Últimas Notícias

Promotoria requisita abertura de inquérito para apurar queda de ponte


A promotora de Justiça Hygeia Valente, titular da Promotoria de Justiça de Moju, encaminhou ofício, na manhã deste sábado (6), ao delegado-geral da Polícia Civil do Pará, para que seja instaurado inquérito policial para apurar os fatos envolvendo a queda de parte de uma das pontes que compõe a Alça Viária, sobre o Rio Moju, no município de Moju. Uma suposta balsa clandestina é apontada como responsável pelo acidente, após colisão com vigas que sustentam a ponte. Há suspeitas de que o desabamento tenha provocado vítimas que estariam passando pelo local.

Segundo a promotora, há necessidade de averiguação, por parte da polícia, para esclarecer o caso, incluindo a realização de oitiva de testemunhas e do proprietário da embarcação, perícia, verificação da documentação da embarcação e do condutor, dentre outras providências, visando comprovar o crime de dano ao patrimônio público e homicídio, em tese.

Informações iniciais indicam que cerca de 200 metros de extensão da ponte desabaram. O acidente já provocou longos engarrafamentos em estradas da região e transtornos em portos.

Postar um comentário

0 Comentários