Últimas Notícias

Assinada ordem de serviço para obras nos mercados


Os permissionários dos Mercados Modelo e Municipal, localizados às proximidades do centro comercial de Santarém, receberam com festa a Prefeita Maria do Carmo e seus secretários de governo na solenidade de assinatura da Ordem de Serviço para a recuperação e reforma dos logradouros na manhã desta terça-feira.

A Prefeita assinou o documento juntamente com o Secretário Municipal de Agricultura e Abastecimento, Osmando Figueiredo, e o Engenheiro Edvaldo Uchoa Gonzaga, da Construtora Ruam-Me, responsável pelos serviços. A cerimônia foi realizada nas dependências do Mercado Modelo, na área onde, hoje, estão os açougues.

Seu Salustiano Castro, vendedor de peixes do mercado há 17 anos, disse publicamente que não tinha mais esperança de ver a obra sendo realizada.Para a Prefeita Maria do Carmo, o investimento vai alavancar a economia informal do município. Ela pediu apoio aos trabalhadores dos mercados no período em que a obra estiver sendo realizada.

"Tenham paciência, pois alguns transtornos serão inevitáveis nos próximos 120 dias, mas o benefício que esta obra vai trazer é inquestionável. Ajudem-nos a fiscalizar os trabalhos que vão transformar este complexo de abastecimento em um grande investimento de infra-estrutura turística. Já revitalizamos o Mercadão 2000, o Mercado da Prainha, estamos trabalhando no Mercado de Santana e vamos assinar, nos próximos dias, a ordem de serviço para revitalização do Mercado Tupaiulândia, na Rodagem. São obras que reforçam nosso propósito de investir em abastecimento e na criação de empregos, na cidade e no campo", finalizou a gestora.

Os Logradouros - Os Mercados Municipal e Modelo foram construídos e inaugurados na administração do Dr. Everaldo de Sousa Martins, no ano de 1966. Desde então nunca passaram por nenhum tipo de reforma ou reparo. Atualmente existem 276 permissionários no local, sendo 137 no Mercado Municipal e 139 no Mercado Modelo, entre vendedores de peixe, carnes, vísceras, relógios, utensílios domésticos, artigos de pesca, entre outros.

Os recursos para a reforma são frutos da parceria entre o Governo Municipal, Governo Federal e Governo Estadual. O valor da obra, que deverá ser concluída no prazo de 120 dias, é de R$ 1.925.054,00.

As áreas dos mercados e da Praça do Relógio estão incluídas na reforma, sendo que todos os permissionários serão beneficiados com boxes e mini-lojas. As lanchonetes serão padronizadas e ficarão em uma área especifica de alimentação, assim como boxes para peixes, carnes, verduras e frutas, todas dentro de um padrão específico e projetado especialmente para cada segmento.

A Empresa responsável pela execução da obra confirmou que iniciará as obras tão logo os permissionários sejam alocados para outros locais.


Postar um comentário

0 Comentários