Últimas Notícias

Diretor interino de presídio onde ocorreu massacre no AM é afastado do cargo


José Carvalho da Silva, diretor interino do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), foi afastado do cargo nesta terça-feira (10), segundo informou o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes. Ele ocupava o posto desde 28 de novembro de 2016. A suspeita é que José Carvalho tenha recebido propina de uma facção, conforme cartas assinadas por detentos afirmando a denúncia.

Nas cartas, os presos afirmam que o diretor interino teria recebido dinheiro e permitiu a entrada de armas, drogas e celulares na unidade prisional. No início do ano, 56 detentos foram mortos em um massacre e 112 fugiram do Compaj. Logo após a rebelião, a polícia apreendeu pelo menos quatro pistolas e uma espingarda calibre 12 no local. Ao longo da semana, foram encontrados entorpecentes, um rifle calibre 32, dezenas de celulares, 42 armas brancas e até um roteador de internet.

As rebeliões nos presídios da capital amazonense já mataram 64 presos.

Postar um comentário

0 Comentários