Últimas Notícias

Vestibular da Ufpa terá mudanças em 2014


Os Processos Seletivos 2014 da Universidade Federal do Pará (UFPA) e da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) abrem inscrições de 4 a 25 de outubro. Até o dia 22 de outubro, os candidatos poderão se inscrever pelo site do Centro de Processos Seletivos (Ceps - www.ceps.ufpa.br).

A grande novidade da seleção é a total adesão ao Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e o pagamento de taxa menor, no valor de R$ 20 - exceto para alunos de escola pública, que são isentos de qualquer cobrança mediante documentação comprobatória de terem cursado o ensino médio na rede pública.

Outra inovação foi a decisão, por parte do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da instituição, pelo acréscimo de 10% em cima da pontuação total do candidato da região Norte que disputar uma vaga pela UFPA - uma forma de equalizar a competição entre candidatos de outras regiões. Os editais já estão disponíveis na página do Centro de Processos Seletivos da Universidade (Ceps - www.ceps.ufpa.br).

Serão oferecidas, no total, 7.804 vagas, sendo 5.411 vagas dentro do Processo Seletivo (PS) e 1.207 para candudatos oriundos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Outras 406 vagas estão reservadas a quem for participar dos Processos Seletivos Especiais (PSE); 312 vagas para candidatos que se declararem indígenas; 312 para membros de comunidades quilombolas; e 156 para Pessoas com Deficiência (PCD). As vagas se dividem em 156 cursos ofertados em Belém e interior do Estado.

No ato da inscrição, o candidato escolherá se deseja concorrer na condição de cotista ou de não cotista. Tanto na seleção via Enem quanto na seleção via Sisu, 50% das vagas de cada curso são para estudantes de escolas públicas.


Dentro desse grupo, cerca de 15% são destinadas a alunos autodeclarados negros ou pardos; 8% para aqueles que possuem renda familiar de até 1,5 salário mínimo; duas vagas a mais podem ser criadas para estudantes indígenas; duas vagas a mais, para estudantes quilombolas; e uma vaga a mais para pessoas com deficiência.

O candidato cotista deve escolher a opção que mais se adapta ao seu perfil, já que, no ato da habilitação, terá que apresentar os documentos comprovando a sua condição, sob pena de perder a vaga. Os candidatos indígenas não concorrerão duas vezes à seleção da UFPA. Se escolher concorrer pelo PS 2014, não poderá participar do PSE. (Diário do Pará)

Postar um comentário

0 Comentários