Últimas Notícias

Sessão interrompida


A sessão ordinária da Câmara Municipal de Itaituba foi suspensa, hoje (08) em virtude de uma manifestação de alunos da Escola Estadual Maria Escócio (Projeto Alvorada), um anexo que funciona na Escola Municipal Maria Consolação, no bairro Jardim das Araras.

Os estudantes chegaram em passeata à Câmara, gritando palavras de ordem por alguns minutos. Depois decidiram entrar.

O plenário da Câmara ficou lotado com os alunos, que continuaram gritando lá dentro. Como alguns vereadores saíram do plenário, incluindo o presidente João Bastos Rodrigues, para uma reunião com uma comissão dos manifestantes, sem saber o que estava acontecendo, ele ficaram gritando que os vereadores eram covardes.

Por toda manhã, a comissão representando os manifestantes conversa com alguns vereadores, na sala da presidência.

Motivo - O que motivou a manifestação foi o descaso do governo do Estado para com a situação particular desse anexo, embora haja muitas outras reclamações.
A secretária da mesma ficou doente há bastante tempo e não foi nomeada uma substituta. Isso está causando sérios transtornos para o funcionamento da escola.

O único erro dos estudantes e ter concentrado apenas em cima da Câmara o seu protesto, o qual deveria ter se estendido à URE de Itaituba, que representante o setor educacional do governo do Estado na região.

Postar um comentário

0 Comentários