Últimas Notícias

Polícia Civil indicia cinco comparsas do assassino da subtenente Sílvia


Do O Estado Net/Silvia Vieira*

No inquérito que apurou o assassinato da subtenente Silvia Margarida, da Polícia Militar, além do autor do crime, Sebastião de Sousa Barbosa Neto, mais cinco pessoas foram indiciadas por terem dado guarida ao criminoso durante o tempo em que ele esteve no município de Santarém praticando assaltos.

De acordo com o delegado Jardel Guimarães, que presidiu o inquérito, Neto foi indiciado por latrocínio e associação criminosa. E seus comparsas: Francisco César Silva de Sousa, o Chiquinho, 34 anos; Paulo Cowboy; Igor Lima, o Espaguete; Jailson, conhecido como Gordo; e Maik, foram indiciados por associação criminosa.

“No caso específico do latrocínio, apenas o Neto foi indicado, porque não houve participação de nenhum outro indivíduo na ação. Em todos os depoimentos prestados à polícia, Neto foi contundente em afirmar que sua intenção era roubar a arma da subtenente e que atirou porque a policial teria esboçado reação. Já no caso dos comparsas, o indiciamento foi por associação criminosa porque o grupo se uniu ao Neto para a prática de assaltos”, explicou delegado Jardel.

Saiba mais aqui.

Postar um comentário

0 Comentários