Últimas Notícias

Câmara tem que votar projetos até dia 14


A Câmara de Vereadores de Santarém encerra os trabalhos legislativos no próximo dia 15 com a realização de uma sessão especial de entrega de títulos de honra e de cidadão santareno. Mas até o fim dos trabalhos em plenário, os parlamentares devem colocar em discussão, análise e votação, importantes projetos para 2016. Entre as matérias a serem analisadas pelo Poder Legislativo estão: taxas ambientais no município de Santarém; Resíduos Sólidos; o Plano Municipal para a Infância e Adolescência; e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (L.D.O).

As discussões deveriam começar a partir desta segunda-feira (7). 

A última sessão ordinária ocorrerá no próximo dia 14, quando espera-se ter sido concluída a votação das matérias mais importantes em tramite naquela Casa de Leis. 

Na sessão desta segunda-feira (7), no entanto, os vereadores Maurício Corrêa (PSD), Marcílio Cabral (PMN), Geovani Aguiar (PSC), Rogélio Cebuliski (PSB) e Nicolau do Povo (PP) não compareceram para trabalhar. A ausência em plenário desses parlamentares prejudicou o andamento da sessão que deveria analisar importantes matérias, além de 26 projetos de alienação de terras.

O vereador Marcílio Cabral está de licença médica. Ele está em Belém onde passará por uma cirurgia.

Já o vereador Maurício Corrêa, segundo sua assessoria, por motivos particulares, viajou para os Estados Unidos. Ele informou à Mesa Diretora da Câmara sobre sua viagem ao exterior.

Geovani Aguiar, Nicolau do Povo e Rogélio, até a publicação desta matéria, não justificaram suas ausências à Presidência da Casa.

A Câmara de Santarém é formada por 21 parlamentares.

Postar um comentário

0 Comentários