Últimas Notícias

Alexandre Padilha virá a Santarém


O ministro da Saúde, Alexandre Padilha virá ao município para inaugurar o segundo barco hospital de Santarém, que atua com o projeto Saúde da Família, atendendo famílias ribeirinhas da região do Tapajós.

Na ocasião da visita do ministro, segundo informou a prefeita Maria do Carmo Martins ao blog Quarto Poder, nesta terça-feira (4), será assinado o protocolo que gerará o convênio para o início das obras, ainda este ano, do primeiro hospital materno infantil do Oeste do Pará.

Explicações - Além dessa informação, a prefeita deu explicações sobre o caso que envolve a médica sanitarista Nástia Irina de Sousa Santos. Pela manhã, a médica denunciou à imprensa que fora chamada pelo setor de recursos humanos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para assinar sua demissão.

Nesta tarde, a prefeita afirmou que não houve nenhuma demissão e que a Dra. Nástia continuará sendo reaproveitada pela Prefeitura, porém, não mais na Divisão de Vigilância Sanitária (Divisa), onde, sob sua coordenação, o órgão detectou inúmeras irregularidades em clínicas particulares de Santarém.

Maria disse que Dra. Nástia foi transferida para o Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador). “Ela estava respondendo pela Divisa interinamente, pois o titular do órgão é o Dr. Paulo Pimentel, que estava fazendo uma especialização. Neste ínterim, nos colocamos outra pessoa, mas com seu retorno, ele assume a titularidade da Vigilância em Santarém”, explicou a prefeita.

A gestora municipal disse que não houve nenhum tipo de retaliação ou intimidação contra a médica sanitarista e que ela realizou um importante trabalho em favor da sociedade santarena.


Postar um comentário

1 Comentários

Anônimo disse…
A minha leitura diz: o tal do Pimentel tava recebendo propina p abafar a situacao precaria das clinicas e ai veio a tal da Nastia e estragou td..... tem q exonerar mesmo!!!!....ou será q to errada??