Últimas Notícias

Madeira ilegal é apreendida pela PRF em Altamira, PA



A mais recente apreensão foi realizada na noite da última segunda-feira, em Altamira (Ascom PRF)

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na última segunda (01), um caminhão transportando 35,94 m³ de madeira ilegal. A apreensão foi realizada no km 630 da BR-230, em Altamira. O flagrante ocorreu por volta das 20h30 após abordagem ao condutor que dirigia o veículo Volvo/FH12, cor branca.

O condutor, não identificado, assinou um termo circunstanciado de ocorrência e foi liberado em seguida, comprometendo-se a comparecer em juízo quando convocado.

Segundo a PRF, "no decorrer das atividades policiais, foi solicitado a Guia Florestal ao transportador, que em análise foi possível encontrar a quantidade de 32,006 m³ do produto, porém, após as medições técnicas feitas pela equipe chegou-se a um total de 35,94 m³ de madeira, constatando a ilegalidade".

Também houve discrepância em relação à descrição completa da rota de transporte a ser percorrida, o que é exigido pela legislação. "Ademais, outra divergência foi localizada analisando a madeira transportada e as notas fiscais, sendo encontrado o perfil Sarrafo na carga, porém, esta denominação não esta especificada em nenhum dos documentos apresentados pelo condutor", disse a PRF.

Essa é a quarta apreensão de madeira ilegal em um intervalo de nove dias realizada em Altamira.

No último dia 24, foram apreendidos quatro caminhões, com uma carga total de 78,68 m³ de madeira ilegal.

A frequência desses flagrantes, não só em Altamira, mas em todas as rodovias federais do estado, colocam o Pará na vice-liderança do transporte de madeira ilegal e tem preocupado a PRF.

Já no dia 26, um flagrante feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, durante fiscalização no KM 630 da rodovia BR-230 (Transamazônica), uma carga de 20,28 metros cúbicos de madeira ilegal.

Momentos depois da apreensão, informa a PRF, um funcionário da empresa que efetivou a venda da madeira compareceu à unidade policial com a nota fiscal e a guia florestal. Porém, ambos os documentos foram emitidas uma hora após a abordagem, na tentativa de burlar a ação da PRF.

Na tarde do último domingo, 31, uma nova apreensão foi realizada no mesmo trecho, desta vez um caminhão que transportava madeira do município de Novo Progresso/PA para Lajeado/RS.

Com informações da PRF

Postar um comentário

0 Comentários