Últimas Notícias

‘Paradô’ relata experiências de médico no interior da Amazônia


Por: Dannie Oliveira*

Na língua Zoé, a palavra ‘Paradô’ quer dizer reunião, conversa. Na prática, o povo indígena, sempre que necessário, se reúne em pequenos ou em grandes grupos para dialogar e durante esse momento gesticulam, argumentam, contam histórias.

“Paradô: histórias vividas por um neurocirurgião da Amazônia’ também é o título do livro do médico neurocirurgião Erik Jennings que será lançado no sábado, 14, no VIII Salão do Livro do Baixo Amazonas, que está acontecendo no Parque da Cidade.

Seja atuando junto aos indígenas ou ainda nos hospitais, Erik se viu envolvido nas histórias de seus pacientes e todas elas serviram como verdadeiras lições de vida, coragem e humildade. Para além de entender a medicina, exercê-la em uma área tão rica e heterogênea como a Amazônia requer compreender suas matizes, seus costumes e crenças. E assim, a partir de todos os relatos fantásticos e desafios, o médico percebeu a necessidade de fazer seu “Paradô’ a sua própria conversa e escrita.

O livro traz 21 capítulos, que contam casos ocorridos tanto em ambiente interno e externo da medicina; e ainda momentos pessoais. Muitos dos textos já haviam sido publicados na página pessoal de Erik no facebook e os demais são inéditos.

Serviço

O quê: Lançamento do Livro ‘Paradô: Histórias vividas por um neurocirurgião da Amazônia’
Quando: 14 de novembro de 2015, às 20h30
Onde: VIII Salão do Livro do Baixo Amazonas, Parque da Cidade, Avenida Bartolomeu de Gusmão s/n

*É jornalista

Postar um comentário

0 Comentários