 1º turno, o Pantera treina e realiza jogos amistosos. Na região Oeste do Pará serão apenas dois, um deles em Juruti no dia 19. “Juruti é um município privilegiado por receber o time do São Raimundo que representa o Oeste do Pará no Parazão e que tem um jogador que já atuou pela nossa seleção, Belo, que nos dá orgulho”, disse Wilásio Barroso, presidente da Liga Esportiva de Juruti, reforçando o convite para toda a população comparecer ao estádio e prestigiar esse acontecimento que será inesquecível.

O jogo terá como local o estádio Audenor Pereira (Pimpão) com capacidade para 5 mil torcedores. Os organizadores do amistoso aconselham os torcedores a comprarem os ingressos antecipados que, além de terem um preço especial (5 reais) concorrerão a mais de 20 prêmios, entre eles 10 camisas oficiais do São Raimundo cujo valor é em torno de 100 reais cada uma.

O amistoso foi acertado entre a coordenação da Liga Esportiva de Juruti e a direção do São Raimundo nas pessoas de Rosinaldo do Vale, Sandiclei Monte, Alberto Tolentino, Júnior Tapajós e Jardel Guimarães.

São Raimundo sofre com ausência de jogadores
O técnico Charles Guerreiro vai tendo dificuldades para formatar o time do São Raimundo que enfrenta o Paysandu no próximo domingo (27), a partir das 16h, no estádio Barbalhão, pelo Campeonato Paraense. Jogadores suspensos, liberados, contratações ainda não inscritas na competição e contundidos são as ‘dores de cabeça’ do comandante.

Até o momento, Charles Guerreiro só tem a definição da sua defesa, com Labilá; Sató, Rodolfo, Tiago e Rafael Vieira. No meio-campo, problemas. O volante Marcelo Pitbull foi emprestado ao Araripina (PE), time de Flávio Barros, treinador com passagem pelo São Raimundo. O atacante César Augusto viajou para casar, enquanto que Belo está suspenso.

Na madrugada desta quarta-feira (24), chegaram a Santarém o lateral-esquerdo Aldivan, ex-Paysandu, e o zagueiro Ney Carioca, ex- Salgueiro (PE). Caso seus nomes sejam liberados pelo Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), os atletas deverão ser relacionados para o embate contra o Papão. Especulações dão conta de que um atacante estaria sendo sondado. Felipe Mamão, hoje na Tuna Luso, seria o pretendido. (Gustavo Pêna, DOL)

Válter Lima assume o Japiim
Após a contratação de Válter Lima, o Valtinho, para dirigir o Castanhal Esporte Clube no Campeonato Paraense 2011, o novo treinador desembarcou na última quarta-feira (23) na Cidade Modelo e na manhã de ontem fez a apresentação oficial junto à equipe no Centro de Treinamento do Japiim.

O técnico, que é experiente e acumula passagens pelo Clube do Remo e Paysandu, deve enfrentar no clube um de seus maiores desafios. “Na verdade o futebol é um desafio a cada momento. Conta muito o dia de amanhã. Aqui é mais um espaço profissional que estou ganhando. Estamos conhecendo o plantel a partir de hoje e desenvolvendo um grande trabalho para a conquista do nosso objetivo”, declarou Valtinho. O Castanhal é apenas o sétimo colocado, ou seja, está na vice-lanterna da competição.

O objetivo específico é a vitória no próximo jogo entre Castanhal e Águia, que vai acontecer no domingo, em Marabá. Para a disputa, onde o Castanhal tem chances remotas de classificação, Valtinho garantiu que vai estar junto da equipe. “Eu não vou fugir da responsabilidade. Já que estou aqui eu vou com o Castanhal. Eu não vou temer qualquer tipo de situação, pois, estaria transmitindo uma fragilidade para o grupo”, garantiu.

Quanto às chances da equipe, ele disse: “as possibilidades estão em aberto e o jogo ainda não aconteceu. O Castanhal precisa de um resultado e no futebol tudo é possível. Vamos trabalhar e jogar”. Hoje (25), acontece pela manhã o coletivo no estádio Modelão, em Castanhal, onde Valtinho vai decidir quem entra em campo contra o Águia de Marabá, no próximo domingo, às 16h, no estádio Zinho Oliveira. Para a partida, a equipe não deve contar com Felipe Bragança e o atacante Branco que estão suspensos. (Diário do Pará)

Futebol amador contará com recursos do município
Em 2011, o futebol amador de Santarém contará com recursos provenientes do orçamento municipal. A informação foi confirmada pelo vereador Valdir Matias Jr. (PV), que representou a Câmara em uma reunião realizada entre os 12 clubes filiados à Liga Esportiva e a prefeita Maria do Carmo. A emenda, de autoria do vereador, inclui dentro do orçamento municipal recursos na ordem de mais de R$ 265 mil para a realização dos quatro campeonatos organizados pela Liga: sub-17, sub-20, feminino e amador adulto.

“A prefeita achou muito importante essa emenda, porque é uma autorização de despesa do município, dentro do orçamento, para que o governo utilize o recurso para bancar os quatro campeonatos no que se refere a arbitragem, transporte, ajuda de custo para os clubes, etc. Agora nós estamos discutindo com o governo a execução orçamentária do projeto”, ressalta Valdir.

De acordo com o parlamentar, neste início, a prefeitura ajudará a custear o campeonato santareno sub-17, que começou no último dia 05, no pagamento taxa de arbitragem, material esportivo aos clubes e transporte de atletas e comissão técnica.

Matias Jr., que também é diretor de futebol do São Francisco Futebol Clube, explica que o investimento no esporte pode dar uma nova opção à juventude, além de revelar talentos para os dois maiores eventos esportivos do planeta: a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, ambos realizados no Brasil.

“Estamos vendo várias revelações de jogadores, como por exemplo, o André, que, no ano passado, disputou o campeonato Santareno pelo São Francisco e com 17 anos de idade já foi contratado pelo Mogi-Mirim-SP. O Santos [time de Neymar e Paulo Henrique Ganso] está interessado no passe dele e há até uma proposta para ele atuar no Benfica, de Portugal. Esse tipo de talento ajuda a divulgar a cidade, fortalecem os clubes e a gente precisa desse apoio institucional”, exemplifica o parlamentar.

Segundo Valdir, os clubes não serão eternamente dependentes de verbas públicas, mas que o momento é de pensar em formas de resgatar o futebol santareno. “No passado nunca precisou, os estádios eram lotados, o empresariado apoiava. Agora o momento é de reabilitação e precisamos mais do que nunca desta parceria com o poder público”, reitera. (Assessoria Parlamentar)

São Raimundo cede empate no fim do jogo

Mostrando outra atitude e jogando um futebol mais dinâmico e aguerrido principalmente no segundo tempo, O Pantera foi valente em todo o jogo começou perdendo, empatou e virou a partida, mas aos 42 do segundo tempo cedeu o empate ao Castanhal, na estréia de Charles Guerreiro no comando técnico da equipe alvinegra. O jogo foi realizado no estádio Maximino Porpino Filho na cidade modelo.

O Pantera saiu perdendo no primeiro tempo, com um gol de Branco (ex-atacante do Pantera), de cabeça. No segundo tempo depois de uma conversa da comissão técnica com os jogadores, o São Raimundo voltou com outra pegada, marcando mais, tocando a bola e empurrando o Japiim na defesa e conseguiu o gol de empate com Leandro Guerreiro mostrando oportunismo destro da área e virou o jogo com um golaço de Renato Medeiros, aos 27 minutos do segundo tempo, mas aos 42 minutos o Castanhal chegou ao gol de empate com Paulinho 47.

O São Raimundo saiu mas uma vez reclamando da arbitragem, desta vez de Andrey da Silva e Silva, que alias foi queimado pela diretoria do Castanhal para não apitar seus jogos e caiu no sorteio de Pantera e Japiim. Querendo se limpar com o pessoal do Castanhal, o árbitro segurou o jogo (pra quem conhece) quando o São Raimundo estava melhor e campo e intimidou alguns jogadores dando cartão amarelo para Marcelo Pitbull logo na sua primeira entrada no lugar de Sató, chamou atenção de Renato Medeiros que comandava o meio e Fernandinho e Renato Medeiros que comandava o meio e Fernandinho além banco alvinegro aplicando cartão ao goleiro reserva Rodolfo Fernandes e nem si importando com os gritos do banco do Castanhal.

O técnico Charles Guerreiro declarou ao final, "O São Raimundo está sendo tratado de maneira desonesta por parte da coordenação do campeonato, temos que tomar uma atitude contra esses desmandos", disse o treinador muito aborrecido com o trabalho de Andrey, mas elogiando a postura e Valentia do time em campo.

O São Raimundo volta a jogar na próxima quarta-feira (16), técnico leve de posicionamento, marcação e acertos de jogadas. O treinador não pretende mexer radicalmente no time, deve manter a base e mexer conforme a necessidade de houver. As únicas mudanças serão as entradas de Renato em Tucuruí, às 16hs no estádio Navegantão.
FICHA TÉCNICA
Castanhal 2 x 2 São Raimundo
Local: Estádio Maximino Porpino (Castanhal-PA) às 20h00
A: Andrey da Silva e Silva
A1: Alessandro Guerra Alexandre
A2: Issac da Cunha Araujo
A3: Libório Lucio Amorim Barreto *
Cartões amarelos;
Marcelo Pitbull, Fernandinho e Rodolfo Fernandes/no banco (São Raimundo)
Soares, Léo Rosa Preto Barcarena e Kevison (Castanhal)

Renda: R$: 4.550,00
Público pagante: 493
Público total: 575
Gols;
1 x 0, Castanhal, Branco (c), 27, primeiro tempo.
1 x 1, São Raimundo, Leandro Guerreiro, 11, segundo tempo.
2 x 1, São Raimundo, Renato Medeiros, 27, segundo tempo.
2 x 2, Castanhal, Paulinho 47, 42, segundo tempo.

Castanhal: Ângelo; Léo Rosa, Preto Barcarena, Felipe Bragança e Souza; Ricardo Capanema, Kevison (Érick Bahia), Soares (Helinho) e Flamel (Josa Madureira); Branco e Paulinho 47. Técnico: Luiz Carlos Apéu.
São Raimundo: Labilá; Sató (Evandro), Rodolfo Soares, Thiago Junior e Rafael Vieira; Thiago Carvalho (Marcelo Pitbull), Jardel, Renato Medeiros e Fernandinho; César Augusto (Belo) e Leandro Guerreiro. Técnico: Charles Guerreiro.
Imprensa - S. R. E. C.

Definida arbitragem para São Raimundo x Castanhal
A arbitragem de São Raimundo e Castanhal foi confirmada na quinta-feira (10), pela Comissão de Arbitragem da Federação Paraense de Futebol (CA/FPF). Andrey da Silva e Silva, será o árbitro central. O jogo acontece neste sábado (12), às 20h no estádio Maximino Porpino em Castanhal.

O Pantera negra santareno joga em busca de sua primeira vitória no Parazão 2011. Time alvinegro estreia o técnico Charles Guerreiro que substitui Sebastião Rocha demitido após o empate com a Tuna em 3 x 3. Rocha deixou o comando do time sem ganhar uma partida oficial. Foram oito jogos deste agosto de 2010 entre o Campeonato Brasileiro Série C do ano passado e o estadual deste ano.

Confira a escala completa de Pantera e Japiim
5ª Rodada
Castanhal x São Raimundo
Data: 12/02/2011(sábado)
Local: Estádio Maximino Porpino (Castanhal-PA) às 20h00
A: Andrey da Silva e Silva
A1: Alessandro Guerra Alexandre
A2: Issac da Cunha Araujo
A3: Libório Lucio Amorim Barreto *
Imprensa - S. R. E. C.

São Raimundo confirma contratação de Charles Guerreiro
Charles Guerreiro é o novo técnico do São Raimundo. A diretoria do clube confirmou a contração do treinador na manhã desta terça-feira (8). A chegada do novo contratado do Pantera está prevista ainda para hoje. Os detalhes sobre o contrato com Guerreiro não foram revelados. As primeiras informações dão conta que ele receberá salário de R$ 15 mil.
Charles chega num momento delicado, já que o São Raimundo vive um momento de crise interna após o empate com a Tuna, que resultou numa grande confusão com o ex-técnico Sebastião Rocha, torcedores e dirigentes do clube.

O próximo jogo do Pantera será no sábado contra o Castanhal. A equipe santarena é a lanterna do Parazão e soma apenas dois pontos. As chances de classificação são remotas, mas depende de uma série de combinações. O São Raimundo tem nove pontos a disputar.
Charles Guerreiro - Natali Mendonça Ayres, mais conhecido como Charles Guerreiro (Belém, 22 de dezembro de 1963), é ex-jogador de futebol e teve expressiva passagem pelo Flamengo na década de 1990.

Em 2006, Charles iniciou sua carreira de treinador, no comando do Ananindeua, um ano depois, chegou a ser o técnico do Remo.

No início de 2008, retornou ao Rio, quando aceitou o desafio de treinar o estreante Cardoso Moreira, no Campeonato Estadual.

Em 2010 tornou-se o técnico do Paysandu, onde disputou o Campeonato Paraense do ano passado sagrando-se campeão estadual, ficando até a disputa do Campeonato Brasileiro Série C.

Conquistas como jogador: Paysandu
Campeonato Paraense: 1985, 1987
Flamengo
Campeonato Carioca: 1991
Taça Guanabara: 1995
Taça Rio: 1991
Campeonato Brasileiro: 1992
Conquistas como Técnico: Paysandu
Campeonato Paraense: 2010

Paysandu está na lista dos melhores da década na América Latina

Entre os 184 times relacionados no ranking dos melhores da América Latina na década de 2000 a 2010, o Paysandu é o único representante do Norte do Brasil. O material foi divulgado nesta segunda-feira (7) pela IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol), órgão reconhecido pela FIFA (Federação Internacional de Futebol).

O Papão ficou com 322 pontos, sendo o 24º melhor colocado entre os 31 brasileiros, que teve como principal representante o São Paulo, segundo colocado geral, com 1.939 pontos somados. O melhor time da América Latina foi o Boca Júniors, com 2.095 pontos.

Entre seus critérios, o ranking da IFFHS computa 14 pontos para cada vitória em jogo de Libertadores e quatro pontos para os triunfos no Campeonato Brasileiro da Série A. (ORM)

Divulgado resultado do programa Bolsa Atleta
A Prefeitura de Santarém divulgou hoje, 07/02, o resultado final do processo de seleção do programa Bolsa Atleta 2011. A concessão da Bolsa - incentivo financeiro que varia de R$ 510,00 a R$ 700,00, por atleta, por um prazo de dez meses -, será destinada a 20 atletas nas categorias A (que participam de competições nacionais e internacionais) e categoria B (que participam de competições a níveis regional e estadual).

O processo seletivo dos atletas foi realizado em três fases: análise do projeto; entrevistas com os candidatos; exames e avaliações físicas.

Relação dos candidatos selecionados:
Carlos Augusto Merabet - Natação A
Hiel Gesã Peres de Queiroz - Canoagem A
Gisele Vieira Marinho - Natação A
Flávio Wendel Miranda Ferreira - Jiu-Jitsu A
Roger Muller do Amaral Silva - Atletismo A
Igor Silva Costa - Natação A
Risonete dos Santos Moura - Atletismo B
Francenildo Ribeiro de Sousa - Canoagem B
Nivaniel Cardoso Sousa - Aquatron B
Jonas Moraes Batista - Taekwondo B
Issac da Silva Lima - Atletismo B
Rui Pinto Ferreira - Natação B
Iure Patrício Corrêa Dias - Natação B
Thiago Melo de Almeida - Jiu-Jitsu B
Valter da Silva Lima - Jiu-Jitsu B
Victor Sales Figueira - Karatê B
Aloiso de Sousa do Nascimento - Triathlon B
Emerson Sousa Vale - Triathlon B
Tássio Henrique Castro Pinto - Triathlon B (Fonte: PMS)

São Raimundo empata e continua na lanterna
Nem com macumba, o São Raimundo consegue afastar a má fase. O time comandado pelo irritado e pé frio técnico Sebastião Rocha ficou no empate em 3 a 3 com a Tuna Luso, em partida realizada neste domingo (6), no estádio Colosso do Tapajós, pela quarta rodada do campeonato paraense.

Apresentando as mesmas falhas dos jogos anteriores, a equipe alvinegra foi apática durante quase toda a partida. No final esboçou reação, mas àquela altura já era tarde. O empate saiu nos últimos minutos do jogo, que teve muita polêmica, três expulsões (2 do São Raimundo), um jogador lesionado gravemente e técnico expulso (Sebastião).

No fim da partida, alguns dirigentes do São Raimundo tentaram agredir o árbitro Joel Silva dos Santos, que precisou de segurança da polícia para deixar o gramado.

O jogo - A partida começou equilibrada com as duas equipes cautelosas. As chances reais de gol só começaram a surgir a partir dos 10 minutos. Aos 20, porém, a Tuna abriu o marcador com Felipe Mamão, que aproveitou um rebote do goleiro Labilá. Mamão marcou os três gols tunante.

A resposta alvinegra veio em seguida com o meia Daniel, num chute rasteiro, ele empatou a partida. Aos 37, a virada do Pantera com Jardel escorando de cabeça. Quando tudo parecia que iria melhorar para a equipe da casa, o lateral Coelho, que fazia sua estreia fez falta dentro da área do goleiro Labilá e foi expulso: pênalti! Felipe Mamão cobrou e empatou de novo.

No segundo tempo, o São Raimundo, com um jogador a menos, continuou errando muitos passes e não levava ameaça ao gol da Tuna, que era mais eficiente e explorava as laterais.
Sem volume de jogo e comando dentro de campo, os alvinegros continuavam errando passes e pecando nos contra-ataques. Numa saída rápida da Tuna, o meia Daniel fez falta violenta em Marabá, que teve uma séria luxação no tornozelo. O jogador do São Raimundo fou expulso e mais confusão em campo. A PM teve de intervir para evitar que o árbitro fosse agredido em campo pelos jogadores.

Marabá recebeu atendimento médico e depois foi removido pelo Samu para o Pronto Socorro Municipal. A partir daí só deu Tuna. Com dois homens em campo, o time de Sousa partiu para cima do Pantera e tentou encurralar o adversário, que tratou de se defender e só se arriscar no ataque em lances isolados. Aos 37, novamente ele, Felipe Mamão marcou o terceiro gol, depois de deixar pra trás dois marcadores. Labilá não teve reação.

Ao time santareno restava agora recuperar o prejuízo e arriscar suas últimas fichas para consguir o empate. Depois de muito insistir, o aguerrido alvinegro enfim, deu nova alegria à sua torcida. O zagueiro Tiago Junior escorou de cabeça e empatou o jogo.
No fim da partida, muita confusão.

Os dirigentes avinegros tentaram agredir o árbitro Joel Silva dos Santos, que precisou da ajuda da PM para deixar o gramado.

O motivo da revolta dos cartolas e jogadores com o árbitro foi porque ele encerrou a partida quando o São Raimundo estava numa jogada de contra-ataque. A revolta foi geral.

Paysandu vence e assume a liderança do Parazão
2 a 0. Esse foi o placar que transformou o Paysandu no líder do Campeonato Paraense na noite desta quinta-feira (3). O Papão venceu a Tuna Luso e enfrenta o Cametá no próximo domingo (6). Com a perda, a Tuna caiu para a 6ª posição do Parazão. O jogo aconteceu na Curuzu, em Belém.

De três jogos, esse foi o primeiro que a defesa do Paysandu não tomou gols. No jogo contra o Castanhal o Papão venceu por 4 a 2 e no segundo jogo ganhou o Independente por 3 a 2.
O destaque do jogo foi o jogador Thiago Potiguar, meio-campo do Paysandu que joga improvisado no ataque. Ele dominou a bola, chutou a gol e roubou a cena em vários momentos.

Gols - O primeiro gol foi no finalzinho do primeiro tempo, Thiago Potiguar abriu o placar e marcou de cabeça para o Papão. Mas antes de fazer o gol, o Paysandu perdeu um pênalti. Ari chutou e o paredão Adriano agarrou aos 35 minutos de jogo. O segundo foi aos 13 minutos do segundo tempo. Billy chutou cruzado e Mendes empurrou para a rede.

No primeiro tempo de jogo o time do Paysandu teve uma atuação superior a da Tuna Luso. O Papão predominou em vários lances, teve mais posse de bola e buscou mais o ataque.
O segundo tempo de jogo começou agitado mas foi ficando morno e com poucas chances de gol já aos 20 minutos do segundo tempo. Após fazer os gols, o Paysandu foi tocando a bola e segurando o resultado. (Sâmia Maffra, DOL)

Rivaldo estreia com golaço e São Paulo vence

Rivaldo deu à torcida do São Paulo o espetáculo que ela esperava em sua estreia com a camisa tricolor. Na noite desta quinta-feira, no Morumbi, o veterano brilhou na hora certa, marcou um golaço, com direito a chapéu no marcador, cinco minutos depois de o Linense inaugurar o placar, e abriu caminho para a vitória do São Paulo por 3 a 2, de virada, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Marlos e Rogério, de falta, também marcaram.

Conforme havia prometido, Rivaldo aguentou bem os 90 minutos de jogo no Morumbi e foi o principal articulador ofensivo da equipe. No segundo tempo, com o São Paulo tendo cinco homens ofensivos no time, jogou quase como segundo volante. De quebra, foi aplaudido de pé pela torcida em mais três ocasiões: um drible por debaixo das pernas no primeiro tempo, um chapéu com cavadinha e um passe de chaleira no segundo.

Rivaldo, porém, não foi o único craque a brilhar. Em uma falta da entrada da área, já no final do jogo, seguiu a hierarquia tricolor e permitiu que Rogério Ceni fizesse a cobrança. O goleiro colocou a bola por cima da barreira e marcou o seu 97.º gol na carreira, pelas suas contas. A Fifa considera que o camisa 1 do tricolor tem 95 tentos, porque só conta jogos oficiais.

O São Paulo vai a 12 pontos, na quarta posição, empatado em pontos com o Americana, mas atrás pelo saldo de gols. O Linense tem cinco pontos, próximo da zona de rebaixamento.

O JOGO - A festa estava armada para Rivaldo, mas a torcida chegou atrasada. Por conta do horário (19h30), boa parte do público desta quinta no Morumbi foi chegando durante o primeiro tempo. Assim, muita gente perdeu a primeira boa participação do craque, que achou Dagoberto na entrada da área aos 2 minutos. O atacante ajeitou para Jean, que exigiu defesa em dois tempo de Paulo Musse.

Com Rivaldo batendo faltas e escanteios, o São Paulo levava perigo na bola parada, ficava a maior parte do tempo no campo de ataque, mas não assustava Paulo Musse. Já Rogério teve que trabalhar bastante. Aos 10 minutos, André Luiz chutou cruzado da esquerda, Jean desviou e obrigou o goleiro a fazer defesa difícil. Depois, já aos 42, Marcelo Santos arriscou de muito longe e Ceni se esticou para desviar a escanteio.

Lento, mas em forma, Rivaldo participava da maioria das jogadas tricolores, mas não dava velocidade ao ataque do São Paulo. No primeiro tempo, apenas uma jogada de efeito, um lindo drible por debaixo das pernas de Marcelo Santos.

Na segunda etapa, Ilsinho, que apareceu pouco para o jogo, sempre como ponta direita, deu lugar a Marlos. A mudança teve efeito contrário e quem marcou foi o Linense. Léo Costa cruzou da esquerda, Miranda falhou no corte e a bola sobrou para Eric, que bateu cruzado, no contrapé de Rogério, que só olhou.

Parecia que o São Paulo perderia a segunda partida seguida em casa, mas Rivaldo tratou de impedir. Aos 12 minutos, Dagoberto lançou Rivaldo na área, o craque dominou de joelho já chapelando o marcador e, na saída do goleiro, tocou com calma para fazer um golaço.
Aproveitando o apoio da torcida, a boa forma de Rivaldo - que aguentou os 90 minutos - e a postura defensiva do Linense, Carpegiani mudou o time. Tirou Juan e Zé Vitor e lançou o jovem zagueiro Luiz Eduardo e o veterano Fernandão. Com isso, postou a equipe no 3-4-3, com Marlos pela esquerda, Rivaldo na armação e Fernandão como centroavante.

Desta vez a mudança deu certo e o São Paulo virou aos 18 minutos. Após boa troca de passes, Marlos recebeu pela esquerda, chegou perto da pequena área e bateu forte, no alto, sem chances para Paulo Musse.

Atrás no placar, o Linense até tentou empatar, mas parou nas suas limitações técnica. O São Paulo controlou o jogo, com Rivaldo atuando quase que como segundo volante, ajudando na marcação e mostrando que, apesar dos 38 anos, segue em forma. Aos 40 minutos, Rogério Ceni ampliou o placar com uma bela cobrança de falta, colocando a bola longe do alcance de Paulo Musse. Já nos acréscimos, outro veterano, Alessandro Cambalhota, fez o segundo do Linense.

Longe da torcida, São Raimundo perde mais uma
O São Raimundo perdeu a segunda partida consecutiva pela campeonato paraense e agora ocupa a laterna da competição com apenas um ponto marcado. O jogo desta quarta-feira (2) foi disputado no estádio Colosso do Tapajós com os portões fechados. Longe da torcida, o Pantera foi derrotado pelo eficiente time do Cametá pelo placar de 2 a 1.

No fim da partida, o técnico Sebastião Rocha, demonstrando nervosismo, partiu pra cima de um repórter de uma emissora de rádio local, ameaçando-o.

A equipe visitante foi superior durante toda a partida e criou mais oportunidades que o time da casa. O São Raimundo jogou o suficiente para não ser goleado.

Como de praxe, a comissão técnica alvinegra culpou a arbitragem pelo resultado da partida.

Sebastião Rocha conta com reforços no coletivo do Pantera
Com a esperança de poder contar com Renato Medeiros no meio e Leandro Guerreiro no ataque na partida desta quarta-feira (02/02), no Colosso do Tapajós, às 20h30, contra o Cametá, o técnico Sebastião Rocha arquitetou o time do São Raimundo com a base que manteve durante a pré-temporada (os dois atletas ainda não estrearam no Parazão por problema de transferência internacional).

A diretoria alvinegra continua se empenhando para regularizar os atletas para que o Pantera possa entrar com força máxima no primeiro compromisso nesta temporada. Neste encontro o São Raimundo não contará com o lateral direito Sató que cumprirá suspensão automática pelo cartão vermelho que recebeu em Marabá. Marcelo Pitbull foi deslocado para a posição, daí a expectativa de poder contar com Renatinho para forma dupla com Thiago Carvalho na cabeça da área.

Time que treinou na tarde de ontem na Serra de Piquiatuba no campo do Exército Labilá; Marcelo Pitbull, Rodolfo Soares, Thiago Júnior e Rafael Vieira; Thiago Carvalho, Renato Medeiros, Da Silva e Fernandinho; Leandro Guerreiro e César Augusto. Nesta terça-feira (01/02), o time ainda faz um trabalho marcado para a parte da tarde no Colosso do Tapajós.
Imprensa - S. R. E. C.

Pantera afia garras para enfrentar o Cametá
São Raimundo enfrenta na noite da próxima quarta-feira (2), às 20h30, no estádio Colosso do Tapajós, a equipe do Cametá, pela terceira rodada do campeonato paraense. Os comandados do técnico Sebastião Rocha vão a campo precisando da vitória e respirar na competição. A equipe alvinegra soma apenas um ponto na competição e vem de dois resultados negativos. Na estreia no Parazão, o Pantera foi goleado pelo Remo. No segundo jogo contra o Águia de Marabá, um empate com sabor de derrota, apesar de o resultado ter sido bastante comemorado pelos jogadores. A vitória em casa é fundamental para as ambições do time mocorongo, que ocupa o sétimo lugar na classificação geral. O Cametá vem de um empate contra o Remo.

No domingo, o técnico Sebastião Rocha deu início aos preparativos visando o terceiro compromisso do São Raimundo no Parazão 2011 . Após o descanso da viagem, o técnico Sebastião comandou um treinamento técnico tático. Todo o plantel esteve presente um saldo positivo sem nenhuma baixa constatada nas duas partidas inicias da competição, derrota para o Remo (3 x 0) e empate sem gols com o Águia. Desfalque certo contra o Cametá será o lateral direito Sató que foi expulso em Marabá, por outro lado Jardel que cumpriu suspensão nesta partida já estará a disposição do treinador alvinegro.

Para a vaga na lateral direita o mais contado é Marcelo Pitbull, mas para não mexer muito na estrutura da equipe como já adiantou Sebastião Rocha a esperança é poder contar com Renato Medeiros (volante) e Leandro Guerreiro (atacante), que ainda aguardam regularização junto a Federação Paraense de Futebol (FPF), os dois esperam transferência internacional.

Na segunda-feira, plantel alvinegro fez um coletivo no campo do 8º- BEC, para definir o time titlar para o jogo contra o Cametá.

Dupla Re-Pa fecha patrocínio com Banpará
As diretorias de Clube do Remo e Paysandu conseguiram o que queriam. Com o corte do valor do contrato com a Funtelpa, as novas formas de suavizar as perdas estão dando certo. O Governo do Estado já deu o parecer favorável do novo contrato com o Banco do Estado do Pará (Banpará), sugerido pelos dirigentes ao Estado. “Já nos deram o sinal verde. A qualquer hora vamos ser chamados para assinar o novo contrato com o Banpará”, revelou Sérgio Brás, presidente do Clube do Remo.

O Secretário de Comunicação do Estado, Ney Messias, confirmou que as negociações foram aceitas ainda semana passada pelo governador Simão Jatene. “Hoje (ontem) encaminhei todo o parecer para o presidente do Banpará. Agora ele vai fazer o contrato e chamar os clubes para assinar”, divulgou.

Entretanto, algumas modificações foram feitas no contrato. Ele terá validade de um ano e, devido ao saldo negativo nos cofres públicos, o valor do patrocínio passa de 60 mil para 50 mil reais por mês para cada um dos titãs. Em troca, o símbolo do banco será colocado nas camisas dos times. (Diário do Pará)

DESTAQUE:

Madeira ilegal é apreendida no sudeste do Pará

Sete caminhões carregados com 178,9 metros cúbicos de madeira ilegal, armas de fogo e com animais caçados e abatidos ilicitamente, foram ap...

Publicidade:

Publicidade:

Quem somos

O Blog Quarto Poder está no ar desde: 23/02/2007

O Quarto Poder é um blog jornalístico voltado para divulgação de notícias de interesse público.

Artigos e crônicas assinados são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do Blog.

Jornalistas Responsável:

Renata Rosa

Fale com a gente:

Contatos: (93) 98128-1723 - 99131-2444

E-mails: m_santos1706@hotmail.com / m_santos170676@hotmail.com

FALE CONOSCO:


Quarto Poder

Marcadores

Blog Archive