Últimas Notícias

Certificação digital é tema de reunião entre prefeitos e presidente da Imprensa Oficial


Como parte da programação do Governo Itinerante em Santarém, nesta sexta-feira (22), o presidente da Imprensa Oficial do Estado (IOE), Jorge Panzera, se reúne com o prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, que está à frente da Federação das Associações dos Municípios do Estado do Pará (Famep) e com representantes da Associação dos Municípios da Calha Norte (Amucan) e da Associação dos Municípios do Oeste do Pará (Amut).

O objetivo é divulgar entre os prefeitos da região que a Imprensa Oficial é uma Autoridade de Registro - agência emissora de Certificados Digitais. Atualmente, a autarquia emite cerca de 100 certificados por mês, para agentes públicos e particulares, mas a meta é ampliar cada vez mais a emissão, principalmente entre os agentes públicos do Estado e dos municípios paraenses.

“A nossa ideia é ampliar a divulgação do certificado digital para abrir parcerias. Primeiro, vamos verificar as condições técnicas de ter, pelo menos por um tempo, tanto em Santarém, como em Marabá, uma equipe pra fazer a certificação”, explica Jorge Panzera.

A conversa com o prefeito de Santarém será para analisar a necessidade dos prefeitos e seus ordenadores de despesas de adquirir o certificado digital. “Todo agente público deve ter a certificação digital. E a IOE como certificadora, pode ofertar melhores condições para mais entes públicos terem acesso a esse importante serviço”, pontua Panzera.

O Certificado Digital é um documento eletrônico que contém dados sobre a pessoa ou empresa que o utiliza para comprovação mútua de autenticidade. Funciona como uma espécie de carteira de identidade eletrônica e permite que transações realizadas, via internet, sejam extremamente seguras.

Foi essa segurança que levou a presidente da Fundação ParáPaz, Ray Tavares, a procurar a IOE para adquirir o certificado digital. Tavares disse que é um documento muito importante e necessário, que dá segurança, praticidade e garante a lisura de tudo o que precisa ser ordenado.

“Como passamos a ser ordenadores de despesa, nós (fundação) sentimos a necessidade de adquirir o documentos e verificamos que a IOE fazia esse registro. Fomos muito bem recebidos e atendidos. Recebemos a orientação de como era todo o processo e viemos realizar o registro”, contou Ray Tavares.

O certificado digital aposentou carimbos, selos e assinaturas à caneta para autenticar documentos. Todo o processo burocrático pode ser substituído pelo certificado digital.

“Aqui na IOE nós emitimos o certificado para pessoa física que é o e-CPF, e para pessoa jurídica o e-CNPJ. O documento é entregue na hora, já testado na Receita Federal”, informou a responsável pelo atendimento do setor, Renata Gaia, completando que os valores variam de R$100 a R$380 (pessoas física) e de R$150 a R$425 (Pessoa jurídica).

Serviço: Para adquirir o certificado digital basta entrar em contato pelos telefones (91)4009-7843/4009-7828, ou enviar um e-mail para ar@ioe.pa.gov.br.

As informações são da Ascom/IOE

Postar um comentário

0 Comentários