Últimas Notícias

Ao comemorar 358 anos, Santarém recebe mais investimentos do governo estadual



Com a assinatura de uma ordem de serviço, no valor de R$ 10 milhões, para recuperação de vias urbanas, e o anúncio de outras obras essenciais à população, o governo do Estado participou no sábado (22) das comemorações pelos 358 anos de fundação do município de Santarém, a "Pérola do Tapajós" cantada nos versos de Wilson Fonseca (o maestro Isoca), e que ao longo de mais de três séculos se tornou um polo econômico e cultural na região oeste do Pará.
"Hoje, vamos liberar mais de R$ 10 milhões para pavimentação de algumas ruas do município, uma solicitação da Prefeitura. Prontamente estamos colaborando, lembrando que outras agendas já estão se consolidando, como a liberação de recursos para a conclusão do hospital materno-infantil e as obras do terminal hidroviário - que devem ficar prontas ainda este ano. Em setembro, nós estaremos inaugurando o ginásio poliesportivo da cidade", anunciou o governador Helder Barbalho, que foi à sede municipal de Santarém participar da programação comemorativa, ao lado do prefeito Nélio Aguiar e de outras autoridades da região.

Secretário regional de Governo do Oeste do Pará, Henderson Pinto frisou que os investimentos do Estado mostram que a "região está saindo do abandono", com a adoção de um modelo de gestão que chega aos 144 municípios. "Nos últimos quatro anos recebemos apenas R$ 150 mil em convênios entre o município de Santarém e o governo do Estado. Agora, o governador, em apenas cinco meses, vem presentear a cidade com aporte de R$ 10 milhões em infraestrutura, que é o maior problema da nossa cidade hoje. O governo também já fez um aporte de R$ 25 milhões no hospital materno-infantil, e está trabalhando na conclusão do terminal hidroviário e do ginásio poliesportivo. Isso mostra que estamos no caminho do desenvolvimento", destacou o secretário.
A "terra tão querida", imortalizada pelo maestro Isoca - referência da cultura santarena -, ganhou uma vasta programação de aniversário desde o último dia 14, incluindo entrega de obras, como academias ao ar livre, quadras poliesportivas e o ginásio poliesportivo Praça de Eventos. Também houve a tradicional Missa Mocoronga, que lembra a primeira celebração feita pelo fundador do núcleo populacional que deu origem à cidade principal do município, padre Felipe Bettendorf.

Honraria – Outro evento importante da programação foi a entrega de medalhas a várias personalidades. Sobre a honraria, o prefeito Nélio Aguiar disse que os agraciados são "pessoas que contribuem significativamente com Santarém. São tantas pessoas que têm esse critério. Então, nós buscamos homenagear exatamente essas pessoas, e o governador Helder já foi ministro em Brasília (DF) e nos ajudou muito com recursos para o município. As medalhas estão em boas mãos, e cada vez mais comprometidas com a cidade, para ajudar no desenvolvimento", declarou o gestor municipal.

Sobre os investimentos já feitos e aqueles anunciados pelo governador, o prefeito garantiu que "vêm em boa hora. Uma das maiores demandas da população de Santarém é o sistema viário. Nós temos 700 quilômetros de ruas, e apenas 230 têm pavimentação. O município tem dificuldades em resolver esse problema. Então, esse presente veio em boa hora, pois a gente não tem recurso próprio para isso, e precisa da ajuda do governo do Estado".

A entrega da Medalha Padre Felipe Bettendorf foi realizada no Centro Cultural João Fona. A condecoração foi instituída pela Lei nº 9.386, de 09 de julho de 1981, e é conferida anualmente por ocasião do aniversário de fundação do município a pessoas que se destacaram, em seus campos de atividades no município, ou que tenham prestado relevantes serviços a Santarém.

Na lista de agraciados estavam o governador Helder Zahluth Barbalho; o capitão de fragata Robson Ferreira Carneiro; Mara Suely Souza da Palma - servidora pública municipal do Núcleo Técnico de Planejamento; Irmã Maria Iêda de Sousa, coordenadora do Projeto irmã Dulce dos Pobres; juiz federal José Airton de Aguiar Portela, e o coronel Aldemar Loureiro Maués.

Para o governador, receber a medalha foi "uma honra imensa". Segundo ele, o desafio aumenta para poder corresponder à expectativa da população de Santarém. "Reafirmo o meu compromisso de colaborar, cooperar e trabalhar em união e parceria com o município, para que possamos fazer de Santarém, e de todo o Pará, um lugar melhor de se viver, com serviços, obras e capacidade de entrega de conquistas que possam transformar a vida das pessoas", assegurou.

Agência Pará

Postar um comentário

0 Comentários