Últimas Notícias

Mais de 80% dos TCCs de Jornalismo Científico da Ufopa já foram apresentados


Por: J. Ninos*

De um total de 16 Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) produzidos por vinte e quatro acadêmicos do Curso de Pós-Graduação “lato sensu” (Especialização), em Jornalismo Científico, da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), vinte e um foram apresentados até o último sábado (24/08) sempre com temas voltados à pesquisa científica que é realizada em Santarém. Os dois últimos TCCs (dos jornalistas Jeso Carneiro, Lenne Santos e Malu Moraes, estas últimas em dupla) devem ser apresentados entre outubro e novembro, segundo o coordenador do curso, professor-doutor Manuel Dutra.

Todos os TCCs já apresentados foram aprovados, sendo que o índice de aproveitamento foi de alto nível: dos 14 trabalhos (alguns realizados em dupla) dez alcançaram a nota máxima (Excelente), três receberam o conceito Muito Bom e um recebeu o conceito Bom, numa escala que inclui ainda as notas Regular e Insuficiente (esta última de reprovação).

Este é o primeiro curso de Especialização em Jornalismo Científico realizado na região Norte. Desde julho de 2011, sete professores-doutores de diversas instituições revezaram-se na aplicação das disciplinas previstas para o curso, em caráter intervalar (durante as férias das demais instituições).

Foram aprovados para o curso (inicialmente) 25 acadêmicos, mas uma acadêmica desistiu no meio do curso por problemas de saúde. Entre os 24 que terminaram a pós-graduação, 17 tem graduação em Comunicação Social (Jornalismo), 04 em Pedagogia e 03 em Letras.

Abaixo os temas já defendidos com os respectivos orientadores e notas:

1. Júlio César Guimarães (Valdenildo dos Santos/EXC): “O tema saúde no JT1: aplicação do Esquema Narrativo Canônico”;

2. Ailanda Tavares e Alciane Ayres da Mota (Raimunda Monteiro/EXC): “O PNAE como sustentabilidade da agricultura familiar”;

3. Aritana Aguiar e Márcia Reis (Célia Trindade Amorim/BOM): “Jornalistas e cientistas: refletindo as divergências entre as partes sobre a divulgação de ciência e tecnologia em Santarém (Pa)".

4 - Ércio Santos e Joelma Viana (Manuel Dutra/EXC): “Vozes do rio: as estratégias de comunicação sobre a hidrelétrica São Luiz do Tapajós"

5. Adriana Pessoa e Alessandra Mizher (Alessandra Carvalho/EXC): “Conhecimento Popular e comprovações científicas do fenômeno Terras Caídas”;

6. Gilmara Reis (Alessandra Carvalho/EXC): “O discurso ambiental no Jornal O Liberal”;

7. Minael Andrade e Cléo Neves (Anselmo Colares/EXC): “Interação das mídias sociais no jornalismo esportivo”;

8. Jota Ninos e Ronilma Santos (Otacílio Amaral/MBOM): “Caso Juá: expansão imobiliária em Santarém e as lições para uma cidade sustentável”;

9. Ednaldo Rodrigues (Manuel Dutra/MBOM): “Recepção radiofônica: a etnocenodramaturgia no rádio, na comunidade de São Benedito do Ituqui, em Santarém-Pará”;

10. Milton Corrêa (Alda Costa/EXC): “A sobrevivência dos igarapés na Amazônia Paraense: um estudo de caso com o igarapé Urumari em Santarém-Pará”;

11. Cristiane Sales (Raimunda Monteiro/MBOM): “O processo de contaminação do Rio Tapajós”;

12. Ormano Sousa (Anselmo Colares/EXC): “Jornalismo científico na Amazônia”

13. Joab Ferreira e Val Araújo (Anselmo Colares/EXC): “Aquífero Alter-do-Chão”;

14. Fábio Pena (Alessandra Carvalho/EXC): “Comunidades tradicionais da Reserva Extrativista Tapajós/Arapiuns”.

*É jornalista

Postar um comentário

0 Comentários