Últimas Notícias

Vigia que tentou matar garçonetes em um bar vai a Júri Popular


Será julgado nesta terça-feira (27), a partir das horas, pelo Tribunal do Júri Popular da Comarca de Santarém, o vigilante Francisco Eirnaldo Lira de Oliveira, 39 anos, acusado de tentar matar com tiros, em 09/04/1998, as senhoras Maria Francisca Augusta da Conceição, 46 anos e Maria do Carmo Melo Cavalcante, 52 anos, que trabalhavam como garçonetes no Bar "Se é gostoso vem", que ficava na avenida Cuiabá, próximo ao viaduto.

Segundo denúncia do MP, Erinaldo teria discutido com a dona do Bar por estar alcoolizado, foi expulso e ao retornar deu tiros com revólver de fabricação caseira, mas atingiu as duas garçonetes que não estariam envolvidas na confusão. Ele responde pelo duplo crime de tentativa de homicídio. Defesa e acusação debaterão sob a presidência do juiz Gerson Marra Gomes.
Fonte: J. Ninos.

Postar um comentário

0 Comentários