Últimas Notícias

Incra constroi a casa de número 146 em assentamento no Oeste do Pará‏


A comunidade Ponte Alta, do Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Eixo Forte, Município de Santarém, no Oeste do Pará, recebeu sete novas casas no último sábado (26). Elas fazem parte de um rol de 146 construídas no assentamento, nos últimos 12 meses, com recursos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). O investimento total corresponde a R$ 2,1 milhões.

Os recursos são oriundos do Crédito Instalação, modalidade Aquisição de Material de Construção, equivalentes a R$ 15 mil por família assentada, que tem 20 anos para quitar o financiamento. O casal Maria Cleonice Vinhote Rego, 38, e Darlisson Castro Marinho, 36, acessaram o crédito, reformaram e ampliaram a casa em que viviam. A casa ganhou uma nova cozinha e uma sacada nos fundos.

“Na reforma, colocamos forro, lajota no piso, trocamos portas e janelas, rebocamos as paredes, trocamos o telhado e pintamos a casa”, relata o casal de agricultores Maria e Darlisson, que possui cinco filhos, dos quais, dois já concluíram o Ensino Médio e os demais estão no Ensino Fundamental.

O casal Inês Sousa Castro e Raimundo Castro, ambos com 64 anos, trocaram a casa de mista de madeira e palha por uma de alvenaria. “Ficamos mais seguros e tranquilos. A casa chegou na hora certa. Estamos satisfeitos. Na outra casa, quando chovia, molhava a gente. Enfrentávamos dificuldades”, relembra o senhor Raimundo, cujo filho, de 30 anos, também agricultor, auxiliou na construção da casa.

O superintendente regional do Incra no Oeste do Pará, Francisco dos Santos Carneiro, destacou o trabalho da comunidade na operacionalização dos créditos e no papel fiscalizador das obras. Carneiro participou, no último sábado, da solenidade de assinatura dos termos de entrega das novas casas na comunidade Ponte Alta.

A comunidade e o assentamento – Ponte Alta é uma comunidade que fica a cerca de 20 quilômetros da área urbana de Santarém. Hoje, conta com boas condições de acesso, linha de ônibus coletivo para o centro da cidade e energia elétrica. O acesso à educação de nível Fundamental se dá, de forma dividida, na própria comunidade e em localidades vizinhas, dentro do próprio assentamento. Um posto de saúde na comunidade São Brás, nas proximidades de Ponte Alta, atende a todos os assentados.

O PAE Eixo Forte foi criado em 2005, possui cerca de 12.700 hectares e capacidade para 1.400 famílias. Está dividido em 16 comunidades, as quais, muitas delas, envolvidas em festivais gastronômicos e culturais que integram o calendário anual de eventos de Santarém.

Ascom I Incra

Postar um comentário

0 Comentários