Últimas Notícias

Manifestação marcou dia do aniversário de Santarém




Ontem, 22 de junho, dia do aniversário de Santarém e último dia da visita do governador Simão Jatene, uma pequena, mas barulhenta manifestação percorreu algumas ruas da cidade protestando contra a situação de abandono da cidade. 

Promovida por um grupo de estudantes, o protesto recebeu apoio dos candidatos aprovados no concurso do governo do estado, que aguardam por sua nomeação e também de líderes comunitários. O principal alvo da revolta estudantil foi a prefeita Maria do Carmo.

Postar um comentário

3 Comentários

Anônimo disse…
JATENE FAZ POLÍTICA DO "PÃO E CIRCO"
TRATA-SE DE UMA JOGADA POLÍTICA PARA DESARTICULAR O MOVIMENTO DE EMANCIPAÇÃO DE TAPAJÓS.

É evidente que se trata de uma estratégia para desarticulação o movimento pró Tapajós. Em toda eleição os políticos fazem promessas e nesse caso o plebiscito é o alvo, passado o plebiscito eles voltam a esquecer da região. A oportunidade é unica para emancipar a região. O inimigo número 1 contra a criação do estado de Tapajós,
Flexa Ribeiro, acompanha a comitiva do governador.Zenaldo Coutinho, o número 2 contra a criação de
Tapajós está como assessor de Jatene. Claro que o ato é político e o governador não quer que o estado se divida e Flexa Ribeiro acompanha essa comitiva do governador numa clara alusão do governo do Pará estar contra. Jatene faz a política do "Pão e Circo". Será que a população vai cair nessa.
Anônimo disse…
É inadmissível olhar Santarém e ver seu estado, por que só Jatene merece ruas asfaltadas? Nossa população necessita de respeito, a administração Maria do Carmo é uma vergonha, uma prefeita que não visa o bem da população, e simplesmente olha para si, chega de passar a mão na cabeça. Nossas ruas são verdadeiras crateras, e o único beneficiado com isso são oficinas, pois a quantidade de carros que quebram ou algo parecido é um absurdo, não é possível que a população de cale perante esses desatinos. Sofremos abandono publico nossos hospitais, muitas pessoas sofrem por falta de atendimento, ate o teto do hospital caiu na cabeça de pacientes, e mesmo assim a população insiste em ficar calada!!! CHEGA. FORA MARIA!! serviços públicos indecentes, praças, bosques, tudo de uma estrutura detestável. Mesmo sendo estudantes ELES partiram para a violência, nos agrediram, e em nossas faixas na segunda feira isso será mostrado, tudo por que somos censurados,calados, chega de repressão!!! Fora Maria, impeachmnent já!!!
Anônimo disse…
Ainda mais asqueroso de que a situação da cidade foi ver os jagunços da Maria enfiando a porrada nos manifestantes bem em frete ao palco da orla. Vergonhoso! Que vexame! Cadê a liberdade de expressão deste país?