Últimas Notícias

Mototaxistas: Comissão de Transportes da Câmara acompanha negociações


A Comissão de Transportes da Câmara de Vereadores de Santarém, presidida pelo vereador Ney Santana (PSDB), está acompanhando as negociações entre o Poder Executivo e o sindicato dos mototaxistas que pleiteiam o fim do serviço clandestino na cidade. Na semana passada, um grupo de profissionais credenciados ocupou as galerias do Poder Legislativo para protestar contra a leniência das autoridades municipais no combate aos clandestinos. O sindicato, naquele dia, conseguiu cancelar a sessão ordinária que estava sendo realizada e ainda recebeu o apoio da maioria dos parlamentares presentes. A classe exige ainda o reajuste da tarifa e o fim dos abusos cometidos pelos guardas de trânsitos.

Em conversa com o presidente da Comissão de Transportes, ele afirma que os mototaxistas credenciados têm todo o direito de exigir seus direitos, já que estão amparados por lei. Ocorre que, segundo Ney Santana, a administração está empenhada em sanar todos os gargalos que prejudicam o transporte público em Santarém, principalmente na melhoria do serviço ofertado pelas empresas de ônibus e mototaxistas. No caso específico dos mototáxis, o parlamentar explica que diante do crescimento populacional, ficou difícil controlar a invasão dos mototaxistas clandestinos e combater com eficácia a permanência nas ruas daquelas pessoas que atuam nesta modalidade de transporte, que não tem o reconhecimento do Poder Público e nem amparo legal, diferente dos credenciados, que detêm a concessão da Prefeitura para o transporte de passageiros em motos.

Ney Santana diz ainda que a Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), tem dificuldades para fiscalizar e combater este serviço por causa da complexidade das situações. “O agente de trânsito não tem como adivinhar quem está trabalhando como mototaxista clandestino e quem não está. Você não pode abordar um condutor que está transportando um passageiro na garupa por achar que ele está trabalhando ilegalmente. E também não pode parar a pessoa só porque ela está carregando um capacete a mais. Portanto, essa situação é muito delicada e requer muito cuidado dos órgãos competentes para que não se exceda ou cometa abusos durante as fiscalizações”, disse o presidente da Comissão de Transportes, explicando que a Prefeitura está empenhada em fazer o ordenamento do serviço de transporte público de Santarém evitando a concorrência desleal e garantindo o direito daquelas pessoas que atuam neste setor.

O parlamentar afirmou ainda que entende a necessidade de muitos pais de família que buscam no serviço clandestino uma maneira de trabalhar e garantir seu sustento, entretanto, diz que existe uma lei e que ela não permite que ninguém exerça o serviço sem estar devidamente credenciado pela Prefeitura.

Sobre o reajuste da tarifa pleiteada pelos mototaxistas, Ney Santana disse que no momento não existe nenhuma previsão sobre o aumento. “O governo está sendo coerente e analisando tecnicamente para então se pronunciar sobre essa demanda”, completou.

Ônibus – Na ocasião, o vereador falou também sobre as constantes denúncias recebidas pela Comissão de Transportes. Para ele, a SMT deve exigir empenho das empresas de ônibus da cidade na prestação do serviço de transporte coletivo, uma vez que há inúmeras queixas da população contra algumas empresas. Ney reconhece que os empresários passam por dificuldades e também necessitam de investimentos para garantir a frota operante, porém, devem respeitar os usuários e oferecer qualidade no serviço público.

Ney Santana informou que ainda não houve avanço nas negociações sobre o aumento da tarifa urbana em Santarém.

Porto da Tiradentes – Na ocasião, o presidente da Comissão de Transportes informou que a Prefeitura de Santarém fará investimentos no porto improvisado da praça Tiradentes. A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), fará melhorias nas balsas e também nos arredores daquele logradouro. Além disso, o porto vai ganhar mais uma balsa para suportar a demanda.

Postar um comentário

0 Comentários