Últimas Notícias

Decretada prisão de sargento da PM que matou mulher e feriu três pessoas em Santarém


O sargento da Polícia Militar Gildson dos Santos Soares, do Grupamento Tático Operacional (GTO), que matou, na tarde de ontem, a senhora Sônia da Silva Viana, 40 anos, e feriu dois adolescentes e uma jovem, teve a prisão decretada pela Justiça nesta sexta-feira (29). O crime ocorreu na rua Angelim, no bairro Santarenzinho, em Santarém, no oeste do Pará. As vítimas estavam em um carro quando foram surpreendidas pelos disparos.

Após o crime, Gildson se apresentou na 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil e confessou a autoria do crime. Ao delegado Dmitri Teles, ele disse que agiu em legítima defesa. O pedido da prisão do policial militar teve assinatura de três juízes criminais de Santarém, Gabriel Veloso Alexandre Rizzi e Romulo Brito.

O pedido de prisão foi feito pelo delegado Dmitri Teles e obteve parecer favorável do Ministério Público, através da promotora Dully Sanae Otakara. Segundo as investigações preliminares, o policial teria praticado o homicídio de forma premeditada, por problemas pessoais com um dos ocupantes do veículo, relacionados com questões fundiárias em uma ocupação da cidade.

O mandado de prisão já foi cumprido pela Corregedoria da Polícia Militar.

Segundo informações apuradas pelo QP, Gildson será transferido para Belém.

Postar um comentário

0 Comentários