Últimas Notícias

Mina de Juruti conquista nova marca em segurança


Este mês de Abril é de comemoração na Mina de Juruti. É que no dia 31 de Março, os funcionários que trabalham na implantação do empreendimento, em todas as frentes de obra, alcançaram a marca expressiva de 15 milhões de homens-horas trabalhadas sem incidentes com afastamento.

Em virtude da conquista, a Alcoa e empresas contratadas realizaram Diálogo Diário de Segurança (DDS) Geral, reuniões de EHS e almoços comemorativos, nos dias 10 e 11 de Abril, no Porto e no Beneficiamento. No dia 12, os profissionais de segurança e lideranças do empreendimento participaram de um jantar comemorativo. Todos que trabalham na Mina de Juruti vão receber ainda bonés, camisas e cartas de reconhecimento assinadas pela liderança, em agradecimento pela conquista.


De acordo com o Gerente de Sustentabilidade e Assuntos Institucionais da Alcoa Mina de Juruti, Mauricio Macedo, as 15 milhões de homens-horas trabalhadas sem incidentes com afastamento refletem o sucesso absoluto da política de gestão de segurança do empreendimento. “É uma sensação de dever cumprido, fazermos uma obra desse porte e chegarmos a resultados que superam parâmetros em segurança nacional e internacional”, comenta Mauricio Macedo.

A Alcoa tem incentivado os funcionários a manterem um ambiente de trabalho saudável através de um programa de reconhecimento ao bom desempenho em Saúde, Segurança e Meio Ambiente: o “Trilha da Excelência”. Todo mês, diversas equipes são reconhecidas, premiadas e estimuladas pelo programa. A taxa de incidentes caiu consideravelmente depois da implantação do “Trilha da Excelência”. “Temos atualmente mais de 150 frentes de trabalho empenhadas e alinhadas nesse importante sistema de gestão.”

No mês de Março, 51 frentes de serviço atingiram a pontuação mínima de 1.100 pontos; um record absoluto. O primeiro lugar ficou com uma equipe da Camargo Corrêa que trabalha na área do Porto, com 8.815 pontos. Um total de 387 sugestões para controle ou eliminação de riscos foram validades/implantadas, sendo 177 com impacto em Riscos de Fatalidade, 31 em Mão e Dedos e 14 em Ergonomia.

Postar um comentário

0 Comentários